Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Placa-Mãe DFI AD76 RAID

       
 45.915 Visualizações    Testes  
 0 comentários

Teste com a placa-mãe DFI AD76 RAID, baseada no chipset VIA KT333, para a plataforma soquete 462.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

A primeira vista, pode parecer que a AD76 RAID da DFI é uma versão "plus" da AD75 que testamos recentemente. Mas não tem nada a ver: a AD76 RAID tem muito mais recursos e, apesar do desempenho geral parecido com o da AD75, ela foi melhor do que a AD75 em nossos testes de desempenho 3D.

Placa-Mãe DFI AD76 RAID
Figura 1: DFI AD76 RAID.

Ao contrário da AD75, a AD76 RAID tem vários recursos extras. Para começar, as duas portas IDE ATA-133 adicionais que operam em sistema RAID e são controladas pelo chip Promise PDC20276. Nesta placa o chip recebeu uma etiqueta prateada em cima dele escrita "RAID".

Placa-Mãe DFI AD76 RAID
Figura 2: Portas IDE RAID e chip Promise PDC20276.

Por incrível que pareça, o que mais chamou a atenção nessa placa-mãe não foram as portas IDE adicionais, mas sim a quantidade de soquetes de memória que ela tem: são quatro soquetes DDR-DIMM, uma característica rara, já que a maioria das placas-mães tem três ou dois soquetes de memória. Apesar de aparentemente a capacidade máxima se manter em 3 GB de memória DDR-SDRAM, essa placa-mãe aceita módulos de memória com buffer (registered DIMM), onde a capacidade máxima de memória passa a ser 4 GB com o uso desse tipo de módulo. Além disso, é muito mais conveniente em termos de upgrade de memória a placa-mãe ter mais soquetes disponíveis.

Placa-Mãe DFI AD76 RAID
Figura 3: Ponto forte dessa placa-mãe: quatro soquetes DDR-DIMM.

Além de quatro soquetes de memória, essa placa-mãe tem ainda seis slots PCI, dois indicativos de uma placa-mãe de alto desempenho. Ao contrário da AD75, essa placa-mãe tem portas USB 2.0, controladas pelo chip VIA VT6202, e rede on-board, controlada pelo chip Realtek RTL8100L. O áudio on-board é de melhor qualidade do que o da AD75, pois usa o codec Realtek ALC650, que é de seis canais e oferece uma resolução maior e um menor nível de ruído.

Em termos de overclock, conseguimos colocar o nosso processador Athlon XP 1500+ rodando externamente a 166 MHz, o máximo de overclock que conseguimos com esse processador até hoje. A AD76 RAID oferece muito mais opções de overclock que a AD75 e, com certeza, um overclocker "duro na queda" conseguirá excelentes resultados de overclock com essa placa-mãe.

Se você está procurando por uma placa-mãe de alto desempenho com portas IDE RAID, portas USB 2.0, som e rede on-board de boa qualidade - e, de quebra, um soquete de memória a mais - e excelente capacidade de overclock, pode comprar a AD76 RAID sem se preocupar.

O CD-ROM que acompanha a placa-mãe é careta, só tendo os drivers e o manual da placa.

 

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×