Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Nihal

Fonte modular 450W

Recommended Posts

Montei uma nova configuração em Dezembro e acabei pegando uma Corsair CX 430 em uma promoção, já pensando em usá-la um pouquinho enquanto procuro uma fonte melhor para então revendê-la.

 

É uma boa fonte, com seus poréns. Sua temperatura ideal de operação é de 30ºC, portanto já está fora do padrão já devido à temperatura ambiente superior que isso agora no verão. Preciso de algo entre 400W e 450W com o mínimo temperatura de operação de 40ºC, idealmente com um range total de 50ºC.

 

Fora isso tenho um gabinete mITX. Uma fonte cheia de cabos supérfluos não me faz nenhum favor, preciso de uma modular ou semi:

 

tumblr_ojo5ppWCyn1upjmufo2_r1_1280.jpg

Não uso nem metade destes cabos!

 

Orçamento: Até R$ 300. Apesar do gabinete não precisa ser uma fonte SFX (obviamente).

 

Uma que se encaixa bem no orçamento é a Corsair CX450M, que já tem temperatura ideal de operação de 40ºC e é semi modular. Eu adoraria ouvir outras sugestões.

Editado por Nihal
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Taí uma boa escolha.

 

Sua opção ideal continua sendo a Corsair SF450, mas infelizmente ela sai mais de 500 reais...

 

A WAZ também tem para pré-venda a ST-30SF V2.0 da SilverStone, que é uma fonte SFX12V de menor potência e com menos cabos, embora não seja modular. Mas quando coloquei meu CEP lá para testar, eles pedem um prazo de entrega de 60 dias úteis!!!!

 

Uma outra opção, já no padrão ATX12V, é a Cooler Master G450M, que tem na Kabum por 271 reais. Mas ela leva desvantagem em relação à fonte da Corsair pois apesar de também ser modular, tem o cabo de alimentação para VGAs fixo (e a RX460 não usa esses conectores).

 

Eu não sou um grande fã da CX450M e acho que ela perde para a G450M em outros aspectos, mas considerando-se a quantidade de cabos, acho que é melhor ficar com a CX450M mesmo. Ainda assim, ela é muito mais fonte do que a CX430.

 

Edit: só para referência para quem está lendo o tópico não ficar boiando, a config é essa aqui:

 

i5 6600

Gigabyte GA-H170N-Wifi

Fonte Corsair CX430 (sujeita à mudanças)

16GB Corsair Vengeance DDR4 RAM

PowerColor RX 460 4GB

SSD OCZ 120GB

HD Seagate 2TB (externo)

Watercooler Maelstrom 120T (aquisição futura)

 

 

Editado por Internet
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • @Internet Eu vi essa Silverstone, só não notei que era pré venda! Uma fonte de apenas 300W me deixa ansiosa, então já havia a descartado por isso. Credo, por 60 dias úteis vale mais à pena tentar encontrar a fonte na Amazon. :D

     

    Obrigada por indicar essa CoolerMaster. Eu havia a ignorado por ser... bem... Uma CoolerMaster, mas agora que estou lendo sobre ela parece decente. Ela tem um range de temperatura pequeno, 40ºC máximo (mas se for parecida com a 550 se sai bem acima disso). A garantia impressiona, 5 anos. Ela tem 14x15cm, que é o que estou procurando.

     

    O problema da CX450M é que se ela for parecida com uma CX600M de um review que li o OTP entra em ação aos 46ºC. É uma temperatura mais baixa que a suportada pela CX430 que estou usando, não faz sentido. Entre a Corsair e a CoolerMaster acho que estou pendendo para a CM também. Só falta me livrar da implicância com as fontes da marca.

     

    Outras opções com as quais topei mas não são lá ideais:

    Zalman ZM550-XG

    Aparentemente é uma boa fonte, semi modular (2xconectores PCIe não removíveis). Custa R$350, 50 acima do orçamento. Contra: Range máximo de operação 0~40ºC, maior que 14x15cm.

