Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Memória em dois canais faz diferença no desempenho do vídeo integrado?

       
 36.853 Visualizações    Testes  
 28 comentários

Será que, utilizando o vídeo integrado, o uso de memória em dois canais pode aumentar o desempenho em jogos? Confira nossos testes!

Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Recentemente nós publicamos um teste, “Memória em dois canais faz diferença no desempenho em jogos?”, onde concluímos que, em uma máquina potente com uma placa de vídeo independente, o uso da memória em dois canais (“dual channel”, em inglês) tinha pouca ou nenhuma influência no desempenho em jogos. Mas, e quando estamos utilizando o vídeo integrado ao processador, será que essa conclusão se mantém? É o que vamos averiguar neste teste.

Caso você não esteja familiarizado com o conceito do modo de dois canais, leia o nosso tutorial “Tudo o que você precisa saber sobre as arquiteturas de memória de dois, três e quatro canais”.

Mas por que o impacto da tecnologia de dois canais seria diferente em um sistema que usa apenas o vídeo integrado? Quando você usa uma placa de vídeo independente, a memória de vídeo, onde ficam armazenadas as texturas e demais informações de vídeo, fica na placa de vídeo e é independente da memória principal da máquina. A velocidade de acesso dessa memória depende unicamente das características da placa de vídeo. Como o desempenho de muitos jogos depende principalmente da placa de vídeo, neste caso em particular uma memória principal mais rápida não faz muita diferença, pois não é usada para armazenar dados de vídeo.

Porém, quando utilizamos o vídeo integrado, o processador gráfico (também chamado de motor gráfico ou GPU, que significa “Graphics Processing Unit”, unidade de processamento gráfico, em inglês) utiliza a memória principal do computador (RAM) como memória de vídeo. Logo, ele se beneficia diretamente de uma memória com maior largura de banda (seja pelo sistema de dois canais e/ou por utilizar uma memória com clock mais alto). Além disso, devemos lembrar que esta largura de banda é compartilhada entre o processador gráfico e o processador principal do computador, o que, em teoria, aumenta ainda mais a necessidade de uma alta velocidade de acesso à memória.

Podemos verificar claramente como o uso de dois canais muda a largura de banda do vídeo integrado ao utilizar o programa GPU-Z em um processador A8-7670K (que nós testamos recentemente) com dois módulos de memória DDR3-2133, primeiro em canal simples, e depois em dois canais. Ver Figuras 1 e 2. Com um único canal, o vídeo integrado utiliza um barramento de 64 bits, com largura de banda de 17,1 GiB/s, enquanto com canal duplo, o barramento é de 128 bits e a largura de banda é duplicada.

Memória em dois canais com vídeo integrado

Figura 1: largura de banda em canal simples

Memória em dois canais com vídeo integrado

Figura 2: largura de banda com dois canais

Para verificamos qual o impacto do uso de memória em dois canais na taxa de quadros em jogos, nós utilizamos duas configurações diferentes. Na próxima página, veremos as configurações utilizadas neste teste.

Compartilhar

  • Curtir 1


  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários




Wesley, concordo plenamente que a AMD deva lançar APUs com mais memória interna e é bem provavel que com o uso de memórias do tipo HBM. Seria bem interessante pra AMD e pro mercado APUs deles com o poder de fogo das radeons e com "grande HBM cache".

 

Rafael, fiquei com uma dúvida. Nas configurações testadas a APU da AMD rodou num sistema com 8GB em conjunto enquanto o da Intel rodou com 16GB.

Como no caso do teste com canal simples, poderia estar mascarando os resultados dos mínimos, e por conseguinte, a porcentagem ganha em canal duplo das APUs da AMD usando apenas 4GB de memória? Sabemos que no caso uma parte do SO estaria tomando a RAM, mais uma quantidade de RAM para os programas e gamers, além de ser usado como memória de vídeo, e no caso, a quantidade de memória neste caso específico poderia estar limitando o desempenho do A8?

Seria possível repetir todos ou alguns dos testes usando a mesma configuração mas usando um modulo de 8GB ao invés de 4GB no modo single channel?

Deixo claro que a dúvida é sobre o ganho de porcentagem da APU entre canal simples e dulplo. Visto que em canal duplo realmente tivemos resultados bem expressivos.

 

Desculpa se não deixei claro a minha dúvida, mas é mais ou menos por ai.

Abraços!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Wesley, concordo plenamente que a AMD deva lançar APUs com mais memória interna e é bem provavel que com o uso de memórias do tipo HBM. Seria bem interessante pra AMD e pro mercado APUs deles com o poder de fogo das radeons e com "grande HBM cache".

 

Rafael, fiquei com uma dúvida. Nas configurações testadas a APU da AMD rodou num sistema com 8GB em conjunto enquanto o da Intel rodou com 16GB.

Como no caso do teste com canal simples, poderia estar mascarando os resultados dos mínimos, e por conseguinte, a porcentagem ganha em canal duplo das APUs da AMD usando apenas 4GB de memória? Sabemos que no caso uma parte do SO estaria tomando a RAM, mais uma quantidade de RAM para os programas e gamers, além de ser usado como memória de vídeo, e no caso, a quantidade de memória neste caso específico poderia estar limitando o desempenho do A8?

Seria possível repetir todos ou alguns dos testes usando a mesma configuração mas usando um modulo de 8GB ao invés de 4GB no modo single channel?

Deixo claro que a dúvida é sobre o ganho de porcentagem da APU entre canal simples e dulplo. Visto que em canal duplo realmente tivemos resultados bem expressivos.

 

Desculpa se não deixei claro a minha dúvida, mas é mais ou menos por ai.

Abraços!

 

Concordo contigo amigo, realmente acho que os testes deveriam ter sidos realizados com as mesmas memórias, por mais que vimos no último teste que não temos diferenças de 4, 8 ou 16 Gb de RAM, mas agora estamos falando de APU's, onde eles também irão consumir parte desta memória, dividindo com programas, SO e o próprio jogo.

 

Nos testes anteriores, está diferença não apareceria por que a APU estaria "desligada" não consumindo memória, e os 4gb estariam dando contato do recado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Concordo contigo amigo, realmente acho que os testes deveriam ter sidos realizados com as mesmas memórias, por mais que vimos no último teste que não temos diferenças de 4, 8 ou 16 Gb de RAM, mas agora estamos falando de APU's, onde eles também irão consumir parte desta memória, dividindo com programas, SO e o próprio jogo.

 

Nos testes anteriores, está diferença não apareceria por que a APU estaria "desligada" não consumindo memória, e os 4gb estariam dando contato do recado.

 

Exatamente Valter. Se o Rafael puder testar pelo menos uns dois testes dos que foram realizados com a mesma quantidade de memória em canal simples, saberemos se houve ou não guargalo com a RAM e se as porcentagens realmente tiveram tamanho ganho nas APUs da AMD.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente artigo e ainda veio melhor utilizando o Core i7 Broadwell para esclarecer como ele se comportaria no mesmo cenário.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Wesley Sidney Soube de alguns rumores em que a AMD pretende levar o HBM para as APUs (mais precisamente ao Zen, que mal sabemos de fato se ela saíra em 2016), porém, nada concreto surgiu. Se a AMD realmente levar a memória HBM para suas APUS, ela provavelmente elevará os gráficos integrados a um outro nível, visto o ganho que essas memória possuem e a unificação do interpositor, pois memória e CPU/GPU dividem o mesmo componente.

A equipe CDH, mais uma vez, meus parabéns. Esta metodologia de teste com iGPU foi incrível e as variações de resultados entre as combinações eliminam bastante as dúvidas de quem procura por essa informações. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bom os testes. Afirmaram o que muitos tinha em mente e que discutimos no outro teste.

 

Para vocês verem que lemos os comentários e sugestões que vocês têm dado! :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Wesley, concordo plenamente que a AMD deva lançar APUs com mais memória interna e é bem provavel que com o uso de memórias do tipo HBM. Seria bem interessante pra AMD e pro mercado APUs deles com o poder de fogo das radeons e com "grande HBM cache".

 

Rafael, fiquei com uma dúvida. Nas configurações testadas a APU da AMD rodou num sistema com 8GB em conjunto enquanto o da Intel rodou com 16GB.

