Ir ao conteúdo

Teste do processador Ryzen 5 1500X

       
 45.353 Visualizações    Testes  
 32 comentários

Testamos o Ryzen 5 1500X, processador intermediário com quatro núcleos, oito threads e clock base de 3,5 GHz. Vamos ver como ele se sai contra seu concorrente direto, o Core i5-7400.

Teste do processador Ryzen 5 1500X
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Testamos o Ryzen 5 1500X, processador intermediário da nova série Ryzen 5 da AMD. Ele tem quatro núcleos, oito threads, clock base de 3,5 GHz, clock turbo de 3,7 GHz, TDP de 65 W e usa o novo soquete AM4. Confira!

Depois de vários anos, a AMD finalmente lançou uma nova geração de processadores baseada em uma microarquitetura completamente nova, chamada Zen, usando o novo soquete AM4. Os primeiros processadores lançados foram os Ryzen 7, que são processadores topo de linha, e agora a AMD lançou os Ryzen 5, voltados ao segmento intermediário. Logo serão lançados os processadores Ryzen 3 (de entrada).

Até agora, há quatro modelos de Ryzen 5: O Ryzen 5 1600X (6 núcleos, clock máximo de 4,0 GHz), o Ryzen 5 1600 (6 núcleos, clock máximo de 3,6 GHz), Ryzen 5 1500X (4 núcleos, clock máximo de 3,7 GHz) e Ryzen 5 1400 (4 núcleos, clock máximo de 3,4 GHz). Todos os modelos trazem a tecnologia Simultaneous Multi-Threading, equivalente à tecnologia Hyper-Threading da Intel, que simula um núcleo a mais por núcleo físico e faz com que o sistema operacional reconheça cada processador como tendo o dobro de núcleos fisicamente presentes no produto.

Os processadores Ryzen utilizam o novo soquete AM4 e são compatíveis com memórias DDR4. Desta forma, eles são totalmente incompatíveis com placas-mãe anteriores, como as usadas com as linhas FX (que usam o soquete AM3+) e Série A (soquete FM2+) da AMD.

Embora o soquete AM4 suporte processadores com vídeo integrado, os processadores Ryzen não vêm com este recurso; a AMD promete futuros processadores com vídeo integrado para este soquete, mas provavelmente eles não utilizarão o nome Ryzen.

Os processadores Ryzen são fabricados em processo de 14 nm "FinFET". Estes processadores são construídos a partir de blocos de quatro núcleos chamados pelo fabricante de CCX (Core Complex). Cada núcleo tem 128 kiB de cache L1 e 512 kiB de cache L2, e há um cache L3 de 8 MiB compartilhado para cada bloco de quatro núcleos.

O Ryzen 5 1500X é composto de dois destes blocos porém com dois núcleos desativados em cada CCX, em uma configuração chamada 2+2. São 512 kiB de cache L2 por núcleo e 16 MiB de cache L3 (8 MiB para cada bloco).

Seu clock base é de 3,5 GHz. Ele ainda pode trabalhar com o clock boost de 3,6 GHz em todos os núcleos, 3,7 GHz quando há no máximo dois núcleos sendo utilizados e tem um clock chamado XFR de 3,9 GHz, embora a AMD não deixe claro quando este clock é realmente utilizado.

Os processadores Ryzen têm multiplicador de clock desbloqueado, o que permite que o usuário que esteja buscando um overclock modifique o clock apenas mudando o multiplicador de clock no setup da placa-mãe, desde que ela utilize um dos chipset compatíveis com este recurso (B350 e X370).

Além disso, os processadores Ryzen têm um conjunto de recursos chamados pela AMD de "SenseMI", onde o processador detecta e controla o clock (em passos de 25 MHz) de acordo com vários fatores.

O Ryzen 5 1500X é vendido com o cooler Wraith Spire, o mesmo que acompanha o Ryzen 7 1700.

