Ir ao conteúdo

Teste do processador Core i5-8400

       
 36.839 Visualizações    Testes  
 27 comentários

O Core i5-8400 é um processador intermediário, da nova geração "Coffee Lake" da Intel, trazendo seis núcleos, clock base de 2,8 GHz e clock máximo de 4,0 GHz. Vamos ver como ele se sai em programas e jogos.

Teste do processador Core i5-8400
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

O Core i5-8400 é um processador de seis núcleos, seis threads, clock base de 2,8 GHz e clock máximo de 4,0 GHz, sendo um dos modelos intermediários da oitava geração de processadores Core i da Intel. Confira o seu desempenho!

A nova plataforma de processadores Core i de oitava geração da Intel, codinome Coffee Lake, foi lançada recentemente, juntamente com o novo chipset Z370. Nessa nova geração, a microarquitetura é praticamente idêntica à anterior (Kaby Lake), com os mesmos motores gráficos, mesmas tecnologias suportadas e processo de produção também de 14 nm. A grande diferença está nas especificações dos processadores: enquanto, nas gerações anteriores, os processadores Core i7 tinham quatro núcleos e oito threads (graças à tecnologia Hyper-Threading), os Core i5 tinham quatro núcleos e quatro threads e os Core i3 tinham dois núcleos e quatro threads, na oitava geração houve um acréscimo de dois núcleos em cada família: os Core i7 passaram a ter seis núcleos e 12 threads, os Core i5 passaram a ter seis núcleos (e seis threads) e os Core i3 agora têm quatro núcleos (e quatro threads, pois perderam a tecnologia Hyper-Threading).

Especula-se que isso seja uma resposta da Intel aos recentes lançamentos de sua concorrente, que passaram a oferecer processadores com o desempenho por núcleo similar, porém com maior quantidade de núcleos e threads. De qualquer forma, fica claro que a tendência da indústria é de uma maior quantidade de núcleos de processamento nos processadores voltados a computadores de mesa e, portanto, é de se esperar que os programas e jogos passem a ser otimizados para utilizar mais núcleos de processamento em um futuro próximo.

É importante ter em mente que, embora o soquete utilizado pelos processadores de oitava geração seja fisicamente o mesmo utilizado pelos de sexta e sétima (LGA1151), a pinagem destes processadores foi ligeiramente alterada, supostamente para atender a uma maior necessidade energética dos processadores com mais núcleos. Com isso, processadores Core i de sexta e sétima geração não funcionam em placas-mãe voltadas à oitava geração, e vice-versa.

O Core i5-8400 é o processador mais básico da nova série Core i5, sendo voltado a computadores para trabalho ou jogos com foco na relação custo/benefício. Seu clock base é de 2,8 GHz e o clock máximo é de 4,0 GHz, trazendo 9 MiB de cache L3 e com vídeo integrado Intel UHD 630 com clock máximo de 1,05 GHz. Seu TDP é de 65 W.

Na Figura 1 vemos o processador Core i5-8400. Ele é vendido com cooler, porém nós recebemos da Intel apenas o processador avulso para testes.

Corei5-8400-01.jpg

Figura 1: o Core i5-8400

A Figura 2 a parte inferior do processador.

Corei5-8400-02.jpg

Figura 2: lado de baixo do Core i5-8400

Para os nossos testes de desempenho, comparamos o Core i5-8400 ao Ryzen 5 1500X, que é o seu concorrente direto. Incluímos também o Core i5-7400, que é o processador ao qual o Core i5-8400 vem substituir, de forma a verificarmos o aumento de desempenho de uma geração para outra.

Também incluímos nos gráficos comparativos os resultados do Core i7-8700K, do Ryzen 7 1700X e do Core i7-7700K, que são processadores do segmento topo de linha. Lembre-se, porém, que estes processadores não são concorrentes diretos do processador testado, já que estão em um patamar de preço bastante superior.

