Ir ao conteúdo

Teste do processador Pentium G4560

       
 92.802 Visualizações    Testes  
 33 comentários

O Pentium G4560 é um processador de baixo custo da Intel, baseado na nova microarquitetura Kaby Lake, com dois núcleos, tecnologia Hyper-Threading e clock de 3,5 GHz. Vamos ver como é o seu desempenho.

Teste do processador Pentium G4560
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

O Pentium G4560 é um processador de baixo custo da Intel, baseado na arquitetura Kaby Lake, com dois núcleos, tecnologia Hyper-Threading e clock de 3,5 GHz. Vamos testá-lo e ver se ele é uma boa opção.

Recentemente a Intel lançou os processadores Core i de sétima geração, codinome Kaby Lake. Inicialmente foram lançados os Core i7 e Core i5, e logo depois os Core i3, Pentium G e Celeron. Estes processadores trazem poucas mudanças em relação aos modelos de sexta geração (Skylake), como você pode ler em nosso tutorial "Por dentro da microarquitetura Intel Kaby Lake".

Uma das maiores novidades desta nova geração é o fato de agora os processadores Pentium virem com a tecnologia Hyper-Threading, que faz com que cada núcleo físico do processador seja reconhecido como dois núcleos lógicos (threads). Até a geração anterior, a principal diferença entre os Pentium e os Core i3 era justamente esta tecnologia, presente apenas no Core i3. Por sua vez, os processadores Celeron continuam sem a tecnologia Hyper-Threading, contando assim com apenas dois núcleos e, portanto, duas threads.

O Pentium G4560 tem dois núcleos (quatro threads graças à tecnologia Hyper-Threading), clock de 3,5 GHz, 3 MiB de cache L3 e TDP de 54 W. Como os demais processadores Kaby Lake, ele é fabricado com tecnologia de 14 nm.

Em nossos testes comparamos o Pentium G4560 ao seu antecessor, o Pentium G4500. Como as características dessa nova geração de processadores Pentium os aproximam do Core i3, também incluimos no comparativo o Core i3-7100, igualmente baseado na microarquitetura Kaby Lake.

Incluímos também em nosso comparativo de desempenho os dados obtidos no teste do Core i5-7600K, que é outro processador recém lançado também baseado na microarquitetura Kaby Lake, de forma que você possa decidir se vale mais a pena comprar um Pentium, Core i3 ou um Core i5, dependendo do seu orçamento e uso que será dado ao computador.

A Figura 1 mostra a embalagem do processador Pentium G4560.

pentiumG4560-c1.jpg

Figura 1: embalagem do Pentium G4560

Na Figura 2 vemos o conteúdo da embalagem: um pequeno manual, um adesivo para o gabinete, o processador propriamente dito e um cooler.

pentiumG4560-c2.jpg

Figura 2: conteúdo da embalagem

A Figura 3 mostra o processador Pentium G4560.

pentiumG4560-c3.jpg

Figura 3: o processador Pentium G4560

Na Figura 4 vemos o lado inferior do Pentium G4560.

pentiumG4560-c4.jpg

Figura 4: lado de baixo do Pentium G4560

Neste teste, utilizamos o vídeo integrado dos processadores incluídos em todos os testes de processamento. Porém, nos testes com jogos, desabilitamos o vídeo integrado e utilizamos uma GeForce GTX 1080, que é uma placa de vídeo topo de linha, para que pudéssemos verificar apenas o desempenho de processamento nos jogos, e não o desempenho do vídeo integrado.

Sabemos que é improvável alguém utilizar uma placa de vídeo topo de linha junto com um processador de baixo custo, mas decidimos utilizar esta metodologia para verificar se o processador testado representa um gargalo quando utilizado junto a uma placa de vídeo topo de linha; caso o Pentium G4560 apresente um bom desempenho com uma placa de vídeo topo de linha, com certeza ele não apresentará gargalo com uma placa de vídeo básica ou intermediária. Para mais informações, assista ao nosso vídeo "O que é gargalo".

