Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
hardtecnica

(mod) TV rgb via osd

Recommended Posts

Esse artigo tem como objeto o de não ser um tutorial, mas o de informar e até guiar sobre como ter um monitor RGB acessível e provavelmente sendo aplicável a um televisor que você já tenha em casa. No final trarei uma dica extra de como obter um cabo RGB para o PS1/PS2/PS3 a partir de um de vídeo Componente.

 

Leia todo o artigo e pesquise nas fontes que deixarei abaixo. Estude e se planeje bastante antes de fazer o mod para saber o que está fazendo e adaptar as coisas as suas necessidades.

 

Público alvo deste artigo: pessoas que jogam games antigos (década 2000 pra trás), e / ou que ainda assistem DVD's e querem ter a melhor e mais fiel imagem possível dos seus equipamentos nas suas TV's CRT sem ter de comprar um monitor PVM para tal (cada vez mais raro e caro) e ter uma qualidade similar a eles.

 

RGB vs Composite (CVBS):

 

Neste artigo não irei abordar o vídeo Component aprofundadamente, nem o S-video, ambos mais raros nos televisores lançados no Brasil, porque aqui já trarei o RGB, que é o melhor dos mundos. Mas de forma objetiva, podemos colocar na seguinte escala do melhor para o pior:

 

RGB > Component > S-vídeo > Composite > RF

 

É sempre polêmico levantar a questão RGB vs Component, já que ambos transmitem uma qualidade de cores e nitidez muito similar, com a diferença que o RGB traz as cores com brilho separadas por canal, enquanto o Component economiza banda ao omitir o verde e utilizar de um truque para obte-lo, onde traz um canal apenas de brilho + sincronia (Y), outro vermelho sem brilho (R-Y) e azul sem brilho (B-Y). O verde é inferido pela TV do que restou. As emissoras faziam dessa forma para economizar banda e manter retrocompatibilidade com as TV's em preto e branco, onde essas TV apenas utilizavam o canal de brilho (Y).

 

O importante mesmo aqui é entendermos a diferença entre o RGB e vídeo Composite, aquele conector amarelo que polula nos televisores ocidentais e muitas vezes nos parece e é a unica opção disponível para ligar nossos equipamentos da era anterior ao HDMI. Diferente do RGB e Component, o sinal Composite transporta todas as cores primarias em apenas um conector, somado com a sincronia, ou seja, muita informação em apenas um canal e necessidade de converter esse sinal de volta para canais separados de cores no display. Perde-se muita informação de cor, contraste e nitidez. Por isso era tão importante o menu nitidez nos televisores, uma vez que adicionavam um ruído que permitia definir melhor as bordas, uma forma de diminuir um pouco a bagunça completa que o sinal Composite provocava na definição, conhecido carinhosamente por "Composhit". No final das contas essa entrada foi utilizada amplamente no mercado como uma forma de diminuir os custos dos equipamentos (menos cabos e conectores) em detrimento da qualidade proporcionada ao consumidor final. É de dar raiva quando você compara ao vivo o RGB contra o Composite e sente feito de trouxa pela industria durante toda uma vida.

 

E então todos esses anos de sofrimento com aquele cabo amarelo acabou. Num fórum estadunidense, onde eles também tiveram a mesma ausência de televisores RGB em seu país, alguns usuários após vários testes de tentativa e erro, descobriram como entrar com sinal RGB diretamente no Jungle IC do televisor de tubo, isto é, no chip que controla todas as funções de vídeo do aparelho. O truque está em fazer o televisor pensar que você estar utilizando o seu menu OSD, quando na verdade está a entrar com o sinal RGB do seu equipamento. Basicamente o menu OSD desses televisores é puro RGB. Já reparou como só eles são tão bonitos e definidos na tela? Então. Só que os fabricante deixavam essa entrada no Jungle IC disponível apenas para o menu OSD, como se todo o resto pudesse ser relegado a conexões inferiores e só nos importasse qualidade no OSD. :P

 

(ABRIR E MODIFICAR TELEVISORES CRT  É SEMPRE PERIGOSO! NÃO O FAÇA COM ELE LIGADO E SEM DESCARREGAR A ALTA TENSÃO DO TUBO. SÓ PROSSIGA SE JÁ TIVER ALGUMA EXPERIÊNCIA PRÁTICA, DO CONTRÁRIO, VOCÊ PODE SE DAR MUITO MAL OU DANIFICAR SERIAMENTE A SUA TV. ENTREGUE NESTE CASO PARA UM TÉCNICO DA SUA CONFIANÇA FAZER. TOME AS DICAS AQUI INTEIRAMENTE POR SUA CONTA E RISCO).

