Teste do processador Core i7-7700

       
 31.995 Visualizações    Testes  
 18 comentários

Testamos o Core i7-7700, processador da Intel com quatro núcleos e Hyper-Threading, clock base de 3,6 GHz e clock máximo de 4,2 GHz, baseado na microarquitetura Kaby Lake. Vamos ver como ele se sai contra seus principais rivais.

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Testamos hoje o Core i7-7700, processador para computadores da Intel, baseado na arquitetura Kaby Lake, com quatro núcleos com tecnologia Hyper-Threading e clock máximo de 4,2 GHz. Vamos testá-lo e ver como é o seu desempenho comparado com outros processadores na mesma faixa de preço.

Recentemente a Intel lançou os processadores Core i de sétima geração, codinome Kaby Lake. Inicialmente foram lançados os Core i7 e Core i5, e logo depois os Core i3, Pentium G e Celeron. Estes processadores trazem poucas mudanças em relação aos modelos de sexta geração (Skylake), como você pode ler em nosso tutorial "Por dentro da microarquitetura Intel Kaby Lake".

Nós já testamos o Core i7-7700K, o modelo mais topo de linha dentre os processadores Core i7 de sétima geração. O Core i7-7700 é uma versão um pouco mais barata, com apenas três diferenças: o clock um pouco mais baixo, o multiplicador de clock travado (o que impede que você faça overclock de forma simples) e o TDP (dissipação térmica) mais baixo.

O Core i7-7700 tem quatro núcleos (oito threads graças à tecnologia Hyper-Threading), clock base de 3,6 GHz, clock máximo de 4,2 GHz, 8 MiB de cache L3 e TDP de 65 W. Como os demais processadores Kaby Lake, ele é fabricado com tecnologia de 14 nm.

O concorrente direto do Core i7-7700 é o Ryzen 7 1700 da AMD, que tem um preço similar. Assim, compararemos o processador testado ao Ryzen 7 1700 e também ao Core i7-7700K, para vermos qual dos processadores apresenta melhor relação custo/benefício. Também incluiremos no comparativo o Core i5-7600K, que é um modelo mais barato baseado na mesma microarquitetura (Kaby Lake), para que você possa ter uma ideia de qual modelo é a melhor compra para o seu orçamento.

A Figura 1 mostra o processador Core i7-7700.

core i7-7700-1.jpg

Figura 1: o processador Core i7-7700

Como conseguimos o Core i7-7700 emprestado com um amigo para este teste, infelizmente não tivemos tempo para fazer todos os testes como gostaríamos. Utilizamos o vídeo integrado nos testes de processamento e, nos testes com jogos, desabilitamos o vídeo integrado e utilizamos uma GeForce GTX 1080, que é uma placa de vídeo topo de linha. Como o Ryzen 7 1700 não oferece vídeo integrado, todos os testes com ele foram efetuados utilizando a GeForce GTX 1080. Assim, nós não pudemos incluir este processador nos testes do PCMark e 3DMark, já que estes testes são muito afetados pelo desempenho da placa de vídeo.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Compartilhar

6 pessoas curtiram isso



Comentários de usuários


12 horas atrás, President of United States disse:

Olá, boa noite @Rafael Coelho por que não adicionaram o BF1 e BF4 na lista de games?

Excelente teste à propósito.

 

 

Oi Mr. President, como dissemos no texto, este processador foi emprestado e tivemos de fazer testes rápidos nele.

Mas nossos testes anteriores (veja o link abaixo) já mostraram que o BF1 não sofre muita influência do processador.

http://www.clubedohardware.com.br/artigos/processadores/teste-do-processador-ryzen-7-1700-r36678/?nbcpage=2

 

3 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Dadas as circunstâncias e o objetivo geral do site, achei o teste bem sucedido e atual.

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal, bom dia.

 

Creio que no momento não é muito inteligente comprar um i7 7700k ou i7 7700 antes do lançamento e dos testes oficiais dos Ryzen 5 (pensando em um computador unicamente gamer).

 

Mas eu fico me perguntando: vale mesmo a pena investir no i7 7700?

 

Apesar do desempenho dele, em jogos, ser muito parecido ao do 7700k, portanto tendo um custo benefício melhor, no 7700k podemos chegar fácil aos 4.9 GHZ. Além disso, o 7700k não é mais valorizado e de revenda mais fácil do que o 7700, no mercado de usados? 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
50 minutos atrás, William Ricardo Maia disse:

Creio que no momento não é muito inteligente comprar um i7 7700k ou i7 7700 antes do lançamento e dos testes oficiais dos Ryzen 5 (pensando em um computador unicamente gamer).

 

Eu já discordo, pra quem quer desempenho máximo absoluto, eles serão mais rápidos.

 

50 minutos atrás, William Ricardo Maia disse:

Mas eu fico me perguntando: vale mesmo a pena investir no i7 7700?

 

A diferença de preço hoje está pequena, e como o k tem clock base maior, a compra fica com custo/benefício semelhante, mas isso pode variar. ;)

 

51 minutos atrás, William Ricardo Maia disse:

Apesar do desempenho dele, em jogos, ser muito parecido ao do 7700k, portanto tendo um custo benefício melhor, no 7700k podemos chegar fácil aos 4.9 GHZ. Além disso, o 7700k não é mais valorizado e de revenda mais fácil do que o 7700, no mercado de usados? 

 

Não é todo mundo que faz overlock e tem uma placa-mãe com chipset Z.

Sobre mercado de usados, faz pouca diferença, e tem gente que vai evitar o K por ele ter sido overlcockado.

