Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Acabando de Vez com Spams

       
 43.788 Visualizações    Tutoriais  
 0 comentários

Veja nossas dicas para acabar de uma vez com o "lixo eletrônico".

Acabando de Vez com Spams
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Spam é o nome dado por qualquer mensagem não solicitada enviada por e-mail. Todo mundo que tem e-mail já deve ter recebido um spam pelo menos uma vez na vida. As pessoas que fazem spam acreditam que esse é um método eficaz de marketing, sendo similar as malas diretas não solicitadas enviadas pelo correio do mundo real.

Mas não é bem assim que a banda toca. O spam é o pior método de marketing na Internet (é o que obtém as mais baixas taxas de retorno) e o que é pior: quem está recebendo em geral fica com raiva de quem enviou o spam. Ou seja, o spam cria uma imagem negativa em relação ao produto ou serviço que está sendo anunciado. A comparação do spam com mala direta também não é correta. No mundo real, separar cartas contendo propaganda das cartas importantes é um procedimento extremamente rápido e grátis. Você nem precisa abrir o envelope para saber que é propaganda; você só abre se realmente quiser ver a propaganda. No caso da Internet, além de ser demorado separar os e-mails com spam dos e-mails com conteúdo válido, ainda há um agravante: quem recebe o spam é quem paga a conta. Isso mesmo. Se a sua caixa postal estiver atulhada de lixo (junk mail, outro sinônimo para spam), você estará pagando conta telefônica e acesso ao seu provedor de Internet para poder baixar todo esse lixo que você não quer nem pediu para receber.

É bom não confundir spam com newsletter (boletim informativo, em português). Vários sites permitem que você entre o seu e-mail para receber informações em base regular de produtos e serviços. Nesse caso, você está pedindo para receber e-mails contendo informações de vez em quando vindos daquele site. É uma situação completamente diferente.

Algumas mensagens de spam trazem, ao final, frases como "esse e-mail não pode ser considerado spam se houver uma forma de você ser removido". Outros ainda tem a cara-de-pau de colocar uma frase como "conforme legislação internacional sobre spam". Pura papagaiada, já que spam é repudiado internacionalmente, sendo, inclusive, considerado crime em alguns estados dos Estados Unidos.

Nunca clique na frase "clique aqui para ser removido" de um spam. Quem pratica spam coloca essa frase justamente para você clicar. Quando você clica, você possivelmente não só não será removido da lista de spam como passará a receber mais spam. O que ocorre é que esse pessoal que pratica spam em geral compra de outras pessoas tão picaretas quanto eles listas contendo milhares ou mesmo milhões de e-mails. Muitos desses e-mails são antigos e possivelmente não são válidos. Assim, quando você clica em uma mensagem dessa "para ser removido", o que você está fazendo é justamente o oposto: está dizendo para o praticante do spam que o seu e-mail é válido! Ou seja, em vez de estar removendo o seu e-mail, você está, na verdade, alimentando a base de dados do praticante de spam.

O que é muito feito em spam é alterar o remetente da mensagem, de forma que a gente não consiga descobrir quem enviou a mensagem e, assim, não conseguir entrar em contato com o provedor de acesso do sujeito para reclamar. Todos os provedores de acesso são contra spam. O motivo é muito simples: congestiona a rede. E como os custos dos provedores estão baseados basicamente na velocidade de acesso que eles podem oferecer aos clientes deles, quanto menos a rede do provedor estiver descongestionada, melhor.

A maioria dos praticantes de spam prefere alterar o e-mail do remetente por um endereço que não existe ou então por um endereço em um desses serviços de e-mail grátis, como Hotmail, Zipmail, IG, etc. Mesmo que o e-mail exista em um desses serviços gratuitos, o praticante do spam não está dando a mínima se o provedor fechar a conta de e-mail dele, já que possivelmente ele abriu aquela conta grátis só para mandar o spam, e no próximo spam ele abre uma nova conta.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×