Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Athlon MP

       
 33.270 Visualizações    Artigos  
 0 comentários

Conheça o primeiro processador AMD com suporte a multiprocessamento do mercado.

Athlon MP
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

O Athlon MP é o primeiro processador da AMD capaz de trabalhar com multiprocessamento (SMP), isto é, ter mais de um processador no mesmo micro. Até pouco tempo atrás, esse terreno era exclusividade da Intel e de outros fabricantes de processadores exclusivos para servidores (como o Alpha).

É sempre bom lembrar que PCs com mais de um processador não são destinados aos usuários comuns. Isso porque somente sistemas operacionais servidores de rede, como o Windows NT Server, o Windows 2000 Server, o Linux, e demais versões de Unix (FreeBSD, AIX, etc), são capazes de reconhecer mais de um processador e distribuir tarefas entre eles. Ou seja, sistemas operacionais como o Windows 9x/ME reconhecem somente um processador, não fazendo o menor sentido ter uma máquina com dois processadores se você for usar esse tipo de sistema operacional.

Para você ter mais de um processador no mesmo micro a placa-mãe obviamente precisa ser especial, isto é, ter dois soquetes para você conseguir instalar dois processadores. O primeiro chipset capaz de reconhecer dois processadores lançado no mercado é o AMD 760MPX, ou seja, todas as placas-mães Dual Athlon MP existentes hoje utilizam esse circuito.

Se você estudar as placas-mães Dual Athlon MP que estão sendo lançadas no mercado, você verá que o Athlon MP veio para ficar e é realmente capaz de desbancar a supremacia da Intel nesse terreno, por causa da incrível quantidade de recursos de ponta. Para você ter uma idéia mais concreta, vamos dar uma olhada em algumas das principais placas-mães já lançadas para esse processador no mercado.

A Tyan TigerMPX (http://www.tyan.com) tem quatro soquetes DDR-DIMM (máximo de 4 GB de memória DDR-SDRAM), um slot AGP 4x, quatro slots PCI convencionais e dois slots PCI de 64 bits, 66 MHz, que é quatro vezes mais rápido que o slot PCI convencional (se forem usadas placas de 64 bits, 66 MHz, é claro). O slot PCI convencional trabalha a 33 MHz, 32 bits, atingindo uma taxa de transferência de 132 MB/s, enquanto esses slots PCI de 64 bits, 66 MHz atingem uma taxa de transferência de 528 MB/s. Já o modelo Thunder K7X S2468 do mesmo fabricante tem dois slots PCI de 66 MHz e 64 bits, dois slots PCI convencionais e um slot AGP Pro, trazendo ainda quatro soquetes DDR-DIMM em um exclusivo ângulo de 45º (os soquetes são inclinados e não "em pé" como em todas as outras placas), duas placas de rede on-board e placa SCSI Adaptec on-board. Outro fabricante, a IWILL (http://www.iwill.net) também oferece excelentes placas-mães dual Athlon, como a MPX2, que tem dois slots PCI de 64 bits, 66 MHz, quatro slots PCI convencionais e um slot AGP Pro.

Mas a grande novidade mesmo é o lançamento do novo modelo de processador Duron, com suporte ao multiprocessamento. Isso mesmo, os novos modelos de Duron, ao contrário do Athlon e do Athlon XP, podem ser utilizados diretamente em placas-mães Dual Athlon MP. Esse processador possui o nome-código Morgan e é encontrado em clocks de 1 GHz, 1,1 GHz, 1,2 GHz e 1,3 GHz. Note que a placa-mãe dual Athlon MP irá reconhecer o Duron como sendo um Athlon MP rodando externamente a 100 MHz. Visualmente, você pode facilmente reconhecer se um Duron aceita ou não operar em multiprocessamento olhando a ponte de fusíveis L5 existente sobre o corpo do processador. Se o último fusível estiver fechado, ele aceita operar em multiprocessamento. Caso esse fusível esteja aberto, ele não aceita. Se você não entendeu isso muito bem, não se preocupe. Explicaremos isso em detalhes na nossa coluna da semana que vem.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×