Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Rádio CdH - Programa 009

       
 7.894 Visualizações    Podcast  
 10 comentários

Programa 009 da Rádio CdH com a cobertura do IDF Brasil 2012, explicação da tecnologia vPro, lançamento da segunda geração das APUs da AMD e livros ensinando nerds a arrumarem uma namorada.

Rádio CdH - Programa 009
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Programa 009 da rádio CdH, abordando:

Não se esqueça de deixar seus comentários para que possamos melhorar esse nosso “podcast”.

Clique aqui para ouvir os programas anteriores.

Editado por Gabriel Torres

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Realmente esses Ultrabooks fazem a minha cabeça, muito mais até dos que os Tablets, que por si só já são muito bacanas, mas mesmo assim aindo fico com esses "subnotebooks", seguindo a sua própria definição da Intel.

O preço deles aqui é um absurdo, como seria de se esperar.

São vários os modelos e novos virão usando os novos processadores, tipo os Haswell, que estão sendo prometidos para 2013. Demais de bom, pois a Intel decididamente não para, e ainda por cima o mercado brasileiro é um dos seus pontos focais.

Eu gosto bastante desse Ultrabook da Asus, o Asus Zenbook UX31E. Super maneiro, mas como eu já disse muito caro. Claro que isso não impede dele ser magnífico. Quanto ao seu preço isso foi apenas uma observação rotineira.

AsusZenbookUX31EUltrabook.jpg

AsusZenbookUX31EUltrabook1.jpg

AsusZenbookUX31EUltrabook2.jpg

Com relação a esse papo de "nerd" : Aí é um lance que na minha opinião exige um pouco mais de atenção aos fatores que estão relacionados a esse estereótipo terrível e desumano. As coisas não são tão simples a ponto de que um livreto de auto-ajuda possa realmente ajudar a desmantelar a insegurança que alguém possa sentir na relação com outras pessoas, pois essa insegurança está dentro dela e não fora.

Que fique bem claro que o que estou dizendo é a minha opinião sincera, porque afinal a sinceridade faz parte da minha pessoa.

O "nerd" é considerado um cara solitário, não gosta de atividades físicas, é avesso a festas e muitos outros lances, mas por quê?

Ninguém nasce inseguro, aprendemos a nos tornar inseguros, devidos a erros de educação, encucação, e ainda por cima quando isso chama a atenção dos outros, se essa pessoa não tiver a consciência do seu valor como ser humano pensante e digno, aí começara a praga do "bulling".

Qual o problema de ser diferente dos outros, de ter outros interesses que vão além da superficialidade da maioria? O mundo atual é por demais superficial, cheio de "celebridades" babacas, falsidades, aparências e mais aparências, mas sem substância real.

Estou com uma menina conversando sobre o filme "Ilha do Medo". Lhe pergunto: O que você achou do filme? Ela me diz: Foi bacana. Eu torno a lhe perguntar: Mas qual foi a parte que você mais gostou e que mais te impressionou? Ela me responde: Não sei, acho que gostei de tudo. Como não sou de dar mole, insisto: Como assim? Você entrou no filme, se identificou com algum personagem? O que você achou da atuação do Leonardo DiCaprio? Ele preferiu morrer no final para não ter que conviver com o passado? Ela cansada me diz: Não sei !!!

O que é isso? Perdeu a capacidade de pensar e eu é que sou o "nerd"? Ela comentou que eu era um "nerd" por filmes. Hehehe...dane-se...Ela sim não passa de uma "cabeçinha", sem visão, sem sensibilidade, sem nada. De que vale uma menina dessas? Pela beleza? Sai fora!!!

Gosto de falar sobre Informática. Se quiser ouvir que ouça, do contrário, vá falar sobre novelas, "celebridades", breganejos e outros assuntos que eu me recuso a pronunciar, pois não fazem parte da minha praia. Viro para o lado e encontro alguém que sempre está interessado em saber se vale a pena comprar um SSD ou não. Isso me basta e o papo rola, até mesmo com algumas meninas que se mostram interessadas, pois já conhecem a minha personalidade. Não sou restrito, sou educado, mas não sou superficial e jamais o seria para contentar quem quer que fosse.

Jamais baixei a minha cabeça ou me deixei abater pela trivialidade de certas pessoas.

