Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Removendo o Vírus Sircam

       
 46.584 Visualizações    Tutoriais  
 0 comentários

Aprenda a remover o vírus Sircam.

Removendo o Vírus Sircam
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Se você tem e-mail, com quase toda a certeza você deve ter recebido nas últimas duas semanas pelo menos um e-mail contendo o vírus Sircam. Nós recebemos, só em um dia, mais de 226 e-mails contendo esse vírus.

Esse vírus é um dos mais brabos que já inventaram. Quando o micro está infectado, ele envia, sem você saber e sem usar o seu programa de e-mail (porque ele possui um servidor SMTP próprio), e-mails com os arquivos existentes no diretório c:meus documentos anexados, com o vírus embutido. Como ele envia arquivos do tipo Doc e Xls, em geral esses anexos são grandes, congestionando os servidores de e-mail e entupindo a sua caixa postal. Como esse vírus é grande (ele tem, pelo menos 150 KB) e é adicionado ao arquivo do tipo Doc e Xls (que também podem ser grandes) não é raro ficarmos recebendo arquivos infectados com mais de 1 MB.

Quem tem uma caixa postal de tamanho limitado - como 1 MB, por exemplo - já era: basta receber uns 5 e-mails contaminados para que a sua caixa postal fique lotada e o servidor rejeite todas as mensagens enviadas a você.

O problema é que o vírus pode enviar informações extremamente confidenciais, já que ele envia qualquer arquivo anexado.

E não é só isso; o vírus pode apagar todo o conteúdo do seu disco rígido, caso o seu micro esteja infectado na data de ativação do vírus, que é 16 de outubro.

A melhor solução preventiva é ter um bom antivírus atualizado, além de exigir, de seu provedor de acesso, que seja instalada uma solução de antivírus. Os bons provedores de acesso possuem antivírus rodando em seus servidores de e-mail e, portanto, apagam automaticamente mensagens enviadas por micros contendo o vírus.

Em micros em rede, esse vírus é uma ameaça terrível, pois ele consegue se propagar através da rede, isto é, basta uma máquina de rede ser infectada para o vírus se alastrar para as demais máquinas da rede.

A Symantec disponibilizou um excelente programa de detecção e remoção do Sircam. Esse programa, chamado FixSirc, pode se baixado de graça em http://www.sarc.com/avcenter/FixSirc.com.

Atenção: Para rodar esse programa, você deve desconectar o micro da rede, caso ele esteja ligado em rede, isto é, remover o plugue da rede da placa de rede do micro. Você só poderá instalar o micro de volta na rede após ter removido o vírus de todos os micros da rede.

Para rodar esse programa no Windows ME, você precisará primeiro desabilitar o utilitário de restauração do sistema, que é ativado automaticamente durante a instalação do sistema operacional. Para isso, clique com o botão direito sobre o ícone Meu Computador, escolhendo a opção Propriedades do menu que aparecerá. Em seguida, selecione a guia Desempenho. Clique na caixa Sistema de arquivos e, em seguida, selecione a guia Solução de problemas. Em seguida, basta marcar a caixa Desativar a Restauração do Sistema. Clique em Ok e reinicie o micro. Após ter executado o programa e removido o vírus do seu micro, você pode ativar novamente o utilitário de restauração do sistema, fazendo o mesmo caminho.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×