Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Novos Processadores Pentium III

       
 37.429 Visualizações    Artigos  
 0 comentários

Conheça os novos modelos de Pentium III, lançados recentemente pela Intel e suas características.

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

A Intel recentemente lançou novos modelos do seu processador Pentium III no mercado, e é bom você ficar por dentro dessa novidade, para comprar corretamente o seu Pentium III.

Você encontrará dois tipos de Pentium III no mercado: o tradicional, em forma de cartucho – que usa placas-mães do tipo slot 1, a mesma do Pentium II –, e o novo modelo em forma de soquete, chamado FCPGA (Flip Chip Pin Grid Array) – que utiliza placas-mães do tipo soquete 370, a mesma usada pelo Celeron PPGA.

Ou seja, para baratear o custo do processador, a Intel passou a produzir o Pentium III no mesmo formato do Celeron. Mas tome muito cuidado: não são todas as placas-mães soquete 370 que aceitam o Pentium III FCPGA. Dessa forma, se você está pensando em fazer um upgrade de um Celeron para um Pentium III FCPGA trocando apenas o processador, verifique no site do fabricante da placa-mãe se a sua placa aceita esse novo modelo de Pentium III. Caso não aceite, você precisará trocar também a placa-mãe ao efetuar o upgrade (a memória RAM precisará ser trocada também, caso ela não seja PC-100).

Mas não é só no formato físico que há novidades. Há modelos de Pentium III que trabalham externamente a 133 MHz – diferentemente dos modelos convencionais, que trabalham a 100 MHz – e, por esse motivo, são bem mais rápidos. Esses modelos são chamados "B". Por exemplo, existem dois modelos do Pentium III-600 no mercado: o de 100 MHz (Pentium III-600) e o de 133 MHz (Pentium III-600B). Apesar de ambos terem a mesma freqüência de operação interna, o modelo B é bem mais rápido por trabalhar externamente a uma freqüência de operação maior. Dessa forma, ao comprar o seu novo processador Pentium III, opte pelo modelo "B" – se o seu orçamento permitir, é claro. A placa-mãe para os modelos de 133 MHz é diferente (ela tem de suportar o barramento de 133 MHz) e a memória RAM também (ela tem de ser preferencialmente PC-133 ou Rambus. Apesar de algumas placas-mães aceitarem processadores de 133 MHz trabalhando em conjunto com memórias de 100 MHz, esse procedimento diminui o desempenho da máquina), o que acaba elevando o preço do micro.

Outra novidade é a existência de modelos de Pentium III com 256 KB de memória cache – chamados modelo "E" – em vez de 512 KB, como é o padrão. Em compensação, nos modelos com 256 KB a memória cache é acessada na mesma freqüência do processador, enquanto nos modelos de 512 KB esta memória é acessada na metade da freqüência de operação do processador. Por exemplo, em um Pentium III-550 a memória cache, de 512 KB, é acessada a 275 MHz. Em um Pentium III-550E, a memória cache é menor, de 256 KB, mas é acessada a 550 MHz. No final das contas, pode ser que o processador fique até mais rápido com essa modificação.

Há processadores Pentium III que trazem simultaneamente o barramento de 133 MHz e a memória cache de 256 KB. Esses modelos são chamados "EB", como, por exemplo, o Pentium III-600EB.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×