Utilizamos uma GeForce GTX 1080, que é uma placa de vídeo topo de linha, em todos os testes.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar

  • Curtir 14


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários




Muito bom. O i5 8400 está com ótimo C/B no processador. Bateu o Ryzen. O problema está nos preços das Z370, que estão o dobro das B350 do Ryzen. As Z370 estão detonando o C/B da plataforma. Resta torcer para o preço baixar. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
7 minutos atrás, Kleber Peters disse:

Muito bom. O i5 8400 está com ótimo C/B no processador. Bateu o Ryzen. O problema está nos preços das Z370, que estão o dobro das B350 do Ryzen. As Z370 estão detonando o C/B da plataforma. Resta torcer para o preço baixar. 

Tem razão, o preço das Z370 está alto, mas isso é comum no lançamento. Quando saírem os chipsets intermediários (H370, B350, provavelmente) a coisa vai melhorar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

estou vendo que vai acontecer o mesmo que com a microssoft um produto vencendo o outro em numero de usuários/vendas

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
39 minutos atrás, Rafael Coelho disse:

Tem razão, o preço das Z370 está alto, mas isso é comum no lançamento. Quando saírem os chipsets intermediários (H370, B350, provavelmente) a coisa vai melhorar.

B350? Não vai confundir com o AM4? 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
24 minutos atrás, Kleber Peters disse:

B350? Não vai confundir com o AM4? 

Pois é, pela sequência lógica seria B350 o chipset intermediário, mas talvez eles usem outro nome para evitar confusões. Só saberemos quando lançarem!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Kleber Peters disse:

Muito bom. O i5 8400 está com ótimo C/B no processador. Bateu o Ryzen. O problema está nos preços das Z370, que estão o dobro das B350 do Ryzen. As Z370 estão detonando o C/B da plataforma. Resta torcer para o preço baixar. 

 

Concordo plenamente. O grande problema hoje da AMD é a questão de ter poucos importadores, enquanto Intel tem 5x mais importadores garantindo assim uma concorrência entre eles.

Imagino eu se a AMD tivesse lançado Ryzen no preço atual e nao com aquele "gordurinha", cenário teria sido bem outro.  Problema é que esperaram Intel lançar a oitava geração para pôr o processador no "preço certo".

 

Vamos aguardar e ver quais são os próximos passos.. o bom é que a comunidade gamer sai ganhando.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tendo em vista os preços praticados no mercado externo em dólar este core i5 8400 é concorrente direto do Ryzen 5 1500X, mas no mercado brasileiro, por enquanto, tendo em vista os preços praticados por exemplo no site Kabum,  ele concorre com o Ryzen 1600 e o 1600X, com preços a vista respectivamente de R$ 804,90 e R$ 849,90, sendo que o i5 8400 a vista está 858,90, mais caro que o Ryzen 1500x custando R$ 709,90. Agora , se a 

Intel baixar os preços nos próximos meses e lançar Placas mãe  mais em conta, aí poderá incomodar a AMD consideravelmente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
32 minutos atrás, ussmonitor disse:

Tendo em vista os preços praticados no mercado externo em dólar este core i5 8400 é concorrente direto do Ryzen 5 1500X, mas no mercado brasileiro, por enquanto, tendo em vista os preços praticados por exemplo no site Kabum,  ele concorre com o Ryzen 1600 e o 1600X, com preços a vista respectivamente de R$ 804,90 e R$ 849,90, sendo que o i5 8400 a vista está 858,90, mais caro que o Ryzen 1500x custando R$ 709,90. Agora , se a 

Intel baixar os preços nos próximos meses e lançar Placas mãe  mais em conta, aí poderá incomodar a AMD consideravelmente.

