Imprimir artigo
Teste do Cooler Multilaser Edge
por em Testes
Última atualização:
31.771 visualizações
Página 8 de 8

Conclusões

O desempenho do Multilaser Edge foi razoável, ainda mais considerando sua faixa de preço. Porém, ainda temos de conviver com situações típicas do mercado brasileiro, como a inscrição “Máxima refrigeração para seu desktop gamer!” em um cooler que é, no máximo, mediano. Isso nos lembra as caixas de fontes de alimentação onde é frisado o fato do produto ser de “potência real” mesmo quando a fonte não aguenta nem perto da potência anunciada..

Porém, o grande problema do Multilaser Edge é o seu péssimo sistema de instalação. Em sistemas AMD, ele pode até dar conta do recado, mas em processadores Intel, você tem de usar um adaptador que, além de frágil, não dispõe de uma placa suporte, o que pode causar danos à placa-mãe. Além disso, o sistema é simplesmente incompatível com placas-mãe que tenham dissipadores no circuito regulador de tensão, além de ser bastante frágil, tendo quebrado na primeira tentativa de entortá-lo.

Assim, o Multilaser Egde pode até “quebrar o galho” para quem quer substituir o cooler original por outro barato e com melhor desempenho, desde que você não tenha problemas de incompatibilidade com seu sistema de instalação.

AUTOR
Rafael Otto Coelho
Rafael Otto Coelho
Editor-Chefe

Técnico em Eletrônica, Licenciado em Física e Mestre em Educação, Rafael Coelho é apaixonado por hardware, e trabalha como professor de Física em uma instituição de ensino superior. É também comentarista do nosso podcast e moderador do nosso fórum. Tem como hobby aeromodelismo. Mora em Pelotas/RS.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
530.097 usuários cadastrados
905 usuários on-line