Ir ao conteúdo

Teste do processador Core i7-7740X

       
 19.016 Visualizações    Testes  
 15 comentários

Testamos o Core i7-7740X, processador de quatro núcleos e clock máximo de 4,5 GHz que utiliza o novo soquete LGA2066. Confira!

Teste do processador Core i7-7740X
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

O Core i7-7740X é um dos lançamentos da Intel para o soquete LGA2066. Com quatro núcleos, oito threads e clock máximo de 4,5 GHz, ele pretende concorrer com processadores do segmento intermediário superior. Confira!

Recentemente, a Intel lançou uma nova plataforma topo de linha, a X299, que usa o novo soquete LGA2066. Os novos processadores lançados para esta plataforma têm codinome “Kaby Lake-X” e “Skylake-X”, e enquanto o modelo mais topo de linha lançado até agora para esta plataforma é o Core i9-7900X, que tem dez núcleos, 20 threads, clock base de 3,3 GHz e clock máximo de 4,5 GHz, o Core i7-7740X usa o mesmo soquete, mas oferece quatro núcleos apenas, dentre outras limitações.

A plataforma X299 vem para substituir a plataforma topo de linha (chamada também de HEDT, High-End Desktop) anterior, a X99. A principal característica desta plataforma é, além do suporte aos processadores mais topo de linha, o acesso à memória em até quatro canais.

Uma das novidades desta nova plataforma é que foram lançados não apenas processadores topo de linha, com seis ou mais núcleos, mas também dois modelos, um Core i7 (o modelo que estamos analisando hoje) e um Core i5, com apenas quatro núcleos. Estes dois modelos são baseados na arquitetura “Kaby Lake-X”, enquanto os demais modelos utilizam a arquitetura “Skylake-X”. Além de terem menos núcleos, os dois modelos mais básicos têm apenas 16 linhas PCI Express 3.0, e acessam a memória apenas em até dois canais.

A tabela abaixo mostra os processadores lançados para essa plataforma até agora (a Intel já anunciou para breve outros modelos com ainda mais núcleos).

Modelo Clock base Clock máximo Núcleos/Threads Cache L3 Pistas PCI Express TDP Preço oficial
Core i9-7900X 3,3 GHz 4,3 GHz 10/20 13,75 MiB 44 140 W US$ 999
Core i7-7820X 3,6 GHz 4,3 GHz 8/16 11 MiB 28 140 W US$ 599
Core i7-7800X 3,5 GHz 4,0 GHz 6/12 8,25 MiB 28 140 W US$ 389
Core i7-7740X 4,3 GHz 4,5 GHz 4/8 8 MiB 16 112 W US$ 339
Core i5-7640X 4,0 GHz 4,2 GHz 4/4 8 MiB 16 112 W US$ 242

Como podemos ver, o Core i7-7740X não oferece dois dos principais atrativos desta plataforma: o acesso à memória em quatro canais e o grande número de linhas PCI Express 3.0. Na verdade, suas características técnicas são bastante semelhantes às do Core i7-7700K, exceto pelo clock base 100 MHz mais alto e o suporte oficial a memórias DDR4-2666. Fora isso, é basicamente o mesmo processador encapsulado para o novo soquete, tendo até o mesmo preço.

Como explicamos na nossa análise da Gigabyte X299 AORUS Gaming 7, esta placa-mãe não suporta barramento PCI Express 3.0 x16 para placas de vídeo quando um processador Kaby Lake-X de quatro núcleos está instalado; uma placa de vídeo instalada aqui vai trabalhar no máximo a x8. Além disso, este processador reconhece apenas metade dos soquetes de memória da placa-mãe, por conta da existência de apenas dois canais de memória em vez de quatro.

Na Figura 1 vemos o processador Core i7-7740X.

Corei7-7740X-01.jpg

Figura 1: o Core i7-7740X

A Figura 2 a parte inferior do processador.

Corei7-7740X-02.jpg

Figura 2: lado de baixo do Core i7-7740X

A Figura 3 mostra o Core i7-7740X ao lado do Core i9-7900X. Note que, apesar de usarem o mesmo soquete, o dissipador de calor integrado ("heatspreader", peça metálica que cobre o núcleo do processador e ajuda a espalhar o calor) é diferente.

Corei7-7740X-03.jpg

Figura 3: o Core i7-7740X (esquerda) e o Core i9-7900X (direita)

Para os nossos testes de desempenho, comparamos o Core i7-7740X ao Ryzen 7 1700X, que é o seu concorrente direto. Incluímos também o Core i7-7700K, que traz diversas semelhanças com o processador testado, inclusive o valor, e ainda incluímos o Core i9-7900X e o Core i7-6950X, a título de curiosidade; mas lembre-se de que estes dois processadores são bem mais caros do que os outros três e não são concorrentes diretos.

Utilizamos uma GeForce GTX 1080, que é uma placa de vídeo topo de linha, em todos os testes.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar

  • Curtir 6
  • Obrigado 1


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


ótimo teste Rafael, o que nos prova bem isso uma prática ja comum, a intel sendo intel lanca plataforma nova com cpu semelhante a antiga e ainda custando mais, mercado de cpus ta mal por conta disso né vai saindo socket novo e cpus com desempenho semelhante ao socket mais velho em vez de baixa preco sobe. Obviamente o que isso faz vendas menores so os mais ricos adquirirao essa plataforma.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tanto esse processador quanto o i5x não me parecem fazer muito sentido, já que são praticamente identicos ao modelo normal, e precisam de uma placa-mãe que pra gente aqui, custa mais de 1500 reais.. 

