Ir ao conteúdo

Teste do processador Ryzen 5 1600X

       
 76.571 Visualizações    Testes  
 30 comentários

Testamos o Ryzen 5 1600X, modelo mais topo de linha da nova série intermediária de processadores da AMD. Vamos ver se ele é mais rápido do que o seu principal concorrente.

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Testamos o Ryzen 5 1600X, processador mais topo de linha da nova série Ryzen 5 da AMD. Ele tem seis núcleos, 12 threads, clock base de 3,6 GHz, clock turbo de 4,0 GHz, TDP de 95 W e usa o novo soquete AM4. Confira!

Depois de vários anos, a AMD finalmente lançou uma nova geração de processadores baseada em uma microarquitetura completamente nova, chamada Zen, usando o novo soquete AM4. Os primeiros processadores baseados neste soquete foram os Ryzen 7 e são processadores topo de linha, e agora a AMD lançou os Ryzen 5, voltados ao segmento intermediário. Logo serão lançados os processadores Ryzen 3 (de entrada).

Até agora, há quatro modelos de Ryzen 5: O Ryzen 5 1600X (6 núcleos, clock máximo de 4,0 GHz), o Ryzen 5 1600 (6 núcleos, clock máximo de 3,6 GHz), Ryzen 5 1500X (4 núcleos, clock máximo de 3,7 GHz) e Ryzen 5 1400 (4 núcleos, clock máximo de 3,4 GHz). Todos os modelos trazem a tecnologia Simultaneous Multi-Threading, equivalente à tecnologia Hyper-Threading da Intel, que simula um núcleo a mais por núcleo físico e faz com que o sistema operacional reconheça cada processador como tendo o dobro de núcleos fisicamente presentes no produto.

Os processadores Ryzen utilizam o novo soquete AM4 e são compatíveis com memórias DDR4. Desta forma, eles são totalmente incompatíveis com placas-mãe "antigas", como as usadas com as linhas FX (que usam o soquete AM3+) e Série A (soquete FM2+) da AMD.

Embora o soquete AM4 suporte processadores com vídeo integrado, os processadores Ryzen não vêm com este recurso; a AMD promete futuros processadores com vídeo integrado para este soquete, mas provavelmente eles não utilizarão o nome Ryzen.

Os processadores Ryzen são fabricados em processo de 14 nm "FinFET". Estes processadores são construídos a partir de blocos de quatro núcleos chamados pelo fabricante de CCX (Core Complex). Cada núcleo tem 128 kiB de cache L1 e 512 kiB de cache L2, e há um cache L3 de 8 MiB compartilhado para cada bloco de quatro núcleos.

O Ryzen 5 1600X é composto de dois destes blocos porém com um núcleo desativado em cada CCX, em uma configuração chamada 3+3. São 512 kiB de cache L2 por núcleo e 16 MiB de cache L3 (8 MiB para cada bloco).

Seu clock base é de 3,6 GHz. Ele ainda pode trabalhar com o clock boost de 3,7 GHz em todos os núcleos, 4,0 GHz quando há no máximo dois núcleos sendo utilizados e tem um clock chamado XFR de 4,1 GHz, que a AMD não deixa claro quando este clock é realmente utilizado.

Os processadores Ryzen têm multiplicador de clock desbloqueado, o que permite que o usuário que esteja buscando um overclock modifique o clock apenas mudando o multiplicador de clock no setup da placa-mãe, desde que ela utilize um dos chipset compatíveis com este recurso (B350 e X370).

Além disso, os processadores Ryzen têm um conjunto de recursos chamados pela AMD de "SenseMI", onde o processador detecta e controla o clock (em passos de 25 MHz) de acordo com vários fatores.

