Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Como Fazer Overclock da Placa de Vídeo

        1.007.735 Visualizações     10 comentários     Tutoriais   

Um guia passo-a-passo repleto de dicas mostrando como fazer um overclock da placa de vídeo de modo a aumentar o desempenho em jogos. Completamente atualizado!

Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Você pode aumentar o desempenho do seu micro para rodar jogos efetuando um overclock em sua placa de vídeo. O overclock é uma técnica onde uma determinada peça de hardware é configurada para trabalhar com uma frequência de operação (clock) acima da especificada, fazendo com que o dispositivo obtenha um desempenho superior. Neste tutorial explicaremos em detalhes como fazer um overclock em sua placa de vídeo.

Se a placa de vídeo do seu computador é integrada à placa-mãe (ou seja, sem micro tem “vídeo on-board”) você não poderá fazer um overclock nela, já que o micro não tem uma placa de vídeo “de verdade” instalada – neste caso o vídeo é produzido pelo chipset da placa-mãe. Neste tutorial abordaremos exclusivamente de placas de vídeo “de verdade”, ou seja, aquelas que são conectadas ao micro através de um slot de expansão.

Para aprender como fazer um overclock em sua placa de vídeo você precisa saber primeiro como ela funciona. Na Figura 1 você pode ver um diagrama básico mostrando os componentes principais de uma placa de vídeo e como eles estão conectados.


Figura 1: Anatomia de uma placa de vídeo.

O coração de uma placa de vídeo é o seu chip gráfico, também conhecido como GPU, Graphics Processing Unit. O clock do chip gráfico é conhecido, em inglês, como “core clock” ou “engine clock”. Normalmente quando pensamos em overclock da placa de vídeo a primeira coisa que vem à mente é aumentar o clock do chip gráfico.

A nova série de chips gráficos GeForce 8 da NVIDIA tem dois sinais de clock, um usado por suas unidades de sombreamento e outro usado pelo resto do chip (o clock do chip gráfico que acabamos de descrever). Até agora nós não sabemos se este segundo sinal de clock (clock das unidades de sombreamento) pode ter o seu clock aumentado ou se ele é de alguma forma conectado ao clock do chip gráfico. Nós atualizaremos este tutorial assim que tivermos uma placa de vídeo baseada nesta nova arquitetura para clarificar esta questão.
 
O chip gráfico é conectado à memória de vídeo (que está fisicamente localizada na placa de vídeo) através de um barramento de memória dedicado (seta amarela na Figura 1). Este barramento também é sincronizado com um sinal de clock, também conhecido como “clock da memória”. Nós também podemos aumentar este clock de modo a aumentar o desempenho da placa de vídeo. Nós também mostraremos a você como fazer isto neste tutorial.

Uma coisa importante a ter em mente é que o barramento da memória nas placas de vídeo modernas normalmente trabalha transferindo dois dados por pulso de clock, técnica esta conhecida como DDR, Double Data Rate, ou taxa de transferência dobrada. Por causa desta técnica o clock da memória pode às vezes ser referenciado como sendo o dobro do seu clock real, pois a taxa de transferência obtida através da técnica DDR é o dobro da taxa de transferência de uma memória comum transferindo apenas um dado por pulso de clock. Para evitar confusão ao longo desse nosso tutorial, nós adicionaremos as letras DDR após os clocks que são “dobrados”. Por exemplo 300 MHz e 600 MHz DDR são a mesma coisa, já que este clock de 600 MHz DDR é na verdade 300 MHz transferindo dois dados por pulso de clock.

O barramento da memória – que pode também ser chamado de interface da memória – transfere certo número de bits por vez entre o chip gráfico e a memória de vídeo – 64 bits, 128 bits, 256 bits, etc. Este número é fixo e você não pode mudá-lo. Em outras palavras, não existe uma maneira de você transformar sua placa de vídeo de 128 bits em uma de 256 bits. Esta é uma limitação física: cada bit é transferido através de um fio individual na placa de circuito impresso da placa de vídeo. Dessa forma, uma placa de vídeo com interface de memória de 128 bits tem 128 fios conectando o chip gráfico à memória. Portanto é impossível mudar este número, já que você precisaria adicionar mais 128 fios entre o chip gráfico e os chips de memória (e provavelmente adicionar ou mudar os chips de memória). A mesma coisa é válida para o tamanho da memória de vídeo: você não pode transformar sua placa de vídeo de 128 MB em uma de 256 MB simplesmente porque você precisaria adicionar mais memória nela.

O chip gráfico é conectado à placa-mãe através de um slot de expansão, como o PCI Express e o AGP. Esta conexão também é feita a um determinado clock (100 MHz para o PCI Express e 66 MHz para o AGP) e algumas placas-mães permitem que você aumente este clock, nos dando assim uma terceira opção para fazer um overclock na placa de vídeo. Note que esta opção depende da placa-mãe e não da placa de vídeo, já que é a placa-mãe quem controla o slot de expansão onde a placa de vídeo é instalada. Algumas placas-mães voltadas para o overclock também oferecem uma opção para você aumentar a tensão de alimentação do slot de expansão (ou seja, a tensão da placa de vídeo), que pode fazer com que sua placa de vídeo obtenha um overclock ainda maior.

