Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Tabela comparativa de preços AMD vs. Intel – fevereiro/2015

       
 49.388 Visualizações    Artigos  
 21 comentários

Uma análise comparativa de preços para responder à clássica pergunta, “qual processador da empresa A equivale ao processador x da empresa B”?

Tabela comparativa de preços AMD vs. Intel – fevereiro/2015
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Esta é a estreia da nossa tabela comparativa mensal de preços de processadores para computadores de mesa da AMD e da Intel.

O objetivo dessa tabela é apresentar o posicionamento dos produtos dessas empresas, de forma a mostrar quais produtos são concorrentes e responder de forma rápida à uma das perguntas mais comuns de nossos leitores: “qual processador da empresa A equivale ao processador x da empresa B”?

O segundo objetivo é detectar tendências no mercado de processadores para computadores de mesa, tais como a entrada de novos modelos, a saída de determinados modelos, e mudanças significativas de preços. Nesta primeira edição, indicamos em vermelho os modelos que estavam com estoque esgotado, o que pode indicar modelos prestes a sair de linha. Modelos não incluídos na tabela significa que já saíram de linha nos EUA.

Os preços foram pesquisados na Newegg.com no dia da publicação deste artigo. Decidimos por usar preços no mercado norte-americano por serem mais estáveis e para facilitar comparações em datas futuras.

A tabela leva em consideração apenas preço, não havendo como indicar qual processador é “melhor” ou “mais rápido”.

Neste mês, a Intel tinha 51 modelos listados, enquanto a AMD tinha 35. Como você pode ver, até o momento a AMD não tem modelos para competir em preço com o Core i7 da Intel.

Preço Intel AMD
US$ 34,99   Sempron 2650
US$ 38,99   Sempron 3850
US$ 39,99   Athlon X2 340
US$ 44,99 Celeron G1610 A4-6300
A6-5400K
US$ 45,99 Celeron G1820 A4-7300
US$ 46,99 Celeron G1840
Celeron G1620
 
US$ 49,99   Athlon 5150
A4-6320
US$ 58,99 Pentium G2030  
US$ 59,99 Celeron G1830 A6-6400K
US$ 59,99 Pentium G3220  
US$ 62,99 Pentium G3240  
US$ 64,99 Pentium G3250 Athlon 5350
A6-7400K
US$ 65,99 Pentium G2020  
US$ 69,99 Pentium G3258 A6-6420K
US$ 72,99 Pentium G2130  
US$ 77,99   Athlon X4 760K
US$ 83,99   A8-5600K
US$ 86,99 Pentium G2120
Pentium G3450
 
US$ 89,99   A8-7600
FX-4130
US$ 95,99   A8-6500
US$ 98,99   A8-5500
US$ 99,99   A8-6600K
A10-5800K
FX-4300
US$ 109,99   FX-6300
US$ 117,99 Core i3-3220T  
US$ 119,99 Core i3-3240
Core i3-4150
 
US$ 121,99 Core i3-4130  
US$ 124,99 Core i3-3220
Core i3-4130T
FX-6350
US$ 129,99   A10-6700
A10-6800K
A10-7700K
US$ 134,99 Core i3-2120
Core i3-4330
FX-8320E
US$ 141,99   A10-7800
US$ 149,99   FX-8320
US$ 153,99 Core i3-4350  
US$ 159,99 Core i3-4370 A10-7850K
US$ 162,99 Core i3-4340  
US$ 179,99 Core i5-4440
Core i5-4460
FX-8350
US$ 184,99 Core i5-4430  
US$ 189,99 Core i5-4440S
Core i5-4590
 
US$ 199,99 Core i5-4590S FX-8370
FX-8370E
US$ 202,99 Core i5-3470S  
US$ 204,99   FX-9370
US$ 224,99 Core i5-3570
Core i5-4690
 
US$ 234,99 Core i5-3570K  
US$ 239,99 Core i5-4690K FX-9590
US$ 244,99 Core i5-4670K  
US$ 304,99 Core i7-4790S  
US$ 309,99 Core i7-4770
Core i7-4790
 
US$ 311,99 Core i7-3770S  
US$ 314,99 Core i7-4771  
US$ 322,99 Core i7-4820K  
US$ 339,99 Core i7-4790K  
US$ 344,99 Core i7-4770K  
US$ 357,99 Core i7-3770K  
US$ 389,99 Core i7-5820K  
US$ 579,99 Core i7-4930K
Core i7-5930K
 
US$ 1.025,99 Core i7-4960X  
US$ 1.049,99 Core i7-5960X  

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Poxa bem que eu queria ver uma tabela comparativa com detalhes importantes dês do primeiro Intel e AMD até os atuais. Se fizesse ia dar um trabalho do caramba kkk mas fizeram da Nvidia e AMD então não deve ser tão horrível assim.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Dcorporation já temos várias tabelas desse tipo na área de Processadores do site:

 

http://www.clubedohardware.com.br/pagina/processadores/1/0/1

 

@antonelli3573 obrigado por detectar esse erro de digitação; corrigido!

Queria dizer uma talbela tipo AMD vs Intel igual essa mas com mais coisas alem do preço desculpa me expressar mal rs

Editado por Dcorporation

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tabela muito interessante.

Cada um pode tirar suas próprias conclusões, mas na minha opinião até o FX 8320 a AMD tem um custo x benefício muito interessante, visto que o fx 6300 está abaixo da faixa de preço do i3 de 3ª e 4ª geração, assim como o FX 8320 está com valor abaixo do i3 de 4ª geração.

Acima disso fica mais equilibrado, FX 8350 na faixa de preço de i5 de 4ª geração. Segundo os testes que vimos por aí, o i5 leva muita vantagem em testes single core, já em testes usando todos os núcleos há equilíbrio, mas ainda assim o i5 leva a melhor, o que deixa o i5 como melhor custo x benefício. Mas isso só nos EUA, pois aqui não se encontra um i5 4460 por menos de R$ 750,00, fica entre 750-900 já o FX 8350 se encontra facilmente na casa dos R$ 550-650 reais.

Não entendo porque processadores que têm a mesma faixa de preço nos EUA chegam ao Brasil com valores tão diferentes, por que os processadores intel core i5 e i7 chegam aqui tão inflacionados?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito boa a ideia chefe !

 

Seria melhor ainda se alguma loja topasse patrocinar o tópico pros preços serem brasileiros, ou se a Intel e  AMD divulgassem os preços sugeridos de seus produtos no Brasil.

 

Mas parece que ninguém (empresa) gosta de falar sobre isso..

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não sou FanBoy da AMD, mas achei um pouco injusto dizer que ela não tem processador pra concorrer com o I7 da Intel, é verdade nos Haswell Refresh, mas nos Haswell até o I7-4770K, o AMD FX-9590 Eight-Core tem quase o mesmo desempenho, tudo bem que consumindo mais que o dobro, além disso esse processador custa mais barato que o I7 e existe versões que ja vem com WaterCooler por quase o mesmo preço do I7, vejam vocês mesmos no CPUBenchmark.net https://www.cpubenchmark.net/high_end_cpus.html

Editado por RenatoMejias
Removido citação

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Queria dizer uma talbela tipo AMD vs Intel igual essa mas com mais coisas alem do preço desculpa me expressar mal rs

 

Infelizmente é muito complicado fazer isso. Pois especificações técnicas são muitas, e a tabela ficaria enorme e daria muito trabalho. Sendo que para o usuário final, tal comparação não significa muita coisa (por exemplo, do que adianta saber que "A" tem 2 MiB de cache L2 e "B" tem 4 MiB?). A comparação que faria sentido é de desempenho, mas aí a porca torce o rabo, pois teríamos de testar TODOS os processadores já lançados com exatamente a mesma metodologia. Aqui há vários problemas: (1) não temos acesso a todos os processadores; (2) demandaria tanto tempo que quando terminássemos teríamos de começar de novo para incluir novos lançamentos; (3) teríamos de retestar todos os processadores a cada nova alteração na metodologia de testes ou troca de versões de programas; (4) o resultado de testes de desempenho não é unificado. Cada quesito tem um resultado diferente. Há testes que usamos 15 programas diferentes e mesmo assim não há como dizer qual produto é melhor. Em outros, produto A se sai melhor no programa x mas se sai pior no programa y. Portanto, trata-se de uma tarefa praticamente impossível.

 

Não entendo porque processadores que têm a mesma faixa de preço nos EUA chegam ao Brasil com valores tão diferentes, por que os processadores intel core i5 e i7 chegam aqui tão inflacionados?

 

Essa é a pergunta de 1 milhão de dólares, explicar o famigerado "custo Brasil".

 

Apenas enfatizando que criei a tabela em dólar justamente por isso, porque os preços no Brasil não são estáveis, há flutuação cambial, há a ganância/custo Brasil, e muitos outros fatores. O intuito da tabela é mostrar como os fabricantes pensam em originalmente posicionar seus produtos, ou seja, como eles pensam ao lançar o produto, a faixa de preço, e com quem vai concorrer. Se isso é desvirtuado no Brasil, é outro problema.

 

Muito boa a ideia chefe !

 

Seria melhor ainda se alguma loja topasse patrocinar o tópico pros preços serem brasileiros, ou se a Intel e  AMD divulgassem os preços sugeridos de seus produtos no Brasil.

 

Mas parece que ninguém (empresa) gosta de falar sobre isso..

 

Exatamente, Evandro. Até pensamos fazer essa tabela em reais, mas os preços no Brasil não são estáveis (isto é, variam muito de loja para loja). Nos EUA os preços tendem a ser mais homogêneos no mercado. Ver também a resposta que dei acima.

 

Não sou FanBoy da AMD, mas achei um pouco injusto dizer que ela não tem processador pra concorrer com o I7 da Intel

 

Não é questão de ser justo ou injusto; é questão de FATO. O FATO é que a AMD não tem nenhum produto na faixa de preço do Core i7. O Core i7 começa em US$ 305 e o processador mais caro da AMD custa hoje US$ 240. Basta ver a tabela e saber interpretar corretamente os dados. Você está pensando em termos de características ou usabilidade ou qualquer outra coisa; nossa tabela analisa exclusivamente preços.

 

Edit: eu atualizei o texto para deixar claro que a comparação é apenas em relação a preço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em praticamente todos os sites no Brasil o custo x benefício da AMD fica bem melhor que o da intel. Por exemplo, um i3 3220 beira os R$ 400,00 enquanto um FX 6300 se encontra por  R$ 320,00 e um FX 8320 na faixa de R$ 480,00 (lembrando que R$ 480,00 não chega nem perto de pegar um i5 do mais simples).

Tive processadores AMD a vida toda por sempre ter um custo x benefício melhor, sempre tive vontade de ter um intel, mas quando vejo um simples dual core da Intel custar mais que um six core da amd a coisa complica. Mas pelo jeito isso é só no Brasil, lá fora intel também tem custo benefício.

Tomara que as coisas mudem por aqui um dia.

Editado por Gabriel Torres
Citação removida para maior clareza

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Gustavo Vescovi

 

Como você pode ver claramente na tabela, não há hoje concorrente direto em preço do FX-8320, mas ele fica posicionado (em preço) entre dois modelos do Core i3. Até aqui tudo certo, apenas reforça o que você diz acima.

 

Porém, o resto que você diz só mesmo através de testes de desempenho para saber se o FX-8320 é melhor que um Core i3 ou um Core i5.

 

Pois na prática especificações técnicas "melhores" não necessariamente resultam em desempenho maior.

 

A sua lógica de achar que um processador de seis núcleos é "melhor" que um processador de dois núcleos não é necessariamente verdade, vai depender de vários fatores, como programas usados e outras especificações técnicas. Por exemplo, se os programas usados só fizerem uso de um ou dois núcleos, você pode colocar um processador de 32 núcleos que não vai fazer diferença alguma.

 

Além disso, o que a AMD chama de núcleo não é um núcleo independente, pois cada par de núcleos compartilha recursos e uma mesma unidade de ponto flutuante. Cada par de núcleos em processadores atuais da AMD está mais para um núcleo Intel com tecnologia Hyper-Threading.

 

Como eu não fiz pessoalmente um teste do processador que você menciona, não tenho como afirmar categoricamente que "AMD é melhor que Intel", nem o contrário, que "Intel é melhor que AMD". Simplesmente me faltam dados. O problema, ao meu ver, é pessoas fazendo afirmações como essa na base do achismo. É muito comum aqui usuários do tipo "tenho AMD então AMD é melhor" ou "tenho Intel então Intel é melhor"... Peço inclusive a todos que evitem esse tipo de comentário!

 

Mas, enfim, há um teste desse processador que você menciona no Anandtech. Fica muito claro que quem é melhor depende basicamente do tipo de aplicação/programa e há áreas que o FX-8320 é melhor e há áreas que o Core i3 é melhor. Vai depender basicamente do uso: http://www.anandtech.com/show/6396/the-vishera-review-amd-fx8350-fx8320-fx6300-and-fx4300-tested

 

Abraços!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Gabriel Torres

Perfeita colocação. Acho que não me expressei muito bem.

Realmente o desempenho depende de uma série de fatores e principalmente dos programas que são usados para "medir" o potencial.

O que eu quis dizer é que, colocando um FX 6300 na faixa de R$ 320,00 e um i3 3220 de R$ 400,00 (no Brasil) sendo que na maioria dos testes ambos se equivalem (um ganha cá, outro ganha acolá), fica difícil optar pelo mais caro. Assim com o FX 8320.

Já conhecia a diferença de arquitetura e sim, o fato de ter 6 ou 8 núcleos não diz muita coisa, já que o que os núcleos da arquitetura FX não são "completos", mas aí vem uma longa história rsrs.

Há teorias para defender os dois lados, como por exemplo: "Para que vou me basear em testes single thread se a tendência multi thread é cada vez maior e é exatamente nos testes multi thread que os processadores com mais núcleos sejam eles "normais" ou "incompletos" levam boa vantagem?" (teoria favorável à AMD) ou "Para que um processador cheio de núcleos, gastando mais energia se nas minhas tarefas do dia a dia com os programas que uso, isso não vai me dar nada a mais de desempenho?" (teoria favorável à Intel).

 

Desculpe se passei a impressão de querer abrir aqui uma discussão Intel x AMD, na realidade o que eu gostaria mesmo é de ter os mesmos preços dos EUA, claro, cheio de impostos e bla bla bla mas mantendo a diferença real de valor, não como o que acontece com o FX 8350 e o i5 4460: Ambos custando $ 180 dólares nos EUA mas o FX 8350 chega aqui custando R$ 600 e o i5 4460 custando R$ 800!

 

Reiterando que meu objetivo aqui não é defender nenhum fabricante, tenho um processador AMD mas sonho há tempos montar um sistema Intel.

 

Em resumo, o melhor processador é aquele que atende à sua necessidade específica, seja ela por preço, desempenho geral ou desempenho em determinado aplicativo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Há 4 anos atrás eu havia comprado um Phenom x6 (e tinha condições de comprar um Intel), mas fui na onda de acreditar nos achismos que se criam nos foruns da vida de que "futuramente os aplicativos usarão mais núcleos e blábláblá", como se soubessem o que vai acontecer no futuro. Esse Phenom que eu tinha não perdia nada para o FX 6300 ou o FX 83xx. Eu cheguei a comparar pessoalmente, então eu tenho base para falar do assunto.

 

Essa semana comprei um i5 4460 (e sim, paguei caro pela mobo e a CPU) e me surpreendi com a diferença em basicamente tudo: jogos, aplicativos, uso cotidiano, etc. E isso em um processador com 2 núcleos a menos do que o Phenom que eu tinha que possuía 6. Se eu comparasse com benchmark sintéticos ou aplicativos que necessitam de multithreading, tenho certeza que seria um cenário mais equilibrado... mas o que me importa? O meu uso não é esse!

 

O GT está corretíssimo em afirmar que nossas escolhas devem se basear no USO do seu PC e não somente no PREÇO. Se você é um cara que apenas joga, não tem como eu não recomendar Intel, mesmo seu orçamento sendo mais limitado. O mesmo digo para o cara que vai usar o PC profissionalmente e que com certeza vai ter grana pra gastar em um i7. O "sweet spot" fica por conta do cara que vai fazer de tudo no PC, aí eu recomendaria AMD pelo preço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Há 4 anos atrás eu havia comprado um Phenom x6 (e tinha condições de comprar um Intel), mas fui na onda de acreditar nos achismos que se criam nos foruns da vida de que "futuramente os aplicativos usarão mais núcleos e blábláblá", como se soubessem o que vai acontecer no futuro. Esse Phenom que eu tinha não perdia nada para o FX 6300 ou o FX 83xx. Eu cheguei a comparar pessoalmente, então eu tenho base para falar do assunto.

 

Essa semana comprei um i5 4460 (e sim, paguei caro pela mobo e a CPU) e me surpreendi com a diferença em basicamente tudo: jogos, aplicativos, uso cotidiano, etc. E isso em um processador com 2 núcleos a menos do que o Phenom que eu tinha que possuía 6. Se eu comparasse com benchmark sintéticos ou aplicativos que necessitam de multithreading, tenho certeza que seria um cenário mais equilibrado... mas o que me importa? O meu uso não é esse!

 

O GT está corretíssimo em afirmar que nossas escolhas devem se basear no USO do seu PC e não somente no PREÇO. Se você é um cara que apenas joga, não tem como eu não recomendar Intel, mesmo seu orçamento sendo mais limitado. O mesmo digo para o cara que vai usar o PC profissionalmente e que com certeza vai ter grana pra gastar em um i7. O "sweet spot" fica por conta do cara que vai fazer de tudo no PC, aí eu recomendaria AMD pelo preço.

Amigo, não quero desmerecer a experiência que você teve na troca de processador, mas trocar um phenom X6 por um i5 não dá essa diferença toda em jogos e aplicativos do dia a dia...
Quando se troca um processador AMD por um Intel ou vice versa, automaticamente se troca a placa mãe e o correto é formatar a máquina, isso se a máquina toda já não é nova, com HD novo, memórias e etc. e aí vem a ilusão que a melhora toda veio por conta do processador.
Canso de escutar de clientes que acreditam que sua internet ficou melhor depois que comprou um notebook novo, nem preciso explicar isso, né? rsrs Imagine se colocasse um SSD nesse notebook rsrs
Quando você fala que os argumentos de que multi thread é tendência são furados, devo lhe lembrar que a própria Intel acredita nisso, a mesma já possui processadores de 6 núcleos (12 threads) desde a primeira geração da família core i, como i7 980x.
Multi thread não é futuro, já é presente. Já existem uma série de aplicativos que se beneficiam de vários núcleos e isso falando de desktop, porque em servidores o multi thread sempre foi o padrão.
Realmente o melhor processador é aquele que atende à sua necessidade, seja ela por preço, desempenho geral ou desempenho em determinado aplicativo, como eu mesmo já havia dito.
Quando você fala "não tenho como não recomendar Intel" aí sim o tópico está fugindo do que o próprio Gabriel pediu: "Sem discussões do tipo Intel melhor que AMD ou AMD melhor que intel.
Já tive em minhas mãos (de clientes) processadores tanto AMD quanto Intel e posso afirmar que nas tarefas do dia a dia (internet, media player, skype, office, assistir vídeos, reiniciar o sistema) tanto faz você ter um i3 um fx ou um i7 (quando digo tanto faz significa que a diferença é imperceptível). Agora, quando se fala em conversão de vídeos, edição de vídeos e imagens, compressão de arquivos aí a história é outra, por isso que quando se diz "tarefas do dia a dia" a explicação fica muito relativa.
Mas o que importa no final das contas não é a marca do processador, mas sim o desempenho que o mesmo tem na tarefa que você precisa usar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

 

Amigo, não quero desmerecer a experiência que você teve na troca de processador, mas trocar um phenom X6 por um i5 não dá essa diferença toda em jogos e aplicativos do dia a dia...
Quando se troca um processador AMD por um Intel ou vice versa, automaticamente se troca a placa mãe e o correto é formatar a máquina, isso se a máquina toda já não é nova, com HD novo, memórias e etc. e aí vem a ilusão que a melhora toda veio por conta do processador.
Canso de escutar de clientes que acreditam que sua internet ficou melhor depois que comprou um notebook novo, nem preciso explicar isso, né? rsrs Imagine se colocasse um SSD nesse notebook rsrs

 

Peraí, quer dizer então que só senti diferença porque o produto é novo? É isso? Eu nem ao menos me dei o trabalho de formatar meu SSD, amigo (sim, não fiz o aconselhável) e senti uma baita diferença... eu apenas troquei placa mãe e processador, o resto utilizei do sistema antigo do jeito que estava. Retirei drivers antigos e instalei novos e ponto final. Eu não fui iludido não.

