Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da placa de vídeo PCYES Radeon R7 360

       
 80.973 Visualizações    Testes  
 15 comentários

Testamos a Radeon R7 360, placa de vídeo de entrada da brasileira PCYES. Vamos ver como é esta placa e testá-la contra sua concorrente direta, a GeForce GTX 750 Ti.

Teste da placa de vídeo PCYES Radeon R7 360
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

Nós testamos a placa de vídeo Radeon R7 360, a placa de vídeo de entrada da brasileira PCYES. Vamos ver como ela se sai contra a sua principal concorrente, a GeForce GTX 750 Ti. Confira!

A PCYES é uma marca brasileira já conhecida por seus acessórios e gabinetes, que agora vende também placas de vídeo baseadas em chips Radeon R7 e R9 da série 300 da AMD. Assim, o modelo analisado chama-se Hammer Radeon R7 360. A placa é fabricada pela HIS, assim como a Radeon R9 390 da PCYES, que nós já testamos.

O chip Radeon R7 360 traz 768 núcleos de processamento, e no modelo de referência da AMD utiliza um clock máximo de 1.050 MHz, mas a Hammer R7 360 da PCYES vem com um pequeno overclock de 2%, rodando a 1.070 MHz. A placa analisada vem com 2 GiB de memória GDDR5, com clock de 6,5 GHz, tal como no modelo de referência da AMD, resultando em uma largura de banda de 104 GB/s, com barramento de 128 bits. Desta forma, é preciso ter em mente que os resultados obtidos são válidos para a placa testada; outras placas baseadas no mesmo chip mas com diferentes clocks podem ter desempenhos um pouco diferentes.

PCYES Radeon R7 360

Figura 1: a caixa da PCYES HammerX Radeon R7 360

PCYES Radeon R7 360

Figura 2: a PCYES HammerX Radeon R7 360

Como você pode ver em nossa Tabela comparativa de preços AMD vs. NVIDIA - maio/2016, o chip concorrente direto ao Radeon R7 360 no momento é o GeForce GTX 750 Ti da NVIDIA. Assim, nós comparamos a placa analisada a uma GeForce GTX 750 Ti de referência, que nós já testamos anteriormente. Trata-se de um modelo com 2 GiB de memória GDDR5 rodando a 5,4 GHz e 640 núcleos de processamento rodando com clock máximo de 1.085 MHz.

Nós ainda incluímos em nosso teste uma GeForce GTX 950 da Gigabyte, apenas por curiosidade, para termos uma ideia de comparação de desempenho entre as placas da categoria de entrada com uma placa um pouco mais cara. Lembre-se, porém, que a GeForce GTX 950 não é uma concorrente direta da Radeon R7 360; sua concorrente é a Radeon R7 370.

Na tabela abaixo, comparamos as principais especificações das placas de vídeo incluídas neste teste. Os preços foram pesquisados na Newegg.com no dia da publicação do teste.

Placa de vídeo

Clock dos núcleos

Clock turbo

Clock da memória (efetivo)

Interface de memória

Taxa de transferência da memória

Memória

Núcleos de processamento

TDP

DirectX

Preço

Radeon R7 360

1.070 MHz

1.070 MHz

6,5 GHz

128 bits

104,0 GB/s

2 GiB GDDR5

768

100 W

12

US$ 95

GeForce GTX 750 Ti

1.020 MHz

1.085 MHz

5,4 GHz

128 bits

86,4 GB/s

2 GiB GDDR5

640

60 W

11.2

US$ 95

GeForce GTX 950

1.102 MHz

1.279 MHz

6,6 GHz

128 bits

105,6 GB/s

2 GiB GDDR5

768

90 W

12.1

US$ 135

Você pode comparar as especificações destas placas de vídeo com outras através dos nossos tutoriais “Tabela comparativa dos chips Radeon da AMD (desktop)” e “Tabela comparativa dos chips GeForce da NVIDIA (desktop)”.

Agora vamos dar uma olhada mais de perto na PCYES Radeon R7 360 testada.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Valeu, @Rafael Coelho! thumbsup.gif

 

No segmento de placas de vídeo de entrada, está difícil bater a GTX 750 Ti. Além do desempenho melhor, vale salientar (conforme informado): ela consome menos energia e, por isso, a maioria dos seus modelos não necessita do conector de força adicional.

 

Colocando tudo "na balança" - preço, desempenho e consumo de energia -, as GTX 750 Ti têm custo x benefício praticamente imbatível em seu segmento.

Editado por Duda Sgluber

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótimo ver testes de placa de vídeo, embora estejam cada vez mais escassos. Mas acredito que o mercado de PCs não é mais a mesma coisa com o advento dos smartphones e tablets, embora eu não troque a navegação pela internet no PC por tablets ou smartphones. No mais, outro artigo com o nível de excelência de sempre.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
25 minutos atrás, Excelsior disse:

Ótimo ver testes de placa de vídeo, embora estejam cada vez mais escassos.

 

A diminuição no número de testes do site tem a ver com a minha saída dos EUA, pois quando eu morava lá, era fácil conseguir material para testes. Atualmente dependemos dos fabricantes localizados no Brasil e eles na maioria das vezes não querem nos enviar material para testes, mesmo sendo uma divulgação "grátis" para eles. Vai entender.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Zucchini disse:

Na página quatro o chip gráfico da R7 360 é o da R7 370 ou ocorreu um erro de digitação?

 

Capturar11.PNG

Erro de digitação, obrigado por avisar!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Parabéns novamente @Rafael Coelho e equipe CdH pelo teste! Conforme as palavras do @Duda Sgluber, acho também que é difícil bater a 750 Ti no segmento de entrada, mas acho interessante notar que placas de vídeo como a R7 360 tendem a baratear com os novos lançamentos e ajustes de preços. Hoje mesmo vi uma R7 360 da XFX por cerca de 480,00 - e era um modelo que não necessitava de conector de 6 pinos. Não acho que vá demorar muito para a 750 Ti cair para menos de 500,00 também, especialmente se considerarmos a possibilidade da GTX 950 vir a ocupar a posição que hoje pertence à GTX 750 Ti.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, Excelsior disse:

@Gabriel Torres, e o medo deles enviarem um produto para análise e ver que é uma verdadeira bomba, como as inúmeras fontes reprovadas?

Em geral os fabricantes não enviam material da linha "barata", preferem enviar ou as peças topo de linha ou aquelas que se destacam pelo custo/benefício.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito bom o teste, parabéns.
Fui pesquisar sobre a R7 360 e encontrei uma OC Edition (com o Cooler vermelho) com um ótimo valor. Qual é a diferença entre essa e a versão que usaram no teste?

 

Tenho um PC de 2013 com uma placa GT 630, i5-3330 de 3.0, 8Gb de RAM Ddr3 e placa-mãe Asus P8H61-M LE/BR, porém no próximo ano gostaria de dar um upgrade nele. Estou pesquisando alguns itens mais em conta já que acredito que terei de trocar várias peças.

 

Encontrei a R7 na faixa de 430 a 500 reais, enquanto a GTX 750 Ti de 600 a 660. Acredito ser promoção de fim de ano, mas gostei dos valores.

 

Não sei muito do assunto, mas pretendo pesquisar nos sites dos fabricantes as compatibilidades e em comparativos para montar algo com um preço acessível. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Eu comprei uma PcYes R7 360 e até o momento gostei bastante da placa, o valor de quase 200 reais que economizei em relação a 750Ti da Nvidia, deu para comprar um SSD muito útil.

 

Quando atualizei os drivers da Radeon, o meu sistema ja fez um overclock automático, saindo dos 1070mhz para 1500mhz, ele adotou esse como padrão, pode ser porque é uma versão overclock, quanto a isso não sei, pois com o Fan Azul e esse desenho do testado eu nunca usei.

 

A XFX R7 360 que meu cunhado tem não há a necessidade de conexão de pinos de energia, a placa-mãe já alimenta a VGA sozinha.

IMG_0306.JPG

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 27/11/2016 às 22:08, Walisson Fernandes disse:

Muito bom o teste, parabéns.
Fui pesquisar sobre a R7 360 e encontrei uma OC Edition (com o Cooler vermelho) com um ótimo valor. Qual é a diferença entre essa e a versão que usaram no teste?

 

Tenho um PC de 2013 com uma placa GT 630, i5-3330 de 3.0, 8Gb de RAM Ddr3 e placa-mãe Asus P8H61-M LE/BR, porém no próximo ano gostaria de dar um upgrade nele. Estou pesquisando alguns itens mais em conta já que acredito que terei de trocar várias peças.

 

Encontrei a R7 na faixa de 430 a 500 reais, enquanto a GTX 750 Ti de 600 a 660. Acredito ser promoção de fim de ano, mas gostei dos valores.

 

Não sei muito do assunto, mas pretendo pesquisar nos sites dos fabricantes as compatibilidades e em comparativos para montar algo com um preço acessível. 

 

OC significa overclock, ou seja, provavelmente esta versão tem o clock um pouco mais alto.

No site da PCYES diz "a versão OC eleva os clocks ainda mais" mas não diz qual é o clock desta "versão OC".

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 27/11/2016 às 22:08, Walisson Fernandes disse:

Muito bom o teste, parabéns.
Fui pesquisar sobre a R7 360 e encontrei uma OC Edition (com o Cooler vermelho) com um ótimo valor. Qual é a diferença entre essa e a versão que usaram no teste?

 

Tenho um PC de 2013 com uma placa GT 630, i5-3330 de 3.0, 8Gb de RAM Ddr3 e placa-mãe Asus P8H61-M LE/BR, porém no próximo ano gostaria de dar um upgrade nele. Estou pesquisando alguns itens mais em conta já que acredito que terei de trocar várias peças.

 

Encontrei a R7 na faixa de 430 a 500 reais, enquanto a GTX 750 Ti de 600 a 660. Acredito ser promoção de fim de ano, mas gostei dos valores.

 

Não sei muito do assunto, mas pretendo pesquisar nos sites dos fabricantes as compatibilidades e em comparativos para montar algo com um preço acessível. 

 

Man o modelo do teste foi dos primeiros comercializados pela PcYEs, no caso, a série 300 da R7. O FAN/cooler Azul ajuda a identificar as primeiras placas dessa série que nada mais é que uma placa R7 360 fabricada pela HIS (super conhecida na fabricação de placas de video).

 

Os modelos com Cooler Vermelho (O.C - overclock) já são mais recentes, se comparar com as de coolera azul (HIS) ja dá pra ver a diferença e atualmente as placas R7 360 da PcYes vem com um clock de 1070mhz como padrão, um pouco maior do que a versão anterior e podendo fazer um overclock nela. ( eu mesmo estava com um clock de 1200mhz - so para testar kkkk).

 

Estou adorando essa placa, tem drives atuais, tecnologia recente e um custo benefício que me permitiu investir em outros componentes.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×