Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Linux vs. Windows: Quem ganhará?

        69.899 Visualizações     18 comentários     Editoriais   

Será que o Linux realmente oferece ameaça ao Windows e à Microsoft?

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

A cada dia que passa nós ouvimos falar cada vez mais das maravilhas do sistema operacional Linux, que, além de estável, é grátis. Mas será que ele realmente oferece ameaça ao Windows e à Microsoft?

Apesar dos mais estusiasmados afirmarem que sim, nós somos mais céticos. Esse ti-ti-ti a respeito do Linux me faz lembrar quando o OS/2 foi lançado, quando todos afirmavam que ele era uma ameaça real ao Windows 3.x. Quando o Windows 95 foi lançado, então, foi um auê: uma competição para mostrar como o OS/2 era (e ainda é) superior ao Windows 95.

Se ele é superior, então quer dizer que todos nós usamos o OS/2, não é verdade?

Eu particularmente acho que com o Linux ocorrerá mais ou menos a mesma coisa, por um motivo muito simples: ele simplesmente não concorre com o mesmo mercado do Windows 9x (pelo menos por enquanto).

O Linux é difícil para dedéu de colocar para funcionar, especialmente se o micro tiver um hardware um pouco mais esdrúxulo. Além disso, qualquer pessoa com pelo menos dois neurônios consegue instalar o Windows 9x. Com o Linux a história já é um pouco diferente. Fora pequenas diferenças existentes entre as dezenas de versões de Linux que há no mercado.

Bem, com isso eu não quero dizer que o Linux não é bom; pelo contrário, ele é um excelente sistema operacional de redes. Mas daí a pensarem que ele irá simplesmente tirar o Windows do mercado, bem, isso eu já não concordo. Até porque (desculpem pela verdade) a Microsoft tem dinheiro para colocar o que ela quiser no mercado. Infelizmente.

Comentários do Marcelo Chiapparini (chiappa@uerj.br):

Eu uso o sistema operacional OS/2 Warp 4.0 FP9 e estou muito contente com ele. Não vou iniciar uma discussão aqui sobre se o OS/2 é o não superior ao Windows 9x. Pessoalmente acho que não existe discussão possível. Então, porque não estamos todos usando o OS/2? O próprio Gabriel dá a resposta na última linha do editorial: A M$ tem o dinheiro suficiente para colocar o que ela quiser no mercado....

 

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Concordo com as afirmações de que "O Linux é difícil para dedéu de colocar para funcionar" e "a Microsoft tem dinheiro para colocar o que ela quiser no mercado." Porém gostaria de levantar alguns pontos para reflexão:

- O Linux depois de devidamente instalado e configurado é estável, atualmente muito amigável, compatível com os hardwares e tecnologias atuais e ainda LIVRE de pirataria. Linux não atende a todos os tipos de usuários, principalmente para jogos avançados, mas atende perfeitamente um usuário doméstico, que ainda pode utilizar emuladores para rodar aplicativos que não possuam similares para Linux.

- Atualmente, quando compramos um computador em uma revenda qualquer temos basicamente 3 tipos de situações com relação a SO: os micros são entregues com Windows pirata, os micros são entregues sem SO instalado (a pirataria neste caso fica por conta do cliente) ou uma cópia original de um Windows qualquer é vendida com o micro. Como resultado desta situação real, a esmagadora maioria dos SOs Windows que rodam em PCs pessoais no Brasil e no Mundo são cópias piratiadas. Até quando a M$ será "complacente" com a pirataria? Vale lembrar que em o "Windows update" (em agosto de 2005) passará a verificar a chave de registro do Windows para liberar ou não as atualizações.

Eu penso:

- O trabalho de instalar e configurar um SO Linux deve ser do revendedor/integrador do produto e não do usuário/cliente. Esta deveria e deverá ser uma imposição no ato da compra de um PC novo, um sistema operacional ORIGINAL ou LIVRE pré instalado e configurado que atenda as necessidades do comprador.

- A M$ está fechando o cerco contra a pirataria, e com isso em breve, se você não possui um Windows original instalado em seu micro você ficará completamente vulnerável as falhas do SO (que são muitas e frequentemente detectadas) simplesmente porque você não poderá "atualizar" sua cópia pirata.

E você?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É isso aí !!!

Eu mesmo já postei vários artigos pela internet a fora sobre esse assutno: Linux vs Windows.

