Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
h1ghland3r

Política de devolução (VGA)

Recommended Posts

Olá, pessoal =)

 

Preciso comprar uma placa de vídeo simples para meu futuro ex-desktop que irei dar para um membro da família. Pelos beeps emitidos no computador, tudo leva a crer que a placa de vídeo morreu de velha.Cheguei a testar diferentes pentes de memória (até novos). Infelizmente não tenho outro amigo/colega/familiar com placa de vídeo para pedir emprestado e testar. =(

 

Então vem minha dúvida, é possível comprar, testar, e caso não seja o problema, efetuar a devolução do produto de acordo com o CDC?

Sei que isso funciona com eletrônicos no geral. Mas lendo a política do Kabum por exemplo, ele só aceitam devolução por arrependimento se a caixa não estiver aberta.

 

Reitero que não estou querendo agir de má fé. 

 

Agradeço bastante quem puder me ajudar com suas experiências.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Uai tira era e se o pc ligar quer dizer que ela morreu '-'

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Olá,

 

me desculpe a franqueza mas comprar um produto só para testar e depois devolver, é agir de má fé.

 

Você tem que retirar a placa de vídeo e testar a sua configuração de hardware para identificar possíveis problemas.

 

Se você não tem conhecimento técnico para isso, não adianta ficar tentando adivinhar o problema, leve seu PC para um técnico de confiança e peça uma avaliação e, se for o caso, um orçamento, você não vai pagar caro por isso. Também pergunte quais as placas de vídeo compatíveis com a sua configuração.

 

Com esta avaliação, você irá saber se o problema é com a sua configuração ou só com a sua placa de vídeo, e a partir daí, poderá decidir se vale a pena fazer um upgrade na sua máquina.

 

Esse é um dos melhores caminhos.

 

Valeu.

Editado por Ricardo Custódio
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Uai tira era e se o pc ligar quer dizer que ela morreu '-'

     

    A motherboard não tem video onboard.

     

    Olá,

     

    me desculpe a franqueza mas comprar um produto só para testar e depois devolver, é agir de má fé.

     

    Você tem que retirar a placa de vídeo e testar a sua configuração de hardware para identificar possíveis problemas.

     

    Se você não tem conhecimento técnico para isso, não adianta ficar tentando adivinhar o problema, leve seu PC para um técnico de confiança e peça uma avaliação e, se for o caso, um orçamento, você não vai pagar caro por isso. Também pergunte quais as placas de vídeo compatíveis com a sua configuração.

     

    Com esta avaliação, você irá saber se o problema é com a sua configuração ou só com a sua placa de vídeo, e a partir daí, poderá decidir se vale a pena fazer um upgrade na sua máquina.

     

    Esse é um dos melhores caminhos.

     

    Valeu.

     

    Tenho conhecimento, só não tenho possibilidade de arranjar uma placa para testar. Consegui memórias novas e testei com um amigo que recém tinha comprado, mas o beep continua. E pela indicação da mobo, é sinal de vídeo. Não tenho toda a certeza, mas como disse, provavelmente é placa de vídeo.

     

    Por que é agir de má fé se está dentro da artigo da lei a desistência por arrependimento? Minha dúvida é se o CDC se aplica também a produtos de informática.

     

    No meu entendimento, má fé era comprar uma VGA de 2000 reais, overclockar, fazer altos benchmarkings e devolver no 7º dia dizendo que não gostou. Só irei testar, se funcionar, ficarei com o produto.

     

    -----------------------------

     

    Dúvida respondida, para artigos de informática, as lojas não aceitam se a embalagem estiver aberta.

    Pode fechar, moderação. Obrigado!

    Editado por h1ghland3r

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    CDC (Código de Defesa do Consumidor)

     

    Boa tarde h1ghland3r.

     

    Agir de má fé, no meu entendimento, não é a utilização do produto em si, se você só vai testar ou estressar o uso da placa de vídeo, mas a intenção com que você fez a compra. Esta é a minha opinião, minha intenção não foi te ofender, se você pensa diferente, está no seu direito, vai da consciência de cada um.