Em relação ao seu preço, o concorrente direto do Ryzen 5 1500X é o Core i5-7400 (leia o teste deste processador clicando aqui). Assim, em nossos testes comparamos o Ryzen 5 1500X ao Core i5-7400. Também incluímos no comparativo o Ryzen 5 1600X, o Core i5-6500 e o Core i5-7600K, para termos uma ideia de diferença de desempenho entre esses processadores.

A Figura 1 mostra a embalagem do processador Ryzen 5 1500X.

ryzen5-1500x-1.jpg

Figura 1: caixa do processador Ryzen 5 1500X

Na Figura 2 você confere o conteúdo da embalagem: o cooler, o processador propriamente dito, um pequeno manual e um adesivo para o gabinete.

ryzen5-1500x-2.jpg

Figura 2: conteúdo da embalagem

Na Figura 3 vemos a base em cobre do cooler Wraith Spire, que já vem com pasta térmica aplicada.

ryzen5-1500x-3.jpg

Figura 3: o cooler Wraith Spire

A Figura 4 mostra o processador Ryzen 5 1500X.

ryzen5-1500x-4.jpg

Figura 5: o processador Ryzen 5 1500X

Como os processadores Ryzen não oferecem vídeo integrado, utilizamos uma GeForce GTX 1080, que é uma placa de vídeo topo de linha, em todos os testes. Desta forma, podemos ter uma ideia do desempenho de processamento de cada modelo, principalmente nos jogos, independente do vídeo integrado (ou da ausência dele) em cada processador.

Preferimos utilizar uma placa de vídeo topo de linha para minimizar o risco de que esta induza um gargalo (saiba o que isto significa clicando aqui), o que causaria resultados semelhantes em todos os processadores.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Compartilhar

  • Curtir 11


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários




Pode me informar se vai sair testes do i5 7500 ? Gostaria de saber a diferença entre i5 7400 e i5 7500.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
4 minutos atrás, xkillerssx disse:

Pode me informar se vai sair testes do i5 7500 ? Gostaria de saber a diferença entre i5 7400 e i5 7500.

Por enquanto não, não temos este processador ainda.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
22 minutos atrás, xkillerssx disse:

Pode me informar se vai sair testes do i5 7500 ? Gostaria de saber a diferença entre i5 7400 e i5 7500.

A diferença é, mais ou menos, 10 trumps na civilização (182,000 - 192,00); e 300 mhz no clock (3,5GHz - 3,8 GHz). De resto, mesma coisa: mesma litografia, mesmo número de núcleos, mesmo TDP, mesmo cache.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Kleber Peters disse:

A diferença é, mais ou menos, 10 trumps na civilização (182,000 - 192,00); e 300 mhz no clock (3,5GHz - 3,8 GHz). De resto, mesma coisa: mesma litografia, mesmo número de núcleos, mesmo TDP, mesmo cache.

Compensa o i5 7500 então né, já que a diferença em R$ é bem pouca. Valeu pela ajuda !

@Rafael Coelho Gostei do teste, me ajudou muito. Eu estou em dúvida se pego um Ryzen 5 1500x ou i5 7500 :D 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não tá valendo os Ryzen AMD estão criando gargalo na Memória RAM

 

Benchmark DDR4 AMD 64 ns

Benchmark DDR4 INTEL 17ns

 

Beachmak = Corsair CMD32GX4M4C3200C14C 8GB Corsair 3200MHz 8GB 

 

Diferença é de 370% resposta.

Se ela não tirar o gargalo da RAM não tem como.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

que susto, achei que o Wraith Spire era no estilo do Intel com aquelas travas horríveis, ainda bem que não :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, BittenMG disse:

Não tá valendo os Ryzen AMD estão criando gargalo na Memória RAM

 

Benchmark DDR4 AMD 64 ns

Benchmark DDR4 INTEL 17ns

 

Beachmak = Corsair CMD32GX4M4C3200C14C 8GB Corsair 3200MHz 8GB 

 

Diferença é de 370% resposta.

Se ela não tirar o gargalo da RAM não tem como.

 

E o que isso influencia na sua vida ou na usabilidade do micro?

