Ir ao conteúdo

Intel HD 630 vs. GeForce GT 1030

       
 38.774 Visualizações    Testes  
 17 comentários

Instalar uma placa de vídeo é mesmo obrigatório em um computador para jogos, ou o vídeo integrado HD 630 presente nos processadores atuais da Intel já é suficientemente potente? Confira neste teste!

Intel HD 630 vs. GeForce GT 1030
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Os processadores Core i de sétima geração da Intel vêm, em sua maioria, com o vídeo integrado Intel HD Graphics 630. Será que este motor gráfico é suficientemente potente para rodar jogos atuais? Ou desabilitar o vídeo integrado e utilizar uma placa de vídeo de baixo custo é obrigatório para quem quere jogar? É o que vamos responder neste teste. Confira!

Uma das principais evoluções vistas nos últimos anos nos processadores diz respeito ao vídeo integrado. Desde que os fabricantes passaram a incluir um processador gráfico (GPU) dentro dos próprios processadores, o desempenho destes motores gráficos cresceu mais rapidamente do que dos próprios processadores. 

Em vários de nossos testes (veja este, por exemplo) pudemos observar que o vídeo integrado dos processadores série A da AMD é mais potente do que o dos processadores da Intel lançados no mesmo período, obtendo desempenho comparável ao de placas de vídeo de baixo custo ofertadas pela própria AMD, e inclusive com a possibilidade de somar o desempenho do vídeo integrado ao de uma placa de vídeo Radeon equivalente, utilizando a tecnologia Dual Graphics (clique aqui para ler o teste desta tecnologia).

Os processadores Core i de sétima geração (Kaby Lake) utilizam, em sua maioria, o motor gráfico HD Graphics 630, que tem 24 unidades de execução, clock base de 350 MHz e clock turbo de até 1.150 MHz (o valor exato varia de processador para processador). Processadores mais simples como o Pentium G4560 e os Celeron utilizam o motor gráfico HD Graphics 610, que tem apenas metade das unidades de execução. Já alguns modelos de processadores para notebooks vêm com os motores gráficos Iris Plus Graphics 640 e 650, que possuem 48 unidades de execução e 64 MiB de memória dedicada, sendo assim bem mais potentes.

A pergunta que queremos responder hoje é: o vídeo integrado Intel HD 630 presente em processadores como o Core i3-7100, Core i5-7600K e Core i7-7700K é suficientemente poderoso para rodar jogos mais recentes, ou é mesmo necessário desabilitá-lo e utilizar uma placa de vídeo independente, mesmo que seja um modelo de baixo custo como a GeForce GT 1030?

Para responder a esta pergunta, rodamos testes de desempenho com alguns jogos recentes, utilizando o vídeo integrado do processador Core i7-7700K, bem como desabilitando-o e utilizando a GeForce GT 1030. Também incluímos no teste a GeForce GTX 1050, para termos ideia da diferença de desempenho.

Utilizamos o processador mais potente disponível com vídeo integrado, de forma a termos certeza que a limitação de desempenho seria o motor gráfico, sem gargalo de processador.

Como tanto o vídeo integrado HD 630 quanto as placas de vídeo testadas são capazes de decodificação por hardware de vídeo em formatos H.265 (HEVC), H.264 (MPEG-4), etc, não rodamos testes específicos para exibição de vídeo.

Na tabela abaixo, comparamos as principais especificações dos motores gráficos incluídos neste teste.

Placa de vídeo Clock dos núcleos Clock turbo Clock da memória (efetivo) Interface de memória Taxa de transferência da memória Memória Núcleos de processamento TDP DirectX Preço
Intel HD Graphics 630 300 MHz 1.150* MHz ** ** ** ** 24 - 12.1 -
Gigabyte GeForce GT 1030 (GV-N1030D5-2GL) 1.227 MHz 1.468 MHz 6,0 GHz 64 bits 48 GB/s 2 GiB GDDR5 384 30 W 12.1 US$ 70
Zotac GeForce GTX 1050 Mini(ZT-P10500A-10L) 1.354 MHz 1.455 MHz 7,0 GHz 128 bits 112 GB/s 2 GiB GDDR5 640 75 W 12.1 US$ 110

* Depende do modelo do processador.