     

    Só uma pergunta. Se você pode consultar um técnico para testar sua máquina, por que agir dessa maneira?

     

    Respondendo a sua pergunta.

     

    Você pode exercer o direito de arrependimento com produtos de informática também, mas esse direito não se aplica nas compras realizadas em lojas físicas. Mas a maioria das lojas, contrariando a lei, exigem que a embalagem do produto não esteja violada.

     

    No seu caso, se você quiser exercer seu direito de arrependimento, a lei não exige que o comprador explique porque desistiu da compra, e o vendedor não tem outra opção que não seja a imediata devolução do valor pago. O problema é que a maioria das lojas não agem desta maneira, sem falar que a maioria das lojas não vão querer arcar com os custos de devolução e/ou reenvio.

     

    Texto abaixo retirado do site: Poder Judiciário da União - Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios.

    Leia o texto completo:

     

    http://www.tjdft.jus.br/institucional/imprensa/direito-fácil/direito-ao-arrependimento-de-compra

     

           "Quando um produto for comprado fora do estabelecimento comercial, por exemplo, por telefone ou internet, o Código de Defesa do Consumidor garante o direito de arrependimento, conforme artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor:

            Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

            Parágrafo único. Se o consumidor exercitar o direito de arrependimento previsto neste artigo, os valores eventualmente pagos, a qualquer título, durante o prazo de reflexão, serão devolvidos, de imediato, monetariamente atualizados.

            Caso a pessoa queira exercer seu direito de arrependimento a lei não exige que o comprador explique porque desistiu da compra, e o vendedor não tem outra opção que não seja a imediata devolução do valor pago.

             Muitos estabelecimentos comerciais, contrariando a lei, exigem, para efetuar a desistência, que o produto esteja lacrado ou na embalagem, mas não é isso que diz o CDC, que garante que o direito à desistência da compra ocorre sobre o produto e não sobre a embalagem ou caixa.

             Quanto à desistência de compras realizadas na própria loja ou estabelecimento comercial, não há disposição legal que regule essa situação ou obrigue o vendedor a efetivar a devolução, salvo se o produto apresentar defeitos ou danos."

     

    Só para terminar:

     

    Comprar um produto só para testar, não se enquadra juridicamente no direito de arrependimento na compra de um produto.

     

    Se você quer entender os seus direitos, leia!!!

     

    Retirado do Blog: Consultor Jurídico - conjur.com.br

     

    “Marketing agressivo

    Nem toda compra pela internet está sujeita ao direito de arrependimento”

    21 de fevereiro de 2015, 9h38

    Por Felipe Caputti

     

    http://www.conjur.com.br/2015-fev-21/direito-arrependimento-nao-vale-toda-compra-internet

     

    Valeu.

    Editado por Ricardo Custódio

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • CDC (Código de Defesa do Consumidor)

     

    Boa tarde h1ghland3r.

     

    Agir de má fé, no meu entendimento, não é a utilização do produto em si, se você só vai testar ou estressar o uso da placa de vídeo, mas a intenção com que você fez a compra. Esta é a minha opinião, minha intenção não foi te ofender, se você pensa diferente, está no seu direito, vai da consciência de cada um.

     

    Só uma pergunta. Se você pode consultar um técnico para testar sua máquina, por que agir dessa maneira?

     

    Respondendo a sua pergunta.

     

    Você pode exercer o direito de arrependimento com produtos de informática também, mas esse direito não se aplica nas compras realizadas em lojas físicas. Mas a maioria das lojas, contrariando a lei, exigem que a embalagem do produto não esteja violada.

     

    No seu caso, se você quiser exercer seu direito de arrependimento, a lei não exige que o comprador explique porque desistiu da compra, e o vendedor não tem outra opção que não seja a imediata devolução do valor pago. O problema é que a maioria das lojas não agem desta maneira, sem falar que a maioria das lojas não vão querer arcar com os custos de devolução e/ou reenvio.

     

    Texto abaixo retirado do site: Poder Judiciário da União - Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios.