     

    XFX 650W XTR

    Excelente qualidade, full modular, eficiência testada aos 40ºC, e está mais barata que a fonte de menor potência dessa linha modular da XFX, a 550W. Contras: Um pouco maior que 14x15cm, custa R$499, esgotada.

     

    Editado por Nihal

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    3 horas atrás, Nihal disse:

    Eu vi essa Silverstone, só não notei que era pré venda! Uma fonte de apenas 300W me deixa ansiosa, então já havia a descartado por isso.

     

    Não tem porque. Sua configuração não demanda mais do que ~180 W da fonte. São 65 W do processador, mais uns 5 a 6 W do VRM da placa-mãe, mais 75 W da placa de vídeo, mais 5 W de memória, mais 5 W da placa-mãe,para alimentar o chipset e  o restante dos circuitos mais não mais do que 10 W do HD externo, mais 3 W do SSD, mais 10 W do WC...


     

    3 horas atrás, Nihal disse:

    A garantia impressiona, 5 anos. Ela tem 14x15cm, que é o que estou procurando.

     

    Ao que me parece, porém, não vale por aqui. Só a garantia padrão de 1 ano da loja, ao que me parece, a Cooler Master não tem uma representação formal por aqui nem faz RMA para o exterior.

     

    3 horas atrás, Nihal disse:

    Ela tem 14x15cm, que é o que estou procurando.

     

    São as mesmas dimensões da CX450M.

     

    3 horas atrás, Nihal disse:

    O problema da CX450M é que se ela for parecida com uma CX600M de um review que li o OTP entra em ação aos 46ºC.

     

    Não é. A CX450M é uma fonte totalmente diferente da CX600M. Ela usa uma plataforma diferente das CWT DSAII usada na CX600M. Ao invés disso, é um projeto customizado pela Corsair, com retificadores síncronos e conversão DC-DC no secundário, e com temperatura de operação de 40º C ao invés dos 30º C da CX600M. É melhor se guiar por este review aqui da CX650M no Tom's Hardware. Por isso que eu disse que a CX450M é mais fonte que a CX430 (que usa a mesma plataforma da CX600M).

     

    Uma outra coisa que você tem que ter em conta é que apesar de você talvez estar com uma temperatura mais alta de operação, isso não é necessariamente um problema. Por que? Porque você está com uma configuração que demanda muito, mas muito menos do que a potência da fonte. Essa questão da temperatura é mais um problema se você começar a demandar algo em torno de 60% quando ela é rotulada a 30º C. Quando ela é rotulada a 40º C, há uma tolerância ainda maior. A 50º C (como seria com uma Corsair SF), nem teria com o que se preocupar.
     

    3 horas atrás, Nihal disse:

    Entre a Corsair e a CoolerMaster acho que estou pendendo para a CM também. Só falta me livrar da implicância com as fontes da marca

     

    A questão da Cooler Master é que eles têm linhas boas, linhas medíocres e linhas ruins mesmo. A nata boa deles são as GM, as New GX (CM Storm Edition) e as V850, V1000 e V1200 Platinum. Do restante, acho melhor evitar mesmo. Bom, para ser franco, tem fontes da Corsair que também não indico mais a essa altura do campeonato não, embora considere que são fontes OK.

     

     

    3 horas atrás, Nihal disse:

    Outras opções com as quais topei mas não são lá ideais:

    Zalman ZM550-XG

    Aparentemente é uma boa fonte, semi modular (2xconectores PCIe não removíveis). Custa R$350, 50 acima do orçamento. Contra: Range máximo de operação 0~40ºC, maior que 14x15cm.

     

    Na verdade são 2 cabos PCI-E com dois conectores cada.

     

    Ela é uma boa fonte, mas não é para o seu caso. Ainda mais por conta da alta potência.

     

    3 horas atrás, Nihal disse:

    XFX 650W XTR

    Excelente qualidade, full modular, eficiência testada aos 40ºC, e está mais barata que a fonte de menor potência dessa linha modular da XFX, a 550W. Contras: Um pouco maior que 14x15cm, custa R$499, esgotada.

     

    Isso não compensa de forma alguma, além do exagero de potência, por 19 reais a mais tem a Corsair SF450.

     

    Dentro do limite de 300 reais, eu ainda ficaria com a CX450M. Um cabo PCI-E a mais fazendo absolutamente nada não compensa. Citei a G450M apenas por fins comparativos, é uma boa fonte, mas não me parece vantagem neste caso. :)

     

    Mas para ser bem sincero, a CX450M tem sim um contra: tempo de hold-up baixo. Essa fonte utiliza um capacitor de 180 uF no primário, o que é insuficiente para aguentar os 17 ms sem alimentação a 100% de potência em caso de queda na energia. Mas isso não é um problema para se preocupar na prática, mas eu costumo levar isso em conta na maioria das indicações.

    Editado por Internet
    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 10 horas atrás, Internet disse:

    Não tem porque. Sua configuração não demanda mais do que ~180 W da fonte. São 65 W do processador, mais uns 5 a 6 W do VRM da placa-mãe, mais 75 W da placa de vídeo, mais 5 W de memória, mais 5 W da placa-mãe,para alimentar o chipset e  o restante dos circuitos mais não mais do que 10 W do HD externo, mais 3 W do SSD, mais 10 W do WC...

     

    200W em load. Quero uma margem de segurança larga contra o desgaste dos componentes da fonte e queda de eficiência por temperatura, e um pouquinho de potência extra para um pequeno upgrade futuro de vídeo.

     

    10 horas atrás, Internet disse:

    Ao que me parece, porém, não vale por aqui. Só a garantia padrão de 1 ano da loja, ao que me parece, a Cooler Master não tem uma representação formal por aqui nem faz RMA para o exterior.

     

    A garantia para o Brasil é a mesma, e se o fabricante oferece 5 anos a loja deve cumprir a mesma garantia, está no CDC. Eles tentarão te convencer do contrário, é claro. A CM já tem representante por aqui, tem até página no ReclameAqui, então dá para entrar em contato diretamente com eles também.

     

    10 horas atrás, Internet disse:

    São as mesmas dimensões da CX450M.

     

    Yep. E da CX430. Não é o caso de muitas fontes modulares, já vi umas com até 18x15cm. Um punhado de empresas ainda consideram as modulares um luxo, então só fazem com potências altas e tacam fans maiores que 120mm.

     

    10 horas atrás, Internet disse:

    Não é. A CX450M é uma fonte totalmente diferente da CX600M. Ela usa uma plataforma diferente das CWT DSAII usada na CX600M. Ao invés disso, é um projeto customizado pela Corsair, com retificadores síncronos e conversão DC-DC no secundário, e com temperatura de operação de 40º C ao invés dos 30º C da CX600M. É melhor se guiar por este review aqui da CX650M no Tom's Hardware. Por isso que eu disse que a CX450M é mais fonte que a CX430 (que usa a mesma plataforma da CX600M).

     

    Uma outra coisa que você tem que ter em conta é que apesar de você talvez estar com uma temperatura mais alta de operação, isso não é necessariamente um problema. Por que? Porque você está com uma configuração que demanda muito, mas muito menos do que a potência da fonte. Essa questão da temperatura é mais um problema se você começar a demandar algo em torno de 60% quando ela é rotulada a 30º C. Quando ela é rotulada a 40º C, há uma tolerância ainda maior. A 50º C (como seria com uma Corsair SF), nem teria com o que se preocupar.

     

    Verdade! Esqueci que as com final 50 são as novas. A CX430 que comprei já é v2, ela tem OTP bem mais alto e também é mais fonte que a CX430 original. As CX antigas eram as que tinham OTP de 40 e poucos graus, e é o OTP que me preocupa. A queda em eficiência em temperaturas altas é mínima, mas essas com eficiência comprovada à 30ºC eram testadas assim imagino que pelo OTP baixo, não pela eficiência. Só não atualizaram esse rótulo na v2.

     

    O ar dentro do meu gabinete não chega a ser tão quente, mas OTP na faixa dos 40ºC é muito próximo da máxima que registrei para que me sinta confortável. Darei uma olhada nesse review. Não consegui encontrar um da 450 com esse tipo de detalhe ainda.

     

    10 horas atrás, Internet disse:

    Na verdade são 2 cabos PCI-E com dois conectores cada.

     

    Cabos, sim. Meu cérebro já estava derretendo de ler tanto review. :D

     

    Nesse caso a CX450M volta à liderança. Fora poder me livrar do cabo pci, pelo que agradeço imensamente, tem suporte decente (decente=te respondem) no Brasil. As outras foram citadas apenas para ampliar a lista com opções de backup. São exageradas, grandes e caras.

     

     

     

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    2 horas atrás, Nihal disse:

     

    200W em load. Quero uma margem de segurança larga contra o desgaste dos componentes da fonte e queda de eficiência por temperatura, e um pouquinho de potência extra para um pequeno upgrade futuro de vídeo.

     

     

    Essas margens de segurança são inúteis. A durabilidade da fonte tem mais a ver com a qualidade da construção da fonte em si do que com o quanto você puxa dela. Eu nos meus cálculos só uso elas se a fonte for rotulada a menos de 50º C.

     

    Quanto a esses "futuros upgrades", dá para dizer o mesmo. Raramente vejo upgrades exigindo acima do que a fonte fornece de potência. É incomum uma configuração comum com uma VGA single e CPU em stock demandar mais do que 400 W, muitas vezes nem chegam a 300 W.

     

    Citação

     

    A garantia para o Brasil é a mesma, e se o fabricante oferece 5 anos a loja deve cumprir a mesma garantia, está no CDC. Eles tentarão te convencer do contrário, é claro. A CM já tem representante por aqui, tem até página no ReclameAqui, então dá para entrar em contato diretamente com eles também.

     

    Tenho entendido que a loja oferece 1 ano de garantia nesses casos, e que além disso, é de responsabilidade do fabricante, caso tenha representação formal. Obrigado pelas infos, não sabia que eles tinham um convênio para resolver as coisas por aqui... O site da CM tem algumas informações, se for útil.

     

    Coloco isso até porque recentemente apareceu um caso bem chato aqui no fórum à respeito:

     

    Citação

    Yep. E da CX430. Não é o caso de muitas fontes modulares, já vi umas com até 18x15cm.

     

    Errrr... Nem sempre é tão simples compactar uma fonte.

     

    Citação

     Um punhado de empresas ainda consideram as modulares um luxo, então só fazem com potências altas

     

    É que no geral fontes de maior potência também possuem uma quantidade bem maior de cabos. Daí faz mais sentido torná-los removíveis. Além disso, há um custo maior com elas, já que isso implica na adição de mais um PCB, em produção de cabos e conectores customizados...

     

    Citação

    e tacam fans maiores que 120mm.

     

    Ventoinhas maiores não são necessariamente ruins. Pelo contrário, elas têm a vantagem de poder rodar em uma velocidade menor, o que ajuda em termos de silêncio.

     

    Citação

     

    Verdade! Esqueci que as com final 50 são as novas. A CX430 que comprei já é v2, ela tem OTP bem mais alto e também é mais fonte que a CX430 original.

     

    As CX antigas eram as que tinham OTP de 40 e poucos graus, e é o OTP que me preocupa. A queda em eficiência em temperaturas altas é mínima, mas essas com eficiência comprovada à 30ºC eram testadas assim imagino que pelo OTP baixo, não pela eficiência. Só não atualizaram esse rótulo na v2.

     

    Não, a CX430 atual ainda guarda muita semelhança com a CX430 original. Na verdade o que a Corsair fez foi aumentar a capacidade da linha de +12 V. Mas os limites de temperatura ainda são os mesmos. Ela pode funcionar a 40, 45º C, até mesmo entregando a sua potência máxima, mas isso não é recomendado. A questão da configuração do OTP é um tanto relativa nesse sentido, e pode até ter sido deixado mais alto de propósito para evitar que a fonte desligasse e acabasse passando uma impressão ruim para quem lê os reviews. Além disso, o OTP não é acionado exclusivamente por conta do intake, também depende de quanto esteja sendo fornecido de potência e até mesmo da tensão de entrada. Isso tem um tanto a ver com eficiência, quando a fonte opera em uma eficiência mais baixa, há uma propensão maior ao aquecimento, e se o secundário dela atingir uma determinada temperatura (que pode ser lá na casa dos 105º C, ou 130º C, ou até mais, a depender da fonte), aí sim o OTP é acionado e a fonte desliga (isso em fontes que possuem OTP).

     

    Citação

     

    O ar dentro do meu gabinete não chega a ser tão quente, mas OTP na faixa dos 40ºC é muito próximo da máxima que registrei para que me sinta confortável. Darei uma olhada nesse review. Não consegui encontrar um da 450 com esse tipo de detalhe ainda.

     

    Tem este review mais simples em neerlandês no Tweakers.net. Se preferir, você pode recorrer ao tradutor do Google. Aliás, é muito engraçado como o Google faz as traduções do neerlandês.

     

    Citação

    Cabos, sim. Meu cérebro já estava derretendo de ler tanto review. :D

     

    Nesse caso a CX450M volta à liderança. Fora poder me livrar do cabo pci, pelo que agradeço imensamente, tem suporte decente (decente=te respondem) no Brasil. As outras foram citadas apenas para ampliar a lista com opções de backup. São exageradas, grandes e caras.

     

     

    Ratifico o voto a favor da CX450M.

    Editado por Internet

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 1 hora atrás, Internet disse:

    Essas margens de segurança são inúteis. A durabilidade da fonte tem mais a ver com a qualidade da construção da fonte em si do que com o quanto você puxa dela. Eu nos meus cálculos só uso elas se a fonte for rotulada a menos de 50º C.

     

    Quanto a esses "futuros upgrades", dá para dizer o mesmo. Raramente vejo upgrades exigindo acima do que a fonte fornece de potência. É incomum uma configuração comum com uma VGA single e CPU em stock demandar mais do que 400 W, muitas vezes nem chegam a 300 W.

     

    A margem não se refere à quanto puxo da fonte, mas à perda de eficiência com o desgaste do dia-a-dia, ainda mais sendo uma fonte que fica no topo no gabinete, puxando ar quente do sistema. A CX450M é 0-40ºC, por isso a cautela.

     

    Alguns dos possíveis upgrades futuros que considero passariam de 300W sim. De qualquer forma não há modular de 300W, o mais perto é a SFX, que não ajuda à reduzir o número de cabos e só estará disponível lá pelo meio do ano.

     

    1 hora atrás, Internet disse:

    Errrr... Nem sempre é tão simples compactar uma fonte.

     

    É que no geral fontes de maior potência também possuem uma quantidade bem maior de cabos. Daí faz mais sentido torná-los removíveis. Além disso, há um custo maior com elas, já que isso implica na adição de mais um PCB, em produção de cabos e conectores customizados...

     

    Ventoinhas maiores não são necessariamente ruins. Pelo contrário, elas têm a vantagem de poder rodar em uma velocidade menor, o que ajuda em termos de silêncio.

     

    Sei que não é simples, não estou reclamando. Por isso ser compacta como a CX430 é ponto positivo. E não tenho nada contra fans grandes, até acho vantajosos. Se eu tivesse um gabinete maior ficaria feliz em com uma fonte maior deste tipo.