Você joga resultado de Passmark?

Você edita vídeo ou descompacta um arquivo com isso?

Quem disse que isso que você apresentou é gargalo e não característica das arquiteturas?

 

Isso que você postou não é nem um comparativo de desempenho dos processadores com diferentes clocks e latências de memória.

 

Menos hype, gente, beeem menos, por favor.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

so digo uma coisa meu i5 7600k esta patrolando geral. quem tiver duvida e puder compra um desse não pense 2x. o bicho é monstrão. uso um cooler master Hyper T4, temperatura 47-52 - 55º  - ful hd tudo no ultra e alto. eita bicho nervoso. gostei.. amd so teria coragem de usar daki 1 ano ou mais quando todos tiver certeza que não vão explodir e dar morte subita. kkkkkkk.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O hype existe desde sempre, em tudo que é tipo de produto, desde celulares à carros. Eu acho q as empresas gostam disso, mas quem é mais velho e conhece de informatica sabe muito bem que processador comprar e pra que vai usa-lo e sabe dar valor no dinheiro suado que ganha. Parabéns à AMD que lançou no mercado processadores que são bem melhores que os anteriores. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

claro que o cara vai compra de acordo com o bolso e com o uso. a parte que digo (ful hd tudo no ultra e alto.) quem joga ja sabe que é sobre jogos. amd nem lançou direito os processadores. ta no forno ainda. deixa os bicho rodar livres por ai pra ver realmente do que são capazes. e as vezes o barato sai caro. cuidado boy.

Editado por Gabriel Torres
Removido trecho que ficou repetido.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

a boa noticia e que este processador e bom no ouverclock então em oc a diferença pode diminuir

quem sabe pegando o cooler do modelo top e colocando nele se consegue um ótimo ganho com um pequeno aumento na tensão 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Wgk Bravo disse:

so digo uma coisa meu i5 7600k esta patrolando geral. quem tiver duvida e puder compra um desse não pense 2x. o bicho é monstrão. uso um cooler master Hyper T4, temperatura 47-52 - 55º  - ful hd tudo no ultra e alto. eita bicho nervoso. gostei.. amd so teria coragem de usar daki 1 ano ou mais quando todos tiver certeza que não vão explodir e dar morte subita. kkkkkkk.

adicionado 3 minutos depois

claro que o cara vai compra de acordo com o bolso e com o uso. a parte que digo (ful hd tudo no ultra e alto.) quem joga ja sabe que é sobre jogos. amd nem lançou direito os processadores. ta no forno ainda. deixa os bicho rodar livres por ai pra ver realmente do que são capazes. e as vezes o barato sai caro. cuidado boy.

Eai irmão , to na duvida ***** se pego esse processador ou nao kk . to querendo colocar esse i5 7600k junto com uma gtx1070, poderia me contar um pouco de sua experiencia com ele ? ajudaria *****

Editado por Gabriel Torres
Remoção de palavrão

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
55 minutos atrás, Wgk Bravo disse:

so digo uma coisa meu i5 7600k esta patrolando geral. quem tiver duvida e puder compra um desse não pense 2x. o bicho é monstrão. uso um cooler master Hyper T4, temperatura 47-52 - 55º  - ful hd tudo no ultra e alto. eita bicho nervoso. gostei.. amd so teria coragem de usar daki 1 ano ou mais quando todos tiver certeza que não vão explodir e dar morte subita. kkkkkkk.

adicionado 3 minutos depois

claro que o cara vai compra de acordo com o bolso e com o uso. a parte que digo (ful hd tudo no ultra e alto.) quem joga ja sabe que é sobre jogos. amd nem lançou direito os processadores. ta no forno ainda. deixa os bicho rodar livres por ai pra ver realmente do que são capazes. e as vezes o barato sai caro. cuidado boy.