É bom saber que pessoas como Gabriel Torres pensa assim também. eu vejo da mesma forma, Linux não é concorrente para Windows, pois se encontram em patamares diferentes.

Linux está mais em servidores, agora é que vem ganhando espaço em desktops, graças a distros como Kurumin.

No meu ver, Linux só será concorrente para Windows quando o padrão .DOC e .XLS deixar de ser como arroz e feijão e quando os jogos realmente ficarem leves e em grande quantidades. Sem falar na facilidade de configuração ou alguma ferramenta para configuração total e sem complicações.

Fora isso, a única coisa que faria a população em peso usar Linux é a fiscalização da pirataria, se eles passasem a invadir casas e comércios atrás de programas sem registro. Claro... isso nunca vai acontecer.

Mas é isso, nessa briga não há vencedores, pois estão em rings diferentes.

Muito bom Gabriel Torres.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

o Cassiano BH disse tudo, o artigo está bem desatualizado.

Ressaltando algumas coisas que acho um pecado se falar do linux hoje em dia.

primeiro

Apesar dos mais estusiasmados afirmarem que sim, nós somos mais céticos. Esse ti-ti-ti a respeito do Linux me faz lembrar quando o OS/2 foi lançado, quando todos afirmavam que ele era uma ameaça real ao Windows 3.x.

Bem, acho que com o Linux é um pouco diferente, o Linux não vem se impondo nas máquina, sejam elas Desktops ou Servers, ele simplesmente está entrando no gosto da galera, como uma alternativa que está se mostrando cada vez mais eficiente, é claro, tem gente (pra ser mais exato a grande maioria) que está satisfeita com o Windows, mas é uma questão de tempo até que elas conheçam o Linux, mesmo que volte para o Windows depois de matar a curiosidade.

Um grande diferencial é que o Windows é de uma certa forma "descartável", você tem um Windows 98, quer passar a ter um Windows XP, você tem que comprar uma nova licença, aquela que você pagou pelo 98 não serve para o XP, já com o Linux é diferente, você pode ter a versão mais atual, sem nem mesmo ter que reinstalar o sistema, você atualiza tudo com o sistema rodando, isso é ponto contra a MS.

segundo

O Linux é difícil para dedéu de colocar para funcionar, especialmente se o micro tiver um hardware um pouco mais esdrúxulo. Além disso, qualquer pessoa com pelo menos dois neurônios consegue instalar o Windows 9x. Com o Linux a história já é um pouco diferente. Fora pequenas diferenças existentes entre as dezenas de versões de Linux que há no mercado.

O Linux difícil, em 99 até podia ser mas hoje em dia não, tem muita gente que tenta instalar o Debian de primeira e acha que vai estar tudo funcionando quando acabar de instalar, não é bem assim.

Ao meu ver existem dois tipos de linux, aqueles pra pessoas que não gostam de configurar nada e ter que ficar lendo as coisas, e aqueles pros que gostam de segurar o touro pelo chifre, todos são linux, o que você faz em um faz no outro.

Com o windows acaba sendo quase a mesma coisa, dê um Windows 2003 Server pra um novato instalar e configurar, ele vai ficar perdido, sem saber o que fazer, agora de um Windows XP Home Edition pro cara instalar, ele faz isso fácil, pra mesma pessoa de um Debian Sarge pra instalar e configurar, o cara vai ficar mais perdido que cego em tiroteio, mas de um kurumin pro cara, ele vai até desconfiar da instalação de tão fácil que é.

================

Microsoft tem dinheiro para colocar o que ela quiser no mercado.

Concordo, não entendo porque ela não coloca, mas concordo.

Não estou atacando o Windows, estou apenas comentando trechos de uma matéria que precisa ser atualizada, mas em 99, tudo era diferente.

PS: Peço que entendam que essa é uma opinião minha e que eu não estou atacando ninguém, apenas estou defendendo o sistema que eu uso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O Artigo não está desatualizado. Ele está completamente equivocado!!!

Não é a tese do Linux ultrapassar o Windows. Dizer que o caso do OS/2 e do Linux é similar é que está errado.

A história da guerra dos Sistemas Operacionais OS/2 e Windows está muito bem documentada. Está até gasta... Mesmo assim foi recapitular...