Assim como os processadores Ryzen 7 1700X e Ryzen 7 1800X, o Ryzen 5 1600X é vendido sem cooler. O padrão de cooler utilizado pelo soquete AM4 tem semelhança com os soquetes anteriores no que diz respeito ao "gancho" onde vai preso o clipe de fixação. Assim, coolers antigos que utilizam este gancho central (como o Wraith) são compatíveis com o soquete AM4. Porém, a furação da placa suporte no soquete AM4 é diferente, de forma que coolers que utilizem placa suporte própria ou que se fixem de alguma forma utilizando os furos da placa-mãe não vão servir, a menos que você possua um kit adaptador (alguns fabricantes de coolers estão enviando este kit gratuitamente aos proprietários de alguns modelos).

Em relação ao seu preço, um dos concorrentes mais próximos do Ryzen 5 1600X (que custa US$ 250 nos EUA) é o Core i5-7600K. Assim, em nossos testes nós comparamos o Ryzen 5 1600X ao Core i5-7600K.

A Figura 1 mostra a embalagem do processador Ryzen 5 1600X.

Ryzen5-1600X-01.jpg

Figura 1: caixa do processador Ryzen 5 1600X

Na Figura 2 você confere o conteúdo da embalagem: um pequeno manual, o processador propriamente dito e um adesivo para o gabinete.

Ryzen5-1600X-02.jpg

Figura 2: conteúdo da embalagem

Na Figura 4 vemos o processador Ryzen 5 1600X, enquanto a Figura 5 mostra o lado inferior do processador.

Ryzen5-1600X-03.jpg

Figura 3: o processador Ryzen 5 1600X

Ryzen5-1600X-04.jpg

Figura 5: lado de baixo do Ryzen 5 1600X

Como o Ryzen 5 não possui vídeo integrado, nós utilizamos uma GeForce GTX 1080, que é uma placa de vídeo topo de linha, para todos os testes de desempenho, com ambos os processadores.

Vamos comparar as principais especificações dos processadores testados na próxima página.

Compartilhar

  • Curtir 16


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários




@Rafael Coelho Bom testes, todavia no momento não vale a pena investir na AMD, esperar abaixar a poeira dar uma melhor otimizada e colocar na balança, sinceramente não estou muito animado com esses processadores da AMD não.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, President of United States disse:

@Rafael Coelho excelente teste, posso anear este link de teste no meu de processadores colega?

Claro, pode utilizar o link à vontade!

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@President of United States A AMD, teve um avanço muito grande com a arquitetura ZEN em relação os FX, agora sinceramente, não existe custo beneficio e a sua otimização não está boa, na MINHA OPINIÃO, quem optar em investir na AMD, deve esperar mais um pouco porque ATUALMENTE, não vale a pena o investimento. Eu não estava criando expectativas em relação a arquitetura ZEN, graças a Deus, até porque conheço bem como funciona esse marketing de 70%, 50% mais rápido kkkk,  vou fazer meu upgrade mesmo para o I7 7700 e pronto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Meu upgrade vai ser na linha Zen, mas irei para esse R5 1600x ou o R7 1700. Porém com os valores não vale a pena para mim no momento, e enquanto meu I5 6400 estiver dando no coro bem, não vejo razão para upgrade. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@President of United States Amigo entenda uma coisa, o mercado interno dessas empresas, é um nojo. A AMD tem uma alavanca muito forte, que poderia colocar ela em  igualdade com a INTEL ou até mesmo superior, não faz sabe porque? questão politica e financeira.

adicionado 0 minutos depois

@Flávio Santana Lima Não vejo necessidade Flavio de trocar seu I5 6400, sinceramente é melhor esperar né verdade? a compra com segurança é bem melhor.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@O Monge primeiro, veja o tópico Análise financeira, aqui fala exatamente os grandes pontos fracos da AMD, mas já cito o que acho mais importante, ela vendeu sua parte de processador mobile, na época valia nada, hoje é a Qualcomm.

E compare a fatia do mercado de cada um, a AMD compete com duas empresas em dois ramos diferentes. 