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Compartilhar

  • Curtir 17


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários




Estou pra montar um computador com esse processador. Mas está difícil encontrá-lo. Sai de estoque muito rápido. Realmente um dos melhores custo x benefício atualmente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bom dia CH,

Muito bom esse teste, comprei o meu a duas semanas no estoque limitadíssimo que veio para as lojas BR kkk, estou gostando muito do desempenho dele, principalmente em jogos com uma R7 370 2GB, pra quem saiu de um FX6100 e Core 2 Duo E7500 a diferença é gritante rsrs.

Excelente custo x beneficio e recomendo pra quem esta montando uma maquina de entrada pra jogos e quer fazer upgrade aos poucos, acho melhor sair de um Pentium G4560 e ir para um Core i7 7700 do que de um Core i3 7100 ou até mesmo de um Core i5 7400.

OBS: Nesse teste feito fiquei em duvida em relação a frequência de memoria, segundo o Site do fabricante, todos os processadores Kaby Lake tem suporte a memorias até DDR4 - 2400, diferente dos Skylake que tem suporte até DDR4 - 2133.

https://ark.intel.com/products/97143/Intel-Pentium-Processor-G4560-3M-Cache-3_50-GHz

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
5 minutos atrás, Evandro Maris disse:

Bom dia CH,

Muito bom esse teste, comprei o meu a duas semanas no estoque limitadíssimo que veio para as lojas BR kkk, estou gostando muito do desempenho dele, principalmente em jogos com uma R7 370 2GB, pra quem saiu de um FX6100 e Core 2 Duo E7500 a diferença é gritante rsrs.

Excelente custo x beneficio e recomendo pra quem esta montando uma maquina de entrada pra jogos e quer fazer upgrade aos poucos, acho melhor sair de um Pentium G4560 e ir para um Core i7 7700 do que de um Core i3 7100 ou até mesmo de um Core i5 7400.

OBS: Nesse teste feito fiquei em duvida em relação a frequência de memoria, segundo o Site do fabricante, todos os processadores Kaby Lake tem suporte a memorias até DDR4 - 2400, diferente dos Skylake que tem suporte até DDR4 - 2133.

https://ark.intel.com/products/97143/Intel-Pentium-Processor-G4560-3M-Cache-3_50-GHz

Há alguns dias atrás a informação era que suportava DDR-2133. Eles atualizaram esta informação recentemente. Obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Adquirir um core i3 depois do lançamento desta geração de pentium se tornou opção insensata,junto ao core i3 7350K a empresa ditou a morte da sua família core de baixo custo

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É um bom processador para internet e edição de texto ou para aqueles que querem atualizar para um Core i5 e adquirir uma placa de vídeo no futuro.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Azarack disse:

Porque o teste não foi realizado com os respectivos coolers dos processadores ?

Porque usamos sempre o mesmo cooler na bancada de testes. Na prática, não faz diferença.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente artigo @Rafael Coelho

 

Recentemente adquiri um G4560 para substituir meu G4400, e notei melhora em alguns jogos, especialmente depois que troquei minha GTX 750 Ti por uma RX 460.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
9 minutos atrás, Godzilla_Giroflex disse:

@Rafael Coelho Vocês poderiam incluir benchmarks Single Core do Cinebench R15 nos resultados também.

Sugestão anotada. Mas o Cinebench faz mais sentido em multi core mesmo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gostaria que os testes em jogos fossem feitos em fullHD ultra ou alto para saber qtos frames daria. Mas só por curiosidade mesmo. Seria interessante também sabermos os resultados com placas de vídeo de entrada, como a RX 460 e a GTX 1050.

No restante, se esse rapaz custar 20% a menos que um i3 vale a pena levá-lo pra casa.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Leandro Castro Ribeiro disse:

Gostaria que os testes em jogos fossem feitos em fullHD ultra ou alto para saber qtos frames daria. Mas só por curiosidade mesmo. Seria interessante também sabermos os resultados com placas de vídeo de entrada, como a RX 460 e a GTX 1050.