[iBM PCs]

A Microsoft tinha um contrato "caído dos céus" que garantia a empresa o fornecimento do sistema operacional aos IBM PC e clones. A gigante IBM entrava no setor de microcomputadores como uma estratégia muito "arrojada". A arquitetura dos IBM PC seria aberta. Os programas rodariam em cima de duas camadas de abstrações fixas: a Bios e o sistema operacional. Impulsionado por sua força de mercado e pela disseminação de fornecedores que a arquitetura aberta permitia, os IBM PC e clones dominaram o mercado de maneira super rápida.

Não demorou muito para os clones superarem os IBM PC originais. Daí o gigante azul foi correr atrás do prejuízo... O sistema operacional fornecido por esta tal de microsoft era o único item onipresente em todo mercado de computadores pessoais (mais do que a CPU; hoje a Intel sofre forte concorrência com a AMD por exemplo).

[/iBM PCs]

[Windows]

Foi fácil, né!? Todos programas empresariais precisavam rodar nos IBM PCs originais, afinal as empresas compravam IBM. Mas para isto bastava você utilizar este sistema operacional da microsoft. Na verdade, as pessoas nem precisavam se preocupar com isso. A necessidade era tão óbvia que grande parte dos computadores já viam de fábrica com o sistema operacional. E até hoje é assim, para quem faz as coisas certinhas. A evolução do sistema operacional era uma necessidade óbvia empurrado pelo sucesso do Mac (que era bonito mas não rodava os programas que as empresas utilizavam) que por sua vez foi impulsionado pelas pesquisas da PALO - Xerox. A microsoft tem seu mérito de não ter dormido no ponto e investido na Interação homem-máquina. Mas agora a IBM tinha acordado para realidade... já era tarde demais.

[/Windows]

[Primeira Guerra dos Sistemas Operacionais]

O Contrato firmado pela IBM e Microsoft impedia a IBM separar seus negócios assim como seu código da Microsoft. O OS/2 tem parte do mesmo código que o Windows. Até hoje a IBM não pode simplesmente abrir este sistema operacional devido as regras de licenciamento impostas pela Microsoft. E a estratégia de venda do OS/2 foi horrível. Uma das maiores vergonhas na história do marketing. OS/2 era mais caro, não rodava em todos os PC (clones), não tinha os acordos OEM com outros fornecedores, enfim, não tinha vantagem mercadológica nenhuma.

[/Primeira Guerra dos Sistemas Operacionais]

[Existirá um nova guerra nos Desktop?]

Não sei. Imagino que sim mas as forças são completamente diferentes.

O Linux é um sistema operacional "livre". Esta liberdade tem um valor muito grande. Para começo de conversa não existe preço na licença do produto. Você tem acesso ao Código-fonte, quer dizer que ele nunca será um abandonware. Daqui a vinte anos você poderá adaptá-lo a novas tecnologias. Quantos formatos proprietários não existem por ai, perdidos, encalhados, "abandonados"? E além de uma comunidade de desenvolvedores, várias empresas (inclusive a própria IBM), instituições governamentais e não-governamentais apoiam o software livre.

Quanto a usabilidade... acredito que o Linux, e outros sistemas operacionais livres, vão chegar lá. Vejam a usabilidade do Firefox e do Eclipse como exemplo de como software livres podem ser fáceis.

[/Existirá um nova guerra nos Desktop?]

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

eu acho o seguinte uso o Linux a anos acompanho o trabalho do Kurumin deis do 1.0 já testei tudo que é distribuição. e tenho meu parecer

Um amigo toda semana pegava virus no XP entrando em site pornografico e eu tinha que formatar o micro dele

para o usuario domestico final não importa se é Slackware ou Mandriva basta estar tudo configurado ele tem na maquina o slackware 9 que eu confugurei e o open office configurado pra salvar sempre em formato do office a dois anos ele não teve problemas. esta super feliz, x da questão estamos acostumados em clicar e instalar conecta e navega etc... bem como pagar 10,00 num cd do XP na Santa Efigenia. é uma questão de etica e cultura

somos muito preguiçosos e já acostumamos com a facilidade que a MS nos proporciona. se você tiver o Linux em sua maquina configurado por um amigo ou pagando um proficional você vai fazer o que tudo mundo faz no xp entrar na internet ler e mail ver foto conversar no messenger fazer planilha de contas mensal gravar cd. so não precisa de antivirus.

Do lado oposto pegue um agrande corporação e tente instalar o Oracle no Linux você vai descobrir que o Red Hat e o Suse são tão caros quanto o 2003 server e que vai ficar semanas tentando no Debian ou Slackware. e vai questionar por que não pagar e ter o 2003 server ? você pode usar o projeto CentOS mais preocupado até quando a Red Hat não mudara sua licença GPL e tirar do ar os fontes open source. meu perecer é claro sou contra software ilegal pirata, isso é crime e da até cadeia como sou um duro optei pelo linux, e durmo em paz.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não quero causar conflitos, mas eu gostaria de saber o que o Gabriel Torres acha a respoito do linux Hoje, em 1999 ele tinha razão, mas e hoje, o linux está avançando, o que será que ele preve, afinal o Gabriel Torres é um dos grandes especialistas do mercado de informatica no Brasil.

Mas o tipo nada a ver windows X Linux, afinal existe mercado para todos, mas aqule negocio de 2 neuronios, hoje alguém sem neuronio instala o linux, aliás,nem precisa instalar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
bom saber que pessoas como Gabriel Torres pensa assim também. eu vejo da mesma forma, Linux não é concorrente para Windows, pois se encontram em patamares diferentes.

Linux está mais em servidores, agora é que vem ganhando espaço em desktops, graças a distros como Kurumin.

Disse tudo....essa história de "quem vai ganhar" ou "qual o melhor Linux ou Windows" pra min não existe. O que existe é: necessidade. Eu uso o Windows, porque a máquina é destinada a jogos, ou seja, pra min toda a segurança, toda a estabilidade que tanto falam do Linux não serve (apesar de não achar o windows instável). Mas pra pessoa que usa o pc pra outrons fins, rede por exemplo, ele se saira melhor que o windows. Enfim, é tudo uma questão de necessidade.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Acho que o linux só não dará um susto na MS porque o grande problema dele é que não tem muitos jogos nativos.

Com isso surge as diferença:

Linux: Ótimo para as grandes empresas e servidores.

Win: para quem usa o pc para jogos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É isso ai bom primeiro temos que saber qual o objetivo da colocaçao se é termo de quanto a parte funcional ou custo beneficio :huh: , ta porém com relaçao a operaçao nao temos menor duvida esse meu voto vai para a microsoft pois por mais que a galera da linux tente trabalhar em cima de uma base que quase que no mesmo nivel que o windows a galera da microsoft sempre estara a frente pois tem o recurso importante que se chama verba milionaria que paga centro de laboratorios e pesquisa ,e nao é por nada nao graças a Deus existe pirataria pois quando um mercado atinge liderança absoluta ele põe o preço que quiser nos seus produtos:eek: , mas quando falamos de custo po o linux nao tem culpa se seu micro e atcado por virus ,basta olhar sua configuração e ter um bom antivirus :cool: , nao fica estão atras assim pode ser complicado porque no colegio quando aprendemos nao e com linux e sim com o bendito ou maldito porém escolha pague 600,00 em xp ou 30 minutos da atençao quem tem coneçao rapida papai bill agradece :)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Há 9 anos uso dois sistemas operacionais no meu PC: Windows e Linux.

Até hoje tenho dois SO no meu PC e continuo sem escolher um deles. Por quê?

Porque eu uso o Windows pra me comunicar com o mundo (a maioria das pessoas usa Windows mesmo...) e pra jogar e rodar as aplicações que eu também uso no meu trabalho (como é o caso do MS Word, do MS Excel, do MS Visio, do MS Project etc.).

No caso do Linux, é nele que eu estudo programação, segurança, e mantenho minha mente aberta, rs. Mas ainda "falta muito" pro BrOffice, por exemplo, chegar a ser tão bom quanto um MS Office. Embora eu não esteja afirmando que não chegará a ser tão bom quanto, algum dia...

Além disso, o Linux é diferente do Windows no seguinte aspecto: justamente por ser um sistema robusto e com segurança mais forte, requer mais configuração. O Linux está ficando bonito e fácil, mas mesmo as boas distribuições Linux ainda não são totalmente para "human beings". O Linux continua sendo um sistema que requer do usuário uma boa noção de sistemas UNIX, comandos do shell, device drivers etc.

A distribuição Ubuntu, aliás, tem uma filosofia louvável: busca unir a estabilidade e robustez da aclamada distribuição Debian com a versatilidade, interatividade e amigabilidade de distribuições mais "populares" como Slackware, Red Hat e Kurumin.