Então nao vale a pena o i5 8400 ? Ia pegar ele hoje com uma placa - MSI H110M PRO-VH PLUS, DDR4 CHIPSET H110, SOQUETE 1151 - Nao da certo ? Eu ia pegar essa placa com o i5 7500 o que voce me aconselha ?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
43 minutos atrás, Turoklhp disse:

Então nao vale a pena o i5 8400 ? Ia pegar ele hoje com uma placa - MSI H110M PRO-VH PLUS, DDR4 CHIPSET H110, SOQUETE 1151 - Nao da certo ? Eu ia pegar essa placa com o i5 7500 o que voce me aconselha ?

Não funciona, a 8° geração precisará de placas mãe específicas, como dito no teste.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

"Comparado ao seu concorrente direto, o Ryzen 5 1500X.."

Discordo totalmente com essa afirmação. Concorrente direto do i5-8400 é o Ryzen 5 1600 ou 1600X. Além de todos terem 6 cores o preço real é o que determina a concorrência. Hoje (16/10/17) o i5-8400 custa R$ 858,90 à vista, enquanto o Ryzen 5 1600X sai um pouco mais barato por R$ 849,90 à vista, fora os preços promocionais por R$ 699, amigo meu comprou por esse preço na semana passada. 

Sim, o i5-8400 ainda é um pouco melhor em jogos, mas o principal problema do teste foi a ausência do Ryzen 5 1600X nos comparativos, principalmente em aplicações de produtividade.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
33 minutos atrás, HMeira disse:

"Comparado ao seu concorrente direto, o Ryzen 5 1500X.."

Discordo totalmente com essa afirmação. Concorrente direto do i5-8400 é o Ryzen 5 1600 ou 1600X. Além de todos terem 6 cores o preço real é o que determina a concorrência. Hoje (16/10/17) o i5-8400 custa R$ 858,90 à vista, enquanto o Ryzen 5 1600X sai um pouco mais barato por R$ 849,90 à vista, fora os preços promocionais por R$ 699, amigo meu comprou por esse preço na semana passada. 

Sim, o i5-8400 ainda é um pouco melhor em jogos, mas o principal problema do teste foi a ausência do Ryzen 5 1600X nos comparativos, principalmente em aplicações de produtividade.

 

Quando os fabricantes estipulam qual o concorrente direto de cada novo produto, eles não utilizam o preço no Brasil, e sim o preço em US$ nos EUA. Então não faz sentido utilizar o preço no Brasil, que varia enormemente de acordo com vários fatores (câmbio, data da importação, concorrência entre distribuidores, ofertas visando minar a concorrência, promoções subsidiadas, etc), para determinar os concorrentes diretos.

Se você tomar o preço no Brasil, hoje o concorrente do produto X vai ser o Y, semana que vem vai ser o Z, e assim por diante.

Por isso nós consideramos o preço nos EUA para considerarmos qual o concorrente direto: além de variar bem menos (só varia quando o fabricante reajusta os preços), ainda é coerente com a lógica dos próprios fabricantes.

De qualquer forma, é óbvio que o consumidor, na hora da compra, deve verificar os preços e escolher a melhor relação custo/benefício baseado no preço que ele efetivamente irá pagar. Só que nós temos de fazer o comparativo baseado no concorrente correto, pois não há como ficarmos mudando o review sempre que os preços no Brasil oscilam (o que acontece quase que toda a semana).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Incrível como a Intel estava segurando desempenho dos processadores limitando a quantidade de núcleos. Conforme destacado na conclusão, o i5 8400 está rendendo tanto quanto um i7 7700k em jogos, mas com um preço consideravelmente menor! Provavelmente poderiam ter feito isso antes no lançamento dos Kaby Lake, mas parece que a zona de conforto não permitia...

Foi muito bom ter incluído o i5 7400 nos testes. É um fator importante para quem investiu nos Kaby Lake (ou mesmo nos Skylake) um tempo atrás.

Uma observação: no segundo parágrafo da introdução do artigo, está faltando um "e" no nome "Coffee".