 

--

 

Sobre os jogos a serem testados, gente, o teste é do processador e não dos jogos, ninguém joga 3Dmark, mas o programa é usado como métrica por ter exatidão, precisão, robustez e alta reprodutibilidade. ;)

 

Por mim, teste tem que ser feito onde é possível ver a diferença de desempenho, mesmo que pouca gente jogue o jogo ou use o aplicativo, o resultado e o ponto crítico que o programa explora é que são importantes.

2 pessoas curtiram isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

bf1 rodei a 50fps em full hd em um g3258, ~e um game muito bem trabalhado que sabe usar a vga, cpu so faz uso intenso nessa franquia de bf por causa dos servidores serem ruins em 30hz se fossem 120hz funcionaria que uma beleza, mas fazer testes em 30hz e melhor fazer no offline mesmo single player.

 

Ryzen esta batendo de frente mesmo os 9% de diferença em alguns testes vai ser alcançado com futuros updates, o legal vai ser vero ryzen5 1600 tendo o mesmo desempenho dos i7 dai quero ver o povo chorar, porque ate então o win está sendo o problema.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O certo seria usar jogos e programas que possui otimizações neutras para ambas as empresas, pois assim fica fácil um jogo e um programa puxar sardinha para a Intel.

 

Um detalhe a ser levado em conta é o baixo clock do Ryzen 7 que é 600Mhz abaixo dos Core i7 7700 e isso influência e muito nos programas que não são otimizados para trabalhar com a quantidade de núcleos que o Ryzen possui.

 

O Ryzen perde feio nos programas que usam apenas 1 núcleo por vez e é esse o seu calcanhar de aquiles pois muitos programas eles não lêem 2, 4 ,6 ou 8 núcleos de vez e sim vai lendo 1 chegou à 30% do processamento, lê outro núcleo e assim por diante. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pra quem tem hoje placa-mãe 1151 e processador de entrada, esse cara é o melhor sem sombra de dúvida, para um futuro upgrade, já que uma simples H110 já serviria para ele, trazendo um enorme ganho.

 

Pra novas plataformas, sinto que a Intel está morrendo com a chegada dos Ryzen. Quando os R5 chegarem custando metade do preço e com desempenho no máximo 10% pior em jogos (que é o único ponto que os i7s Kaby são melhores), será o fim deles.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
10 minutos atrás, Ian Cabral disse:

Pra novas plataformas, sinto que a Intel está morrendo com a chegada dos Ryzen. Quando os R5 chegarem custando metade do preço e com desempenho no máximo 10% pior em jogos (que é o único ponto que os i7s Kaby são melhores), será o fim deles

 

Meu caro, a Intel não perdeu a guerra nem na época dos Pentim 4 e Pentium D, não vai ser agora que ela perderá. ;)

 

Teremos competição, finalmente, mas isso é outra história.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Evandro Me referia apenas à essa linha inicial dos Kaby Lake, tirando ela, ah, isso com certeza, eles perderam uma batalha, não a guerra.

Que por sinal já está recomeçando com o lançamento dos pentium G com HT, mostrando uma tedência de evolução das linhas com mais capacidade de processamento, como i3 4/4, i5 4/8 e i7 6/12 (fora da linha X99).

O Pentium G4600 por exemplo, conta com desempenho similar/superior a linha FX 6xxx, enterrando de vez qualquer tentativa da AMD em empurrar ainda esses dinossauros, e dificultando a futura vida dos R3, que provavelmente não virão agora com tanto hype na linha budget e talvez já desacelerem antes.

 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Clocks menores do Ryzen acredito que são a razão do desempenho em jogos mais modesto, a AMD precisa mostrar os R5 com clocks mais altos para peitar a Intel nessa questão.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 07/04/2017 às 15:03, Evandro disse:

 

Meu caro, a Intel não perdeu a guerra nem na época dos Pentim 4 e Pentium D, não vai ser agora que ela perderá. ;)

 

Teremos competição, finalmente, mas isso é outra história.

 

Não tem como perder mesmo, para isso a AMD precisaria ser pelo menos do mesmo tamanho da Intel. Mas convenhamos que naquela época foi preciso muito jogo sujo por parte da Intel para manter a liderança.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Boa noite, vi o uso do air cooler para fazer o teste. Qual a temperatura bateu o processador?

 

Grato,

André

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, AndreNeo disse:

Boa noite, vi o uso do air cooler para fazer o teste. Qual a temperatura bateu o processador?

 

Grato,

André

Infelizmente não chegamos a medir. Mas com certeza ficou bem aceitável, o cooler não chegou nem a ficar morno.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, Rafael Coelho disse:

Infelizmente não chegamos a medir. Mas com certeza ficou bem aceitável, o cooler não chegou nem a ficar morno.

Legal Rafael. 

Comprei um Cooler Hyper T4. E uso este processador. Em idle fica 40 graus. Em jogos RE7, Watch Dogs2 e tal, está chegando a 70 graus. 

 

Obrigado pela resposta. Até mais.

 

 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@AndreNeo cara poderia me dizer em media qual e o Vcore do processador? qual placa-mãe  voce usa?

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 18/04/2017 às 15:19, Romulan disse:

@AndreNeo cara poderia me dizer em media qual e o Vcore do processador? qual placa-mãe  voce usa?

beleza Romulan.

 

Então estou com a Placa-mãe B250F GAMING ASUS. E usando tudo no automático. Acredito que seja isso, o problema de aumento de temperatura.

O Vcore do processador (no automático) em Idle fica em 0.763 em jogos pega 1.268.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora