Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Rvs

Distribuidor de som para várias caixas.

Recommended Posts

Bom dia amigos, 

tenho algumas caixas de som, de diferentes modelos e potencia, e gostaria de saber se tem como eu fazer 

algum distribuidor de audio, por exemplo de um som, eu distribuir para varias caixas, para aproveita-las. Seria

possivel?

 

Desde ja obrigado a todos!!!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Essas caixas são ativas (possui amplificador interno) ou passivas (só falantes)?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Ola amigo BC, sao passivas, sao de aparelhos que nao funcionaram mais, e elas ficaram!!!

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    O problema de junta-las esta em relação com a impedância de saída dos amplificadores, se elas forem ficar em cômodos diferentes da casa eu sugeria uma chave seletora mesmo, tipo essa d figura abaixo:

    CHAVE-VA4-1.1.jpg

     

     

    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Ja tinha visto essa chave, que no caso seria pra liga-las tipo separado,ou seja, quando quisesse som na sala, mudava a chave, no quarto mudava para o quarto, seria assim?

    O que estava pensando em fazer era liga-las todas juntas, sei que o problema e a impedancia, mais teria como fazer alguma esquema, ou teria algum ja para venda?

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Tem sim como fazer uma gambiarra associando essas caixas em série-paralelo de tal modo a distribuir a energia de modo ponderado e também de modo a aproximar a impedância final àquela do amplificador.. Dá uma distribuição de fios bem complicada...

     

    Existe também, a chance de se usar um transformador de áudio para cada caixa (solução bastante usada para distribuição de música ambiente) mas isso dai vai depender e muito da correta escolha desses transformadores ou até mesmo mandar fazer em especial.. Essa solução dai facilita a ligação que é somente a dois fios para cada canal que vão ligados ao primário de cada transformador.. A função de cada transformador é a de distribuir de modo adequado a potência em cada caixa bem como de casar as impedâncias em toda a instalação. Para tal o correto seria fazer um projeto e mandar enrolar um transformador para cada caixa especificamente. Atualmente nem vejo mais isso dai sendo feito a capricho como deveria..

     

    Se forem caixas muito diferentes em volume, características, impedância acho até que nem vale a pena misturar..

    Editado por faller
    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Uma solução mais barata que os transformadores, seria montar pequenos amplificadores usando cis de aparelhos de som automotivo do tipo TDA ou LA, são fáceis de encontrar em aparelhos fora de uso e podem ser alimentados com uma fonte de PC. A potência fica entre 5 e 10W para cada caixa, acho que o suficiente para um som ambiente. 

    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Entendo, realmente e meio complicado, vou analisar e ver o que seria melhor, valeu amigos pelas informações!!!

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @Rvs Uma associação em série de falantes de mesmo tamanho de mesma impedância e de potências diferentes, podem ocasionar na queima do falante com menos "potência" (Imã mais fraco), isso ocorre porque o decurso do cone do falante mais fraco será mais amplo, e pode fugir do campo do imã, (dependendo do volume), nesse momento a corrente aumenta muito na bobina do falante levando-a a queima, o verniz do fio de cobre derrete e o falante passa a "raspar" produzindo um som muito destorcido!... (Irreversível)!

    Uma solução muito viável já foi te dada pelo colega @Mestre88, "Montar vários amplificadores separados".

    Existem várias opções analógicas e digitais na NET com preços muito bons!....

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Ok amigo BC, vou analisar o que e melhor, em todos os termos, bom, obrigado a todos pelas informações.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @Mestre88 Tenho conhecimento médio em eletrônica e estou estudando a área de áudio.

    Vamos supor que ele tenha  alguns falantes de 4R e outros de 8R, no caso os amplificadores seriam de 4R de impedância para os falantes de 4R

    e 8R de impedância para os falantes de 8R?

     

    Isso faria o casamento das impedâncias na saída do amplificador principal?

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @cesardelta1  entre alto falantes de impedâncias diferentes, em paralelo, a impedância resultante será sempre menor que a menor das impedâncias

     

    O que vale é a impedância menor. Então tomemos um de 4 e um de 8R... vale a relação serie/paralelo de resistores. então... 4*8=32 4+8=12 32/12 = 2,alguma coisa.

     

    Então, se o amplificador/módulo não pode trabalhar abaixo de 2ohms, ele vai desligar, acionar a proteção, ou queimar.