Parabéns pelo teste, excelente trabalho.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Como a concorrência é saudável para o consumidor! É Inegável o salto de qualidade que o I5 deu nessa geração. Acredito eu que o i3 também vai acontecer o mesmo, capaz de ter um desempenho semelhante a i5 da sexta ou sétima geração. Fiquei com a "pulga" atrás da orelha agora: Se compro o 8400 quando lançarem mais placas mãe compatíveis (e mais baratas), migro para o Ryzen ou espero o cannon lake com a nova litografia......

 

Mas como outros colegas colocaram seria interessante fazer um comparativo incluindo o R5 1600/1600x.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 16/10/2017 às 09:06, Rafael Coelho disse:

Pois é, pela sequência lógica seria B350 o chipset intermediário, mas talvez eles usem outro nome para evitar confusões. Só saberemos quando lançarem!

Li uma notícia que avia um rumor que o chipste intermediário da 8ª geração seria B360 e não B350, para evitar a confusão com o mesmo do AM4.

intel-chipset_aberta.jpg

Editado por Cícero Rodrigues

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Todos os processadores em jogos obtiveram um desempenho superior a 60 Quadros, o que já é o bastante para uma experiência fluída no seu game.

Acredito que se você alem de jogar mexe com edição e renderização o Ryzen é uma boa pedida, agora quando o assunto é jogos nesta minha linha de raciocínio acredito que com qualquer um você está bem servido.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótimo teste! quando os preços baixarem e as placas mãe intermediarias chegarem vai ser um excelente custo beneficio.

mas que irrita na Intel e se vamos ter que trocar de placa-mãe novamente na próxima geração.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 17/10/2017 às 11:11, Cícero Rodrigues disse:

Li uma notícia que avia um rumor que o chipste intermediário da 8ª geração seria B360 e não B350, para evitar a confusão com o mesmo do AM4.

intel-chipset_aberta.jpg

Quando será que vai lançar no Brasil  essa outra placas da série 300 da intel?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, fx1 disse:

Quando será que vai lançar no Brasil  essa outra placas da série 300 da intel?

Esses outros chipsets nem foram lançados ainda, nem no Brasil nem lá fora. A tabela postada pelo @Cícero Rodrigues é apenas um rumor.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 16/10/2017 às 13:50, Rafael Coelho disse:

Quando os fabricantes estipulam qual o concorrente direto de cada novo produto, eles não utilizam o preço no Brasil, e sim o preço em US$ nos EUA. Então não faz sentido utilizar o preço no Brasil, que varia enormemente de acordo com vários fatores (câmbio, data da importação, concorrência entre distribuidores, ofertas visando minar a concorrência, promoções subsidiadas, etc), para determinar os concorrentes diretos.

Se você tomar o preço no Brasil, hoje o concorrente do produto X vai ser o Y, semana que vem vai ser o Z, e assim por diante.

Por isso nós consideramos o preço nos EUA para considerarmos qual o concorrente direto: além de variar bem menos (só varia quando o fabricante reajusta os preços), ainda é coerente com a lógica dos próprios fabricantes.

De qualquer forma, é óbvio que o consumidor, na hora da compra, deve verificar os preços e escolher a melhor relação custo/benefício baseado no preço que ele efetivamente irá pagar. Só que nós temos de fazer o comparativo baseado no concorrente correto, pois não há como ficarmos mudando o review sempre que os preços no Brasil oscilam (o que acontece quase que toda a semana).

 

Boa noite Rafael, não teria como incluir o Ryzen de 6 núcleos no teste? Deixaria o resultado mais completo, independente dos motivos citados acima. 

Abraços.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Davi_Abreu disse:

 

Boa noite Rafael, não teria como incluir o Ryzen de 6 núcleos no teste? Deixaria o resultado mais completo, independente dos motivos citados acima. 

Abraços.

Faremos isso nos próximos testes, então fique de olho!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Discordo da metodologia do teste

 

1) A diferença de preço entre o 1600 e i5 8400 no mercado americano (new eggs) é de $14,00 dólares

2) A diferença de preço do 1500 para o i5 8400 é de $10,00 dolares.

