Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
misterjohn

Lorenzetti muda resistência para pior...

Recommended Posts

Meu chuveiro dessa marca, sempre usou a resistência espiral em tungstênio e funcionava muito bem tanto no frio quanto no calor. A empresa mudou essa resistência para metal estampado, sendo que no verão funciona bem, porém no inverno o chuveiro não esquenta de jeito nenhum, tem que ficar o registro de água quase fechado par esquentar e mesmo assim por falta de pressão devido a isso, o diafragma fica desligando o chuveiro nos obrigando a abrir o registro e consequentemente diminue a temperatura.

O dia que colocarem resistências tubulares, igual as usadas em "banho maria" (balcão aquecedor de alimentos), são encapsuladas e tem longa duração.

Obs: Antes que falem sobre o redutor colocado no chuveiro, isso serve para reduzir pressão e não volume, com a resistência espiral não precisa instalar nada já que moro no segundo andar em um prédio de 3 andares portanto não necessita redutor.

 

b4a66309a7.jpg

resist_ncia-para-chuveiro-bello-banho-ul

 

resistencias-blinducha_63577424469295486

 

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Passei a utilizar as resistências Ultra recentemente, quanto a temperatura não tenho muito o que reclamar, mas notei que o chuveiro fica bem mais barulhento.

 

Optei a usar as Ultras porque as espirais queimavam com muita facilidade comigo, talvez porque moro em Salvador e prédio com tubulação em aço as resistências acabavam entrando em curto ou então arrebentava a conexão.

 

Realmente as resistências blindadas são melhores, mas o custo dos chuveiros é maior também. Antes usava um Corona 4 estações, durou uns 6 anos (e durante eles troquei umas 2 a 3 vezes o potenciômetro). Mas deu um defeito no diafragma e não encontrei a peça facilmente para reposição e tive que aposentar. A resistência realmente é muito melhor.

 

E por fim, usou de mesma potência? Este chuveiro Ultra veio com 4600w apenas, comparado com os 6500w (4 estações) é uma diferença considerável no meu caso, logo não acho que seja um "defeito" da resistência. 

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Mas ai onde tú moras faz calor o ano inteiro, mas aqui no litoral, que não chega a fazer frio como na cidade de SP e interior, quando a temperatura cai para 21...22ºC à noite, o chuveiro não esquenta mesmo, tenho que abrir o registro tão pouco que fica desligando e ligando o chuveiro por falta de pressão, só assim dá para tomar banho.

    Pensei em cortar parte da resistência, mas ela é feita de um modo que para cortar só com equipamento especial porque a margem de corte é mínima.

    Pior que comprei tres peças para reposição...vou contatar a Lorenzetti para ver o que dá para fazer...agora imagine esse chuveiro no Sul então???

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    off topic quase on...

    A água chega gelada na resistência e esta tem a obrigação de elevar sua temperatura a um nível confortável de imediato. Com isto em mente, certa feita pensei em fazer um aquecimento gradual num tubo e no final a resistência com menor potência. Na mesma linha de pensamento, depois, pensei em fazer uma caixinha - com uma quantidade suficiente pra um banho com água preaquecida ... morna antecipadamente pra que esta 'chegue no ponto' na resistência de menor potência do chuveiro. Mas tais ideotas se evaporaram depois que coloquei um aquecedor solar made in home.

    Mas, trocadilhamente falando, a ideota ainda está em banho maria. Altos projetos pra pós aposentadoria (se o governo deixar...)

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @misterjohn talvez seja algum problema com o chuveiro. No meu caso troquei um chuveiro antigo por este modelo Ultra. A diferença no aquecimento da água foi brutal. Achei bem mais eficiente esta nova resistência Ultra do que as antigas em espiral.

    *Ambos chuveiros 5500 W.

    **Com relação ao "zumbido" do chuveiro, que também achei estranho, o próprio atendente da Lorenzetti informou que é normal do aparelho.

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Não considero of porque estou tratando do caso da resistência apenas, além do mais tem outros sobre esse equipamento.

     

     

    adicionado 1 minuto depois
    Em 13/07/2017 às 12:33, Erso disse:

    @misterjohn talvez seja algum problema com o chuveiro. No meu caso troquei um chuveiro antigo por este modelo Ultra. A diferença no aquecimento da água foi brutal. Achei bem mais eficiente esta nova resistência Ultra do que as antigas em espiral.

    *Ambos chuveiros 5500 W.

    **Com relação ao "zumbido" do chuveiro, que também achei estranho, o próprio atendente da Lorenzetti informou que é normal do aparelho.

    Ultra seria esse abaixo, se for, é  o mesmo do que o meu, porém na cor branca:

     

    30487726.jpg

     

    Editado por misterjohn
    Postado imagem real 5500 W 220 V

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Por aqui continuo usando a resistência "das antigas", nem sabia que tinha este outro modelo. 

