Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Harley Barreto

Ajuda com circuito com gerador/bateria/reversão

Recommended Posts

Então pessoal queria saber como, do jeito mais simples, fazer um motor trabalhar como gerador e motor, fazendo a troca por uma simples chave. Sem fonte de energia externa. O que ele gerar é guardad para fazer ele mesmo girar. Alguém?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

numa visão bem simplória, basta você ligar um motor dc numa bateria e fazer sua fonte mecânica forçá-lo a girar mais rápido do que estava girando.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Não teria como controlar o modo como ele atua? Talvez se eu usar dois motores, um que não possa atuar como gerador - só vai ser utilizado durante um curto período sempre com uma força mecânica atuando. Que motor dc não atua como gerador?

    Os bornes permanecem com os mesmos sinais (+ e -) nas duas funções? e o motor sempre girando no mesmo sentido. Daria pra usar um diodo que permitisse a comutação

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Só precisa ter o motor girando enquanto não há uma fonte (ou seja, tem que haver uma carga) para ele gerar. Então você precisa de um circuito que pegue a saída do motor, aumente/diminua a tensão e carregue a bateria. Ou seja, um conversor DC/DC, boost, buck-boost ou SEPIC. Você vai precisar variar a corrente de saída de modo a manter o gerador girando (uma carga muito alta pode fazer o gerador parar, já que a sua fonte de energia mecânica pode não fornecer o necessário para mantê-lo girando).

     

    PS: Se estiveres pensando em ligar um motor elétrico em outro motor elétrico e fazê-los girar eternamente, adianto que isso é impossível.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    explique melhor o que está se passando na sua cabecinha ou o objetivo do sistema. Penso que todo motor dc pode ser usado como gerador. Preferencialmente aqueles com ímã. Girou, gerou.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Então, a fonte mecânica seria a pedalada. O eixo do motor estaria atuando junto com a coroa da bicicleta. Numa reta por exemplo, sem vento, a pedalada iria carregar a bateria para quando fosse ativada uma chave (numa subida, por exemplo) ele desse uma força a mais... Ainda não sei se compensa pedalar um pouco mais pesado na reta pra poder ter essa ajuda depois, mas é isso

    O circuito que imaginei teriam dois diodos em paralelo (em posições contrarias) entre o positivo da bateria e do motor. E uma chave colocando cada hora um diodo... Não to conseguindo postar a foto

    E desculpem a simplicidade, não entendendo muito de eletrônica

    Editado por Harley Barreto

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    "sua" ideia é boa. Isto é feito em alguns carros elétricos que transformam a freada em energia. Me lembro també de ter visto (há muitos e muitos anos atrás) um caminhão cuja freada era acumulada sob forma de ar comprimido. Outro numa mola espiral. Me lembro vagamente que isso provocava 40% de economia de combustível (sorry. só na minha escassa memória).

     

    Tente acoplar o motor-bateria na roda e dê pedaladas mais rápidas pra carregar a bateria. A princípio nem precisa de circuito. Basta uma chave liga/desliga motor. Agora o trem começa a complicar quando você for querer controle de velocidade, controle de carga, outro tipo de motor, eventualmente algum sistema de embreagem, etc.

    Mas 1ªmente sugiro pesquisar como é a construção de um bicicleta elétrica. Mecânica e elétrica.

    Vão haver muitos obstáculos iniciais. Sugiro não desistir!

     

    sucessos!

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Foi bem numa aula sobre formas de aproveitar energia que pensei nisso, teve esse exemplo dos carros elétricos... Vou procurar, pensei em deixar o motor ali pelo meio da corrente entre o eixo da roda e o cubo Central (onde fica o pedivela/pedal)... Queria algo sem muito controle, tentarei testar fora da bicicleta para ver e obrigado pela ajuda

    Editado por Harley Barreto

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Cara, não consigo postar fotos aqui onde estou, mas existe um motor para bicicletas que é o próprio cubo da roda.

    Dá uma olhada no link para compreenderes o que falo: http://portuguese.alibaba.com/product-gs/24v-36v-48v-electric-bike-motor-e-bicycle-disc-brake-rear-wheel-hub-motor-622753571.html

    Inclusive existem kits prontos para montar uma bike.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Ricardo, já vi esses motores sim. Queria mesmo era a emoção, a experiência de montar algo, colocar em pratica o que eu vim estudando

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    O problema, sem um controlador de carga, vai ser apenas pedalar rápido o suficiente para a tensão do motor subir, fazer os diodos conduzirem e então carregar a bateria.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    De novo essa história de "moto perpétuo" por aqui???? Não é possível, só pode ser mais um troll   :mad:

    Editado por victhor393
    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Acho que entendi victhor, vou tentar ir testando e medindo quanto que eu consigo gerar ao pedalar e ir tentando ajeitar de um.jeito que vá funcionando... Irei procurar um pouco mais sobre esse controlador de tensão, esse conversor DC/DC é o chopper né? Vou ver se consigo entender de vdd a função dele, porque ta meio vago aqui na minha mente kk mas obrigado

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Uma informação que pode ser importante no seu projeto:

     

    Quanto maior for a carga no gerador, maior será o esforço físico que terá que fazer.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Daria sim mas estaria consumindo-a. Tipo assim... numa estimativa BEEEEEMMM otimista, pra você andar 10 minutos só com a bateria, você vai ter que pedalar umas 3 horas pra recuperar estes 10 min, entende? Mais uma comparação: se você descer 1km aproveitando a gravidade pra carregar a bateria, na volta vai subir uns 20m com a energia acumulada. Ou seja, a carga é lenta, a descarga é rápida. Isso com peças que você tem disponíveis no mercado. Este é um dos obstáculos que não devem te fazer desistir hein!!

    Carros elétricos de verdade aproveitam muito mais obviamente devido a alta tecnologia e preço.

    abç

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Ainda não li no tópico sobre a tensão e a corrente do motor ou da bateria que pretende carregar. :confused:

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Seria em torno de 12v e a corrente eu não tenho certeza. Não imagino qual seria a potência necessária pra ter algum efeito real. Não espero usar o motor por muito tempo, seriam alguns minutos... Talvez numa proporção de 1 minuto pra cada 10 pedalados sem auxílio

    Não tenho muito conhecimento de motores, mas o motor quando estiver alimentando a bateria vai estar entre 60~90rpm, quando a bateria o estiver alimentando pode ser que aumente as rpm ou que diminua e tenha um torque maior, qual teria que ser a potência do motor nesse caso?

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Perguntei porque conheci um cara que tava louco (mesmo) pra fazer isto.

    Vários problemas resolvemos ao longo do tempo que trabalhamos juntos,  porém perdemos contato.

    Ficou claro que dá pra aproveitar a energia, porém as perdas da energia  sempre são maiores.

    Porque não compensar as perdas carregando as baterias a  noite ou outra FORMA DE ENERGIA ALTERNATIVA, quando não estiver pedalando?

    Fica claro que só pedalando a vantagem será mínima.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Falando em loucura e fonte de energia "alternativa", uma maneira muito mas muitoooo loca mesmo de carregar uma bateria que certa feita cheguei a fazer é... 1ªmente informo que isso é pra um tipo especial de maluco. Portanto não continue lendo!!!.Puts. mas é curioso hein!!

    -Liguei a bateria em serie com a geladeira!!! é serio!! 12V a menos não faz muita diferença pra ela. Algo como 127-14=113V ela funciona de boa. Claro, há detalhes técnicos ocultos que são meio óbvios que não vêm ao caso no momento mas sim ... fiz isso mesmo!!

    E não faça sem supervisão de um... adulto!!

    abç

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @Isadora Ferraz

    Eu desconfiava que você não era normal! hahaha

     

    Eu já fiz umas doideiras dessa a titulo de experiência, claro.

    Já liguei uma bateria em serie com auto transformadores, mas não de modo convencional. (em serie com o primário 380v)

     

    Já liguei em serie com bobina de motores. (imagina a fumaça bonita e cheirosa de acido sulfúrico.)

     

    Já liguei em serie com indutores com todos os tipos de núcleos e núcleo ar.

     

     

    E não faça sem supervisão de um... adulto!!

    abç

    Imagino que não tinha um *adulto para te supervisionar, por isso você é assim...kkkk

    *Adulto responsável. :P

    Editado por cesardelta1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @cesardelta1 só pra constar... foi loucura consciente (!). Os detalhes ocultos são ponte retificadora, capacitor filtro 30000uF pro caso da partida do motor, resistor pra descarregá-lo quando geladeira desligada, 'zener de potencia'- com 2n3055 - pra v não subir + que 14V e.. acho que só isso. Essa foi a v.0.0.1A

    Na 0.0.1B  coloquei um trafo com secunndário em série com a geladeira e no primário uma fonte chaveada 12v. A intenção era isolar. Mas a indudância do trafo atrapalhava a partida do motor. Coloquei um esquema com relé e tal mas o monstrinho começou a ficar complexo e tive medo dele criar vida. Quem sabe no futuro faço algo, digamos... tecnicamente menos maluco...

     

    ac em série com bat ?... endodei sim mas não tando como você kk.

     

    abç

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×