     

    Geralmente, amplificadores e módulos trabalham a 4~8ohms. Neste horizonte, a impedância mínima é de 4ohms. Assim, numa associação de alto-falantes de 4ohms, daria para ligar 2 a 2 em série, que resultaria em 8ohms, e duas vezes "esta série" em paralelo, que daria uma resultante de 4ohms. Mas vale o que o @Bcpetronzio falou quanto a queimar um deles, ou pior, em alguns deles o som ficar horrível, visto que se forem muito diferentes, não ficará bom.

     

    @Rvs pegue amplificadores antigos, na faixa de até 100W RMS e monte cada um em uma caixa. E dê "um sinal" a ser controlado para eles... Agora se tu és interessado em eletrônica, eu tenho um link de projeto, que não é meu, para sistemas de até 6 caixas de som, que em junho eu tentarei montar. É de graça

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @ilkyest Eu sei associar os falantes, o que eu achei interessante é que usando um amp para cada falante seria como casar as impedâncias, pois então o amp principal "sentiria" as impedâncias de entrada de cada novo amp de cada falante e não do falante em sí. É isso mesmo?

     

    Ah! me interessa  esse link oferecido aí em cima, agradeço se puder disponibilizar.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @cesardelta1

    http://construyasuvideorockola.com/proyecto_amp_240w_ambiental_01.php

     

    Citação

    É isso mesmo?

    Casar impedância.... não seria isso não. Seria tu manteres um amplificador, e fazer o casamento para a impedancia final... mas eu não sei explicar (sequer entendo direito, kkkk)

     

    neste teu caso, eu prefiro mais... visto que eu não forço muito, e claro, a hora que eu quiser "full" em todos, terei uma baita potência

     

    Editado por ilkyest
    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Eu gosto desse cara aí desse site, ele não tem dó de compartilhar os projetos dele, e geralmente parecem ser projetos decentes.

    12 minutos atrás, ilkyest disse:

    mas eu não sei explicar

    Ok! Vamos esperar o Mestre, pois eu quero mesmo é a teoria rsrsrs

    Não tenho realmente essa situação de falantes variados, foi só um exemplo para ilustrar a duvida.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    10 horas atrás, cesardelta1 disse:

    @Mestre88 Tenho conhecimento médio em eletrônica e estou estudando a área de áudio.

    Vamos supor que ele tenha  alguns falantes de 4R e outros de 8R, no caso os amplificadores seriam de 4R de impedância para os falantes de 4R

    e 8R de impedância para os falantes de 8R?

     

    Isso faria o casamento das impedâncias na saída do amplificador principal?

    Sim, é uma maneira.

    Existe as mais variadas formas de fazer isso, desde associar os alto falantes em serie, paralelo ou os dois juntos. Usar amplificadores separados é uma boa, pois o som fica bem melhor, os amplificadores mais fáceis de se encontrar hoje em dia são de 4R, pois esses funcionam com tensões mais baixas como 6 e 12V, é o caso de aparelhos movidos a pilhas ou baterias. Os alto falantes de 8R podem ser ligados neles sem risco de queima, o único problema é a perda de potência que fica em torno de 35%.

     

    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    É, realmente faz todo o sentido!

    Obrigado.

    Da sua resposta me surgiu outra curiosidade.

    6 horas atrás, Mestre88 disse:

    os amplificadores mais fáceis de se encontrar hoje em dia são de 4R, pois esses funcionam com tensões mais baixas como 6 e 12V, é o caso de aparelhos movidos a pilhas ou baterias.

    Qual o motivo deles funcionarem com tensões menores e outros não?

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @cesardelta1  parrudez mesmo...

     

    na verdade, se tu sabes, eles são nada mais do que amplificadores de tensão, que trabalham na ordem de 60 ou 80V. Não vi, ainda, amplificadores de 6V, só 12, e 24V (acreditem, a linha automotiva de barulho é ampla)

     

    O principal é que como eles não trabalham com baixa impedância, não requerem componentes caros, ou estáveis, assim, são mais "amplamente" ofertados, e o preço reduz.

     

    Imagine quão estável deve ser um dispositivo capaz de fornecer 600W RMS a 1 ohm?

     

    Ainda tem a questão de serem AB, A, B, e os ditos "digitais" classe D, que geralmente trabalham em baixíssimas impedâncias). Mas normalmente os classes até AB trabalham com 4 ohms, alguns casos até 2ohms.

     

    Sempre, claro, lembrando que a medição RMS é feita em 13,8V

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×