Wgk Bravo, concordo com você. Eu mesmo vou pegar um i7 7700k por que vou usar principalmente pra jogos, se o Ryzen 7 1700x fosse mais barato e entregassem quase a mesma coisa que um i7 7700k, eu iria sim de AMD. O que eu quero dizer é que eu não sou fanboy de nenhuma marca, faço uma analise e o que me servir melhor $$ eu compro hehehehe.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Hugo Rech Para melhor organização do Fórum, por favor, poste esta sua dúvida no setor correto, visto este tópico ser especificamente sobre o teste do processador Ryzen 5 1500X, perguntas que não tenham a ver com este teste devem ser abertas no setor mais adequado do Fórum:

 

http://www.clubedohardware.com.br/forums/forum/93-recomendação-de-pcs-para-jogos-e-placas-de-vídeo/

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A meu ver, eles estão pareados, a diferença em jogo não será visível. Sendo assim, se você, além de jogos, trabalha com processamento pesado, o AMD é melhor, mas se você pensa em jogos, veja os preços e qual conjunto te sai mais barato: com o R5 1500 ou i7 7400.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, xkillerssx disse:

Compensa o i5 7500 então né, já que a diferença em R$ é bem pouca. Valeu pela ajuda !

@Rafael Coelho Gostei do teste, me ajudou muito. Eu estou em dúvida se pego um Ryzen 5 1500x ou i5 7500 :D 

 Eu volto a bater na mesma tecla:

 

Lá em 2011 quem montou um computador com AM3+ teve (e ainda tem) bom suporte ao soquete. Agora procure por uma placa LGA1155 de qualidade pra ver se encontrará alguma coisa... Falo isso como usuário de um i7-2600.

 

Não tem como prever se a AMD manterá a mesma política de suporte com o AM4, mas se permanecer (principalmente pela unificação do soquete com as APUs) pode ser mais vantajoso investir um pequeno valor agora e ter um suporte prolongado. Todavia, os Ryzen estão muito recentes, ainda tem muita agua pra rolar.

 

E mais uma vez, parabéns ao mestre Rafael Coelho pela análise.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
17 horas atrás, Hugo Rech disse:

Eai irmão , to na duvida ***** se pego esse processador ou nao kk . to querendo colocar esse i5 7600k junto com uma gtx1070, poderia me contar um pouco de sua experiencia com ele ? ajudaria *****

Hugo. to gostando demais dele. é forte e nem fiz over. até porque nao peguei placa-mãe pra isso. joguei varios jogos pesados nele no ultra. e nenhum passou de 60% de uso. geralmente fica nos 50 e poucos. temperatura sempre baixa. madrugada estes dias tava fresco o clima o bicho rodou a 47º bf4 ultra online. mas isso depende do gabinete tambem. uso cooler master T4 no meu i5. sobre a placa cara, veja os testes da 1060 6g. conforme o preço compensa mais. resumindo esse i5 7600k e uma 1060 ou 1070 teu pc ja fica nervosão. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Então... meu i5 2400/HD6670 vai trabalhar por um bom tempo também. Pra o que eu faço (simuladores de voo e PES 2012), dá e sobra, ao contrário do $$$, que não anda sobrando para fazer upgrade.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

a vantagem do ryzen fica evidente no dia a dia comparado com os intel por um problema que os intel tem, com exceção dos i7, o problema dos intel dual core/4threads ( todos i3, e5 e pentiuns g4560)  começa quando você da alt+tab, mesmo sendo dual core ele tem muita dificuldade de rodar paginas web como videos do youtube ou paginas com flash se você tiver fazendo alguma outra coisa psada como instalando um programa ou rodando um jogo, as vezes no autocad eu dou alt + tab pra conferir uma informação na internet com o i5 7400  e sou obrigado a fechar o autocad porque o youtube não funciona, o mesmo acontece com alguns jogos, os ryzen e os i7 não tem esse problema.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
14 horas atrás, Wesley Sidney disse:

a vantagem do ryzen fica evidente no dia a dia comparado com os intel por um problema que os intel tem, com exceção dos i7, o problema dos intel dual core/4threads ( todos i3, e5 e pentiuns g4560)  começa quando você da alt+tab, mesmo sendo dual core ele tem muita dificuldade de rodar paginas web como videos do youtube ou paginas com flash se você tiver fazendo alguma outra coisa psada como instalando um programa ou rodando um jogo, as vezes no autocad eu dou alt + tab pra conferir uma informação na internet com o i5 7400  e sou obrigado a fechar o autocad porque o youtube não funciona, o mesmo acontece com alguns jogos, os ryzen e os i7 não tem esse problema.

