Imprimir artigo
Teste do teclado GL-1000 da Newmen
por em Testes
Última atualização:
10.083 visualizações
Página 4 de 6

Jogando com o GL-1000

Após passar pelo parto da programação de macros (jogamos a toalha nas sequências de comandos mais complexas), tivemos que passar pelo reaprendizado de jogar com um teclado de membrana. O GL-1000 é bem leve, e mesmo os apoios de borracha não resistem a movimentos muito brutos (especialmente quando se está frustrado ao perder uma disputa em uma partida). O acionamento das teclas foi macio, e as mãos repousam com conforto sobre o apoio de pulso..

Mesmo difíceis de programar, as teclas extras são bem posicionadas. O conjunto à esquerda já é tradicional, mas as três embaixo da barra de espaço são um achado, pois muitas vezes o polegar está ocioso sem precisar pressionar a barra e pode dar conta de outras funções nas teclas M7-M9. Como é um produto voltado para jogos, não há um conjunto de botões multimídia tradicionais como reprodução/pausa/avanço/retrocesso etc, e sim apenas o controle de volume.

A função “game” é apenas uma trava da tecla do Windows, para que ela não seja acidentalmente acionada e arruíne a partida. O botão também pode ser usado para apagar macros, em conjunto com a tecla MR.

ARTIGOS RELACIONADOS
ÚLTIMOS ARTIGOS
530.194 usuários cadastrados
885 usuários on-line