 

Acho que eles foram criados apenas como porta de entrada, na categoria HEDT, mas só valeria a pena investir, se a Intel se comprometesse a não trocar o socket por muito tempo

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho Rodar GPUs a 8x vs 16x normalmente não faz diferença :x

 

 

 

Tanto o 7700K quanto o 7740X tem 16 linhas de PCI, são exatamente o mesmo processador, se fizer um delid nele, vai encontrar o die do 7700K dentro, serio.

 

ChipSet Z270 adiciona +8 Linhas pela mobo, X299 não sei quantos adiciona :x

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom dia

 

Não sei porque a intel fica mudando de soquete, muda em menos de um ano e para quem é tarado por tecnologia e gosta de ter o mais atual ai você é obrigado a trocar placa e processador.

 

Att Edvaldo

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
28 minutos atrás, Edvaldo J. Frederico disse:

Bom dia

 

Não sei porque a intel fica mudando de soquete, muda em menos de um ano e para quem é tarado por tecnologia e gosta de ter o mais atual ai você é obrigado a trocar placa e processador.

 

Att Edvaldo

Isso é para ganhar mais nos chipsets que ela também fabrica.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

creio que a intel deveria reorganizar as linhas de processadores

por exemplo definir que o numero de núcleos vai determinar que processadores vão participar de cada linha e não o ht pois o ht e um item importante para todos os processadores e não deveria ser desativado 

outra opção seria acabar com a linha core i3 e renomea los como Pentium dual core (a marca ainda e forte)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mas será que a Intel vai tirar o soquete 1151 de linha? ou permanecerá os dois soquetes, 1151 e 2066? Outro ponto que achei interessante, para renderização o Ryzen é muito bom na relação custo benefício 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
23 minutos atrás, ussmonitor disse:

Mas será que a Intel vai tirar o soquete 1151 de linha? ou permanecerá os dois soquetes, 1151 e 2066? Outro ponto que achei interessante, para renderização o Ryzen é muito bom na relação custo benefício 

São linhas diferentes, 2066 é HEDT, LGA115X é mainstream.

 

Da mesma forma que a AMD tem AM4 e TR4.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Esse i7-7740X não tem sentido nessa line-up atual. Assim como o outro Kabylake-X, estão lá por estar. Não concorre com ninguém, não tem diferenciais e custam mais caro.

Se o comprador em potencial é "gamer", a escolha é i7-7700K + Z270.

Se for para workstation, é bem melhor o R7 1700X + X370.

E em ambos, acaba saindo mais barato e melhor.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente teste! Ele só valerá à pena se a intel lançar placas mãe x299 bem básica e baratas. Rafael o Core i5-7640X tem 8mb de cache, não era 6mb?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Rodrigoou disse:

Excelente teste! Ele só valerá à pena se a intel lançar placas mãe x299 bem básica e baratas. Rafael o Core i5-7640X tem 8mb de cache, não era 6mb?

Sim, está correto no artigo, 8 MiB.

Existe um rumor de que haveriam placas-mãe X299 mais básicas, só com dois canais de memória, exclusivamente para os Kaby Lake-X, mas até agora nenhum fabricante anunciou nenhuma.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

tiro no pé completo esse i7.. mesmo q você queria comprar para montar um setup forte futuramente comprando um processador mais potente, dependendo da demora em realizar esse upgrade é capaz da intel mudar o socket de novo e você fica no meio do caminho sem ter as pecas para comprar.. 

 

e outra, ainda assim nao se justifica.. com o lancamento das x99 por exemplo, o cara podia encontrar o mais basico dos processadores desse chipset q era o 5820k ou 6800k e montar um pc da linha extreme com um custo menor tendo essa possibilidade de potencializar as coisas com processadores mais robustos... e fora q os sockets duravam pelo menos uns 3, 4 anos.. agora ninguem sabe, principalmente por ter a AMD começado a incomodar nesse segmento tb

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Rodrigoou disse:

Excelente teste! Ele só valerá à pena se a intel lançar placas mãe x299 bem básica e baratas. Rafael o Core i5-7640X tem 8mb de cache, não era 6mb?

E como isso seria algo melhor?

 

São literalmente os i5-7600K e 7700K em um socket mais caro, colocando em mobos basiconas, ja perderia suporte a Quad-channel e linhas extras de PCI que vem com os Skylake-Xs ja que perderiam suporte a eles, ou seja, se tornam ainda piores. Sem possibilidade de upgrade, com mesma performance dos mainstream, pior em alguns casos, e mais caros.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A intel enganando os trouxas , tem processador que custa até 1999 dolares, Intel Core i9-7980XE, isso é loucura.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 02/08/2017 às 17:11, rodrigo.dcvieira disse:

tiro no pé completo esse i7.. mesmo q você queria comprar para montar um setup forte futuramente comprando um processador mais potente, dependendo da demora em realizar esse upgrade é capaz da intel mudar o socket de novo e você fica no meio do caminho sem ter as pecas para comprar.. 

 

e outra, ainda assim nao se justifica.. com o lancamento das x99 por exemplo, o cara podia encontrar o mais basico dos processadores desse chipset q era o 5820k ou 6800k e montar um pc da linha extreme com um custo menor tendo essa possibilidade de potencializar as coisas com processadores mais robustos... e fora q os sockets duravam pelo menos uns 3, 4 anos.. agora ninguem sabe, principalmente por ter a AMD começado a incomodar nesse segmento tb

 

 

Os soquetes estão durando 2 anos, pelo menos na x79 e x99 foi assim, 2 gerações de CPU's e já era, o problema é que quando encerra, encerra mesmo, você não consegue encontrar mais nada.

 

Concordo contigo que essa lenda de depois faço upgrade não cola nesse caso, fora que depois você faz o que com a CPU que era temporária? Tenta vender por miséria e mesmo assim talvez nem consiga, porque ai vai chegar outra geração com outra coisa e a sua CPU temporária já não vai valer nada mesmo...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×