 

A 8ª geração da Intel foi feita para competir com os Ryzens  1600  em diante ,é claramente uma resposta por parte da Intel para os processadores 1600 em diante , pois era nesse nicho de mercado que AMD virou uma pedra no sapato da Intel.(Principalmente por  oferecer mais núcleos e threads  e praticar preços abaixo da concorrência).

 

O ryzens 1500 foram feitos  para competir principalmente com Skylake e KabyLake. (Processadores que tem +- a mesma especificação, mas AMD ainda colocou o  preços abaixo da concorrência para conseguir ganhar essa disputa de vez).

 

Não faz nenhum sentido lógico a Intel lançar uma nova geração por causa do 1500 , uma redução de preço resolveria completamente o problema , já que núcleo a núcleo a AMD é mais fraca pois tem o IPC mais fraco.

 

Uma vez que o 1600(6 núcleos e 12 threads)  não tinham concorrente e este sim estava causando um grande estrago no mercado para Intel a mesma se viu obrigada a tomar algumas atitudes drasticas. 

 

Algumas dessas atitudes, foram a curto prazo:

 

1) Habilitar Hyper Threading em um Pentium o que matou seu próprio i3

2) Cortar custos da sua até então nova geração Kaby Lake.

 

A medio prazo:

 

1) Adiantou o lançamento da sua linha de 2018 Coffe Lake para competir com 1600 em diante, pois as medidas anteriores eram apenas para evitar uma perda de mercado ainda maior.

 

É so analisar os fatos e o mercado para concluir que esse teste foi mal feito, mesmo levando em conta o mercado americano que digasse de passagem não pode ser levado como base para o nosso, já que estamos falando de Brasil e mesmo analisando o americano os preços ainda estão bem próximos, o que torna esse teste mais tendencioso ainda.

 

Outro fato interessante a se considerar é o como a empresa AMD lançou seus processadores:

 

O AMD Ryzen 5 foi criado para concorrer com o I5 Sky Lake e Kaby Lake , o Ryzen 7 foi criado para concorrer com o I7 Sky Lake e Kaby Lake, o sufixo do nome Ryzen é para indicar a concorrência com os processadores Intel.

 

Mais um idicativo que nessa analise deveria ser testados o Ryzen 5 1400,1500 e 1600.

 

Em 16/10/2017 às 09:02, Rafael Coelho disse:

Tem razão, o preço das Z370 está alto, mas isso é comum no lançamento. Quando saírem os chipsets intermediários (H370, B350, provavelmente) a coisa vai melhorar.

Tirando que o teste foi feito com Ryzen 5 de entrada e o preço desse i5 8400 e mesmo do 1600 tanto aqui quanto lá fora, não estou vendo o custo/benefício que vocês tanto falam.

 

Basta olhar a New Eggs por exemplo. i5 $199 e Ryzen 5 1600 a $204, não vejo aonde esta o custo/benefício que vocês estão falando tanto do I5 8400.

 

O Ryzen 1400 custa na casa dos $140 dolares lá fora e i5  8400 $200 dolares, no Brasil o i5 8400 sai por R$850,00 , chegou a custar 1200,00 a dois ou três dias atrás enquanto o Ryzen 5 1400 custa R$500,00.

 

Vocês estão comparando um processador de R$850,00 contra um de R$500,00, um i5 top da Intel contra o Ryzen 5 de entrada mesmo sabendo que o IPC do Ryzen é mais fraco.

 

Se fosse comparado ao 1600 ai sim teriamos um cenário justo.

A linha Ryzen que concorre com a linha i5 é Ryzen 5 e nela temos os processadores 1400,1500,1500X,1600 e 1600X.

 

O processador Ryzen 1600 pode ser encontrado por R$699,00 e tem 6 núcleos e 12 threads.

 

Com  R$1150,00 podemos comprar o Ryzen 5 1600 que é o topo da linha Ryzen 5 + placa-mãe B350.

