Imprimir artigo
Teste do mouse Black Torment da X-Trike
por em Testes
Última atualização:
14.909 visualizações
Página 2 de 5

Principais características

Com exceção do limite baixo de resolução, o Black Torment oferece o básico que um jogador precisa: um aplicativo simples para configuração do periférico e seis botões programáveis que o tornam versátil em jogos de tiro e MMORPG. O software vem em um mini-CD incluído com o mouse. Através dele, o usuário pode alterar as funções de cinco botões mais a roda de navegação e trocar a orientação do Black Torment, de destro para canhoto. Note que o usuário canhoto fica sem botões para acionar com o polegar, pois só há botões laterais no lado esquerdo. Ele terá que se virar com o mindinho para acioná-los..

Black Torment
Figura 5: configuração de botões

O aplicativo também possibilita uma descomplicada gravação de macros (longa sequência de comandos que pode ser programada para entrar em ação a partir de uma única tecla) e criar cinco perfis de usuário que ficam armazenados nos 64 kiB memória interna; caso o jogador plugue o Black Torment em outro PC, o mouse manterá suas preferências e configurações.

Black Torment
Figura 6: gravação de macros

O usuário pode selecionar quatro níveis de sensibilidade entre 400 e 4.000 dpi de resolução e entre seis cores (vermelho, laranja, verde, azul-claro, azul-escuro, rosa) para os LEDs, que podem ser apagados, mantidos pulsando ou simplesmente acesos em três níveis de intensidade de brilho.

Black Torment
Figura 7: controle de iluminação

Black Torment
Figura 8: mouse iluminado

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
530.194 usuários cadastrados
885 usuários on-line