Ir ao conteúdo

Teste do processador Core i5-7600K

       
 30.303 Visualizações    Testes  
 12 comentários

Testamos hoje o Core i5-7600K, modelo topo de linha da nova série Core i5 de sétima geração da Intel, codinome Kaby Lake. Confira!

Teste do processador Core i5-7600K
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Com quatro núcleos e clock máximo de 4,2 GHz, o Core i5-7600K é o modelo mais topo de linha da nova série Core i5 de sétima geração, codinome Kaby Lake. Vamos testá-lo!

Recentemente a Intel lançou os processadores Core i de sétima geração, codinome Kaby Lake. Inicialmente foram lançados os Core i7 e Core i5, e logo depois os Core i3, Pentium G e Celeron. Estes processadores trazem poucas mudanças em relação aos modelos de sexta geração (Skylake), como você pode ler em nosso tutorial "Por dentro da microarquitetura Intel Kaby Lake".

Dentre os processadores Core i5 dessa geração, o Core i5-7600K é, pelo menos até agora, o modelo mais topo de linha. Além do clock mais alto do que seus irmãos para computadores de mesa Core i5-7600, Core i5-7500 e Core i5-7400, ele ainda oferece multiplicador de clock destravado, sendo desta forma recomendado também para overclock.

O Core i5-7600K tem quatro núcleos, clock base de 3,8 GHz, clock turbo de 4,2 GHz, 6 MiB de cache L3 e TDP de 91 W. Como os demais processadores Kaby Lake, ele é fabricado com tecnologia de 14 nm.

O Core i5-7600K não tem, até o momento, um concorrente da AMD. O interessante é que ele chegou ao mercado custando exatamente o mesmo que o Core i5-6600K, ao qual ele obviamente veio substituir. Infelizmente, não temos no laboratório um Core i5-6600K, de forma que vamos testá-lo contra um Core i5-6500, que é um processador cerca de 15% mais barato. Desta forma, tenha em mente que os processadores incluídos em nosso teste não estão no mesmo patamar de preço.

A Figura 1 mostra o processador Core i5-7600K. Recebemos da Intel apenas o processador, sem embalagem ou cooler.

corei5-7600k-01.jpg

Figura 1: o processador Core i5-7600K

Na Figura 2 vemos o lado inferior do Core i5-7600K.

corei5-7600k-02.jpg

Figura 2: lado de baixo do Core i5-7600K

Neste teste, utilizamos o vídeo integrado dos processadores incluídos em todos os testes de processamento. Porém, nos testes com jogos, desabilitamos o vídeo integrado e utilizamos uma GeForce GTX 1080, para que pudéssemos verificar apenas o desempenho de processamento nos jogos, e não o desempenho do vídeo integrado.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Compartilhar

  • Curtir 4


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários


33 minutos atrás, Cezar Salles disse:

Muito bom como sempre, mas eu acho que ficaria mais completo com o teste em 4k em jogos.

 

Aí o teste é da placa de vídeo e não do processador. ;)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu comprei um desse esse mês e to gostando do desempenho. Faz a gtx 970 trabalhar em seu limite máximo sem se esforçar muito. Deixei em 4,5ghz só para dizer q tem um overclock mas não quis forçar muito logo de cara.

Editado por Carlos Eduardo B Camargo

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Cezar Salles disse:

Muito bom como sempre, mas eu acho que ficaria mais completo com o teste em 4k em jogos.

Obrigado!

Como o @Evandro falou, um teste de jogo em 4K apenas placa de vídeo é exigida a mais do que em Full HD, o que aumenta muito a chance de acontecer um gargalo de placa de vídeo. Por isso não faz muito sentido, em um teste de processador, utilizar resolução 4K para jogos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Por favor, comparem com o 6600k, to querendo comprar ele, mas tô vendo tanto marketing em cima do kaby lake que tá enchendo zzzz. Seria ótimo saber como ele se sai contra o seu antecessor 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, LordKalecgos disse:

Por favor, comparem com o 6600k

 

O problema é que a Intel não nos envia peças e não temos dinheiro para comprar um no momento. Abraços.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 13/02/2017 às 14:55, Rafael Coelho disse:

Obrigado!

Como o @Evandro falou, um teste de jogo em 4K apenas placa de vídeo é exigida a mais do que em Full HD, o que aumenta muito a chance de acontecer um gargalo de placa de vídeo. Por isso não faz muito sentido, em um teste de processador, utilizar resolução 4K para jogos.

 

Entendi, mas estou com uma duvida, em jogos que exige bastante do processador como o GTA5, se eu aumentar a resolução não vai exigir mais ainda do processador ?

 

Agradeço as respostas da primeira pergunta.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
54 minutos atrás, Cezar Salles disse:

 

Entendi, mas estou com uma duvida, em jogos que exige bastante do processador como o GTA5, se eu aumentar a resolução não vai exigir mais ainda do processador ?

 

Agradeço as respostas da primeira pergunta.

 

Exatamente. Aumentando a resolução, o número de elementos gerados pelo processador (movimento das pessoas e carros, etc) continua exatamente o mesmo, apenas aumenta a resolução na qual a placa de vídeo vai renderizar os polígonos. Assim, aumentar a resolução aumenta a carga de trabalho na placa de vídeo, mas não no processador.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, Cezar Salles disse:

 

Entendi, mas estou com uma duvida, em jogos que exige bastante do processador como o GTA5, se eu aumentar a resolução não vai exigir mais ainda do processador ?

 

Agradeço as respostas da primeira pergunta.

 

Dá uma olhada neste teste:

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Estou muito disposto a pegar esse i5 7600k. Pretendo rodar emuladores (PS2, Wii, 3DS, WiiU), e games de PC (Witcher 3, Resident Evil e Tomb Raider, a princípio) e nem precisa ser em Ultra (High, 1080p, ou Medium, já tá legal). Acho que pelos 4 núcleos, pelo clock, e as instruções, acho um boa opção. Valeu pelo teste!! 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 16/02/2017 às 14:10, LFRovi disse:

Estou muito disposto a pegar esse i5 7600k. Pretendo rodar emuladores (PS2, Wii, 3DS, WiiU), e games de PC (Witcher 3, Resident Evil e Tomb Raider, a princípio) e nem precisa ser em Ultra (High, 1080p, ou Medium, já tá legal). Acho que pelos 4 núcleos, pelo clock, e as instruções, acho um boa opção. Valeu pelo teste!! 

 

Se sua intenção é fazer o que escreveu acima, acho que não seria necessário um i5 7600k. A não ser que pra emular o Wii U, seja necessário um PC bem parrudo. Como eu tenho o console original, não precisaria emular. Já no caso dos outros consoles e até dos jogos que citou, dentre outros, poderia ser uma boa economizar no processador, ainda mais com você a dizer que nem precisaria jogar no Ultra. Ai, até a placa de vídeo não precisa ser tão parruda.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×