** Depende da configuração de memória instalada no computador.

Você pode comparar as especificações destas placas de vídeo com outras através dos nossos tutoriais “Tabela comparativa dos chips Radeon da AMD (desktop)” e “Tabela comparativa dos chips GeForce da NVIDIA (desktop)”.

Compartilhar

  • Curtir 8


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários


Poxa, eu realmente estava apostando na integrada. Mas uma coisa que eu queria fazer mesmo é um overclock na RAM e refazer os testes, tenho certeza que a taxa de lentidão iria abaixar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Valeu pelos testes!

Acabei de montar minha máquina, estou com o i5 7600K, e vou demorar uns meses até conseguir comprar minha GTX 1070. Vou ter que me virar com a HD 630 até lá.. 

Vou instalar o Witcher 3 atualizar enquanto isso, deixar no ponto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Na maioria dos casos os vídeos integrados da série A de APUs da AMD possuem mais potência gráfica comparado com os do segmento de processadores de baixo custo da Intel - os A10, A8, A6 e A4.

Um exemplo é o A4 6300, talvez o mais barato do mercado, possui vídeo integrado equivalente e até melhor que os Intel HD 630 dos Celeron, Pentium e dos i3 de baixo custo, e custa por volta de R$ 150 atualmente, isso sem citar A8 7600 e A10.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Vídeo integrado já é limitado pelo próprio tamanho do hardware, senão fosse as placas da nvidia já viriam no formato cartão de memoria Sd kkk 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu acho que um teste com as APU da AMD seria interessante, porque pelo que parece o modelo mais básico tem um poder semelhante aos top de linha da intel(em relação a GPU é claro)! Mas foi um otimo teste pra ver do que são capazes os gráficos integrados hoje em dia!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Creio que um dos grandes avanços da informática nessa área de hardware foi a integração de uma APU integrada nos processadores da Intel e Amd ,mais ainda estamos longe de ter um poder de desempenho iguais aos da GPUS dedicadas :thumbsup: 

Editado por Evandro
removendo formatação

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Raul Melo disse:

Poxa, eu realmente estava apostando na integrada. Mas uma coisa que eu queria fazer mesmo é um overclock na RAM e refazer os testes, tenho certeza que a taxa de lentidão iria abaixar.

já foram usados módulos com 3200MHz e um i7 7700K (que tem a igpu com o maior clock turbo), já que a maioria dos usuários "comuns" devem usar memórias com 2133MHz, acredito que esse do teste foi até exagerado.

adicionado 2 minutos depois
1 hora atrás, LFRovi disse:

Valeu pelos testes!

Acabei de montar minha máquina, estou com o i5 7600K, e vou demorar uns meses até conseguir comprar minha GTX 1070. Vou ter que me virar com a HD 630 até lá.. 

Vou instalar o Witcher 3 atualizar enquanto isso, deixar no ponto.

Usando a resolução 1366x768, a intel hd 630 (e 530) consegue resultados bem legais, basta configurar adequadamente, como desativar filtros, com isso, jogos como overwatch e paladis rodam a 60fps no muito alto ou máximo.

adicionado 9 minutos depois
1 hora atrás, AlexShy disse:

Eu acho que um teste com as APU da AMD seria interessante, porque pelo que parece o modelo mais básico tem um poder semelhante aos top de linha da intel(em relação a GPU é claro)! Mas foi um otimo teste pra ver do que são capazes os gráficos integrados hoje em dia!