    Ela esquenta demais no calor e na época do frio esquenta o suficiente pra que a gente não fique tremendo. 

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Ainda não usei , mas pela aparência parece ser mais forte e resistente que a tradicional espiral .  Aqui em casa a espiral tá durando bastante , já que uso somente na chave verão . Mesmo nos dias mais frios , dá pra tomar de boa .

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Quais são as potências das "resistências" do seu chuveiro antigo e da nova?

     

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Como a pergunta não está dirigida, se for para mim é  seguinte:

    - Chuveiro Maxi Ducha Ultra Lorenzetti 220 V 5500 W 30 A

    Obs: O chuveiro é novo, já veio com a resistência nova, mas ambas tem em teoria o mesmo valor.

    Resistências Lorenzetti.jpg

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @misterjohn no caso você colocou a resistência "antiga" e o chuveiro esquenta melhor? (Você trocou o chuveiro com a resistência nova, ou apenas a resistência?) Pergunto isto porque uma vez ocorreu com chuveiro desses de troca rápida de resistências, ele não aquecer direito. Como os contatos ainda sofrem umidade, eles ficaram oxidados causando mau contato, eu limpei com palha de aço e passei um pouco de Corrosion X (aguardei 1h) e montei o chuveiro e o aquecimento voltou ao normal. Talvez como o material é diferente, parece que seja de aço inoxidável a diferenças de material cause algum comportamento diferente.

     

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • O Chuveiro antigo, que usava a resistência aspiral eu joguei fora...a comprei um chuveiro novo igual, mas já veio com a nova resistência, a de chapa, eu não coloquei resistência alterada no chuveiro velho...sempre foi assim, mas a gente vai levando porque a baixada é quente o ano todo, mas baixou demais a temperatura, ai começa a incomodar porque não esquenta, todos dos dias, com uma temperatura na media de 22ºC, quando vou tomar banho seja a noite ou de dia, tem que abrir o chuveiro no mínimo do mínimo e ainda assim fica desarmando o chuveiro por ser pouca água. Como já disse, moro no segundo andar do prédio de 3 andares, a pressão é ideal para tudo e o volume de água é grande...mas ela não é forte o suficiente para colocar redutor como nos prédios de 10, 11 agora com 30 andares, nesse caso o redutor é obrigatório.

    Para quem não sabe o que é um redutor:

     

    redutor.jpg

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Certa vez fui colocar um redutor desses num chuveiro porque saía água demais, a ponto de não esquentar a água em dia de calor. 

    Mas quando coloquei saiu pouca água, fiquei com o problema que você tem aí. 

    A solução foi aumentar um pouquinho o furo do redutor, para chegar ao meio termo da coisa. 

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Mestre, não pode confundir vazão com pressão, se voce pegar um prédio de 11 andares por exemplo, pode colocar uma torneira no térreo, com um cano de 1/2", se voce tentar impedir a saida da água com a torneira aberta, não conseguirá devido  enorme pressão por causa da altura; mas se voce pegar uma casa térrea, e colocar uma torneira  com um cano de 1", você terá uma vazão enorme, mas se colocar o dedo na torneira a água irá parar imediatamente, isso porque não tem pressão.

    Resumindo, o redutor é para dimimuir a pressão e não o fluxo, se voce colocou o redutor e a água diminuiu ao ponto de precisar alargar o furo do redutor, é porque ele não era necessário.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @misterjohn

    Estou percebendo que a resistência espiral consome 5.500W (postagem #10), que é a que tinha no seu chuveiro anterior.

    Já o chuveiro da postagem #6 consome 4.600W.

    O primeiro chuveiro possuía um consumo cerca de 20% maior que o chuveiro da postagem #6. 

    É evidente que o anterior, consumindo mais potência, esquenta mais a água, que o atual.

    MOR_AL

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Mor_AL voce já ouviu falar em imagem meramente ilustrativa?:thumbsup: Mas foi falha minha, minha intenção foi só postar o modelo do chuveiro, peguei a imagem na internet, peço desculpa pelo equívoco e induzir ao erro de interpretação, mas a finalidade foi só postar o modelo do chuveiro que outro usuário havia mencionado.

    As resistências são idênticas em grandeza ( 5.500 W e 220 V ) pelo menos diz o fabricante que é. Meu chuveiro anterior era igual o da imagem porém 5500 W e 220 V, depois comprei outro igual de 5500 W e 220 V e já veio com o novo modelo de resistência...mas uma vez desculpe pela falha.

    Segue imagem do meu chuveiro (são 3 iguais, todos 5500 W 220 V) com o a nova resistência:

     

     

    chuveiro jc.jpg

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    @misterjohn

    Ok!

    Entendi.

    Se você tiver um alicate amperímetro e um multímetro, meça a corrente que o chuveiro consome e a tensão em seus terminais, na posição "Inverno". 

    Multiplique as duas medidas e verifique o valor da potência que o chuveiro consome.

    Aproveite para verificar qual é a tensão com o chuveiro desligado. Com isso dá para saber a perda na instalação.

    MOR_AL

     

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Também pensei em medir a resistência atraves da peça zerada, mas não quero abrir a embalagem porque penso em devolver ou trocar junto a assistência por "resistências normais", apesar de que essas queimam mais fáceis.

    Minha ideia é medir a resistência ohmica das duas e depois "jumpar" um pedaço de resistência até ficar igual caso as resistências sejam diferentes, mas como disse, vou até a assistência trocar uma ideia primeiro, se eles aceitarem a troca as peças tem que estar fechadas, comprei 3 peças avulsas quando comprei o chuveiro porque estava em uma promoção no Extra.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    3 horas atrás, misterjohn disse:

    Também pensei em medir a resistência atraves da peça zerada

    O valor pode ser bem pequeno pois está fria. Ao incandescer o valor aumenta. = as antigas lâmpadas incandescentes.

     

    Achei bem legal a forma da resistência nova. Praticamente um pedaço de lata com cortes transversais. Quase sinto vontade de fazer uma com folha de zinco...

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Trabalhei em uma industria siderúrgica, tinha milhares de motores de corrente continua, eles tinham bancos de resistências igual a essa para controle da partida do motor que se dava eliminando resistência do circuito aos poucos até zerar.

     

    Banco%20de%20Resistores%2001.jpg

    adicionado 6 minutos depois

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    auto-correção...

     

    12 horas atrás, Isadora Ferraz disse:

    O valor pode ser bem pequeno pois está fria. Ao incandescer o valor aumenta

    ops.... depende do material. P.ex.fio liga cuprotal (não pesquisei como escreve) tem o mesmo valor ohmico frio ou quente. Usado em shunts de corrente

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    49 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

    auto-correção...

     

    ops.... depende do material. P.ex.fio liga cuprotal (não pesquisei como escreve) tem o mesmo valor ohmico frio ou quente. Usado em shunts de corrente

    Exatamente, a resistência de "mola" fria ou quente é a mesma coisa. 

    Já medi uma de 4400W/220V e tinha 11 ohm. 

     

    @misterjohn na empresa que trabalho tem várias dessas resistências ligadas a motores de CA, no caso servem para frear o motor. Só não entendo muito bem como funciona. 

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Nunca ouvi falar que elas poderiam frear motores, mas como estou defasado não vou dizer que não existe, até gostaria de saber também, mesmo porque na empresa que trabalhei eram usadas nos motores DC, para dar partida e não frear...no caso das pontes rolantes alguns operadores costumavam frear (ao meu ver de forma indevida) o equipamento aplicando a reversão, isso provoca impactos violentos na parte mecânica que não foram projetadas pra isso.

    Assim como para partida do motor vai se eliminando resistência do circuito, talvez para frear faz-se a operação inversa, inseri resistência no circuito e com isso o motor diminue a RPM, mas no caso as pontes tinham seus freios magnéticos que eram acoplados ao motor pela ponta de eixo através de polias:

     

    a420bf6faf6049b4a6380881ff8a18ff.jpg

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    2 horas atrás, Isadora Ferraz disse:

    auto-correção...

     

    ops.... depende do material. P.ex.fio liga cuprotal (não pesquisei como escreve) tem o mesmo valor ohmico frio ou quente. Usado em shunts de corrente

     

    1 hora atrás, Mestre88 disse:

    Exatamente, a resistência de "mola" fria ou quente é a mesma coisa. 

    Já medi uma de 4400W/220V e tinha 11 ohm. 

     

    @misterjohn na empresa que trabalho tem várias dessas resistências ligadas a motores de CA, no caso servem para frear o motor. Só não entendo muito bem como funciona. 

    O valor ôhmico depende da temperatura e isso vale para todos os metais, uns mais e outros menos.. Algumas ligas metálicas podem minorar essa dependência, como por exemplo o constantan (níquel, cobre e zinco), quando misturados na correta proporção, tende a se comportar sem variação, ou com pequena variação..

    Quando as temperaturas atingem um valor muito elevado, como no caso do filamento das lâmpadas, a diferença entre o valor ôhmico desse a frio e a quente pode variar até cerca de 20 vezes. Com chuveiro nem chega perto disso mas que muda muda sim, pois essa resistência troca calor com a agua, e, desse modo certamente não se mantém na temperatura dessa água. Sem diferencial térmico não haveria troca de energia e convenhamos, num chuveiro a troca de energia é grande..

     

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Bem por aí, como a resistência fica imersa na água em movimento, podemos dizer que ela esquenta pouco por isso sua resistência elétrica quase não se altera. 

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×