Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Placa-mãe ECS H57H-MUS

       
 50.748 Visualizações    Primeiras Impressões  
 8 comentários

Vamos dar uma olhada nesta placa-mãe soquete 1156 baseada no chipset Intel H57 que vem com placas de expansão SATA-600 e USB 3.0.

Placa-mãe ECS H57H-MUS
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Periféricos On-Board

O chipset Intel H57 é uma solução com apenas um chip. As características básicas deste chipset incluem seis portas SATA-300 com suporte a RAID (RAID 0, 1, 5, 10), 14 portas USB 2.0 suportando o recurso “Desabilitar Porta USB” (que permite a você desabilitar portas USB individuais), rede Gigabit Ethernet e oito pistas PCI Express x1. O H57 não suporta portas ATA paralelas (PATA).

A ECS H57H-MUS oferece todas as seis portas SATA-300, que estão instaladas na borda da placa-mãe e rotacionadas 90° e, portanto, a placa de vídeo não irá bloqueá-las. Uma porta eSATA-300 está disponível no painel traseiro, controlada por um chip JMicron JMB360. Duas portas SATA-600 estão disponíveis em uma das placas de expansão que vem com o produto, como falaremos na próxima página.

ECS H57H-MUS
Figura 4: Portas SATA.

Na Figura 4 você pode ver também o alto-falante (buzzer) atrás das portas SATA e o botão para limpar o conteúdo da memória CMOS próximo ao conector de 24 pinos da fonte de alimentação.

O chipset não suporta porta ATA (PATA) e esta placa-mãe não vem com um controlador externo suportando este tipo de conexão. O mesmo é válido para um controlador da unidade de disquete.

Esta placa-mãe tem todas as 14 portas USB 2.0 suportadas pelo chipset, oito soldadas no painel traseiro e seis disponíveis através de três conectores na placa-mãe. Duas portas USB 3.0 estão disponíveis em uma das placas de expansão que vem com o produto, como falaremos na próxima página. A H57H-MUS  não suporta portas FireWire.

O áudio é gerado pelo chipset usando um codec Realtek ALC892, que é um componente de oito canais. Infelizmente a Realtek não postou informações detalhadas sobre este codec e por isso não podemos falar sobre a qualidade de áudio desta placa-mãe. A ECS H57H-MUS vem com uma saída SPDIF óptica on-board e você pode ter uma saída SPDIF coaxial instalando um adaptador no conector “SPDIF01” disponível na placa-mãe (veja na Figura 2). Você terá de “matar” os conectores line in e mic in caso queira instalar um conjunto de caixas analógicas de oito canais.

A ECS H55H-CM tem duas portas Gigabit Ethernet controladas por dois chips Realtek RTL8111BL, que estão conectadas ao chipset usando uma pista PCI Express x1 cada. Elas suportam o recurso de equipe (teaming), que permite a elas operarem em paralelo para dobrar a largura de banda disponível para 2 Gbps, desde que o seu switch suporte este recurso.

Na Figura 5 você pode ver o painel traseiro da placa-mãe: saída VGA, saída DVI-D, saída HDMI, oito portas USB 2.0, portas eSATA-300, duas portas Gigabit Ethernet, saída SPDIF óptica e conectores de áudio analógico 7.1 compartilhados.

ECS H57H-MUS
Figura 5: Painel traseiro da placa-mãe.

Como você pode ver esta placa-mãe não tem conectores para teclado e mouse PS/2, o que significa que você terá de usar teclado e mouse com conexão USB.

Esta placa-mãe vem com saídas HDMI, DVI-D e VGA, o que significa que você pode usá-la para montar um micro do tipo HTPC (Home Theater PC) sem a necessidade de uso de adaptadores para a saída de vídeo. Se seu sistema de home theater não for capaz de extrair áudio digital da saída HDMI, você pode usar a saída SPDIF óptica.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Achei interessante pela placa de expancao, pena que e so uma sata 600. Vamos esperar pra ver o preco dessa garotinha.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito boa a Mobo,tomara que atinja uma faixa de 300 a 400

Alias, esqueceu de citar o péssimo lugar do Display do POST que pode ser ocultado por uma Gpu de 2 slots

Uma sugestão: Seria bom que a gente tivesse uma ideia de quanto ela pode fazer de overclock(ao menos em tensões stock)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bacana o slot 4x aberto, possibilita a adição de uma segunda placa de vídeo, dedicada ao PhysX por exemplo (para quem curte isso). É a primeira placa que vejo com esse slot aberto assim.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Realmente, a ECS está melhorando seus produtos. Espero que esta placa mãe venha acompanhada de um bom custo/benefício. Acompanho todos os testes feitos pelo CDH e as melhoras são visíveis.

Parabéns ao CDH pelo teste a à ECS pelas melhorias.

Valeu!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Essa marca eu nem quero mais ver, comprei essa semana uma MCP61M-M3 (1.0A) para AMD que dizia ter HT de 2000, estou procurando até hoje, só chega no HT 1000, está estampado na caixa e no manual que é HT 2000, o processador usado é um Semprom 140 que tem HT 2000 e nem no CPUz ele aparece, a sorte é que o cliente não intende nada, senão ia me incomodar, e dizem que ela suporta phenom ii, pra que? com esse HT enganoso!

Atualizei a bios e não mudou nada. Sorte para ECS, prefiro ASUS e Gigabyte.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que eu arriscaria, desde que o preço venha competitivo. A com o chipset H55 é encontrada por menos de R$ 250,00. Creio que vale o risco...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Essa marca eu nem quero mais ver, comprei essa semana uma MCP61M-M3 (1.0A) para AMD que dizia ter HT de 2000, estou procurando até hoje, só chega no HT 1000, está estampado na caixa e no manual que é HT 2000, o processador usado é um Semprom 140 que tem HT 2000 e nem no CPUz ele aparece, a sorte é que o cliente não intende nada, senão ia me incomodar, e dizem que ela suporta phenom ii, pra que? com esse HT enganoso!

Atualizei a bios e não mudou nada. Sorte para ECS, prefiro ASUS e Gigabyte.

mais cuidado com seus "clientes" então. não foi você que usou uma fonte subdimensionada em outro pc e causou diversos problemas?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
mais cuidado com seus "clientes" então. não foi você que usou uma fonte subdimensionada em outro pc e causou diversos problemas?

Amigo, se o fabricante diz ser HT 2000 só vou saber com a placa na mão, propaganda enganosa da ECS. Quer que eu faça o que? Mande a placa de volta e troque por outra? seria o certo, mas quem vai pagar o prejuízo de frete e de tempo perdido? A ECS? O que acontece é que o cliente não usará todo potencial do PC, sendo ele HT 1000 ou HT 2000, mas eu me senti lesado na compra dessa placa enganosa.

Naquele caso... usei a fonte que veio no gabinete, não era subdimensionada era porcaria mesmo, o cliente não quis gastar além, mas como eu já pressentia e avisei o mesmo, teve que gastar na marra....a queima da fonte não causou problema algum ao pc, só ficou uns 3 dias desligado, mas nem prejuízo deu pois o cliente estava de folga no período.

Mais uma vez o barato quase sempre sai caro.

Editado por Sambaquy

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×