 

 Antes de fazer a modificação é imprescindível saber se o Jungle IC do seu televisor é analógico. Normalmente o RGB desses trabalham com uma tensão de 0,7v. Se for digital, incompatível com esse mod, trabalham normalmente com 0,5v. Modelos Sony, JVC, Toshiba entre outros foram bem sucedidos no fórum, porque é o que eles possuem facilmente lá, mas isso não significa que sua CCE, LG, Magnavox, Philco, Gradiente, etc, também não sejam, consulte o manual de serviço da sua TV, cheque as tensões nessas entradas, cheque as peculiaridades delas, pode ser que o RGB no Jungle da sua TV esteja sem uso algum e o OSD seja interno, permitindo um mod que funcione em harmonia com o OSD, diferente do que será abordado aqui. Se for RGB analógico, é quase certo que o mod funcionará nelas, já que não há impedimentos para tal. 


Aqui eu utilizei uma SONY KV-21FS105 para o mod, mas é similar a muitas outras Trinitrons por aí, e como já escrevi, pode ser adaptada para qualquer outro modelo e marca de TV com RGB analógico.

 

Materiais necessários para o mod RGB via OSD:

 

1- TV CRT com entrada RGB analógica nos pinos OSD do seu Jungle 
2- 1 Chave 4 PDT (para alternar entre o OSD da TV e o aparelho), ou 4 Chaves 1PDT se você quiser controlar tudo individualmente (essa ultima opção traz algumas vantagens que abordarei no final do artigo).
3- 3 capacitores cerâmicos de 0,1uf (104)
4- 3 resistores de 75ohm.
5- 1 resistor de mesmo valor do circuito do pino de alimentação do OSD, normalmente 100ohm.
6- Entrada fêmea para vídeo da sua escolha. O padrão na europa, onde se tem televisores com RGB é o SCART. Os cabos originais e aftermarket RGB para retroconsoles são SCART, mas se você vai modar o seu cabo, escolha o seu próprio padrão de entrada que melhor convir. Você também pode incluir os canais de audio nesse mesmo conector. Use sua criatividade, mas siga ao máximo os padrões dos pinos para a entrada que for escolher. Não se esqueça da entrada de sincronia necessária para estabilizar a imagem na tela. Use a que seu equipamento suportar, uma vez que sua TV aceita qualquer uma, seja na entrada de Luma do S-vídeo ou na entrada amarela do vídeo Composite. Por exemplo, PlayStation's suportam Composite + C-SYNC e SYNC over Luma (de um dos dois canais do S-video), escolha neste caso SYNC over Luma, uma vez que possui um número menor de informações trafegando neste canal, mas se o seu equipamento suportar C-SYNC (a sincronia pura) use-a, só observar estes detalhes se for montar ou comprar o seu cabo para escolher a melhor.

 

De posse dos materiais, basta seguir esse esquema funcional na sua TV e ser feliz:

59adca7c0438f_ESQUEMARGB.thumb.png.210b119343635032a9dcd43afc3d84e7.png

 

 

Alguns levantaram as quatro pernas do Jungle para interromper o circuito do OSD, no entanto você incorre em sérios riscos de quebrar um desses pinos no processo inutilizando esse IC, sendo mais viável como plano A, remover do circuito os capacitores do RGB e o resistor dos 5V, normalmente SMD's (mas faça tudo como melhor lhe convir). Com algum treino em sucatas é possível remove-los mesmo utilizando o ferro de solda e uma pinça. É aqui que o resistor de 100ohm e os capacitores cerâmicos de 0,1uf entram, eles servem para substituir os que você removeu do circuito original, e serão utilizados tanto para manter o OSD original da TV, uma vez que você vai ainda precisar dele, e do RGB do seu aparelho. O resistor de 100ohm deve ser mantido apenas para o circuito original, não sendo necessário para os 5V que vem do console ou da própria TV caso prefira assim (segundo os mods realizados no fórum). Se escolher pegar os 5v da própria TV para o Blanking, lembre-se que terá de setar a chave manualmente toda vez que quiser trocar entre a TV para ver canais ou outra coisa e o console. No caso da minha TV, os capacitores originais tem 0,01uf (103), e foram substituídos por cerâmicos de 0,1uf (104). Segundo um usuário daquele forum, não há diferenças visíveis entre utilizar um outro. 