Ué...Eu tenho por habito dar uma voltinha no youtube enquanto compilo na Unreal Engine, e esse é um hábito desde o tempo que usei Fx6300 e i5 4440. E até em alguns jogos, já fiz transições constantes de abas, para poder acompanhar determinado video no youtube sem dores de cabeça.

 

Mas acho que isso depende muito da configuração como um todo, especialmente da memória disponível, e do percentual de uso do Processador.

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, Faust0 disse:

Ué...Eu tenho por habito dar uma voltinha no youtube enquanto compilo na Unreal Engine, e esse é um hábito desde o tempo que usei Fx6300 e i5 4440. E até em alguns jogos, já fiz transições constantes de abas, para poder acompanhar determinado video no youtube sem dores de cabeça.

 

Mas acho que isso depende muito da configuração como um todo, especialmente da memória disponível, e do percentual de uso do Processador.

 

 

 

No caso, em jogos atuais muitos i5 ja pegam entre 80~100% de uso, em muitos casos cravados em 100%.

Rodando apps no plano de fundo vai acabar tendo menos % para dar ao jogo e pode gerar engasgos, algo que ja ocorre em i5 mesmo sem outras coisas abertas, por isso os 0.1/1% horríveis em comparação aos R5 em muitos casos.

 

Ja para os R5, como o uso fica baixo há bastante espaço de threads para outros apps no plano de fundo sem afetar a performance.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A diferença a mais de desempenho em jogos do processador Intel é irrelevante na maioria dos casos. Absolutamente ninguém notará a diferença na pártica. Tenham em mente que esta é a primeira leva dos Ryzen também, e que a maioria esmagadora dos jogos até hoje foi feita tendo apenas os Intel como base, certamente o cenário futuro vai mudar com a chegada dessa nova linha da AMD. Nas demais aplicações os Ryzen já chegaram chutando a cabeça da Intel. Sem falar que em jogos o uso de CPU dos Ryzen é praticamente a metade dos Intel. Resumindo, brilhante trabalho da AMD, tem que ser muito fã da Intel para não reconhecer esse fato. 

 

Concluindo, se eu fosse montar uma máquina nova HOJE fosse para jogos ou para produtividade, sem sombra de dúvidas iria nos Ryzen.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tem um tempo que não acompanho teste de processadores e placas de vídeo, mas achei as diferenças no desempenho consideráveis. Eu esperava que o processador tivesse muito pouco peso em jogos, especialmente utilizando uma placa de vídeo de alto desempenho, ainda mais sendo os processadores também de alto desempenho, que em teoria não oferecem gargalo.


Fiquei em dúvida quando é dito: "Lembre-se que, utilizando uma placa de vídeo mais barata, a diferença de desempenho entre os processadores tende a diminuir." Não deveria ser o oposto? Com a carga de processamento do jogo recaindo sobre o processador, a tendência não é acentuar as diferenças de desempenho entre eles?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
28 minutos atrás, Gfbonfim disse:

Fiquei em dúvida quando é dito: "Lembre-se que, utilizando uma placa de vídeo mais barata, a diferença de desempenho entre os processadores tende a diminuir." Não deveria ser o oposto? Com a carga de processamento do jogo recaindo sobre o processador, a tendência não é acentuar as diferenças de desempenho entre eles?

Não. Não há redirecionamento de carga de processamento. O que acontece quando a placa de vídeo é mais fraca e/ou quando se utiliza resolução e qualidade de imagem mais altas é que a placa de vídeo passa a "gargalar", e nesse caso o processador deixa de fazer diferença.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×