     

    1 hora atrás, Internet disse:

    Não, a CX430 atual ainda guarda muita semelhança com a CX430 original. Na verdade o que a Corsair fez foi aumentar a capacidade da linha de +12 V. Mas os limites de temperatura ainda são os mesmos. Ela pode funcionar a 40, 45º C, até mesmo entregando a sua potência máxima, mas isso não é recomendado. A questão da configuração do OTP é um tanto relativa nesse sentido, e pode até ter sido deixado mais alto de propósito para evitar que a fonte desligasse e acabasse passando uma impressão ruim para quem lê os reviews. Além disso, o OTP não é acionado exclusivamente por conta do intake, também depende de quanto esteja sendo fornecido de potência e até mesmo da tensão de entrada. Isso tem um tanto a ver com eficiência, quando a fonte opera em uma eficiência mais baixa, há uma propensão maior ao aquecimento, e se o secundário dela atingir uma determinada temperatura (que pode ser lá na casa dos 105º C, ou 130º C, ou até mais, a depender da fonte), aí sim o OTP é acionado e a fonte desliga (isso em fontes que possuem OTP).

     

    Tem este review mais simples em neerlandês no Tweakers.net. Se preferir, você pode recorrer ao tradutor do Google. Aliás, é muito engraçado como o Google faz as traduções do neerlandês.

     

    Os reviews da CX430 v2 e daquela CM não as colocou muito distantes. Ambas são decentes para uso comum, mas têm seus pontos negativos (e se lembro bem capacitores duvidosos na linha secundária hahah).

     

    Eu vi esse review da 450! "Latest Food" hahahah.

     

     

    Gostaria da sua opinião sobre um problema que estou tendo: Minha placa de vídeo crasha aleatoriamente em idle. Na verdade ela deixa de ser detectada e o Windows congela. É aquela RX 460 alimentada apenas pelo PCI.

     

    Acho extremamente improvável que seja fonte, pois ela crasha em idle, não em full load, e não crasha sem driver instalado. Tampouco são as temperaturas. Me parece ser má combinação do driver com a BIOS, ou talvez algum problema com a placa-mãe em si. Mas caso haja a remota possibilidade de ser a fonte eu adiantaria a compra da nova para testar. O que acha?

    Editado por Nihal
    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    45 minutos atrás, Nihal disse:

     

    A margem não se refere à quanto puxo da fonte, mas à perda de eficiência com o desgaste do dia-a-dia, ainda mais sendo uma fonte que fica no topo no gabinete, puxando ar quente do sistema. A CX450M é 0-40ºC, por isso a cautela.

     

    Francamente, não acho que isso seja algo para se preocupar se a fonte for minimamente decente. De fato, existe esse desgaste da fonte, mas em boas fontes, isso só vai ser problema a longo prazo (e acho meio difícil que a Corsair dê 5 anos de garantia nisso aí sem ter certeza de que a coisa aguenta o tranco mesmo).

     

    Agora, se for pela eficiência...

     

    45 minutos atrás, Nihal disse:

     

    Alguns dos possíveis upgrades futuros que considero passariam de 300W sim.

     

    Boa sorte tentando, vai precisar. :P

     

    45 minutos atrás, Nihal disse:

    Os reviews da CX430 v2 e daquela CM não as colocou muito distantes. Ambas são decentes para uso comum, mas têm seus pontos negativos (e se lembro bem capacitores duvidosos na linha secundária hahah).

     

    Não vá só pelo scoring (e aliás, ainda estou para ver algum sistema de notas que preste). Os projeto da GM (e da CX-M, que de certa forma é uma concorrente) é um projeto bem mais moderno do que o usado na CX.

     

    Quanto aos capacitores, bom, fontes de baixo custo quase sempre vão usar capacitores chineses mesmo. Mas eles não são necessariamente ruins. Até porque mais importante que a marca do capacitor, é o dimensionamento correto deles. Não adianta nada usar um capacitor japonês no primário, como muitas fontes por aí fazem, e quando chega em um teste de hold-up, essas fontes simplesmente falham, porque para compensar o custo do capacitor japonês, o pessoal vai e coloca um capacitor com uma capacitância abaixo do necessário.