Insegurança é falta de valorização dos seus "quereres" e não acredito que nenhum livro possa ajudar a quebrar esse muro de concreto. Ele pode dar dicas para você aprender a ser quem você não é, e isso para mim não é válido. De forma alguma.

Problemas profundos interiores são resolvidos por profissionais que levam isso a sério e que são mestrados nos mistérios do inconsciente, sede de todas as emoções. Um bom profissional desta área será de grande e útil ajuda. Aí o lance fluirá como uma força produtiva. Lógico que nesse caso a decisão partirá da coragem de quem estiver sofrendo com esse problema. Psicanálise é a coragem de se olhar e partir para essa grande jornada interior, mas não na busca aleatória de alguém que não se é, e sim de quem realmente habita dentro de si mesmo, o seu eu verdadeiro. Isso é uma das coisas mais nobres que eu conheço.

Taí, essa é a minha particular visão a respeito desse assunto tão importante que também foi tratado aqui.

;) Muito bom. Parabéns a todos!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Insegurança é falta de valorização dos seus "quereres" e não acredito que nenhum livro possa ajudar a quebrar esse muro de concreto. Ele pode dar dicas para você aprender a ser quem você não é, e isso para mim não é válido. De forma alguma.

Concordo com o Juan, não é "errado" ser nerd. Se você só quiser "pegar" uma menina na balada, beleza, mas se você não quiser ficar fingindo ser uma pessoa que você não é pelo resto da vida, é melhor que ela te conheça como um nerd que você é. :lol:

post-865437-13884962818961_thumb.gif

Editado por Ozdantas

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Nossa, o papo sobre nerd incomoda tanto assim que decidi nem comentar nada sobre o assunto. Opiniões a parte acho que não tem nada a ver falar mais nada e fugir do topico que se refere ao artigo como um todo. Então vamos ao que importa (escolha pessoal).

Gabriel e cassio, finalmente posso dizer, o programa arrasou. Simplesmente ótimo a descrição dos eventos, e o review dos novos lançamentos foi do jeito que venho falando nos demais posts sobres as VGAs. Algo mais profundo, mais tecnico e que agrada ao ouvido de todo leitor. Uma pergunta simples, uma resposta completa mais simples, e o resumo das novas APUs da AMD passaram de resumo audível a artigos chave do programa com uma riquesa de informações que dá vontade de ouvir de novo.

Parabens ao GT e ao Cassio pela cobertura do evento e pelo programa, adorei.

Sobre os novos ultrabooks, confesso que ainda não está a meu interesse obter um dispositivo tão avançado, tanto fato que não quis pegar um tablet até hoje, por não fazer o uso ao qual ele se destina, logo não investindo em algo que julgo para a minha pessoa, não ser util por hora. (atenção, minha pessoa se refere exatamente a eu mesmo, não generalizando a sociedade como um todo ou a sua aplicabilidade ok?!), porém é algo que a partir do momento que venha a possuir um preço mais atrativo e as suas especificações forem de meu agrado (atualmente preso mais a capacidade que a portabilidade entre outros pontos pessoais), certamente entram na minha lista de prioridades de novas tecnologias a serem adquiridas.

O review dos livros ficou otimo, adorei a forma como foi falado, e me deu muito interesse em ler pelo menos esse livro das teorias de conspiração!!!

Um grande abraço a todos e continuem assim. Adorei mesmo, esse programa merece nota 1000!

PS: GT notei que nos ultimos dias o site do CdH tem ficado desatualizado e as notícias não carregando ou aparecendo 1 ou 2 dias depois de serem publicadas. Apenas um alerta.

FUI!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal, quando a história, não é só livros, os livros são posteriores aos cursos. O assunto era também sobre cursos práticos que existem aqui nos EUA ensinando a nerds a pegarem mulher.

Só não entendi porque vocês ficaram tão "incomodados" com o assunto. É como fizer "gordos comem demais" e depois pessoas obesas ficarem irritadas com o comentário...

PS: GT notei que nos ultimos dias o site do CdH tem ficado desatualizado e as notícias não carregando ou aparecendo 1 ou 2 dias depois de serem publicadas. Apenas um alerta.

FUI!!!

Eu estou chicoteando o Cássio neste exato momento... Mas falando sério, como ele teve que viajar para o IDF, teve esse problema mesmo, mas deve se normalizar a partir de hoje.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

beleza, dale chibatada pro cassio resolver isso logo!!! BRINKS :D

Incomodado de forma alguma, não quis comentar mais a fundo porque imaginei que o assunto do forum perderia o foco exatamente pelas opiniões mais alteradas antes postadas :).

Fã do seu Jaiminho, melhor não comentar pra evitar a fadiga ^^.

Inclusive achei super interessante porque como "nerd" que sou chamado por minha noiva e tal, gostaria de ver como seriam essas tais escolas para NERDs aprenderem a pegar garotas. Deve ser bem engraçado uma aula dessas.

PS: se não me engano foi lançado um filme com um assunto bem parecido senão com tema similar, no brasil chamado, Escola para Idiotas.

Quem vê e prestar um pouco de atenção, verão o agora famoso Jim Parsons assistindo as aulas, embora como figurante.

(Quem não conhece, Jim Parsons caracteriza o personagem Sheldon Cooper no seriado comédia The Big Bang Theory que passa na Warner Channel, um nerd do mais alto categórico tipo nerdiano.)

Abraços!

Editado por samagowy

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótima matéria hein. Tô gostando de escutar a Rádio CdH.

Bom, o que me motivou mesmo foi quando a citação do livro de Neil Strauss, o "The Game". E sim, existe a versão em português, com outro nome:

http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/2404896/o-jogo-a-biblia-da-seducao/

Basicamente, Neil se tornou o que costumam chamar de "Mestre da Sedução", uma vedete dos tempos atuais para homens que tem habilidades de persuasão e sedução, ou seja, tem facilidade para atrair e conquistar mulheres.

Existem outros artistas "pick-ups" mais conhecidos, como o precursor Ross Jeffries, Mystery e David de Angelo. Foram anos de estudos sobre comportamento feminino, só dar uma olhada e ver que se aprender para conquistar mulheres: programação neurolinguística (PNL), linguagem corporal, engrenagens da sedução, etc.

Anos atrás tinha lido artigos sobre isso, e realmente, pode ajudar a homens (especialmente nerds e geeks) a se comportarem corretamente para atrair mulheres, a arranjar uma namorada e não bancar o "bobão", inseguro, desinteligente do assunto, etc.

Tem algumas dicas variadas como demonstrar certo desinteresse inicial por mulheres (não ir com muita sede ao pote), cuidar da sua aparência (barba sempre feita, perfurmado, cabelo bem cortado, unhas feitas, roupas novas, limpas, asseadas e atraentes, etc)

Uma coisa que se aprende bastante, se você quer mesmo conquistar uma mulher (ou várias se não quiser namorar, sim, basicamente cursos de sedução não costumam fazer apologia a relacionamentos únicos...) é: SE EXPONHA, e da forma certa. Não vai cair nenhuma mulher do céu se você não se mostrar no mínimo disponível às mulheres, não estiver interessado em ficar, namorar.

Não fique só na internet, no PC, jogando. Faça um social, tá ligado?

Existem alguns cursos brasileiros de sedução pra quem se interessar, explicando bem mais do que eu falei:

http://www.excelenciaemseducao.com/

http://www.persuasao.com.br/

T+

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Só não entendi porque vocês ficaram tão "incomodados" com o assunto.

Bom Gabriel, eu adorei o assunto que foi proposto com relação a esse papo dos "nerds". Incomodado não fiquei de forma alguma, pelo contrário, o que aconteceu é que o assunto é muito interessante porque lida justamente com travas que geralmente as pessoas não têm muita coragem de questionar.

Tocar no preconceito sempre é um fator meio que complicado.

Em suma, o tema foi colocado, mas aí depende da interpretação e da disposição de cada um em ir mais fundo no papo ou não. No meu caso, mãos a obra: fui mais fundo e isso me fez bem, até mesmo ilustrando o tema com um exemplo particular meu.

Acho que a maneira correta é essa, no meu caso, é claro. Respeito o limite de todos, mas com relação a exposição das minhas idéias, não me prendo não.

Numa boa encarei o assunto e sinceramente agradeci por ele, porque ele é irresistível e eu jamais poderia deixar de dar a minha opinião.

Esses temas são também ponteiros importantes que norteiam os "podcasts".

;) Novamente, Thanks pelo assunto proposto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Muito bom o PodCast! Favor deixar disponivel o download para assim eu poder ouvir onde eu quiser...valeu!!

Há um link para o download do arquivo na própria página...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×