Imprimir artigo
Permalink
Entendendo Potência Ativa e Reativa
29/02/2012 às 16h10min por Gabriel Torres em Blog
5.451 visualizações

Recebi isto por email, não sei o autor original, se você souber avise-nos para darmos os devidos créditos..

A Potência Ativa (W) representa a porção líquida do copo, ou seja, a parte que realmente será utilizada para matar a sede. Como na vida nem tudo é perfeito, junto vem uma parte de espuma, representada pela Potência Reativa (VAr). Essa espuma está ocupando lugar no copo, porém não é utilizada para matar a sede. O conteúdo total do copo representa a Potência Aparente (VA). A analogia da cerveja pode ser utilizada para tirarmos algumas conclusões iniciais:

  • Quanto menos espuma tiver no copo, haverá mais cerveja. Da mesma maneira, quanto menos Potência Reativa for consumida, maior será o Fator de Potência.
  • Se um sistema não consome Potência Reativa, possui um Fator de Potência unitário, ou seja, toda a potência drenada da fonte (rede elétrica) é convertida em trabalho.

Então, um TRAFO é uma chopeira, um boteco é uma Subestação, o garçom é uma LD, a AMBEV é uma UHE e sua mulher é a ANEEL!

Entendendo Potência Ativa e Reativa

ÚLTIMOS ARTIGOS
449.473 usuários cadastrados
1.794 usuários on-line