Imprimir artigo
Teste do Gabinete Thermaltake Armor A60
por em Testes
Última atualização:
37.214 visualizações
Página 6 de 6

Conclusões

Produto Recomendado Clube do Hardware

Embora o novo Thermaltake Armor A60 seja baseado no Armor A90, ele tem vários recursos que o torna melhor do que o seu antecessor. Na verdade, esta é a primeira vez que vimos um produto com um número de modelo “menor” melhor do que o modelo de número “maior”. O A90 custava inicialmente US$ 90 nos EUA, mas como a Thermaltake também lançou o A60 por US$ 90, eles baixaram o preço do A90 para US$ 80. Nós achamos que o novo A60 oferece uma excelente relação custo/benefício para o usuário que tem US$ 90 (nos EUA) para gastar em um gabinete..

Pontos Fortes

  • Baia hot swap para um disco de 3,5”/2,5” que é acessível de fora do gabinete
  • Todas as baias internas de 3,5” suportam dispositivos de 2,5”
  • Filtro de ar para a ventoinha frontal
  • Filtro de ar para a ventoinha da fonte de alimentação
  • Tampas gradeadas equipadas com filtros de ar
  • Mecanismos que dispensam o uso de parafusos para a instalação de dispositivos de 5,25” e 3,5”
  • Abertura na bandeja da placa-mãe para acessar o mecanismo de retenção do cooler do processador
  • Porta eSATA
  • Porta USB 3.0
  • Excelente quantidade de baias para discos rígidos (seis) que agradará até mesmo os usuários mais “tarados”
  • Não tem bordas amoladas onde você poderia se cortar durante a montagem do micro
  • Dispositivo antifurto para periféricos (teclado, mouse, etc) e suporte para a instalação de um cadeado ou lacre de garantia
  • Suporte ajustável para a fonte de alimentação
  • Suporte para três ventoinhas adicionais

Pontos Fracos

  • Não tem filtro de ar para as ventoinhas opcionais lateral e inferior
  • Não utiliza parafusos de dedo para a instalação das placas de expansão
  • Não tem mecanismos anti-vibração para discos rígidos
AUTOR
Gabriel Torres
Gabriel Torres
Editor Executivo

Gabriel Torres criou o Clube do Hardware em maio de 1996, onde escreve artigos e coordena o trabalho dos nossos diversos colaboradores. É também autor de 24 livros sobre hardware, redes e eletrônica. Foi, de 1996 a 2007, colunista do suplemento de informática do jornal O DIA (RJ). Morou nos Estados Unidos de 2007 a 2013 e atualmente mora na Austrália.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
525.656 usuários cadastrados
1.039 usuários on-line