Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Placa-Mãe Abit IP35 Pro

       
 105.566 Visualizações    Testes  
 6 comentários

A Abit IP35 Pro é uma placa-mãe topo de linha baseada no chipset Intel P35 e que tem uma solução de refrigeração passiva, duas portas Gigabit, duas portas Firewire, dois slots PCI Express x16, duas portas eSATA e muito mais.

Teste da Placa-Mãe Abit IP35 Pro
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Abit IP35 Pro é uma placa-mãe topo de linha baseada no mais novo chipset da Intel, o P35, e dentre suas várias características podemos destacar uma solução de refrigeração passiva com dois heat-pipes (chamada Silent OTES pela Abit), duas portas Gigabit Ethernet, duas portas FireWire, entradas e saídas SPDIF ópticas on-board, dois slots PCI Express x16, duas portas eSATA, display de diagnósticos, capacitores de alumínio sólidos e muitas outras características menores. Vamos dar uma olhada no desempenho e nos recursos deste novo lançamento da Abit.

\"Abit
Figura 1: Placa-mãe Abit IP35 Pro.

O Intel P35 sucede o chipset Intel P965, tendo como foco principal as placas-mães intermediárias. A diferença entre esses dois chipsets é o suporte às memórias DDR3 e o novo barramento de 1.333 MHz, características estas presentes no P35 mas não no P965. Note que o suporte às memórias DDR3 não significa que todas as placas-mães com o chipset P35 aceitarão memórias DDR3: como os soquetes DDR2 e DDR3 são diferentes, fica a critério do fabricante decidir se a placa-mãe vai aceitar ou não esse tipo de memória. No caso da IP35 Pro, por exemplo, ela aceita somente memórias DDR2. Nós achamos que esta foi uma decisão inteligente, já que as memórias DDR3 ainda não são encontradas facilmente e seu ganho de desempenho é questionável.

Oficialmente o chipset Intel P35 suporta memórias DDR2 até DDR2-800 e memórias DDR3 até DDR3-1066. Porém, assim como acontece com o chipset Intel P965, extra-oficialmente o P35 suporta memórias DDR2-1066 e nós conseguimos configurar as nossas memórias DDR2-1066 para trabalharem a esta velocidade sem problemas. Nesta placa-mãe os soquetes 1 e 3 são azuis e os soquetes 2 e 4 são pretos. Para habilitar o modo de dois canais nesta placa-mãe basta instalar seus módulos de memória em soquetes de mesma cor. Esta placa-mãe suporta até 8 GB de memória RAM.

Outra diferença entre o P35 e o P965 é o chip ponte sul. O Intel P965 usa o chip ICH8, enquanto que o P35 usa o novo chip ICH9. A diferença entre os dois é muito pequena, com o ICH9 suportando 12 portas USB 2.0 em vez de 10. A variante ICH9R, que é usada na Abit IP35 Pro, suporta RAID, seis portas SATA-300 (o ICH9 original suporta apenas quatro), suporte ao Viiv (isto é, suporte à tecnologia Quick Resume, que permite ao PC imitar o comportamento de televisores: pressionando o botão power localizado no controle remoto a tela, o som, o teclado e o mouse são desligados) e a nova tecnologia “Intel Turbo Memory”, nome comercial da Tecnologia Robson, que é uma tecnologia de cache de disco usando memórias flash, disponível através da instalação de uma placa PCI Express x1. Clique aqui para mais detalhes sobre esta tecnologia. Já a versão ICH9DH (Digital Home) tem as mesmas especificações do ICH9R mas sem RAID. E a versão ICH9DO (Digital Office) tem as mesmas especificações do ICH9R mas sem suporte ao Viiv – isto é, sem suporte à tecnologia Quick Resume.

Como mencionamos a Abit IP35 Pro é baseada no chip ICH9R, que controla seis portas SATA-300 disponíveis nesta placa-mãe, suportando RAID 0, 1, 5 e 10. As duas portas eSATA e as portas ATA-133 são controladas pelo chip Jmicron JMB363, suportando RAID 0, RAID 1 e JBOD.

Esta placa-mãe tem dois slots PCI Express x16. Eles não suportam o modo SLI, já que este modo é uma característica encontrada apenas nos chipsets da NVIDIA, porém eles suportam o CrossFire. O slot PCI Express x16 principal, que é azul, trabalha a x16, mas o segundo slot PCI Express x16, que é preto, trabalha apenas a x4. Portanto, apesar de esta placa-mãe ter dois slots PCI Express x16 ela não é a plataforma ideal para uma configuração CrossFire. Nós vemos o segundo slot PCI Express x16 mais como uma maneira para você expandir o número máximo de monitores independentes que você pode instalar em seu micro.

Esta placa-mãe tem ainda dois slots PCI Express x1 e dois três slots PCI convencionais.

