Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Teste do notebook Avell G1765 FIRE

       
 322.520 Visualizações    Testes  
 4 comentários

Analisamos o G1765 FIRE, um notebook para jogos de alto desempenho da brasileira Avell. Ele tem processador de computador de mesa, o Core i7-4790, tela de 17,3” Full HD e placa de vídeo GeForce GTX 970M com 6 GiB de memória dedicada. Confira!

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

O G1765 FIRE é um notebook para jogos da brasileira Avell, especializada em notebooks de alto desempenho. O modelo analisado tem um processador Intel Core i7-4790, 16 GiB de memória (RAM), SSD de 250 GiB e tela Full HD de 17,3” e tem como grande diferencial usar um processador voltado a computadores de mesa e não um processador desenvolvido para computadores portáteis. Vamos dar uma olhada nessa máquina.

Um detalhe interessante em relação à Avell é que, ao comprar seu notebook pela página da empresa, você pode configurá-lo como desejar, escolhendo processador, memória, unidades de armazenamento, sistema operacional e acessórios. Existem configurações previamente escolhidas, mas você pode modificá-las à vontade.

A Figura 1 mostra o Avell G1765 FIRE. Ele mede 418 x 284 x 41 mm e pesa 3,9 kg. Obviamente, ele não tem como objetivo ser leve nem fino. A tampa superior tem uma textura emborrachada.

Avell G1765 FIRE

Figura 1: O G1765 Fire

A Figura 2 mostra os acessórios que vêm com o G1765 FIRE: fonte de alimentação de 230 W, folha com adesivos e um disco com os drivers, além da bateria de 14,8 V e 82 Wh.

Avell G1765 FIRE

Figura 2: acessórios

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Ótimo artigo mas fica a ressalva de que faltou um teste de desempenho do note, pra avaliar o conjunto. Também é inaceitável faltar um drive óptico, mesmo sabendo que pode-se usar uma unidade externa. Um computador como esse com certeza é o sonho de consumo de muita gente, mas o problema é que com esse valor pode-se comprar todos os consoles de mesa da atual geração, mais um PS Vita, um New Nintendo 3DS e ainda sobrar um troco para os jogos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótimo artigo mas fica a ressalva de que faltou um teste de desempenho do note, pra avaliar o conjunto. Também é inaceitável faltar um drive óptico, mesmo sabendo que pode-se usar uma unidade externa. Um computador como esse com certeza é o sonho de consumo de muita gente, mas o problema é que com esse valor pode-se comprar todos os consoles de mesa da atual geração, mais um PS Vita, um New Nintendo 3DS e ainda sobrar um troco para os jogos.

 

O problema é que, para fazermos um teste de desempenho, teríamos de ter outro notebook concorrente (da mesma faixa de preço) para rodar os mesmos testes. Não faz sentido testar o notebook "contra ele mesmo".

Quanto à unidade óptica, é questão mesmo de gosto. Eu pessoalmente acho completamente dispensável.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O problema é que, para fazermos um teste de desempenho, teríamos de ter outro notebook concorrente (da mesma faixa de preço) para rodar os mesmos testes. Não faz sentido testar o notebook "contra ele mesmo".

Quanto à unidade óptica, é questão mesmo de gosto. Eu pessoalmente acho completamente dispensável.

 

Entendo Rafael. Mas quanto ao drive óptico disse aquilo porque, em uso cotidiano não faz tanta falta, mas se levar em consideração que quem comprar jogos originais em mídia física e não usar hack para inicializar o jogo sem o disco original vai precisar deixar na unidade.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olá pessoal, essa é minha primeira participação aqui no Clube do Hardware e sempre vejo os resultado dos testes feitos por vocês.

Eu tenho um notebook da Avell, mas o meu é um G1511 MAX.

Por ter um notebook da mesma marca e por já ter feito upgrade de memória, informo que apesar de ele vir com o lacre, o processo de upgrade é simples. É necessário apenas o usuário enviar um e-mail para o suporte tecnico da Avell e solicitar a autorização para rompimento do Lacre. Eles retornam autorizando e você pode abrir a máquina sem perder a garantia, sendo necessário apenas guardar o e-mail da autorização.

Estou muito satisfeito com essa marca até agora e acredito que não mude tão cedo.

 

Atenciosamente,

 

Márcio Antônio Marquez.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora