Imprimir artigo
Por Dentro do Macintosh SE
por em Tutoriais
Última atualização:
16.044 visualizações
Página 1 de 7

Introdução

Após o lançamento do Macintosh original (também conhecido como Macintosh 128K) em 1984, do Macintosh 512K em 1985 e do Macintosh Plus em 1986, a Apple lançou em 1987 o Macintosh SE. Várias versões deste computador foram lançadas. Vamos discutir este computador em detalhes..

O Macintosh SE era baseado no mesmo processador (Motorola 68000), tinha o mesmo tamanho e usava o mesmo tamanho de tela e resolução (nove polegadas, preto e branco com resolução de 512 x 342 pixels) que os modelos anteriores do Macintosh (com exceção do Macintosh SE/30, que usava um processador Motorola 68030). Ele herdou a porta SCSI externa, a unidade de disquete de 800 KB (posteriormente melhorada para um disquete de 1,44 MB, como discutiremos adiante) e 1 MB de memória RAM usando quatro módulos de memória SIMM-30 (permitindo que você aumentasse a memória para até 4 MB) do Macintosh Plus.

Este computador, no entanto, vinha com novos recursos, sendo o mais importante a adição de um disco rígido (de 20 MB ou 40 MB), conectado a uma nova porta SCSI interna. Este foi o primeiro computador Macintosh a vir com um disco rígido interno (o modelo com duas unidades de disquete não vinha com um disco rígido interno).

Outra diferença entre o Macintosh SE e os modelos anteriores foi a adição de um novo barramento para conexão de periféricos como teclado e mouse, chamado ADB (Apple Desktop Bus).

Além disso, o Macintosh SE foi o primeiro Mac a vir com um slot de expansão, chamado PDS (Processor Direct Slot). A propósito, “SE” significa “System Expansion” ou “Expansão do Sistema”. Na verdade, o Macintosh II, que foi lançado ao mesmo tempo, também vinha com slots de expansão; o Macintosh II era um computador de mesa com gabinete tipo “desktop”, diferentemente do SE e seus antecessores, que eram computadores compactos.

Outro recurso que foi adicionado no SE foi uma ventoinha de refrigeração. Os computadores anteriores da Apple não vinham com uma ventoinha, porque o Steve Jobs achava que ela era barulhenta e “deselegante”.

Na Figura 1, você pode ver um Macintosh SE com um teclado e um mouse.

Macintosh SE Tutorial
Figura 1: O Macintosh SE

A primeira coisa que você notará ao ver um Macintosh SE é como ele era pequeno. Na Figura 2, nós o comparamos com um monitor LCD de 21 polegadas.

Macintosh SE Tutorial
Figura 2: O Macintosh SE comparado com um monitor LCD de 21 polegadas

Diferentemente dos modelos anteriores, o computador não vinha com um teclado e você deveria comprá-lo separadamente. Naquela época, duas opções estavam disponíveis: o “Apple Keyboard” (modelo M0116), que era mais barato e, portanto, mais comum (mostrado nas Figuras 1, 2 e 3) e o “Apple Extended Keyboard” (modelo M0115), que era maior e mais caro. Nós mostramos este teclado na Figura 4. Já que o Macintosh SE usava uma porta ADB, qualquer teclado baseado nesta conexão poderia ser usado (por exemplo, você poderia usar o teclado Apple IIgs ou comprar um teclado de outro fabricante).

Macintosh SE Tutorial
Figura 3: Teclado “Apple Keyboard” (M0116)

Macintosh SE Tutorial
Figura 4: Tecladao “Apple Extended Keyboard”

O mouse que vinha com o Macintosh SE era diferente do que vinha com modelos anteriores do Macintosh, como você pode ver na Figura 5 (modelo A9M0331 ou G5431). Assim com o teclado, você poderia usar qualquer mouse baseado na conexão ADB.

Macintosh SE Tutorial
Figura 5: O mouse

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMAS NOTÍCIAS EM OUTROS
ÚLTIMOS ARTIGOS
529.851 usuários cadastrados
686 usuários on-line