Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste do Cooler Prolimatech Megahalems Rev. B

       
 53.336 Visualizações    Testes  
 31 comentários

Testamos o Megahalems Rev. B, cooler para processadores da Prolimatech, com um dissipador duplo em forma de torre com seis heatpipes em forma de U e espaço para ate duas ventoinhas de 120 mm. Confira!

Teste do Cooler Prolimatech Megahalems Rev. B
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Testamos o Megahalems Rev. B, cooler para processadores da Prolimatech em formato de torre, com seis heatpipes de 6 mm e espaço para até duas ventoinhas de 120 mm. Sua aparência é excelente, vamos ver se o desempenho acompanha.

Assim como o Silverstone NT06-E que testamos anteriormente, o Megahalems não vem com ventoinha, sendo que você deve adquiri-la separadamente. Por isso, ao comparar a relação custo/benefício desde cooler, não esqueça de somar o preço de uma boa ventoinha.

Nesse nosso teste usamos a ventoinha FM123, a mesma do teste do NT06-E. Porém, vale ressaltar que o desempenho deste cooler poderá variar a depender da ventoinha que você escolher.

A caixa do Megahalems é de papelão com um visual bem sério, sem janelas ou outros recursos chamativos.

Prolimatech Megahalems B
Figura 1: Embalagem.

Dentro da embalagem encontramos o cooler, manual, ferragens para instalação e uma seringa de pasta térmica cinza.

Prolimatech Megahalems B
Figura 2: Conteúdo da embalagem.

Nas próximas páginas veremos o Megahalems Rev. B em detalhes.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




Que maravilhoso review, parabéns Rafael.

O Megahalems não tem uma versão para soquete AM3?

Tem. Basta comprar o adaptador separadamente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Boas!

Correçaozinha basica:

"Na verdade a principal diferença nessa revisão B é o suporte ao soquete 1156, já que a versão anterior servia apenas para os soquetes 775 e 1136."

No trecho nao seria 1366?

==============================================================================================

"Seu preço é compatível com o de outros coolers de alto desempenho, embora não seja barato e que ainda tenhamos que somar o preço de uma boa ventoinha. Mas pelo desempenho que apresentou, ele pode se dar ao direito de custar caro."

Diga-se de passagem que esse disspador com um cooler de alto CFM ja ficou entre as melhores classificaçoes, com dois coolers então... E nesse caso, o valor chega a ser quase irrelevante, em comparaçao a qualidade do produto!

Muito bom o teste, parabens!

Editado por Kravolkolst

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente review, e em Full o Megahelem mostra toda a sua força. Não é à toa que ele é considerado um dos melhores coolers do mundo, comparando-se ao TRUE.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Só achei que os resultados dele fossem melhores que o Cnps 10Extreme e o CoolerMaster V10.

Tambem achei estranho, mas olha a temperatura ambiente do dia dos testes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Só achei que os resultados dele fossem melhores que o Cnps 10Extreme e o CoolerMaster V10.

Mas são... Os gráficos (principalmente o último) deixam isso claro, não deixam?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Que tijolão ! :wub:

Com um desses dá pra pensar em sistema passivo dependendo do processador e do gabinete em questão..

Obrigado pelo teste, Coelho.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu sugeri o teste deste cooler Rev. B no tópico de sugestão de testes. E ele realmente foi testado, se ele com 1 fan faz o que fez, imagine com 2? Meu próximo cooler vai ser esse (bom, eu falava isso do True tambem...). Daqui a 3 meses compro ele, pois salario de estagiario não é lá essas coisas, alem dos fans pro gabinete todo e pro cooler é claro!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Com um desses dá pra pensar em sistema passivo dependendo do processador e do gabinete em questão..

Obrigado pelo teste, Coelho.

Realmente, como ele fica bem próximo ao local onde normalmente fica a ventoinha traseira do gabinete, se essa ventoinha for boa e o processador não for uma fornalha, dá tranquilamente pra usar sem ventoinha no cooler.

Eu que agradeço pelos comentários.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Caramba, realmente impressionante ele segurar a temperatura daquele Extreme em 51ºC!!!:)

Porém, comparado ao Zalman 10X Extreme, esse Megahalems perde feio na questão do preço, já que o 10X Extreme pode ser encontrado à venda por R$ 250,00 e obteve praticamente os mesmos resultados, enquanto o Megahalems mais barato que encontrei foi por R$340,00, detalhe: sem ventoinha, óbvio.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Mas são... Os gráficos (principalmente o último) deixam isso claro, não deixam?

Em que sentido pois o Zalman CNPS 10X Extreme estava operando com uma rotação de 1900 contra 2600 do Prolimatech Megahalems Rev. B . Levando isto em consideração acho que podemos levar em consideração que o Zalman obteve um melhor resultado em todos os quesitos.

Editado por Evandro
trocando fonte

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Em que sentido pois o Zalman CNPS 10X Extreme estava operando com uma rotação de 1900 contra 2600 do Prolimatech Megahalems Rev. B . Levando isto em consideração acho que podemos levar em consideração que o Zalman obteve um melhor resultado em todos os quesitos.

Mas não se esqueça de que o desempenho desse Megahalems depende da ventoinha utilizada, que não vem com esse cooler, o contrário do 10X Extreme da Zalman.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Mas não se esqueça de que o desempenho desse Megahalems depende da ventoinha utilizada, que não vem com esse cooler, o contrário do 10X Extreme da Zalman.

Eis mais um fator que torna o Cnps completo em sua categoria. Assim o usuário não terá de ficar investindo ou escolhendo a melhor solução para um cooler. Vale lembrar também que o Cnps permite que seja trocado o seu cooler por outro melhor fazendo um aumento significativo em sua performance térmica. Estou doido para ver os testes com o V8 e se esse não surpreender o tão quanto estarei trocando por um destes.

Ifx- 14

Megahalems

10x Extreme

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

olha, não entendo porque fazem esse over minusculo no processdor, 3.3 ghz é nada.

Tudo bem que é preciso testar assim para comparar com outros coolers que tambem foram testados em 3.3 ghz; porém seria muito bem vindo o resultado em outras frequencias, como 3.6 ghz, e se possível 4.0 ghz.

Nenhum usuario que compra um cooler desse nivel usa o processador em meros 3.3 ghz. Eu que uso o hyper 212 plus, cooler bem inferior; coloco o meu processador em 3.5 ghz; e se quisesse poderia ir até uns 3.8 ghz.

Aliás, gostaria de ver um teste com o hyper 212 plus. É um cooler com excelente custo/benefício; e acredito que abaixe uns 30 graus em relação ao cooler box.

a propósito, a temperatura com o cooler box foi de 100 graus?!!!

que absurdo isso!

Editado por Pedro Borges
Flood. Evite postar mensagens seguidas em menos de 24h. Use o botão Editar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
olha, não entendo porque fazem esse over minusculo no processdor, 3.3 ghz é nada.

Tudo bem que é preciso testar assim para comparar com outros coolers que também foram testados em 3.3 ghz; porém seria muito bem vindo o resultado em outras frequencias, como 3.6 ghz, e se possível 4.0 ghz.

Nenhum usuario que compra um cooler desse nivel usa o processador em meros 3.3 ghz. Eu que uso o hyper 212 plus, cooler bem inferior; coloco o meu processador em 3.5 ghz; e se quisesse poderia ir até uns 3.8 ghz.

Aliás, gostaria de ver um teste com o hyper 212 plus. É um cooler com excelente custo/benefício; e acredito que abaixe uns 30 graus em relação ao cooler box.

Você já reparou que o processador utilizado nos testes tem TDP de 130W ?

E outra, os testes servem apenas para comparação entre os demais coolers já testados. Se, com um processador de TDP alto e com esse pequeno overclock um determinado cooler se saiu melhor que outro, então é óbvio que esse cooler será melhor que esse outro em qualquer processador e em qualquer situação de dissipação térmica, não importando o "grau" de overclock aplicado.

Mais uma vez, os testes são para se comparar, e não para se avaliar seu desempenho em condições muito específicas.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vale lembrar que é um processador de quatro núcleos de 65 nm. Então ele a 3,3 GHz provavelmente dissipa mais calor do que um dual core de 45 nm a 4 GHz.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Você já reparou que o processador utilizado nos testes tem TDP de 130W ?

E outra, os testes servem apenas para comparação entre os demais coolers já testados. Se, com um processador de TDP alto e com esse pequeno overclock um determinado cooler se saiu melhor que outro, então é óbvio que esse cooler será melhor que esse outro em qualquer processador e em qualquer situação de dissipação térmica, não importando o "grau" de overclock aplicado.

Mais uma vez, os testes são para se comparar, e não para se avaliar seu desempenho em condições muito específicas.

por isso disse que seria bom testes tambem em outros clocks, o de 3.3 ghz pra servir como base comaprativa, e outros testes para clocks mais especificos.

Sobre ser 65 nm... eu usava até a pouco tempo o Q6600 com over para 3.2 ghz; também é um quad core 65 nm. O cooler era um Hyper tx2, e a temperatura ficava em 55 graus à full, ou 60 graus em época de calor, como está agora. Mesmo para um quad 65 nm, 3.2 ~ 3.3 ghz não é grande coisa, até o Hyper tx2 dá conta sem problemas.

Não sei até qual clock esse processador do teste chega com estabilidade, mas imagino que uns 3.6 ghz seria possível de testar sem maiores problemas.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tinham é que testar num Pentium D (também conhecido por Sammath Naur) com over....kkkkkkk

Agora uma pergunta séria, esse coler segura de boa sem ventoinha um Phenom II 945 95 Watts?(vou ganhar um, e gostaria de conhecer coolers passivos)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Tinham é que testar num Pentium D (também conhecido por Sammath Naur) com over....kkkkkkk

Agora uma pergunta séria, esse coler segura de boa sem ventoinha um Phenom II 945 95 Watts?(vou ganhar um, e gostaria de conhecer coolers passivos)

Cara, do jeito que esse cooler é muito bom, creio que ele tenha um desempenho aceitável com esse Phenom II sim. Analisando proporcionalmente, o meu Buffalo, que é muito pior que o Megahalems consegue segurar meu E7300 @2.66Ghz em 56ºC com a ventoinha desligada (tinha apenas o fan de 120mm exaustor do gabinete, que fica na parte de trás), rodando o Prime95, sendo ele de 65W. Logo, o Megahalems certamente segurará bem teu PII passivamente, mas em stock. Com over eu não sei se seguraria abaixo de 70ºC, dependendo do VCore.

PS: Que presentão de natal hein?? hehhe ^_^

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
O Megahalems é um dos melhores dissipadores do mercado, se não for o melhor... ele segura qq coisa! hehe

Sim, é um dos melhores mesmo e segura qualquer processador atual em overclock, mas em qual situação? Sem ventoinha? Essa é a questão. ;)

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

De natal será só a CPU (se bem que eu to inclinado a pegar um fonte que preste+um athlon ii x4 devido ao preço e a precisar da fonte).....é que meu aniversário tá perto :P

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×