    Leia o texto completo:

     

    http://www.tjdft.jus.br/institucional/imprensa/direito-fácil/direito-ao-arrependimento-de-compra

     

           "Quando um produto for comprado fora do estabelecimento comercial, por exemplo, por telefone ou internet, o Código de Defesa do Consumidor garante o direito de arrependimento, conforme artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor:

            Art. 49. O consumidor pode desistir do contrato, no prazo de 7 dias a contar de sua assinatura ou do ato de recebimento do produto ou serviço, sempre que a contratação de fornecimento de produtos e serviços ocorrer fora do estabelecimento comercial, especialmente por telefone ou a domicílio.

            Parágrafo único. Se o consumidor exercitar o direito de arrependimento previsto neste artigo, os valores eventualmente pagos, a qualquer título, durante o prazo de reflexão, serão devolvidos, de imediato, monetariamente atualizados.

            Caso a pessoa queira exercer seu direito de arrependimento a lei não exige que o comprador explique porque desistiu da compra, e o vendedor não tem outra opção que não seja a imediata devolução do valor pago.

             Muitos estabelecimentos comerciais, contrariando a lei, exigem, para efetuar a desistência, que o produto esteja lacrado ou na embalagem, mas não é isso que diz o CDC, que garante que o direito à desistência da compra ocorre sobre o produto e não sobre a embalagem ou caixa.

             Quanto à desistência de compras realizadas na própria loja ou estabelecimento comercial, não há disposição legal que regule essa situação ou obrigue o vendedor a efetivar a devolução, salvo se o produto apresentar defeitos ou danos."

     

    Só para terminar:

     

    Comprar um produto só para testar, não se enquadra juridicamente no direito de arrependimento na compra de um produto.

     

    Se você quer entender os seus direitos, leia!!!

     

    Retirado do Blog: Consultor Jurídico - conjur.com.br

     

    “Marketing agressivo

    Nem toda compra pela internet está sujeita ao direito de arrependimento”

    21 de fevereiro de 2015, 9h38

    Por Felipe Caputti

     

    http://www.conjur.com.br/2015-fev-21/direito-arrependimento-nao-vale-toda-compra-internet

     

    Valeu.

     

    "Só uma pergunta. Se você pode consultar um técnico para testar sua máquina, por que agir dessa maneira?"

    Numa loja que consultei, eles me cobrariam o valor de um orçamento, de R$ 50 a R$ 100. 

     

    "Muitos estabelecimentos comerciais, contrariando a lei, exigem, para efetuar a desistência, que o produto esteja lacrado ou na embalagem, mas não é isso que diz o CDC, que garante que o direito à desistência da compra ocorre sobre o produto e não sobre a embalagem ou caixa."

    Sobre o texto do artigo, como eu disse antes, eu já sabia que para eletrônicos em geral você só devolve e pronto. Mas as três lojas de informática virtuais que consultei no atendimento online informaram que não aceitam com a embalagem aberta. Enfim, não vale a dor de cabeça. Melhor deixar o computador parado até aparecer uma placa de vídeo para que eu possa testar, o computador não seria pra mim mesmo.

     

    "Comprar um produto só para testar, não se enquadra juridicamente no direito de arrependimento na compra de um produto."

    Por quê? Somente quero entender sua interpretação. Li os dois sites, e entendi o exemplo do segundo quando nem todo bem é válido para o arrependimento.

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    O argumento apresentado é ridículo.

    Não há qualquer justificativa para comprar algo para testar PORQUE há reviews disponíveis. 

     

    Independente do que diz a lei, existe a boa fé, e a ma fé. 

     

    Dito isso, você pode sim comprar algo, se decepcionar com o desempenho, e devolver. isso não é ma fé.

    Ma fé é comprar já sabendo que vai devolver. 

    Se não fosse ma fé o Clube do Hardware não teria que PEDIR peças para testar malandro! Bastaria comprar, testar e devolver. Mas não fazem isso!

     

    Teste a VGA em outro lugar! coisa simples desta...

    Editado por RatusNatus
    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×