Esta placa-mãe tem duas portas Gigabit Ethernet controladas por dois chips Realtek RTL8110SC chips, que são controladores completos conectados ao barramento PCI. Isto é um problema, pois o barramento PCI não oferece a largura de banda necessária para que as duas portas Gigabit Ethernet operem em suas velocidades máximas ao mesmo tempo. O barramento PCI tem uma taxa de transferência máxima teórica de 132 MB/s, enquanto que cada porta Gigabit Ethernet pode transferir até 125 MB/s (1 Gbps / 8). Quando elas trabalham ao mesmo tempo e com suas velocidades máximas, elas necessitam de uma largura de banda de 250 MB/s, que o barramento PCI não é capaz de oferecer. Por outro lado, praticamente todo mundo usa a porta Gigabit Ethernet conectada a uma rede local de 100 Mbps ou a uma conexão com a Internet, funcionando muito abaixo da taxa de transferência máxima suportada pelo padrão Gigabit Ethernet.

Esta placa-mãe tem 12 portas USB 2.0 (quatro soldadas na placa-mãe e oito disponíveis através de um adaptador externo; esta placa-mãe vem com um adaptador para duas portas, as outras seis ficam sobrando). Esta placa-mãe tem ainda duas portas FireWire controladas por um chip Texas Instruments TSB43AB22A e disponíveis através de um adaptador externo que vem com a placa.

No que diz respeito ao áudio, esta placa-mãe tem oito canais fornecidos pelo chipset em conjunto com o codec Realtek ALC888. Este codec oferece boas especificações para o usuário médio, com uma relação sinal/ruído de 90 dB para suas entradas e 97 dB para suas saídas. A taxa de amostragem de suas entradas é de 96 kHz, enquanto que suas saídas suportam até 192 kHz. Enquanto que essas especificações são suficientes para a maioria dos usuários, alguém interessado em trabalhar profissionalmente com edição e captura de áudio analógico deve procurar por uma placa-mãe com relação sinal/ruído de pelo menos 95 dB e taxa de amostragem de 192 MHz para suas entradas.

Esta placa-mãe oferece conectores completos para áudio analógico 7.1 no painel traseiro. Portanto, você pode facilmente conectar um sistema de caixas de som analógicas 5.1 ou 7.1 nesta placa-mãe sem “matar” os conectores mic in e line in. Esta placa tem ainda entrada e saída SPDIF óptica, o que facilita não apenas a conexão do seu micro a um receiver de home theater, mas também oferece uma excelente maneira de transferir áudio de outras fontes que oferecem saída óptica tais como tocadores DAT e de Mini Disc. Praticamente todas as placas-mães que têm uma saída SPDIF óptica não oferecem uma entrada SPDIF óptica, sendo a Abit IP35 Pro uma boa exceção.

No painel traseiro (Figura 2) você encontra conectores para mouse e teclado PS/2, interruptor para limpar a memória de configuração CMOS, entrada SPDIF óptica, saída SPDIF óptica, duas portas eSATA, entradas e saídas de áudio analógica, quatro portas USB 2.0 e duas portas Gigabit Ethernet. Como você pode ver esta placa-mãe não oferece portas serial e paralela, nem mesmo disponível através de um adaptador externo.

\"Abit
Figura 2: Conectores do painel traseiro.

Esta placa-mãe tem um interruptor para limpar o conteúdo da memória de configuração CMOS no painel traseiro, o que é excelente para quem curte overclock, já que você não precisa fazer overclock com o micro aberto caso precise limpar o conteúdo da memória de configuração depois de ter feito alguma alteração no setup que resultou no travamento ou fez com que o micro não ligasse mais.

\"Abit
Figura 3: Interruptor externo para limpar o conteúdo da memória de configuração CMOS.

Editado por

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


pra variar, sempre tem que ter um errinho imperdoável (rede gigabit ligado ao barramento pci), além de não ter porta paralela

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu achei p/ comprar por um bom preço as Abits IP35-E e a IP35V, a E é uns 40,00 reais + cara !

o que vocês acham, devo pegar qual destas ou procurar outros modelos ?

Eu estava querendo mesmo uma Gigabyte GA-EP35-DS3R mas não encomtrei no PY !

Eu gostaria de uma nesta faicha de preço !!

ABIT IP35-E (Intel® P35 Express / ICH9 Chipset)

LGA 775

Intel® P35

FSB 1333

Dual DDR2 800

PCI-E X16

SATA 3G

Gigabit LAN

7.1 CH HD Audio

RoHS Compliancy

http://www.uabit.com/index.php?option=com_content&task=view&id=32&Itemid=48&page=2&model=386

ue a

ABIT IP35V (Intel® P35 Express / ICH7 Chipset )

LGA 775

Intel® P35

FSB 1333

Dual DDR2 1066

PCI-E X16

SATA 3G

Gigabit Ethernet

7.1 CH HD Audio

RoHS Compliancy

http://www.uabit.com/index.php?option=com_content&task=view&id=32&Itemid=48&page=2&model=404

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×