 

É possível reutilizar os mesmos componentes removidos no circuito, só que devido ao tamanho, reutilizar esses smd's nesse mod se torna difícil. Se for reutilizar o original ou um cerâmico de 0,01uf (103) nos diga como funcionou (se ficou muito escura ou clara a imagem). 

 

Componentes originais removidos para abrir o circuito do OSD.

IMG_20170611_003323.thumb.JPG.9fe67755962dbefe924741e765e9fa54.JPG

 

Componentes substituídos

IMG_20170610_163744.thumb.jpg.560cc5f5e856dd07c4ac8444861a2d9d.jpg

 

 

Após abrir os circuitos ao remover esses quatro componentes, basta ligar o circuito comum do meio da chave junto com os capacitores para as respectivas entradas do Jungle. Em uma das extremidades da chave o circuito deve ir até imediatamente antes dos componentes que foram removidos, e com o resistor de 100ohm no circuito dos 5v, de forma que quando os dois forem unidos na chave se tenha o circuito original restabelecido. Na outra extremidade da chave, você tem apenas o circuito que vem das 3 entradas de vídeo da sua escolha. Como tal que quando este seja ligado pela chave ao circuito comum, se remova a conexão original e se estabeleça com o aparelho de entrada.

 

Circuito comum e do OSD original soldados em seu lugar

IMG_20170612_145030.jpg.53003250643dab3f6d4ed9580b947f53.jpg

 

Parte de trás da TV com a nova entrada de vídeo RGB (eu escolhi RCA) as chaves e a entrada de 5V (porque eu estou utilizando do console e não da TV). Infelizmente não ficou tão legal o acabamento, eu poderia ter feito de uma forma bem melhor essa acomodação para o RCA (era só ter feito três círculos para o rca e ter prendido com as duas braçadeiras do mesmo jeito. O que me levou ao erro foi ter tentado prender inicialmente com parafusos) mas só tive a ideia depois de ter feito essa bagunça. :( Mas ok, primeiro mod.

IMG_20170616_180847.jpg.3ae4b932b4c6939a631ff5f67cc0b85c.jpgmenor.jpg.382e82cb5e98c2c061e615e13c8c2548.jpg 

 

Cabo conectando o circuito comum e o do OSD original.

IMG_20170616_215451menor.jpg.1fa3ae658d452ce3844038f0d93407cc.jpg

 

Como utilizar:

 

Ligue as entradas conforme você as fez, incluindo a sincronia (C-SYNC, SYNC over Luma ou Composite + CSYNC) na entrada amarela (por exemplo), a mesma do vídeo Composite. Selecione na TV a mesma entrada AV que você entrou com o sinal de sincronia e audio. Ao ligar o aparelho o OSD é ativado em tela cheia devido aos 5V que vem dele (caso esteja alimentado com os 5V do console), só que neste caso, você verá o que o seu aparelho está transmitindo se sobrepondo ao fundo, e não um menu de TV. Por esse motivo se você trocar de canal ou entrada pela TV você verá esse sinal sobre ao que está atrás como ocorre com o menu. A imagem nas outras entradas estará dessincronizada e não haverá audio, pois só há na entrada AV em que se encontram conectados. 

 

Será necessário com quase toda certeza modificar o tamanho vertical e sua posição (V-SIZE, V-POS) bem como o horizontal (H-SIZE, H-POS) no menu oculto da TV (menu de serviço) para cada equipamento que for usar como entrada. Pesquise como acessa-lo na sua TV, e é aqui que entra o que disse lá em cima sobre a vantagem de escolher chaves separadas para cada circuito de cor. Desativando apenas uma das cores da entrada, ou seja, restabelecendo a do OSD original, é possível ver de volta uma ou duas cores do menu e assim fazer as mudanças sem perder o enquadramento da entrada como referência, permitindo um ajuste fácil e preciso. Com essa opção também é possível ajustar com total controle cada canal de cor no menu de serviço, além de permitir ainda ver o menu apenas religando a chave de 5v ao OSD original. Neste ultimo caso, transparecendo assim o RGB ao fundo (uma vez que ele agora é alimentado pelo circuito original da própria TV) onde seriam as cores dos caracteres do menu, e a entrada de vídeo da sincronia da camada abaixo aparecendo no restante (que não serve para nosso ajuste), isso possibilita ajustes simples por entre o que se vê nos caracteres. 

