Imprimir artigo
Teste do Gabinete PCYES Dragon
por em Testes
Última atualização:
35.525 visualizações
Página 5 de 8

Por dentro do PCYES Dragon

Produto Recomendado Clube do Hardware

Cada painel é fixado ao gabinete por meio de dois parafusos metálicos de dedo na cor preta..

A bandeja da placa-mãe tem uma enorme abertura que permite acesso à placa suporte do cooler do processador sem a necessidade de remover a placa-mãe do gabinete. Além disso, há orifícios que permitem que os cabos passem por trás dela, sendo que há uma distância de 20 mm para acomodar os cabos entre a bandeja e o painel esquerdo. O gabinete suporta placas-mãe E-ATX, ATX e de padrões menores.

PCYES Dragon
Figura 13: visão geral

Um detalhe que nos impressionou muito foi a organização dos cabos internos do Dragon. Alem das abertura para passagem dos cabos, há fixadores para os fios e o fato de já virem organizados como mostra a Figura 14 inspira o usuário a mantê-los assim.

PCYES Dragon
Figura 14: vista por trás da bandeja da placa-mãe

Na Figura 15 temos uma visão geral do interior do gabinete. Note que o painel superior suporta a instalação de duas ventoinhas de 120 mm ou um radiador de até 240 mm de comprimento.

As placas de expansão são fixadas usando parafusos de dedo metálicos na cor preta, e o fato de o gabinete ter oito slots é excelente mesmo se sua placa-mãe tiver apenas sete slots, pois permite a instalação de placas de vídeo de dois slots no slot localizado mais à borda da placa.

Na configuração original, o Dragon suporta placas de vídeo de até 290 mm de comprimento, mas se você remover a gaiola de discos rígidos central, pode acomodar placas com até 420 mm de comprimento.

Você pode também instalar coolers de processador com até 160 mm de altura.

PCYES Dragon
Figura 15: visão geral

A fonte de alimentação é instalada na parte inferior do gabinete. Ela pode ser instalada tanto com sua ventoinha virada para cima quanto para baixo, de forma que você decide se quer que a ventoinha puxe o ar de dentro ou de fora do gabinete. Como mostrado anteriormente, há um filtro de ar para a ventoinha da fonte de alimentação.

Um detalhe interessante é a presença de dois suportes que sustentam a fonte de alimentação, e esses suportes são cobertos por um material emborrachado para auxiliar a absorver as vibrações.

O gabinete suporta fontes de até 310 mm de profundidade caso não haja ventoinha instalada no painel inferior. Se você instalar uma ventoinha de 120 mm aqui, poderá instalar fontes de alimentação de até 190 mm de profundidade.

PCYES Dragon
Figura 16: compartimento da fonte de alimentação

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
529.855 usuários cadastrados
162 usuários on-line