E acredito que a intel tenha sim uns bilhões na AMD, afinal, se uma das duas falir, a outra vai sofrer sanções de mercado em grande parte do mundo.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se testassem com memórias 2133 nego ia cair metendo o pau HAUAHAUAHAUA

Gente , a longo prazo daqui há alguns meses o custo x benefício será imbatível ! na verdade já é , um combo com B250 + DDR4 3200 fica uns 250 temers mais baratos que um combo i5 7600 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Na boa, nem adianta o pessoal comprar com os FX bulldozer porque tá bem diferente, eu me lembro que quando o FX saiu o FX 4100 perdia de alguns phenom x4, e no single core perdia feio dos core i7/i5/i3 desde sempre... Agora o que se vê é algo bem mais equilibrado, sendo visivel que o desempenho em 1 core está totalmente equivalente ao concorrente, no entanto eu tenho a impressao que além dos jogos não serem capazes de usar mtos threads a intel tem uma comunicação mais eficiente com a placa de video, conseguindo enviar mais draw calls, mas serio que alguem se importa? um roda os jogos a 120fps o outro a 150fps, serio mesmo que essa é uma diferença relevante? na boa prefiro estar com um processador muito promissor no futuro, já que produtoras devem investir mais em threads agora (8c/16T até o momento era coisa de servidor) e jogar com mais cpu disponível, do que ter um i5/i7 que da alguns fps a mais usando 70~90% de cpu enquanto os Ryzen usam quase a metade disso pra fazer praticamente os mesmos fps... 

adicionado 9 minutos depois

@O Monge Claro que a intel nao da dinheiro pra amd ficar quieta, a amd ficou bastante tempo dos FX porque era muito barato de produzir e vendia bem porque tinha o apelo de ser "octa core"... Agora que já ta muito obsoleto e que já levaram a arquitetura ao limite resolveram desenvolver e lançar os amd zen, acontece que as produtoras não investem em threads, até porque o processador de mais alto desempenho para o usuário domestico (compráveis) eram os core i7 4C/8T, logo nenhuma produtora investia em realizar otimizações para que os jogos utilizem mais que isso, até mesmo porque os reports da steam apontam que a maior parcela de processadores utilizados na atualidade ainda são dualcore... Logo a longo prazo com a popularização de uso massivo de threads deve melhorar o cenário...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Fiquei triste por não incluir os 0.1% e 1% lows que normalmente é onde os Ryzen brilham mais :tw_bawling:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

AMD pode baixar e muito o preço dos Zens e suas placas afinal são lançamentos já a Intel dificilmente irá baixar o preço dos Skylike para um nível competitivo. Gostei do desempenho do preço se ficar uns 200 reais abaixo do i7 7600K e as placa AM4 também cairem de preço dá para comprar e pegar uma placa de vídeo melhor e memórias mais rápidas.

 

Eles deram mole mesmo no mercado de mobile poderiam usar umas "mini-apu" nos celular e serem lideres do mercado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O ryzen 1600 tem suporte a ddr4 3600mhz confirmado pela Amd e olha a diferença que fez no sistema!

 

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não é todo mundo que consegue um OC desses em Ram.

E não é em todos os testes que faz diferença.

 

Além de, investindo de mais em RAM você pode acabar chegando no valor de um i7-7700K, que ainda é um negocio melhor para jogos. Mas, R5 ainda parece um negocio muito melhor que os i5 por ter uma folga para melhorar através de otimizações de software devido a sua subutilização atual, e por ter uma plataforma que ira suportar upgrades até 2020.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Core i tem 7 gerações, ZEN está na primeira ainda. Vamos com calma.

adicionado 17 minutos depois

@eduwillat Parece que todos os usuários usam o PC exclusivamente pra games. Mesmo você tendo um ZEN vencendo um i7 em render, mas o ZEN não presta porque entrega 8~15 FPS a menos que o i7 em jogos. 

Tudo bem que agora o custo x benefício não está muito bom, mas sabemos que os preços irão baixar em breve.

Sem contar que todo mundo agora pode ter um 1080 ti, pois os testes são todos com ela.

Segundo os dados da Steam tem mais usuários usando processadores 4 cores (quase 50%) do que 2 cores. Acredito que num futuro não tão distantes os 6 e 8 cores serão bem melhor aproveitados em games. Pensando nisso, com certeza irei de AMD!