 

Apenas o canal verde habilitado no OSD original pela chave 1pdt. Permite ver uma das cores do menu para ajustes.

KoYpQZL.jpg

 

Apenas a chave 1pdt dos 5v habilitada no OSD original. O RGB do console aparece por entre os caracteres do menu e o da sincronia no resto (neste caso era o composite).

zwzRRRl.jpg

 

 

Seria ideal ter um full blanking para o OSD a partir de um botão no controle remoto, desse modo nem precisaríamos da alimentação de 5V externa, ativando e desativando o RGB apenas com um comando no controle direto do sofá (se alguém descobrir ou souber como fazer um mod desse tipo, não deixe de postar sua ideia nos comentários).

 

Como ficou na prática? Fotos que capturei para demonstrar a diferença entre o RGB e o Composite após o mod. Ao vivo a diferença na qualidade é mais notada e o RGB vai muito além do que se vê nessas fotos, servindo apenas para dar uma noção. (A falta de nitidez nas 4 bordas é devido a uma certa falta de convergência no meu aparelho, algo comum nessas TV's).

 

RGB
MwGM8xK.jpg 

 

CVBS
xrHzg7x.jpg 

 

RGB
S3WAAhX.jpg 

 

CVBS
d7iSrBb.jpg 

 

RGB
ngEWR6n.jpg 

 

CVBS
emQTRGN.jpg 

 

RGB
ytMHYHa.jpg 

 

CVBS
K8aQ3AY.jpg 

 

RGB
EVcIH5o.jpg 

 

CVBS
SAQhv61.jpg 

 

RGB
UsgPZm9.jpg 

 

CVBS
PQTYcMP.jpg 

 

RGB
p2Sx8jZ.jpg 

 

CVBS
nGA38UK.jpg 

 

RGB
fX2on7Y.jpg 

 

CVBS
0C1ekgI.jpg 

 

RGB
MMWh2xz.jpg 

 

CVBS
n3Tr08D.jpg 

 

RGB (DVD)
MMgrYsg.jpg 

 

CVBS (DVD)
DSNpfe6.jpg

 

RGB (DVD)
Hzcdkpq.jpg 

 

CVBS (DVD)
iLZb3J8.jpg 
 

 

EXTRA. Cabo RGB para o Playstation 1,2 e 3 a partir de um de vídeo Componente

 

ps2-pinout.png.8e9fa6ca7588a45b91e1ac51ee711198.png


Como já escrito, para estes consoles o melhor que temos para sincronia é o Luma (Y) do S-video.  Abra o cabo Componente do lado que se conecta no console (se ele for de encaixe, ótimo), use um multímetro na escala de continuidade para saber quem é quem do lado interno e assim soldar exatamente cada um no seu lugar correto, então solde um cabo que levará os 5v no seu respectivo pino (apenas se o seu mod não contar com alimentação interna), solde o outro cabo que levará a sincronia no pino correto (Luma (Y)) e o seu terra no Audio Ground (left ou right). Você também pode opcionalmente soldar um terceiro cabo para vídeo Composite apenas para ficar fazendo testes de vídeo "Composite vs RGB", caso tenha escolhido por chaves separadas, uma vez que apenas trocando na chave de 5v é possível transitar diretamete entre uma e outra. Divirta-se. 


Obs. Nos Playstation's as saídas coloridas do vídeo Componente são as mesmas dos R,G e B, por isso não precisamos mudar nada nelas, apenas aproveita-las como já estão.

 

Fontes:

 

Mod RGB tv tubo CRT" - Jamma - Scart (EM PORTUGUÊS). Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=ZBnfvqdeXgY (Um agradecimento ao André Retrogamer, foi através deste vídeo que descobri essa possibilidade. O vídeo dele ainda contém um extra para quem quer utilizar fliperamas na TV utilizando o RGB, além de uma linguagem mais direta para quem não tem muita dificuldade em entender o procedimento).


TV RGB mod thread. Disponível em: http://shmups.system11.org/viewtopic.php?f=6&t=56155

 

NTSC TV RGB Input Hack. Disponível em: http://mikejmoffitt.com/articles/0032-tvrgb.html

 

Getting RGB out of a Sony PlayStation 1 with a modded component cable. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=DB9z72atYzA

 

RGB206 :: Getting the Best Picture from your PlayStation 1 Games - MY LIFE IN GAMING. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=f7fCTHu99bk

 

So what is "Component Video" anyway?. Disponível em: http://www.projectorcentral.com/component.htm

 

Editado por hardtecnica

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×