Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Processadores Intel Voltam a Ser Soqueteados

       
 20.103 Visualizações    Editoriais  
 0 comentários

Processadores da Intel voltam a ser soqueteados.

Processadores Intel Voltam a Ser Soqueteados
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

É de conhecimento de todos os amantes de hardware que a Intel passou a produzir o processador Celeron soqueteado (soquete 370) em vez de contruído em um cartucho para baratear o custo deste processador.

A grande novidade é o anúncio de uma nova geração de processadores Pentium III usando soquete 370. Esses processadores terão 256 KB de cache L2 trabalhando na mesma frequencia de operação do processador (o cache L2 do Celeron é de 128 KB) e barramento externo de 133 MHz. O encapsulamento está sendo chamado de FC-PGA (Flip Chip Pin Grid Array).

Esses novos processadores não passam de um Celeron com cache L2 dobrado.

Todas as placas-mães soquete 370 que tenham barramento de 133 MHz aceitam essa nova geração de processadores, por exemplo as que usam o novo chipset Intel 810E.

Quanto ao desempenho dessa nova safra de Pentium III, achamos que eles terão o mesmo desempenho (ou podem ser até mesmo mais rápidos) do que os atuais processadores, se compararmos processadores com o mesmo clock. Como você pode ver em editorial de 02 de julho de 1999, a diferença de desempenho entre um Pentium II-400 e um Celeron-400 é muito pouca, pois, apesar de o Celeron ter um cache L2 menor, este trabalha na mesma freqüência de operação do processador, enquanto que no Pentium II e Pentium III o cache é acessado na metade da freqüência de operação do processador.

Por falar em K6-III, nota-se nitidamente a busca da Intel por barateamento de seus produtos, já que os processadores da AMD são mais rápidos e mais baratos, e a Intel vem paulatinamente perdendo mercado no segmento de micros baratos (low-end).

É sempre bom lembrar que na época do 386 a AMD dominava o mercado de processadores para PCs, porque eram iguais aos da Intel e mais baratos (e, em alguns casos, mais rápidos, como era o caso do 386DX-40 que só a AMD produzia). Com a campanha de marketing efetuada em conjunto com o lançamento do processador Pentium é que a Intel virou a mesa. E a AMD está gradativamente tomando o mercado de volta.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×