 

Temos que ser práticos. Na minha utilização senti sim diferença, principalmente nos jogos. Vi diferença inclusive em FPS no Arma 3, que utiliza muita CPU. Em vários outros jogos meu FPS mínimo melhorou bastante. Praticamente acabou o stuttering nestes mesmos jogos! Ao mesmo tempo fiz testes no 3DMark para ver se mudava algo... e não mudou, praticamente a mesma pontuação. O que tomei de conclusão? Que fiz uma ótima compra, afinal de contas benchmarks sintéticos PRA MIM não querem dizer nada na minha utilização do dia-a-dia.

 

E quando eu citei sobre a tendência do multithreading foi relacionado aos jogos, e não fui muito claro nisso, me desculpe. Nessa área ainda vale mais qualidade do que quantidade de cores. Em outras você tem toda a razão.

 

Respeito sua opinião, mas como você mesmo disse, vamos continuar a discussão do tópico de forma a não haver defesa de determinado produto. O que até então eu não havia feito e nunca foi minha intenção, afinal sou consumidor tanto de AMD como de Intel.

 

Peace.

Editado por DarkSideZin

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Peraí, quer dizer então que só senti diferença porque o produto é novo? É isso? Eu nem ao menos me dei o trabalho de formatar meu SSD, amigo (sim, não fiz o aconselhável) e senti uma baita diferença... eu apenas troquei placa mãe e processador, o resto utilizei do sistema antigo do jeito que estava. Retirei drivers antigos e instalei novos e ponto final. Eu não fui iludido não.

 

Temos que ser práticos. Na minha utilização senti sim diferença, principalmente nos jogos. Vi diferença inclusive em FPS no Arma 3, que utiliza muita CPU. Em vários outros jogos meu FPS mínimo melhorou bastante. Praticamente acabou o stuttering nestes mesmos jogos! Ao mesmo tempo fiz testes no 3DMark para ver se mudava algo... e não mudou, praticamente a mesma pontuação. O que tomei de conclusão? Que fiz uma ótima compra, afinal de contas benchmarks sintéticos PRA MIM não querem dizer nada na minha utilização do dia-a-dia.

 

E quando eu citei sobre a tendência do multithreading foi relacionado aos jogos, e não fui muito claro nisso, me desculpe. Nessa área ainda vale mais qualidade do que quantidade de cores. Em outras você tem toda a razão.

 

Respeito sua opinião, mas como você mesmo disse, vamos continuar a discussão do tópico de forma a não haver defesa de determinado produto. O que até então eu não havia feito e nunca foi minha intenção, afinal sou consumidor tanto de AMD como de Intel.

 

Peace.

Bem, acredito que chegamos a um acordo então!

É que lá na sua primeira resposta, você disse que sentiu muita diferença em jogos, aplicativos e uso cotidiano, tanto que eu só discordei do "uso cotidiano".

Como disse antes, "dia a dia" é muito relativo, pelo menos eu quando leio "dia a dia" interpreto como programas básicos, office, internet, assistir vídeos, redes sociais e nisso não se nota a diferença que um processador pode fazer.

Não que o phenom seja ruim, mas você também comparou uma arquitetura de 5 anos atrás com uma atual rsrs coitado do phenom guerreiro!

Quando disse da diferença que se sente quando se monta um pc novo ser atribuída muitas vezes ao processador, não estava destinando especificamente à você, dizia de uma forma geral, desculpe se fui muito duro, não foi essa a intenção.

Acho que hoje em dia as pessoas dão "poder" demais ao processador. Parece que se tiver um i7 top de linha não precisa mais nada que tudo vai funcionar bem, quando na realidade, cada peça tem sua responsabilidade, por isso sempre é importante saber "a máquina será para?";

 

Mas é isso, no final acho que concordamos,abraço!

