Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Teste do notebook Avell FullRange G1713 MAX

       
 23.517 Visualizações    Testes  
 1 comentário

Analisamos o FullRange G1713 MAX, um notebook para jogos de alto desempenho da brasileira Avell. Ele tem tela de 17,3” Full HD e placa de vídeo dedicada GeForce GTX 870M. Confira!

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

O FullRange G1713 MAX é um notebook para jogos da brasileira Avell, especializada em notebooks de alto desempenho. O modelo analisado tem um processador Intel Core i7-4900MQ, 16 GiB de memória (RAM), SSD de 240 GiB e tela Full HD de 17,3”. Vamos dar uma olhada nessa máquina.

Um detalhe interessante em relação à Avell é que, ao comprar seu notebook pela página da empresa, você pode configurá-lo como desejar, escolhendo processador, memória, unidades de armazenamento, sistema operacional e acessórios. Existem configurações previamente escolhidas, mas você pode modificá-las à vontade.

A caixa do Avell FullRange G1713 MAX é mostrada na Figura 1.

Avell FullRange G1713 MAX
Figura 1: caixa do FullRange G1713 MAX

A Figura 2 mostra os acessórios que vêm com o FullRange G1713 MAX: manual, fonte de alimentação de 180 W, folha com adesivos e dois discos com os drivers.

Avell FullRange G1713 MAX
Figura 2: acessórios

A Figura 3 mostra o Avell FullRange G1713 MAX. Ele mede 428 x 301 x 55 mm e pesa 3,6 kg. Obviamente, ele não tem como objetivo ser leve nem fino.

Avell FullRange G1713 MAX
Figura 3: o Avell FullRange G1713 MAX

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Legal ver máquinas compactas com esse poder de fogo. Eu me lembro dos tempos em que era senso comum não indicar um notebook para quem pretendia jogar, devido à carência de recursos e ao baixo desempenho dessas máquinas, para jogos.

 

Por outro lado, sempre que alguém me pergunta sobre a compra de um micro novo, e considerando a proliferação de notebooks no mercado já há algum tempo, eu sempre opino assim: compre um notebook apenas se você precisar de mobilidade e/ou realmente não tiver espaço físico para um desktop. Digo isso inclusive para quem vai usar a máquina para tarefas comuns, mas principalmente para quem quer jogar.

 

Para mim, jogar num bom notebook ou num bom desktop é como assistir um filme: ainda que você tenha um belo equipamento em casa (notebook), é difícil comparar com uma boa sala de cinema (desktop).

 

Obrigado por mais uma excelente análise, Rafael! :joia:

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora