Imprimir artigo
Teste de desempenho da tecnologia Hyper-Threading
por em Testes
Última atualização:
28.764 visualizações
Página 1 de 5

Introdução

Atualmente, os processadores para computadores de mesa utilizam dois ou mais núcleos de processamento. A Tecnologia Hyper-Threading (HT), presente em alguns processadores da Intel, permite que cada um desses núcleos físicos seja detectado pelo sistema operacional como se fossem dois núcleos. Mas será que o desempenho de um núcleo com HT é o mesmo de dois núcleos físicos sem a HT? Nós fizemos alguns testes para verificar, então confira!.

Os processadores para computadores de mesa atuais têm entre dois e dez núcleos de processamento. Cada um desses núcleos “reais” (também chamados de “núcleos físicos”) é, na verdade, um processador praticamente completo. Por exemplo, em um processador de quatro núcleos da Intel, o que temos são quatro “processadores” encapsulados no mesmo chip, normalmente acrescidos de uma memória cache (L3) que fica à disposição de todos os núcleos, com dados que podem ser compartilhados entre eles. A tecnologia Hyper-Threading permite que cada um desses núcleos reais comporte-se como se fossem dois núcleos lógicos (threads, em inglês). Assim, um processador com quatro núcleos físicos e com a tecnologia Hyper-Threading vai ser identificado pelo sistema operacional como se tivesse oito “threads” (processadores lógicos).

Essa tecnologia baseia-se no fato de que o processador é composto de várias unidades e nem todas elas são utilizadas o tempo todo. Assim, cada “thread” utiliza as unidades que estão ociosas, permitindo um melhor aproveitamento dos circuitos do processador. A tecnologia HT existe há vários anos, tanto que nós já publicamos um artigo sobre ela em 2002.

Porém, uma dúvida comum é em relação ao desempenho desses núcleos extras criados pela tecnologia Hyper-Threading: será que um processador que tem dois núcleos físicos e, graças à HT, é reconhecido pelo sistema operacional como um processador de quatro núcleos apresenta o mesmo desempenho de um processador de mesma arquitetura e clock, mas com quatro núcleos físicos (e sem HT)?

Para verificar isto, rodamos vários testes de desempenho (programas e jogos) em um Core i7-5960X, que é um processador de oito núcleos com tecnologia Hyper-Threading. Mantivemos o mesmo clock, mas configuramos, no setup da placa-mãe, para dois, quatro e oito núcleos ativos, com a tecnologia Hyper-Threading habilitada e desabilitada.

A Figura 1 mostra duas telas do CPU-Z, mostrando diferentes configurações de números de núcleos e threads.

Hyper-Threading

Figura 1: configurações de núcleos

A tabela abaixo mostra as quatro configurações testadas, bem como qual processador para computadores de mesa tipicamente utiliza uma configuração de núcleos semelhante.

Núcleos ativos Hyper-Threading Threads Processador equivalente típico
2 Sim 4 Core i3
4 Não 4 Core i5
4 Sim 8 Core i7
8 Não 8  

Na próxima página, veremos a configuração utilizada nos testes.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
529.528 usuários cadastrados
129 usuários on-line