A amd deve apresentar novas APU's em breve, acredito que não faria sentido testar as antigas que tem inúmeros vídeos na internet. Mas uma observação é que parece que a amd não vai retirar alguns processadores do mercado tão cedo, como alguns FX's e A-seris, estes devem preencher o mercado de baixíssimo custo, abaixo dos R$400 (ou pelo menos brigar com os celeron e alguns pentium em termos de valor, onde os ryzen R3 não chegam a serem tão baratos).

adicionado 15 minutos depois
59 minutos atrás, FAWAUGHAN disse:

Creio que um dos grandes avanços da informática nessa área de hardware foi a integração de uma APU integrada nos processadores da Intel e Amd ,mais ainda estamos longe de ter um poder de desempenho iguais aos da GPUS dedicadas :thumbsup: 

"APU" (ou Unidade de Processamento Acelerado) é o termo que a amd criou para chamar os seus processadores com placa de vídeo integrada diferenciada, acredito que o equivalente da intel seja a linha Iris. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Raul Melo disse:

Poxa, eu realmente estava apostando na integrada. Mas uma coisa que eu queria fazer mesmo é um overclock na RAM e refazer os testes, tenho certeza que a taxa de lentidão iria abaixar.

Como o @Cícero Rodrigues bem escreveu, a memória já estava em 3200 MHz. Mais overclock do que isso não faria diferença.

1 hora atrás, AlexShy disse:

Eu acho que um teste com as APU da AMD seria interessante, porque pelo que parece o modelo mais básico tem um poder semelhante aos top de linha da intel(em relação a GPU é claro)! Mas foi um otimo teste pra ver do que são capazes os gráficos integrados hoje em dia!

Como o @Cícero Rodrigues também muito bem escreveu, as APUs anteriores da AMD (soquete FM2+) já são projetos antigos, e não faz mais sentido compará-las com hardware atual. Assim que saírem as novas APUs AM4 faremos os testes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
25 minutos atrás, Carlos Eduardo B Camargo disse:

mordi minha língua nessa...havia dito que o gt 1030 ia ser igual ou pior que o vídeo integrado.

 

A GT 1030 perde de 3~5 fps para a GTX 750 Ti, mas como foi dito no teste dela aqui no CdH, há uma boa margem para overclock da memória, e com isso ela deve superar o desempenho da 750Ti.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabéns a galera do CDH pelo teste, muita gente queria ver, inclusive eu ...

E isso confirma minhas suspeitas que essa placa pode ser mais interessante para Htpcs utilizados para jogos casuais, inclusive substituindo as Apus da Amd, que são as mais usadas atualmente para esse fim. São pequenas, frias e eficientes.

Agora busco informações sobre como essa plaquinha se sai com videos em 4k Hevc 265. Caso rodem bem, farei um downgrade da 1050ti para essa 1030 ...

 

Abraços!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se esse video Intel teve esse desempenho brochante com memorias DDR4 3200, imagina em um PC básico com memorias DDR4 2400... a Intel precisa urgente licenciar alguma tecnologia de GPU que preste, se não quiser ser espancada pelas APUs AM4 baseadas em núcleos Ryzen

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Estou ansioso para ver o desempenho das novas APUs da Amd baseadas no Ryzen e nas RX5xx. Quando a AMD lançará o Ryzen 3 e as novas Apus? Já possuem algumas informações preliminares?

 

Se a AMD quiser dá o golpe de misericórdia nos Celerons e Pentium é só investirem uma APU com suporte à DDR4-3200, um bom vídeo integrado e um processador Ryzen sem o SMT, com 2 e 4 núcleos.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 26/06/2017 às 08:44, Raul Melo disse:

Poxa, eu realmente estava apostando na integrada. Mas uma coisa que eu queria fazer mesmo é um overclock na RAM e refazer os testes, tenho certeza que a taxa de lentidão iria abaixar.

Ele já ta usando 3200mhz, acho que mesmo tentando aumentar não vai fazer diferença.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A apu intel graphic 530-630 roda csgo fullhd qualidade low, para quem não liga para gráfico, na média de 70 fps " já é jogavel".

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×