     

    45 minutos atrás, Nihal disse:

     

    Eu vi esse review da 450! "Latest Food" hahahah.

     

     

    Gostaria da sua opinião sobre um problema que estou tendo: Minha placa de vídeo fica crashando em idle. Na verdade ela deixa de ser detectada e o Windows congela. É aquela RX 460 alimentada apenas pelo PCI.

     

    Acho extremamente improvável que seja fonte, pois ela crasha em idle, não em full load, e não crasha sem driver instalado. Tampouco são as temperaturas. Me parece ser interação do driver com a BIOS, ou talvez algum problema com a placa-mãe em si. Mas caso haja a remota possibilidade de ser a fonte eu adiantaria a compra da nova para testar. O que acha?

     

    Não me parece fonte. Ou é mau contato da VGA no slot ou você foi sorteada.

     

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 7 horas atrás, Internet disse:

    Não vá só pelo scoring (e aliás, ainda estou para ver algum sistema de notas que preste). Os projeto da GM (e da CX-M, que de certa forma é uma concorrente) é um projeto bem mais moderno do que o usado na CX.

     

    Não fui pelo scoring, fui pelos testes e avaliação dos componentes mesmo. De qualquer forma decidido! Peguei a Corsair mesmo. Obrigada pela ajuda!

     

    7 horas atrás, Internet disse:

    Não me parece fonte. Ou é mau contato da VGA no slot ou você foi sorteada.

     

    Pois é. Difícil isolar o culpado. Mau contato não é pois já removi e coloquei essa placa incontáveis vezes, mas pode ter haver com o slot afinal. Testei em um sistema super velho, pura sucata, e a infeliz não crashou em 12h. Ela rodou em PCIe gen1 lá, e isso consigo reproduzir aqui.

     

    Se continuar estável pode ser a placa-mãe ou o controlador da CPU. Nunca imaginei que esse tipo de defeito se manifestaria através de comportamento errático do drivers de GPU.

    Editado por Nihal
    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Sei que o tópico já tem algumas semanas, mas já que o tema meio que circulou em torno de fontes SFX12v, é bom dar um up para lembrar que a ST30SF V2.0 que eu citei no post #2 finalmente está à venda na WAZ.

     

    Nesse meio tempo inclusive apareceram novos reviews dela, como o do HardOCP. Também tem no JonnyGuru um review da versão de 450 W.

     

    Agora resta torcer para que a High Power (que é o OEM dessa fonte) não tenha repetido a marmelada que fez nas Astro com o sinal do PWR_OK. Como é uma plataforma diferente, há esperanças... Sério, essa linha tem potencial.

     

    Uma outra fonte que acabei achando no meio dessa história foi a Zalman ZM350-FX. Ela é uma remarcação da High Power Compact, e provavelmente é um projeto diferente do usado na SilverStone. Tem ela nas Casas Bahia (que por sua vez na verdade apenas revendem a fonte da TechClube), e o preço é bem atrativo. Mas eles só têm um no estoque, e eu não tenho notícia de nenhum review de fontes dessa plataforma.

     

    Outra que apareceu no meio da história, no formato SFX12V PS/3 (que também chamam de SFX-L, sendo uma versão maior das fontes SFX que você vê por aí) é a SilverStone, é a Sharkoon SilentStorm. Outra vez, é uma fonte fabricada pela High Power, justamente com base nas Astro Lite HPM (que também é usada em fontes ATX12V regulares, como em parte das SilverStone Strider Gold S e nas Zalman EBT). Infelizmente uma coisa que poderia sair razoável faz justamente parte do clube das fontes com problemas no sinal de PWR_OK. =(

     

    Também tem aquela Seasonic SFE à venda no Mercado Livre, mas é uma fonte de 2004 que inclusive não coloco fé na sua distribuição das múltiplas linhas de +12 V.

    Editado por Internet

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×