No restante, se esse rapaz custar 20% a menos que um i3 vale a pena levá-lo pra casa.

A questão é que, com qualidade de vídeo (ou resolução) mais alta em jogos, a placa de vídeo passa a ser o gargalo, assim como ao usar uma placa de vídeo de entrada. Desta forma, perde-se a informação sobre o impacto do processador no desempenho dos jogos.

Por isso que, nos testes de processadores, usamos resolução Full HD e qualidade média, enquanto nos testes de placas de vídeo usamos alta resolução e qualidade máxima.

Quanto ao preço, ele custa quase a metade de um Core i3.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Processador de R$ 250 com uma 1050Ti/RX 470 no máximo fica bem legal viu , melhor coisa que a Sra.Intel fez nos últimos anos pra falar a verdade :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

show de boa! melhor entrada para plataforma 1151, a pessoa já monta com um desses e já se diverte demais, depois é só ir comprando cpu mais forte que o céu é o limite.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Além de estoque, só fica faltando uma placa-mãe de entrada no mesmo preço né. Aí é GG rs.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
23 minutos atrás, dudaskank disse:

Além de estoque, só fica faltando uma placa-mãe de entrada no mesmo preço né. Aí é GG rs.

Tem muita H110 por aí...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

bacana cpu mas comparado a um cpu top de 9 anos atrás meio que empata no desempenho no cinebench

 

 

olha video

 

 

 

ja em jogos  ganha com uma boa margem o pentium g4560

 

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho parabéns e muito obrigado pelo teste! Como sempre, um trabalho excelente!

Editado por Gabriel Torres
Movi a dúvida para o local correto

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho tem bastante H110, mas nenhuma abaixo do preço que ele apareceu, que foi entre R$ 230~260. Qualquer H110 aqui é fácil R$ 350! Talvez com promoções apareça perto dos R$ 300, mas ainda assim muito caro na minha opinião para uma placa de entrada.

 

No Newegg hoje, pelo preço dos $ 69 do dia do teste, acha uma penca de H110 e até umas B250 com direito a slot M.2 e 4 slots de memória na promoção.

Editado por Gabriel Torres
Movi a resposta para novo tópico.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 29/03/2017 às 09:05, Math.Pi disse:

Estou pra montar um computador com esse processador. Mas está difícil encontrá-lo. Sai de estoque muito rápido. Realmente um dos melhores custo x benefício atualmente.

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-851659899-processador-pentium-lga-1151-intel-bx80677g4560-g4560-35ghz-_JM

olha ele aqui por 290,00, muito bom o preço, vendedor é novo mas tem boas qualificações. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@xmauro Interessante isto que você publicou, que um processador de entrada hoje traz desempenho similar ao de um processador topo de linha de anos atrás (e possivelmente consumindo bem menos). Abraços

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que seria interessante compara-lo com outros processadores de baixo custo da concorrente que são muito vendidos para jogos ainda, como por exemplo o FX-6300, FX-8300, Athlon X4 860K, APU A9 e A10,

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
14 minutos atrás, wendel diego taveri disse:

Acho que seria interessante compara-lo com outros processadores de baixo custo da concorrente que são muito vendidos para jogos ainda, como por exemplo o FX-6300, FX-8300, Athlon X4 860K, APU A9 e A10,

 

 

Concordo, mas agora não vale mais a pena comprar estes processadores para os testes e a AMD não os enviará, por estarem em fim de linha (mal enviam quando estão em começo de linha).

 

Esperamos que a AMD envie as APUs Ryzen, quando elas forem lançadas, lá pro terceiro ou quarto trimestres.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, wendel diego taveri disse:

Acho que seria interessante compara-lo com outros processadores de baixo custo da concorrente que são muito vendidos para jogos ainda, como por exemplo o FX-6300, FX-8300, Athlon X4 860K, APU A9 e A10,

 

Exatamente o que o @Evandro escreveu.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×