Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Placa-Mãe Chaintech CT-7NJL1 Summit

       
 38.247 Visualizações    Testes  
 0 comentários

Teste com a placa-mãe Chaintech CT-7NJL1 Summit, baseada no chipset NVIDIA nForce 2 SPP, para a plataforma soquete 462.

Placa-Mãe Chaintech CT-7NJL1 Summit
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A Chaintech se popularizou pelo lançamento de placas-mães topo de linha, com as fantásticas séries Zenith e Apogee. A série Summit é uma série de baixo custo da Chaintech, vindo sem os trocentos adicionais que acompanham as demais séries da Chaintech. Ou seja, é uma série para quem quer uma placa-mãe de excelente qualidade mas não quer pagar caro.

Para conhecer mais sobre a Chaintech e sua linha de produtos, leia a nossa cobertura do evento Chaintech Reloaded 2003.

A 7NJL1 é uma placa-mãe para processadores AMD baseada no chipset nForce 2 SPP. O principal atrativo deste chipset é usar o esquema DDR Dual Channel, onde a memória é acessada a 128 bits e não a 64 bits, dobrando a taxa de transferência máxima teórica. No caso de usarmos módulos DDR400, a taxa máxima pula de 3.200 MB/s para 6.400 MB/s. Para isso, é necessário usar pelo 2 módulos de memória e instalar cada módulo em um canal diferente. Nessa placa-mãe, assim como na maioria das placas-mães baseadas no nForce 2, os soquetes 1 e 2 compatilham o canal A e o soquetes 3 representa o canal B. Ou seja, no caso de dois módulos, instale um módulo no soquete 1 ou 2 e o outro módulo no soquete 3.

 



Figura 1: Placa-mãe Chaintech CT-7NJS1 Summit.

Esse chipset tem ainda como característica principal o barramento AGP 8x. Essa placa-mãe tem ainda som on-board de seis canais (chip C-Media CMI8738/PCI-6Ch-LX) e rede on-board (chip ICS 1893).

Apesar de ser a placa-mãe mais simples da Chaintech, ela tem dois recursos de fazer inveja a placas topo de linha. Primeiro, o recurso de recuperação de dados. No setup dela, há uma opção chamada "HDD Instant Recovery". Esse recurso foi criado pela empresa Lenten (http://www.lenten.com) e funciona como se você tivesse instalado no micro uma placa de recuperação de dados, como a Juzt-Reboot. Funciona da seguinte forma: com essa opção habilitada, qualquer alteração feita pelo usuário será desfeita no próximo reboot. Isso inclui a instalação de programas, contaminação por vírus, etc. Esse recurso é excelente para lugares onde muitas pessoas usam o mesmo micro, tais como cursos de informática, escolas, ciber cafés, LAN houses, etc. Nós escrevemos um artigo completo explicando o funcionamento desse tipo de recurso. Obviamente para que esse recurso funcione de forma correta em ambientes como os citados, você deve instalar uma senha para proteger o setup, ou algum engraçadinho pode ir lá e desabilitar esse recurso.

O segundo recurso é a capacidade de overclock desta placa-mãe, que estaremos falando em mais detalhes em nossos testes de overclock.

Antes de irmos aos testes dessa placa-mãe, vamos recapitular as suas principais características.

 

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×