Editado por Gustavo Vescovi

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

aqui em porto alegre o i5 4460 ta custando entre 650 a 700 reais alias nunca paguei mais de 700 reais nesta cpu , esta cpu vende muito as lojas aproveitam o estoque baixo e colocam o valor lá em cima , outra coisa o i5 4460 funciona como um reloginho mas placas mãe mais baratas 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Que saudade do tempo do Athlon XP e Atlhon 64 contra o Pentium 4. Do Athlon 64 X2 contra o Pentium D e core 2 Duo, Do Phenom II X4 contra o Core 2 quad dentre outras batalhas travadas entre Amd e intel em rítimo de "igualdade".

Sou torcedor da concorrência entre as empresas. Nós, consumidores, ganhamos demais com a concorrência. Com ela, temos mais opções de produtos e preços mais baixos. Sem contar que, quando uma empresa tem um concorrente à sua altura, investe mais em pesquisas e funcionários, nos trazendo produtos cada vez melhores pois não pode se dar o luxo de acomodar-se e muito menos colocar seus preços nas alturas, pois sua concorrente a deixaria para trás.

Veja o mercado de placas mãe, temos Asus, Gigabyte, Asrock e MSI nos dando excelentes opções de alto nível, sem citar outros fabricantes. O que eu quero dizer com isso? É muito simples:

Não dá pra questionar a superioridade da Intel em seus processadores, a Intel tem o que há de melhor e ponto final. Mas o que vejo muitas vezes é uma força negativa contra a AMD, pessoas tentando provar por A mais B que AMD não presta. Todos nós deveríamos ser torcedores da AMD por um fato muito simples: Se um dia a AMD deixar de existir vocês acham mesmo que a intel vai se esforçar tanto em pesquisar novas tecnologias, desenvolver novas arquiteturas e manter um bom preço? Óbvio que não. Falta de concorrência gera comodismo e preços altos, quem paga a conta disso somos nós, consumidores. Por qual razão a Intel venderia seu i3 na faixa dos R$ 400,00 se não houvesse concorrente? O i5 de quarta geração que você paga hoje seus R$ 700,00 poderia estar ainda na segunda geração e custando mais de R$ 1.000,00 se não houvesse nenhum outro processador fazendo sombra pra ele, pois para quê investir milhões em pesquisas para lançar uma arquitetura nova se sua empresa é a única do mercado? 

Não seria bom se além de AMD e Intel tivéssemos mais 1 ou duas empresas de alto nível fabricando processadores? Imaginem as opções que teríamos e as ofertas acima de tudo.

Em resumo, torço muito para q a AMD dê a volta por cima e ofereça novamente concorrência à intel, assim como torceria pela Pc chips se só houvesse ela e mais 1 outro fabricante de placas mãe, assim como torceria pela Adata se houvesse apenas ela e mais um outro fabricante de memória ram. A concorrência nos beneficia demais e torcer contra ela é torcer contra seu próprio bolso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Que saudade do tempo do Athlon XP e Atlhon 64 contra o Pentium 4. Do Athlon 64 X2 contra o Pentium D e core 2 Duo, Do Phenom II X4 contra o Core 2 quad dentre outras batalhas travadas entre Amd e intel em rítimo de "igualdade".

Sou torcedor da concorrência entre as empresas. Nós, consumidores, ganhamos demais com a concorrência. Com ela, temos mais opções de produtos e preços mais baixos. Sem contar que, quando uma empresa tem um concorrente à sua altura, investe mais em pesquisas e funcionários, nos trazendo produtos cada vez melhores pois não pode se dar o luxo de acomodar-se e muito menos colocar seus preços nas alturas, pois sua concorrente a deixaria para trás.

Veja o mercado de placas mãe, temos Asus, Gigabyte, Asrock e MSI nos dando excelentes opções de alto nível, sem citar outros fabricantes. O que eu quero dizer com isso? É muito simples:

Não dá pra questionar a superioridade da Intel em seus processadores, a Intel tem o que há de melhor e ponto final. Mas o que vejo muitas vezes é uma força negativa contra a AMD, pessoas tentando provar por A mais B que AMD não presta. Todos nós deveríamos ser torcedores da AMD por um fato muito simples: Se um dia a AMD deixar de existir vocês acham mesmo que a intel vai se esforçar tanto em pesquisar novas tecnologias, desenvolver novas arquiteturas e manter um bom preço? Óbvio que não. Falta de concorrência gera comodismo e preços altos, quem paga a conta disso somos nós, consumidores. Por qual razão a Intel venderia seu i3 na faixa dos R$ 400,00 se não houvesse concorrente? O i5 de quarta geração que você paga hoje seus R$ 700,00 poderia estar ainda na segunda geração e custando mais de R$ 1.000,00 se não houvesse nenhum outro processador fazendo sombra pra ele, pois para quê investir milhões em pesquisas para lançar uma arquitetura nova se sua empresa é a única do mercado? 

