Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Transformando sua Radeon 9800 Pro em uma Radeon 9800 XT

       
 34.807 Visualizações    Tutoriais  
 0 comentários

Aprenda a transformar sua Radeon 9800 PRO em uma 9800 XT, leia nosso tutorial.

Transformando sua Radeon 9800 Pro em uma Radeon 9800 XT
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Com o lançamento do Radeon 9800 XT, a ATI passou a fabricar o Radeon 9800 Pro usando o mesmo núcleo deste novo chip, chamado R360. Com isto, os chips Radeon 9800 Pro mais novos (núcleo R360) são, na verdade, chips Radeon 9800 XT rodando a um clock inferior. Enquanto o Radeon 9800 Pro roda a 380 MHz e acessa a memória a 340 MHz (680 MHz DDR), o Radeon 9800 XT roda a 412 MHz e acessa a memória a 365 MHz (730 MHz DDR). Como a única diferença entre estes dois chips é o clock do processador gráfico e da memória, é possível transformar uma Radeon 9800 Pro em uma Radeon 9800 XT efetuando um upgrade no BIOS da placa de vídeo, desde que a sua placa use um chip Radeon 9800 Pro com núcleo R360. Este upgrade altera também o registro do modelo, fazendo com que a placa passe a ser identificada como sendo uma Radeon 9800 XT pelo Windows e demais programas. Em nossa coluna de hoje ensinaremos como você pode efetuar esta transformação, economizando uma boa grana.

A primeira coisa que você precisa saber é se o chip da sua Radeon 9800 Pro é do modelo "antigo" (núcleo R350) ou do modelo "novo" (núcleo R360). Somente placas baseadas no modelo novo do chip (R360) podem ser transformadas. Uma dica prática para você identificar qual é o modelo da sua Radeon 9800 Pro é contar o número de chips de memória existente. Se a sua placa tiver 16 chips, então ela usa o núcleo R350 e não pode ser transformada. Se a sua placa tiver 8 chips, significa que ela usa o núcleo R360 e pode ser transformada em uma Radeon 9800 XT usando esta nossa dica.

Antes de efetuar a modificação você pode conferir se ela vai dar certo ou não, efetuando o overclock da sua placa via software (usando o PowerStrip, http://www.entechtaiwan.com/). Configure sua placa para rodar a 412 MHz e a memória a 365 MHz (730 MHz DDR), rode algum programa de teste 3D (como o 3DMark03, http://www.futuremark.com/products/3dmark03/) e veja se a sua placa continua funcionando corretamente. Em caso positivo, pode efetuar o upgrade sem problema. Caso não funcione, você terá de descobrir, com o auxílio do próprio PowerStrip, qual é o clock máximo que a sua placa suporta, e alterar o BIOS com o clock máximo suportado pela sua placa. Falaremos disto mais adiante.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×