Imprimir artigo
Teste do processador Core i5-6500
por em Testes
Última atualização:
383.163 visualizações
Página 8 de 8

Conclusões

Quando testamos o Core i5-6400, concluímos que ele era um bom processador para trabalho e jogos, mas que, por conta de seu clock baixo, tinha um desempenho muito parecido com o do Core i3-6100, que é um modelo bem mais barato..

Imaginamos que o Core i5-6500, com seu clock base 18,5% mais alto (3,2 GHz contra 2,7 GHz), teria uma melhor relação custo/benefício. Na prática, porém, o ganho de desempenho em relação ao Core i5-6400 foi relativamente pequeno (chegando a ser mais lento em dois jogos, mas não podemos afirmar que não ocorreu algum fator desconhecido que causou isto) e, como o Core i5-6500 custa um pouco mais, podemos dizer que ele tem uma relação custo/benefício similar à do Core i5-6400.

De qualquer forma, o Core i5-6500 é um bom processador para um computador intermediário, seja para jogos ou trabalho. Mas se a sua prioridade é economizar no processador sem perder muito desempenho, o Core i3-6100 pode ser uma opção mais interessante, já que em computadores para jogos, por exemplo, é sempre mais interessante poupar um pouco no processador e investir em uma placa de vídeo melhor.

AUTOR
Rafael Otto Coelho
Rafael Otto Coelho
Editor-Chefe

Técnico em Eletrônica, Licenciado em Física e Mestre em Educação, Rafael Coelho é apaixonado por hardware, e trabalha como professor de Física em uma instituição de ensino superior. É também comentarista do nosso podcast e moderador do nosso fórum. Tem como hobby aeromodelismo. Mora em Pelotas/RS.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
529.381 usuários cadastrados
139 usuários on-line