Não seria bom se além de AMD e Intel tivéssemos mais 1 ou duas empresas de alto nível fabricando processadores? Imaginem as opções que teríamos e as ofertas acima de tudo.

Em resumo, torço muito para q a AMD dê a volta por cima e ofereça novamente concorrência à intel, assim como torceria pela Pc chips se só houvesse ela e mais 1 outro fabricante de placas mãe, assim como torceria pela Adata se houvesse apenas ela e mais um outro fabricante de memória ram. A concorrência nos beneficia demais e torcer contra ela é torcer contra seu próprio bolso.

 

Tive todos esses processadores da AMD que você citou (menos o X4, nesse eu pulei pro X6)... tive também Duron... K6-2... meu Deus, parece que foi ontem hahahaha.

 

Concordo em genêro, número e grau contigo. Mas eu pessoalmente não acho que o "haterismo" que se formou contra a AMD tenha contribuido ou está contribuindo com essa lentidão dela em ser competitiva. Ela simplesmente foi e é uma empresa bem menor que a Intel e com menos recursos para desenvolvimento. Sem contar o desvio de foco que ela andou tomando no últimos anos, como equipar os últimos consoles lançados. Isso na minha opinião só atrasa o lançamento de novos processadores. Ela deixou de ser uma empresa voltada exclusivamente para CPUs e diversificou seu negócio, mas isso fez ela perder a competitividade em face a Intel que até aonde eu sei trabalha exclusivamente com processadores (já trabalhou com mobos, eu sei).

 

No fundo tudo se trata de dinheiro, sinceramente. O GT mesmo já postou aqui os valores de mercado de cada empresa. É tipo comparar aquele mercadinho de bairro com uma franquia de hipermercados como o Carrefour.

 

Também torço para a AMD, mas sei lá... eles não ajudam.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tive todos esses processadores da AMD que você citou (menos o X4, nesse eu pulei pro X6)... tive também Duron... K6-2... meu Deus, parece que foi ontem hahahaha.

 

Concordo em genêro, número e grau contigo. Mas eu pessoalmente não acho que o "haterismo" que se formou contra a AMD tenha contribuido ou está contribuindo com essa lentidão dela em ser competitiva. Ela simplesmente foi e é uma empresa bem menor que a Intel e com menos recursos para desenvolvimento. Sem contar o desvio de foco que ela andou tomando no últimos anos, como equipar os últimos consoles lançados. Isso na minha opinião só atrasa o lançamento de novos processadores. Ela deixou de ser uma empresa voltada exclusivamente para CPUs e diversificou seu negócio, mas isso fez ela perder a competitividade em face a Intel que até aonde eu sei trabalha exclusivamente com processadores (já trabalhou com mobos, eu sei).

 

No fundo tudo se trata de dinheiro, sinceramente. O GT mesmo já postou aqui os valores de mercado de cada empresa. É tipo comparar aquele mercadinho de bairro com uma franquia de hipermercados como o Carrefour.

 

Também torço para a AMD, mas sei lá... eles não ajudam.

Bela lembrança, saudoso duron que em muitas situações deixava o celeron comendo poeira...

K6-2 que batia de frente com o Pentium II...

Bons tempos, que saudade!

Mesmo a AMD sendo muito menor que a Intel, fez um belo papel durante muito tempo...

Hoje eu olho pro windows e penso: Me atende, não tenho lá muitas queixas, mas qual o parâmetro de comparação? Gostamos do windows pois não temos outra opção (quem gosta de jogar, claro).

Se houvesse pelo menos mais um sistema operacional à altura do windows, o próprio windows seria muito melhor. Se hoje o windows parece perfeito para alguns, é pelo simples fato da ausência de parâmetros para comparação...

Tomara que isso também não aconteça com os processadores!

Editado por Gustavo Vescovi

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×