Com  R$950,00 podemos comprar o Ryzen 5 1400 + placa-mãe B350  o que esta bem próximo do i5 8400 em preço.

 

Algo comum que vejo são comparações  do I7 7700K com o Ryzen 5 1600 como se eles fossem concorrentes direto, quando na verdade não são. I7 concorre com Ryzen 7 , I5 concorre com Ryzen 5 e o i3 com Ryzen 3.

 

E nesse caso o teste foi certo , mais a amostragem foi conveniente para o lado da Intel, já que foi deliberadamente excluído o 1500,1500X,1600 e o 1600X. (O Ryzen 5 1600 (6 núcleos e 12 Threads) por R$699,00 em especial foi deixado de lado). 

 

Em 16/10/2017 às 08:52, Kleber Peters disse:

Muito bom. O i5 8400 está com ótimo C/B no processador. Bateu o Ryzen. O problema está nos preços das Z370, que estão o dobro das B350 do Ryzen. As Z370 estão detonando o C/B da plataforma. Resta torcer para o preço baixar. 

Onde você viu custo benefício ai?

O Ryzen 5 1600 (6 núcleos e 12 threads ) esta por R$699,00  e i5 8400 por R$850,00.

 

Esse i5 8400 passou sufoco na maioria das tarefas para bater um Ryzen 5 1400 que custa 500,00 reais e lá fora 140 dolares contra um i5 8400 que custa 850 reais e 200 dolares lá fora.

 

O I5 8400 por 850 reais tem 10% a mais em desempenho na maioria das tarefas  e custa 70% a mais do que o Ryzen 5 1400 de 500 reais.

 

Aonde você conseguiu ver custo/benefício  no I5?

 

Com 950 reais podemos comprar o Ryzen 5 1400 e uma placa-mãe AM4 B350.

 

Com 950 podemos comprar apenas o i5 8400.

 

Vendo esse teste deu para enteder por que não inculiram a linha completa do Ryzen 5 1600 ou 1600x.(O preço dele é de 699 reais  e lá fora de 204 dolares contra 199 dolares do i5 8400).

 

Se o i5 8400 passo sufoco com o Ryzen 5 1400 que é o modelo de entrada do Ryzen 5 ( concorrente da linha i5) imagine contra o Ryzen 5 1600.

 

Também deu para enteder porque  a maioria dos reviews que vemos por ai colocaca o Ryzen 5 contra i7

 

Já que pudemos ver que  i7  7400 Kaby Lake leva uma sóva do Ryzen 5 1400.

 

E também deu para enteder porque a maioria dos reviews só pegam 7700K que é um modelo mais topo de linha e o que é considerado acessível para o comsumidor.

 

Aonde você consegui achar o C X B ?

 

I5 8400 que é 10% superior ao Ryzen 5 de entrada 1400 e custa 70% a mais.

 

 

Editado por Evandro
Unindo 3 mensagens postadas subsequentemente em intervalo menor que 24 horas. Para citar várias mensagens, por favor, use a ferramenta de multicitação. Obrigado

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho Nos últimos dias há um debate sobre o uso do Multi Core Eenhancement  nos benchmarks do i5 8400. Em resumo, o MCE até 4 GHz nos 6 núcleos só poderia ser alcançado em placas z370, pelos dissipadores, e com um cooler melhor, ou seja, quem for esperar pelas placas mais populares, não terá o mesmo desempenho do i5 8400 em placas z370. Até por isso a intel teria lançado apenas as placas z370. (Aqui uma especulação mais forçada).

 

Duas perguntas: o que você acha sobre isso?

 

O MCE estava ativado durante esses benchmarks?

 

Se sim, seria interessante refazê-lo com o MCE desativado.

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

bom, sera que ainda vou de r7 1700x? com esse i5-8400, me deixo muito confuso mesmo, e os mobos, estão muito caros, sera que vão diminuir de preços com mobos intermediário, tomara que sim, e o aquecimento... sera que realmente vale a pena esperar?

Editado por ENE

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×