 

Sem título.jpg

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, Flávio Santana Lima disse:

Meu upgrade vai ser na linha Zen, mas irei para esse R5 1600x ou o R7 1700. Porém com os valores não vale a pena para mim no momento, e enquanto meu I5 6400 estiver dando no coro bem, não vejo razão para upgrade. 

 

Eu fiz o upgrade de um Phenom II X4 965 para um R7 1700. Vale muito a pena. O CPU é muito bom.
Para comparação: no BF1 64x64 sem vsync + RX 480 fica em ~70-80 FPS (Ultra). Se coloco no medium vai para ~90-100FPS.
The Witcher com tudo no ultra, fica 60 FPS cravado com Vsync e sem chega até 90 FPS, dependendo do cenário.

adicionado 3 minutos depois
7 horas atrás, eduwillat disse:

Na boa, nem adianta o pessoal comprar com os FX bulldozer porque tá bem diferente, eu me lembro que quando o FX saiu o FX 4100 perdia de alguns phenom x4, e no single core perdia feio dos core i7/i5/i3 desde sempre... Agora o que se vê é algo bem mais equilibrado, sendo visivel que o desempenho em 1 core está totalmente equivalente ao concorrente, no entanto eu tenho a impressao que além dos jogos não serem capazes de usar mtos threads a intel tem uma comunicação mais eficiente com a placa de video, conseguindo enviar mais draw calls, mas serio que alguem se importa? um roda os jogos a 120fps o outro a 150fps, serio mesmo que essa é uma diferença relevante? na boa prefiro estar com um processador muito promissor no futuro, já que produtoras devem investir mais em threads agora (8c/16T até o momento era coisa de servidor) e jogar com mais cpu disponível, do que ter um i5/i7 que da alguns fps a mais usando 70~90% de cpu enquanto os Ryzen usam quase a metade disso pra fazer praticamente os mesmos fps... 

adicionado 9 minutos depois

@O Monge Claro que a intel nao da dinheiro pra amd ficar quieta, a amd ficou bastante tempo dos FX porque era muito barato de produzir e vendia bem porque tinha o apelo de ser "octa core"... Agora que já ta muito obsoleto e que já levaram a arquitetura ao limite resolveram desenvolver e lançar os amd zen, acontece que as produtoras não investem em threads, até porque o processador de mais alto desempenho para o usuário domestico (compráveis) eram os core i7 4C/8T, logo nenhuma produtora investia em realizar otimizações para que os jogos utilizem mais que isso, até mesmo porque os reports da steam apontam que a maior parcela de processadores utilizados na atualidade ainda são dualcore... Logo a longo prazo com a popularização de uso massivo de threads deve melhorar o cenário...

 

É isso que eu penso. Eu não tenho um 1080 então não vou atingir 150 FPS em nada, mas com um RX 480, consigo rodar a 70-90 dependendo do jogo e meu objetivo de cravar nos 60 hz tá valendo. Se quiser mais FPS por algum motivo, reduz a qualidade, mete no medium. SImples.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tinham que ter incluído nesse teste o I7 7700k só para se ter uma bas, pois no Adrenaline fizeram esse teste com o Ryzen 5 1600x com Overclock e sem Overclock, e advinha??? Em vários testes ele empatou e alguns até ultrapassou o i7 7700K , ( com Overclock claro) , então acho sim que AMD acertou em cheio que essa arquitetura, claro que tem alguns pontos a ser melhorados como otimizações, e assim que que passar o "BOOM" do lançamento com certeza os preços vão ficar ainda mais em conta, lembrando galera que teve um excelente desempenho mediante o i7 7700k por 400,00 a menos heim?? Isso porque ainda é lançamento, vão lá e de uma olhada nos testes do Ryzen 5 1600x com Over!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Gabriel Braga disse:

Se testassem com memórias 2133 nego ia cair metendo o pau HAUAHAUAHAUA

Gente , a longo prazo daqui há alguns meses o custo x benefício será imbatível ! na verdade já é , um combo com B250 + DDR4 3200 fica uns 250 temers mais baratos que um combo i5 7600 

 

No artigo fala que um ponto contra é não acompanhar cooler. Mas o i5 7600 também não acompanha, huahauhua.
Além disso, colocaram cooler diferentes. Sei que tá complicado de encontrar coolers compatíveis mas o mais correto seria usar o mesmo cooler né. E colocar a temperatura no teste.