Como no caso do teste com canal simples, poderia estar mascarando os resultados dos mínimos, e por conseguinte, a porcentagem ganha em canal duplo das APUs da AMD usando apenas 4GB de memória? Sabemos que no caso uma parte do SO estaria tomando a RAM, mais uma quantidade de RAM para os programas e gamers, além de ser usado como memória de vídeo, e no caso, a quantidade de memória neste caso específico poderia estar limitando o desempenho do A8?

Seria possível repetir todos ou alguns dos testes usando a mesma configuração mas usando um modulo de 8GB ao invés de 4GB no modo single channel?

Deixo claro que a dúvida é sobre o ganho de porcentagem da APU entre canal simples e dulplo. Visto que em canal duplo realmente tivemos resultados bem expressivos.

 

Desculpa se não deixei claro a minha dúvida, mas é mais ou menos por ai.

Abraços!

 

Não entendi bem sua dúvida, mas me parece que você ficou achando que o teste em single channel foi feito com apenas 4 GiB. Não foi!

Os dois testes com o AMD foram com 8 GiB de RAM, dois módulos de 4 GiB, apenas um teste com dual channel e outro em single channel. Mas em ambos os testes foram usados 8 GiB.

Assim como no teste com o Intel, ambos os testes foram com 16 GiB.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Wesley Sidney, antes que eu me esqueça, dificilmente alguém em sã consciência iria "torrar" dinheiro para comprar um CPU i7 5775C buscando desempenho de iGPU. Acredito que a Intel queria apresentar um novo conceito de tecnologia para seus gráficos integrados, possivelmente populares a nível de futuro nos modelos de entrada, como um Pentium talvez. Já a AMD que não tem muito domínio de mercado no segmento processador, teoricamente domina bem o uso iGPU CPU e, com isso, fornecer um preço mais atraente.

O bacana deste teste é que o Iris Pro 6200 que equipa o Core i7 5775C possui um iGPU superior aos demais já lançados pela empresa (Intel) para o usuário final e adorei vê-lo concorrendo com o iGPU mais parrudo da AMD (para minha infelicidade, o iGPU da Intel ganhou em todas, mas faz parte). Esta foi uma boa sacada da galera do CDH.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não entendi bem sua dúvida, mas me parece que você ficou achando que o teste em single channel foi feito com apenas 4 GiB. Não foi!

Os dois testes com o AMD foram com 8 GiB de RAM, dois módulos de 4 GiB, apenas um teste com dual channel e outro em single channel. Mas em ambos os testes foram usados 8 GiB.

Assim como no teste com o Intel, ambos os testes foram com 16 GiB.

 

Rafael, eu tinha ficado com a mesma dúvida do companheiro. Porém foi bem explicado agora. Neste caso então, não houver "gargalo" por falta de memória em single channel, como mencionei mais acima.

 

Obrigado pelo retorno.

Editado por Valter Leonardo

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Não entendi bem sua dúvida, mas me parece que você ficou achando que o teste em single channel foi feito com apenas 4 GiB. Não foi!

Os dois testes com o AMD foram com 8 GiB de RAM, dois módulos de 4 GiB, apenas um teste com dual channel e outro em single channel. Mas em ambos os testes foram usados 8 GiB.

Assim como no teste com o Intel, ambos os testes foram com 16 GiB.

 

Realmente Rafael, a dúvida tinha sido exatamente esta. Como não estava discriminado na página de configuração do teste como módulos X usados em dual channel e módulo Y usado em single channel acabou me confundindo. Discriminado estava a quantidade mas não ficou explicito, ao menos pra mim quais os módulos ou as quantidade usadas. Então realmente temos os resultados adequados e mostrando realmente o ganho de desempenho no uso de IGPU + Dual Channel bem melhor nas APUs da AMD. Muito bom pra recomendar para alguns clientes meus que buscam economia e desempenho de games em máquina intermediárias e de entrada.

 

Com isso aproveito pra recomendar um outro teste Gabriel e Rafael. No caso o ultimo teste executado comparando o uso de APUs com e sem o uso da tecnologia Dual GPU, usando uma APU + uma placa gráfica discreta. Será que o uso de Single Channel e Dual Channel, no caso do uso do Dual GPU da AMD também sofreria diferença brusca? Caso não saibam ou não tenham executado este teste ainda, seria possível fazer um teste desses?

 

Muito obrigado o retorno foi muito legal de vocês!

 

 

@Wesley Sidney, antes que eu me esqueça, dificilmente alguém em sã consciência iria "torrar" dinheiro para comprar um CPU i7 5775C buscando desempenho de iGPU. Acredito que a Intel queria apresentar um novo conceito de tecnologia para seus gráficos integrados, possivelmente populares a nível de futuro nos modelos de entrada, como um Pentium talvez. Já a AMD que não tem muito domínio de mercado no segmento processador, teoricamente domina bem o uso iGPU CPU e, com isso, fornecer um preço mais atraente.

O bacana deste teste é que o Iris Pro 6200 que equipa o Core i7 5775C possui um iGPU superior aos demais já lançados pela empresa (Intel) para o usuário final e adorei vê-lo concorrendo com o iGPU mais parrudo da AMD (para minha infelicidade, o iGPU da Intel ganhou em todas, mas faz parte). Esta foi uma boa sacada da galera do CDH.

 

Sobre o seu post Wilsansilva eu concordo plenamente. Ninguém em sã consciência "torrará" dinheiro num i7 5775C buscando uso de iGPU, mas devo discordar de uma parte do seu post.

Com certeza a Iris Pro 6200 provou ser uma concorrente a altura das APUs, mas será que o processador em si não tem influência direta neste quesito? Digo isto pois além de ser arquiteturas diferentes, as CPUs em questão não são nem de longe concorrentes diretos e talvez ai possa ser que a GPU Iris Pro do Intel leve certa "vantagem" sobre as Radeons, se aproveitando digamos, da CPU. Mas isto é suposição minha apenas. Acredito que somente com testes usando realmente processadores "concorrentes" como se fosse o caso de um i3 ou processador Dual Core da Intel usando uma Iris Pro e uma APU AMD teríamos resultados realmente definitivos em relação a iGPU. Provavelmente há grandes chances da Intel estar pensando em trabalhar com a Iris Pro em processadores mais "baratinhos" para concorrer também com a AMD neste nicho.

Editado por samagowy

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

...

O bacana deste teste é que o Iris Pro 6200 que equipa o Core i7 5775C possui um iGPU superior aos demais já lançados pela empresa (Intel) para o usuário final e adorei vê-lo concorrendo com o iGPU mais parrudo da AMD (para minha infelicidade, o iGPU da Intel ganhou em todas, mas faz parte). Esta foi uma boa sacada da galera do CDH.

 

...

Com certeza a Iris Pro 6200 provou ser uma concorrente a altura das APUs, mas será que o processador em si não tem influência direta neste quesito? Digo isto pois além de ser arquiteturas diferentes, as CPUs em questão não são nem de longe concorrentes diretos e talvez ai possa ser que a GPU Iris Pro do Intel leve certa "vantagem" sobre as Radeons, se aproveitando digamos, da CPU. Mas isto é suposição minha apenas. Acredito que somente com testes usando realmente processadores "concorrentes" como se fosse o caso de um i3 ou processador Dual Core da Intel usando uma Iris Pro e uma APU AMD teríamos resultados realmente definitivos em relação a iGPU. Provavelmente há grandes chances da Intel estar pensando em trabalhar com a Iris Pro em processadores mais "baratinhos" para concorrer também com a AMD neste nicho.

 

No meu modo de ver, a enorme disparidade de preços entre os 2 processadores testados e o fato de a configuração com o i7 ter usado 16 GiB de RAM traz a seguinte conclusão sobre o processamento gráfico dos processadores da Intel: melhorou, mas ainda apanha da AMD. Avaliando custo x benefício, as APUs da AMD dão um couro na Intel nesse quesito! :)

 

@Rafael Coelho, um pequeno erro na última frase da página 10: "que forma que não faz sentido comparar...". E muito obrigado por mais essa bateria de testes! Quem está acompanhando todos esses "Quebrando mitos" publicados recentemente com certeza está acumulando e vinculando importantes informações que podem fazer muita diferença ao avaliar e indicar configurações de hardware.

 

Parabéns e sigam em frente! thumbsup.gif

Editado por Duda Sgluber

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Wesley Sidney, antes que eu me esqueça, dificilmente alguém em sã consciência iria "torrar" dinheiro para comprar um CPU i7 5775C buscando desempenho de iGPU. Acredito que a Intel queria apresentar um novo conceito de tecnologia para seus gráficos integrados, possivelmente populares a nível de futuro nos modelos de entrada, como um Pentium talvez. Já a AMD que não tem muito domínio de mercado no segmento processador, teoricamente domina bem o uso iGPU CPU e, com isso, fornecer um preço mais atraente.

O bacana deste teste é que o Iris Pro 6200 que equipa o Core i7 5775C possui um iGPU superior aos demais já lançados pela empresa (Intel) para o usuário final e adorei vê-lo concorrendo com o iGPU mais parrudo da AMD (para minha infelicidade, o iGPU da Intel ganhou em todas, mas faz parte). Esta foi uma boa sacada da galera do CDH.

Eu acredito que essa IGPU da Intel só teve um resultado melhor do que a iGPU da Amd porque a CPU Intel é muito, muito mais forte que a da Amd, isso ajudou a empurrar o desmpenho da vga.....Os drivers da Intel são um lixo, não consguem aproveitar o desempenho da iGPU por falta de otimizações para jogos, diferente os Nvidia e dos Amd que sempre são atualizados sempre com novas otimizações ..... Eu falo isso por experiência própria..(Tenho uma Hd4000 no I7 3630qm e uma HD no Atom Z3735f....)....

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Obrigado!

Quanto à sugestão, nós já verificamos o ganho com dual graphics (http://www.clubedohardware.com.br/artigos/teste-da-tecnologia-dual-graphics-da-amd/3173), sempre usando dual channel nos testes. Juntando os resultados dos dois testes, acho que fica óbvio que o uso de Dual Graphics com memória em single channel vai ter um desempenho inferior ao mesmo teste com dual channel, já que a GPU integrada vai ter desempenho inferior.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Perfeito Rafael Coelho! A minha dúvida seria mais se a memoria utilizada neste ponto específico seria somente a memória da VGA off ou também a RAM, e que pela imagem na página 2 do teste de Dual GPU, tela do CPU-Z confirma que está no modo Dual GPU mas mostra ainda os 2GB de memória que acredito seja apenas contado a memória da VGA.

 

O que parece fazer diferença, pelo que notei nas telas do CPU-Z dos referidos testes é que com o Dual GPU a configuração parece usar 2GB e apenas no vídeo integrado o chip gráfico utiliza não mais que 1GB de RAM como memória de vídeo. Estou supondo de acordo com as imagens mostradas claro. Mas de toda forma, como você citou, não deve mudar muito coisa, aonde ficou claro a diferença entre o uso em Dual Channel ou Single Channel com o vídeo integrado.

 

Abraços e novamente parabéns!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Duda Sgluber errinho corrigido, obrigado por avisar.

 

E obrigado pelo alto nível das discussões; continuaremos com essa linha de testes "quebrando mitos", e podem continuar comentando e sugerindo, nós levamos em conta todos os comentários, até porque eles nos ajudam a melhorar o nosso trabalho.

 

Abraços e obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótimo teste, eu tenho Core I5 2520m (2.5GHz e HD3000). Mesmo jogando alguns jogos pesados como Final Fantasy XIV no minimo o dual channel faz diferença.

 

Uma sugestão de teste: testar placas de vídeos antigas como ATI 4870X2 e outras que eram top no passado para mostrar se elas aguentam os jogos atuais ou se a diferença é muito grande comparado com as modernas.

Editado por Cerojunior

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótimo teste, eu tenho Core I5 2520m (2.5GHz e HD3000). Mesmo jogando alguns jogos pesados como Final Fantasy XIV no minimo o dual channel faz diferença.

