Imprimir artigo
Teste do Gabinete PCYES Taurus
por em Testes
Última atualização:
29.198 visualizações
Página 5 de 8

Por dentro do PCYES Taurus

Produto Recomendado Clube do Hardware

Cada painel lateral é fixado ao gabinete por meio de dois parafusos de dedo..

O gabinete tem internamente “dois andares”. No “primeiro andar” nós encontramos o compartimento da fonte de alimentação e as baias internas para unidades de armazenamento, enquanto a bandeja da placa-mãe separa os dois “andares”. A bandeja da placa-mãe não permite acesso à placa suporte do cooler do processador.

O gabinete suporta placas-mãe microATX e Mini-ITX.

PCYES Taurus

Figura 10: visão geral

 

PCYES Taurus

Figura 11: visão geral

Você pode instalar coolers de processador de até 210 mm de altura, caso não instale ventoinhas no painel superior. Como mencionamos anteriormente, você pode instalar duas ventoinhas de 120 mm ou 140 mm no painel superior, ou um radiador de até 280 mm de comprimento. Porém, para instalar um radiador de 240 mm ou 280 mm de comprimento, você precisa remover a gaiola da baia externa de 5,25 polegadas.

O PCYES Taurus suporta placas de vídeo de até 340 mm de comprimento.

PCYES Taurus

Figura 12: visão geral

A fonte de alimentação é instalada na parte de baixo do gabinete, sob a bandeja da placa-mãe. Ela pode ser instalada com sua ventoinha voltada para cima ou para baixo, ou seja, puxando ar de fora ou de dentro do gabinete. Como mostramos anteriormente, há um filtro de ar para a ventoinha da fonte de alimentação no painel inferior do gabinete.

O gabinete acomoda fontes de alimentação de até 190 mm de profundidade.

Não há suporte para ventoinhas adicionais no painel inferior do gabinete.

PCYES Taurus

Figura 13: compartimento da fonte de alimentação

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
529.816 usuários cadastrados
1.080 usuários on-line