 

msi b350m gaming pro: 450 reais

1600X: 979 reais

G.skill Trident Z 16gb (2x8GB) 3200mhz: 650 reais (mercado livre, que inclusive, foi onde comprei as minhas).
 

2079. Um bom valor no kit pra um 6C/12T

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu tenho uma boa configuração para jogos (conforme podem ver na minha assinatura), mas decidi fazer um upgrade e montei a seguinte configuração em dois e-commerce (tive que buscar a placa-mãe na megamamute enquanto o resto consegui comprar na kabum).

 

Ryzen 5 1600X

WaterCooler Corsair Hydro Series - High Performance H60 - CW-9060007-WW

Memória Crucial Ballistix Elite 16GB (2x8GB) 2666Mhz DDR4 CL16 - BLE2K8G4D26AFEA

Asus PRIME B350M-A

 

Irei aproveitar do meu pc antigo:

 

Gabinete Spec-01

Galax GTX 1070 Entusiasta OC 8GB

Corsair 750

SSD 240 GB

HD 1TB

 

Estava receoso com essa briga entre fãs intel x fãs amd e com as notícias sobre desempenho em jogos dos novos Ryzen, mas hoje com tanta informação de fonte segura entendo que um processador desbloqueado (bom para over dependendo da sua opção de solução de resfriamento do processador), com tantas tecnologias disponíveis em um processador intermediário (ao contrário da intel que prefere "capar" os I5 em número de cores) na bios de placa mães 350 e não somente nas high-end 370 e o número de cores "a mais" 6/12 Ryzen 5 1600X vs 4/4 I5 7600k que com certeza ajuda em vários tipos de trabalhos e aplicações (não somente jogos e fps) é a escolha certa para um pc bastante balanceado e com muito ainda a evoluir em termos de "ajustes" ao longo do tempo em várias atualizações que virão a tendência é melhorar ainda mais (novo processador, ainda "virgem" o seu potencial), bem vindo concorrência, fãs amd e fãs intel e seus bolsos só agradecem e viva nós.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em ‎4‎/‎17‎/‎2017 às 09:05, O Monge disse:

@President of United States Eu posso está falando besteira, agora as vezes eu penso que a INTEL "injeta" dinheiro para AMD ficar parada no tempo, amigo n tem condição n cara, a empresa tem todo suporte para estuprar performance em jogos ser melhor que a intel, lutar lada a lado, eu particularmente acho isso muito estranho.

adicionado 2 minutos depois

@President of United States a AMD parece que faz reunião secreta com a INTEL e tem um contrato firmado para sempre te um produto inferior, a mesma coisa com a ***** da linha de VGA, tem de tudo para crescer, ótimas ideias, só que na hora do vamos ver?

nao tem como tirar 10 anos de pesquisas ... AMD nunca vai passsar intel ou Nvidia- jamais

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
44 minutos atrás, Evandro disse:

@leo3D ela fez isso com o Athlon 64. ;)

Até hoje a arquitetura dos PCs em 64 bits é chamada AMD64 por isso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Os melhores CPUs para jogos continuam sendo os i5 high-end(i5 7600k, i5 6600k, i5 4670k) e i7 quad-core, por terem os clocks padrões maiores e ipc melhor que a linha entusiasta Intel hexa, octa, deca-core.

 

Sem falar que a Microsoft anunciou oficialmente que vão lançar update futuro corrigindo problema dos Ryzen quanto a memória cache e SMT AMD no Windows:

http://www.guru3d.com/news-story/microsoft-confirms-windows-bug-is-holding-back-amd-ryzen.html

 

Só o tempo dirá se vamos ter resultados melhores.

 

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se a pessoa não pode contar com uma placa de vídeo 1080, qual a placa mínima necessária?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×