Portanto (e finalmente): entendo que, de fato, tudo é uma questão de necessidade. O Linux, como todo Unix, possui uma filosofia de rede, daí a preocupação com a segurança e a estabilidade (o foco não é entretenimento), e a parte da produtividade está mais voltada para configuração e programação do que para aplicações office, por exemplo.

Já o Windows está voltado justamente para entretenimento (inclusive gaming/jogos) e produtividade com o uso de aplicações office.

São áreas distintas e complementares, e talvez isto até justifique (para mim) o motivo por que até hoje eu uso os dois SO no meu PC e não abro mão de nenhum dos dois. É praticamente impossível (mas toda regra tem exceção) ser um entusiasta da computação (de um modo mais geral) e mexer em um único SO...

...de modo que esta discussão pode se estender, estender... mas só o tempo dirá. E, na minha opinião, dirá que cada um destes dois SO continuará dominando o mercado de informática, só que em áreas distintas e não-concorrentes diretas. :cool:

Editado por Yuri Ribeiro Sucupira

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sempre tive isso em mente, linux viro moda e as pessoas agora vivem descriminando o windows, por exemplo no meu site 85% das pessoas que o acessam usam o windows e mais que 90% das pessoas discriminam o mesmo.

Eu uso Windows e Linux, pois estou no ramo de segurança digital e por isso o Linux é bem aconselhavel para isso e demais coisas, contudo eu não largo meu Windows de forma alguma, como o Gabriel Torres disse a Microsoft tem dinhero e linux nunca conseguira acabar com o Windows do mercado.

Isso e a minha opinião e como o amigo ali em cima ja disse fico feliz de saber que pessoas como Gabriel Torres pensam assim como eu.

Só vou citar aqui as piadinhas ipócritas que ja ouvi a respeito do linux ser melhor que o windows:

'' Qual a diferença entre o Bill Gates e o Batman? R: O Batman conseguiu derrotar o pinguin

So que enquato o ''pinguin'' ganha essa fama, Bill gates continua com mais grana :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Há 9 anos venho acompanhando e instalando, testando varias distros e confesso que somente agora com o Ubuntu vi que é possivel distribuir pra minha clientela com segurança de que vão usar e gostar e que saberei dar o suporte necessario, (alias isso ja comecei). O Ubuntu sim vejo como um concorrente domestico mas faço exceção aos jogos do windows. O winex era uma promessa mas é pago então ao meu ver basta um desenvolvedor fazer um emulador baseado em directx que ai o linux vai comer a parcela total de meus clientes. Outra coisa nao sei se repararam mas a MS copia o Linux, vejam o formato do explorer, o formato do IE7 e 8, o proprio boot que eu pude reparar (devido a uma maquina com boot lento) que aparece muito rapidamente (flash) uma tela parecidissma com o GRUB.

Bom, com essa crise a MS ja relatou perda de lucros e o que eu sei é que o Linux nao se impoe mesmo, o pessoal é que começa a gostar dele, se vai ganhar a concorrencia eu nao sei mas sei que a MS ja nao é mais a mesma e olhem só, numa instalação do windows 7 em uma maquina rapida, sabem o que me ocorreu por duas vezes???? TELA AZUL! kkkkkkkk A MS nao consegue se livrar disso em pleno seculo XXI! podiam mudar de cor pelo menos pra VERDE kkkkkkkk.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Qual é né Gabriel tá na hora de atualizar esse artigo, afinal já tem 10 anos e muita agual já passou por de baixo da ponte. O kernel do linux já está na versão 2.6.xx o Window 7 já está saindo do forno... então que tal atualizar isso?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Gostaria também de ver esse artigo atualizado... Vamos ver o que realmente mudou nesse ínterim.

Um abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olá,

Esses artigos antigos continuam no ar mais por motivos histórios do que necessariamente por sua relevância. Pode ser que a gente atualize, pode ser que não. Obrigado.

Abraços,

Gabriel Torres

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Olá,

Esses artigos antigos continuam no ar mais por motivos histórios do que necessariamente por sua relevância. Pode ser que a gente atualize, pode ser que não. Obrigado.

Abraços,

Gabriel Torres

Obrigado por responder Gabriel. Tomara que atualize, pois usa opnião é sempre relevante. Num assunto assim certamente sua opnião vai servir de guia para muita gente.

inté+

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora