Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Placa-Mãe Chaintech CT9EJS1 Zenith

       
 39.552 Visualizações    Testes  
 3 comentários

Teste com a placa-mãe Chaintech CT-9EJS1 Zenith, baseada no chipset Intel 845PE, para a plataforma soquete 478.

Placa-Mãe Chaintech CT9EJS1 Zenith
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Após surpreender o mercado com a sua série Apogee (clique aqui par ler o teste da CT-9EJL1 Apogee), a Chaintech acabou de lançar a série Zenith, que inacreditavelmente consegue trazer um kit de opcionais ainda mais completo do que a série Apogee.

Detalhe importante: nós recebemos essa placa-mãe para testes antes dela ter sido oficialmente lançada. Ainda demorará algum tempo para você encontrá-la no mercado.

Nota: O modelo para soquete A dessa placa-mãe chama-se CT-7NJS e nós já testamos essa placa.

A CT-9EJS1 é o modelo soquete 478 da série Zenith, usando o chipset Intel 845PE, que aceita memórias DDR333/PC2700. As portas IDE desse chipset, no entanto, continuam sendo ATA-100, o que não chega a ser um problema para essa placa-mãe, pois ela tem duas portas IDE ATA-133 RAID adicionais, controladas pelo chip Promise PDC20276.

O kit Zenith é realmente inacreditável. A caixa é extra grande, no mesmo estilo da Apogee, só que ainda mais bonita, pois tem uma letra Z gigante transparente que permite ver os detalhes da placa-mãe, como você pode conferir na Figura 1. As cores escolhidas para o modelo Zenith para a plataforma soquete 478 foram as mesmas escolhidas na série Apogee: dourado e verde claro.

 



Figura 1: Caixa da placa-mãe Chaintech CT-9EJS1 Zenith.

Antes de falarmos da placa-mãe CT-9EJS1 em si, vamos dar uma olhada no que vem no kit Zenith. Para começar, assim como na série Apogee, os cabos IDE e da unidade de disquete são redondos, na cor do kit, no caso verde claro, facilitando a circulação de ar dentro do gabinete.

 



Figura 2: Cabos redondos da série Zenith.

A série Zenith vem com um painel frontal para ser instalado em uma das baias de 3 1/2" do gabinete do micro, chamado Cbox2. Esse painel é bem diferente do que vem na série Apogee, e seu principal recurso é um display de diagnóstico POST. A colocação desse display do lado de fora do micro faz muito mais sentido, já que em placas-mães que têm esse display soldado sobre a placa só é possível lê-lo quando o micro está aberto ou caso o gabinete seja transparente. Além do display, o Cbox2 tem quatro portas USB 2.0, uma porta FireWire, entrada para microfone e saída de áudio, além de um LED verde que indica que o micro está ligado.

 



Figura 3: Cbox2 da série Zenith.

O kit Zenith vem ainda com um cabo SPDIF óptico (clique aqui caso você não saiba o que é isso) e um pequeno extensor. É a primeira vez que vemos uma placa-mãe vindo de fábrica com esse cabo. Todas as placas-mães com conexão SPDIF óptica que testamos até hoje não vêm com esse cabo.

 



Figura 4: Cabo SPDIF óptico da série Zenith.

A placa-mãe Chaintech CT-9EJS1 tem, portanto, entradas e saídas SPDIF óptica, e o adaptador nós vemos na Figura 5, à esquerda. Essa placa-mãe vem ainda com um adaptador para saídas independentes para os canais traseiros, central e subwoofer. Em placas-mães que não têm esse recurso, essas saídas são compartilhadas com as entradas line in e mic in. Esse adaptador nós vemos à direita na Figura 5.

 



Figura 5: Adaptador SPDIF óptico (esquerda) e saídas separadas para canais traseiro, central e subwoofer (direita) da série Zenith.

As placas-mães da série Zenith vêm ainda com quatro CDs em um bonito estojo e um chaveiro (isto mesmo, um chaveiro para mostrar para todo mundo que você é um nerd de verdade). Nos CDs, uma versão do Linux (Thiz Linux, 2 CDs), utilitários da placa-mãe (1 CD) e programas diversos (1 CD), como Norton Internet Security 2002, Norton AntiVirus 2002, entre outros.

 



Figura 6: CDs e chaveiro da série Zenith.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


por que a escolha da Chaintech CT-9CJS (Intel 875P), BIOS 1.0

para todo os testes do site!?

já q ela não é a placa-mãe de melhor desempenho nos testes feitos por vocês mesmos! a msi 865pe neo 2 por exemplo tem desempenho melhor!

é uma questao de gosto!? ou a explicação é outra!?

desde já, valeu pelo esclarecimento e abraçaum aí!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

a MSI 865PE NEO 2 é melhor sim, mas principalmente com DOT ativado, sendo injusto usa-la aí...

como essa placa da chaintech tem desempenho bom e na média das demais placas, ela pode ser muito bem utilizada nos testes...

minha opinião...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×