Editado por

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Guest Diogo Coelho

Postado

Parabéns pelo mérito de vossas investigações que tendem em desenvolver. Continuem com vossos excelente trabalho. Sou um leitor atento de todos os vossos artigos que me têm surpreendido positivamente dia após dia.

Por esse motivo, vim desta forma propor-vos uma questão da qual não tiro qualquer conclusão:

É possível realmente fazer Overclock em qualquer tipo de placas gráficas, mesmo às mais antigas? Pergunto isto pois tenho uma “ATI Graphics Pro Turbo PCI atim64 – vt” de Chip Gráfico: Mach64 vt (FCC ID: EXM340) com 2M de Memória, sem qualquer tipo de sistema de refrigeração incorporada em que não é possível efectuar o overclock.

Não sei se estará relacionado com o Sistema Operativo (Windows 98). Desconfio que a minha Gráfica não tenha BIOS, como nada a consegue identificar! Será isto possível? Ficaria extremamente agradecido com a resolução deste problema.

Desde já, Obrigado a toda a equipa e Boa Continuação.

PS: A página que disponibilizam para download de BIOS testadas para Gráficas ATI é inexistente pelo que peço uma sugestão de outro site igual ou semelhante.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Olá meus caros amigos do Clube do Hardware. Eu puxei o Power Strip essa semana e queria que vocês me dessem uma resposta sobre essa seguinte pergunta:

É possivel fazer overclock numa placa de video Intel® 82810E Graphics Controller? <<4mb>>

Eu tentei fazer subir o memory clock, + não da pra mover a barrinha de performace :blink:

Bom, se tiver alguma solução me falem, falou

não é por isso

eu baixei o poer strip aqui também e não consigo subir a barrinha

inclusive não mostra meus clocks na tela de abertura

aparece n/a

rescan , não funciona

tenho uma GF FX 5200 T-128 128MB

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu particularmente prefiro fazer overclock com o driver da placa de video.

Quando comprei a minha FX5200, mandei ela pro espaço fazendo overclock com o PowerStrip. Que até então funcionava perfeitamente bem na minha MX420. Mas dei uma de João sem braço e troquei na loja :P

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Primeiramente parabéns pelo artigo, SENSACIONAL!

Só tem um erro no final, quando fala pra colocar no disquete o nvflash e a bios nova, PRECISA COLOCAR O OUTRO ARQUIVO DO NVFLASH TAMBÉM, só nvflash.exe + bios.rom não funcionam.

Outro detalhe, dependendo do disco de boot selecionado, o disquete fica cheio, e assim não cabem os arquivos pra atualizar a BIOS, aí escolhe-se outro boot ou apaga alguma coisa, no meu caso apaquei o SCANDISK.exe, o QBASIC.exe e o QBASIC.hlp.

Mas como falei no começo, minha XFX GF 6600LE que antes usava o Power Strip pro over já foi modificada pela BIOS:

GPU 300 -> 375 MHz (25% OC)

DDR 400 -> 460 Mhz (15% OC)

Ganho de performance global, medido no DOOM 3 em 1024x768-high, de quase 30%!

E isso que ela só tem um radiador passivo na GPU e nada nas DDR!

Meu próximo passo é trocar o sistema de arrefecimento GPU/DDR pra aprimorar meu over!

Ah, no NiBiTor, tem uma aba, a última, onde dá pra alterar a mensagem da placa de vídeo ao ligar o PC, alterei o texto e a cor, funcionou perfeitamente!

Mais uma vez, PARABÉNS pelo artigo!

Samuel

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
A mesma coisa é válida para o tamanho da memória de vídeo: você não pode transformar sua placa de vídeo de 128 MB em uma de 256 MB simplesmente porque você precisaria adicionar mais memória nela.

A minha antiguissima ATI Rage PRO II PCI, tinha slot para expação de memória... ehehhehehhehehhe ela tinha 8MB, mas dava pra adicionar mais 8mb... pena q na epoca eu não achei essa memória pra comprar...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Alguem sabe dizer se rodando em SLI se na hora que eu mudo a configuração do PowerStrip eu estou mudando a configuração de uma placa só ou das duas ao mesmo tempo?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

fiz um over aqui na minha GF 6600..

GPU de 300 pra 370

MEM de 500 pra 600

não pude testar com os jogos mencionados, mas percebi uma melhora na qualidade das imagens do NFS_Carbon...

não sei se serve de parametro mas fiz testes com o 3dMark:

3dMark01 foi de 12300 pra 13300... se bem q já consegui 14000 sem over, antes de dar um pau no meu pc

3dMark05 foi de 2108 pra 2610 aqui teve uma boa melhorada, de repente pelo fato de testar o Dx9.

vamo ve no q dá.... a algum risco serio de comprometer minha vga com esse over???

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

pessoal eu sou novo nesse ramo eu não conseguri fazer a parte final. na parte do rabit da ATI radeon não localizei a BIOS como localizo

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
qual a melhor maneira de dar over clock na placa de video?

Primeiro utilize um bom software (EVGA Precision, Rivatuner, MSI Afterburner) para achar um overclock que fique bom na placa de vídeo (sem esquentar ela demais e sem apresentar artefatos) e depois quando tiver um valor permanente, pode fazer um Biosmod na placa.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora