Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Tecnologia Virtu Universal MVP

       
 67.281 Visualizações    Testes  
 11 comentários

A tecnologia Virtu Universal MVP permite ao usuário combinar o vídeo integrado de um processador Intel com uma placa de vídeo avulsa. Vejamos se esta tecnologia realmente funciona.

Teste da Tecnologia Virtu Universal MVP
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

O Virtu Universal MVP é uma tecnologia baseada em software que está disponível na maioria das placas-mãe baseadas no chipset Intel Z77. Ela oferece dois benefícios, um relacionado à qualidade de imagem e outro relacionado ao desempenho.

Quando um jogo não limita a quantidade de quadros por segundo que a placa de vídeo gera para coincidir com a taxa de atualização do monitor (ou se esta limitação, chamada VSync, foi desabilitada pelo usuário), problemas na imagem, popularmente conhecidas na comunidade de jogos como “artefatos” podem ser gerados na tela. Isto acontece porque enquanto o monitor ainda está desenhando o quadro atual, a placa de vídeo já está enviando a informação do quadro seguinte, e o monitor pode concluir o desenho do quadro atual com informações do quadro seguinte, fazendo com que a imagem fique “quebrada”.  Limitar a quantidade de quadros por segundo que a placa de vídeo gera resolve este problema, mas limita o desempenho do jogo, e os usuários podem perceber que o jogo ficou lento.

A tecnologia Virtu Universal MVP implementa uma tecnologia chamada “Virtual-VSync” que resolve esse problema. Ela permite que a placa de vídeo gere quantos quadros ela puder, mas evitando problemas de “artefatos” na tela.

A tecnologia Virtu Universal MVP também permite ao usuário combinar o vídeo integrado no processador com uma placa de vídeo avulsa, aumentando assim o desempenho em jogos. Este recurso é chamado “HyperFormance”. O seu funcionamento é similar ao das tecnologias Hybrid SLI da NVIDIA e ATI Hybrid da AMD, com a notável diferença de permitir a utilização de chips gráficos e processadores de fabricantes diferentes. Neste teste nós veremos se esta tecnologia realmente funciona e qual é o ganho de desempenho com a sua utilização.

Outros recursos da tecnologia Virtu Universal MVP podem ser encontrados aqui, e uma explicação mais aprofundada de seu funcionamento pode ser encontrada aqui e aqui.

Nós medimos os efeitos da tecnologia Virtu Universal MVP usando quatro placas de vídeo com preços diferentes: Radeon HD 6570 com 512 MB GDDR5, Radeon HD 7750, Radeon HD 7850 e Radeon HD 7950. Nós rodamos quatro jogos em cada placa de vídeo, primeiro com e depois sem o driver Virtu Universal MVP instalado, para ver se havia ganho de desempenho considerável. Nós também medimos o desempenho do chip gráfico do Core i7-3770K para efeitos de comparação.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


é uma otima tecnologia...

mas por que não fizeram teste com placas Nvidia? melhora tambem os desempenho de placas de video Nvidia?

Muito bom o teste :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Valeu pelo teste

Mas vi casos (ocorreu no meu também) que ao usar o virtu, há ganho de desempenho mas há perda de qualidade de imagem... como se voce estivesse usando onboard,

Tenho uma dúvida, é certo que o virtu foi criado para funcionar bem com apenas 1 gpu?

Editado por marcoscl

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

cade os resultados com a 6570?? nao tem em nenhuma tabela, embora vocês tenham marcado que ela tambem foi usada no teste!!

Tambem poderiam pegar uma placa amd como a Asrock A75 Pro4/MVP e comparar os resultados para ver se o ganho de desnepenho e maior nos processadores FM1 do que nos 1155, e compara-las tambem com o modo AMD Dual Graphics para ter uma ideia se o ganho e maior ou menor com uma ou outra tecnologia

Valeu pelo teste

Mas vi casos (ocorreu no meu também) que ao usar o virtu, há ganho de desempenho mas há perda de qualidade de imagem... como se voce estivesse usando onboard,

Tenho uma dúvida, é certo que o virtu foi criado para funcionar bem com apenas 1 gpu?

A virtu nao foi criada para funcionar com uma gpu, nesse caso e recomendado nem instala-lo

Editado por Erich_ET

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Na introdução confundiram tearing com artefatos.

Se o teste é de desempenho em processamento de vídeo porque foi utilizada uma resolução baixa?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mas vi casos (ocorreu no meu também) que ao usar o virtu, há ganho de desempenho mas há perda de qualidade de imagem... como se voce estivesse usando onboard,

E se o aumento no FPS for consequência da perda de qualidade na imagem? Então não há vantagem na Virtu; afinal é uma equação já solucionada há anos pelo menu de configuração de imagem qualquer jogo: placa de vídeo inferior + menor qualidade = maior FPS.

Editado por Staionof
A citação não apareceu como citação

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É uma ótima tecnologia, eu uso o meu 3770k com minha 560ti TFIII fiz testes com BF3 Left 4 Dead 2, Diablo 3 e Unigine Benchmark e os resultados foram totalmente satisfatórios com ganhos de FPS e uma imagem mais fluida já que meu monitor é um de 120hz 1080p e não tive perca na qualidade da imagem.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótima resposta: esclarece a dúvida de muita gente sovre os ganhos possíveis com placas da NVidia. A minha P67 deveria ser provisória até comprar uma z68 como eu queria. Agora o negócioi é pensar em uma Z77.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Na introdução confundiram tearing com artefatos.

Se o teste é de desempenho em processamento de vídeo porque foi utilizada uma resolução baixa?

nao confundiu nao, na verdade chama artefatos mesmo as quebras da imagem causada pela falta de sincronismo entre a a placa de video e monitor

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Pena que é só pra H77 :(

Na verdade essa tecnologia e licenciada pela fabricante de placa-mãe, nao pela intel, então qualquer placa-mãe com saida para video IGP pode ser licenciada para esse recurso, tanto que ja vi placas mae fm1 com essa tecnologia, porém ainda nao vi nenhuma placa-mãe com chipset H77 com essa tecnologia, apenas Z77 e Z68

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×