 

Uma sugestão de teste: testar placas de vídeos antigas como ATI 4870X2 e outras que eram top no passado para mostrar se elas aguentam os jogos atuais ou se a diferença é muito grande comparado com as modernas.

 

Sugestão anotada, obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótimo teste, eu tenho Core I5 2520m (2.5GHz e HD3000). Mesmo jogando alguns jogos pesados como Final Fantasy XIV no minimo o dual channel faz diferença.

 

Uma sugestão de teste: testar placas de vídeos antigas como ATI 4870X2 e outras que eram top no passado para mostrar se elas aguentam os jogos atuais ou se a diferença é muito grande comparado com as modernas.

 

Eu acredito que essas placas de videos  antigas  como a citada, ou a 9800gtx x2  ou qualquer uma outra similar não vale muito a pena nos dias de hoje por causa do consumo de energia, essas vgas precisam de uma fonte muito parruda,   , coisa que não está muito barato hoje em dia....  Na minha opinião, eu recomendaria uma Radeon HD6850 e ou uma HD7770 que não são muito caras e não consomem muita energia....Existem as da Nvidia, mas eu não sei quais são as equivalente a essas Radeons que citei....  

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Wesley Sidney, antes que eu me esqueça, dificilmente alguém em sã consciência iria "torrar" dinheiro para comprar um CPU i7 5775C buscando desempenho de iGPU. Acredito que a Intel queria apresentar um novo conceito de tecnologia para seus gráficos integrados, possivelmente populares a nível de futuro nos modelos de entrada, como um Pentium talvez. Já a AMD que não tem muito domínio de mercado no segmento processador, teoricamente domina bem o uso iGPU CPU e, com isso, fornecer um preço mais atraente.

O bacana deste teste é que o Iris Pro 6200 que equipa o Core i7 5775C possui um iGPU superior aos demais já lançados pela empresa (Intel) para o usuário final e adorei vê-lo concorrendo com o iGPU mais parrudo da AMD (para minha infelicidade, o iGPU da Intel ganhou em todas, mas faz parte). Esta foi uma boa sacada da galera do CDH.

eu não concordo, por exemplo se eu quiser montar um cpu mini itx vou querer um 5775c pois é o melhor para tal função.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Desculpa eu me meter na discussão, mas sinceramente? Nem para um mini-ITX uma CPU dessas, pelo preço hoje no mercado brasileiro e até importando não vale a pena. O i5 Broadwell beira os 2000 reais. Com esse mesmo valor você consegue uma CPU boa e uma placa de vídeo mediana com um daqueles "risers" para deixar a VGA num angulo diferente.

 

Aumenta o consumo? Sim, creio que até substancialmente dependendo da VGA, mas se for pra contar com o desempenho do IGP, ideias alternativas dão mais resultados com uma faixa de preço melhor.

Editado por Japz

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Desculpa eu me meter na discussão, mas sinceramente? Nem para um mini-ITX uma CPU dessas, pelo preço hoje no mercado brasileiro e até importando não vale a pena. O i5 Broadwell beira os 2000 reais. Com esse mesmo valor você consegue uma CPU boa e uma placa de vídeo mediana com um daqueles "risers" para deixar a VGA num angulo diferente.

 

Aumenta o consumo? Sim, creio que até substancialmente dependendo da VGA, mas se for pra contar com o desempenho do IGP, ideias alternativas dão mais resultados com uma faixa de preço melhor.

não colocaria uma vga off em um mini itx para minha sala por alguns motivos, por exemplo... por ser muito pequeno vai esquentar e as ventoinhas vão girar cada vez mais rapidas até parecer um mig-25 decolando na minha sala a noite ... alem de que eu nunca achei placa de video mini itx, e se for adaptar vai ficar uma gambiarra muito feia...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Por isso que falei das medianas, que são menores e algumas até tem dissipação passiva (o que é ruim pelo calor, mas é algo menos para gerar ruído). Se for colocar mais parrudas, tem as GTX 970 e 280X mini-ITX. A primeira até consome menos (requer apenas 1 conector PCI-E).

 

E com o gabinete correto, dá para reduzir mais o problema de aquecimento (claro que depende do tamanho, da qualidade e entradas/saidas de ar). 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×