Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Flavia Dutra

Boletim 1.637 – 29/08/2017

Recommended Posts

Boletim 1.637 – 29/08/2017
Boletim 1.637 – 29/08/2017
Editado por Flavia Dutra
Proibido Copiar ou Republicar

Modulo 1-boletim.jpg  

Aprenda a criar apps para Android

Tá cheio de ideias de aplicativos e não sabe como começar? Quer iniciar sua carreira como desenvolvedor de aplicativos para Android? Esse é um curso completo que te transformará em um desenvolvedor de Android em 6 semanas começando do zero! O curso é 100% prático e orientado a projetos, você vai aprender criando apps de verdade! Você aprenderá do zero como desenvolver aplicações para Android; não é necessário ter conhecimento prévio de programação.

Mais informações:
http://bit.ly/curso-app-android

 

[Informe publicitário, texto de responsabilidade do anunciante]

 

Brasileiro cria inseticida para combater a Malária e consegue financiamento de Bill Gates 

 

O químico brasileiro Agenor Mafra-Neto desenvolveu o Vectrax, inseticida capaz de conter a malária,  doença causada pela fêmea do mosquito Anopholes, infectada pelo parasita Plasmodium.

 

Por causa da invenção, a Iscatech, empresa de Mafra-Neto, conseguiu investimento da Bill & Melinda Gates Foundation, da propriedade de Bill Gates.

 

Mafra-Neto comentou que o inseticida contém uma combinação de odores de flores, açúcares e proteínas, além de uma quantidade mínima de inseticida tradicional para atrair os mosquitos para pontos de dispersão. O químico informou que o produto não afeta outros insetos que se alimentam de néctar e pode ser vendido por um preço relativamente baixo, pois em cada litro há menos de 1% de inseticida, o que ajuda também o meio ambiente.  

 

O Vectrax foi testado entre outubro de 2016 e julho de 2017 em oito vilarejos da Tanzânia, onde há grandes concentrações de malária, conseguindo eliminar mais de 80% do mosquito transmissor.

 

No momento, Mafra-Neto pretende encontrar uma forma de combater o Aedes Aegypti.

 

O cientista vive nos Estados Unidos há quase 30 anos, onde trabalha em projetos de ecologia química relacionados ao uso de semioquímicos (substâncias ou compostos envolvidos na comunicação entre seres vivos).

 

HTC pode vender a divisão de realidade virtual para melhorar seu setor financeiro

 

Fontes ligadas ao assunto sugerem que a companhia taiwanesa HTC planeja vender a divisão especializada em realidade virtual, com o objetivo de melhorar sua situação financeira.

 

As fontes indicam ainda que a HTC estaria trabalhando com um conselheiro financeiro e pretende conseguir um investidor com a comercialização do setor VR.

 

Atualmente, a HTC tem valor de mercado de US$ 1,9 bilhão, uma queda de 75% ao longo de cinco anos por causa da participação de menos de 2% no mercado de smartphones.

 

Representantes da HTC não quiseram comentar sobre o assunto.

 

A HTC, fundada em 1997, é responsável pela produção do headset de realidade virtual Vive, lançado no início de 2016.

 

BlackBerry quer introduzir seu sistema Secure em smartphones de diversas marcas

 

Conforme Alex Thurber, vice-presidente da BlackBerry, a empresa está negociando com fabricantes de smartphones para fornecer seu sistema operacional BlackBerry Secure, uma versão do Android com diversos recursos adicionais de segurança.

 

As companhias que firmarem acordo de licenciamento com a BlackBerry poderão lançar dispositivos com as ferramentas de segurança da BlackBerry e a versão exclusiva do sistema operacional Android.

 

A BlackBerry iniciou este ano parceria de 10 anos com a Optiemus, distribuidora de telefones celulares e acessórios, que poderá projetar, fabricar e vender a marca BB, bem como oferecer suporte ao cliente na Índia e alguns países vizinhos. Além disso, a companhia possui também contrato semelhante com a Merah Putih, na Indonésia, e com a chinesa TCL para o mercado mundial.

 

Dell deve lançar novos computadores Alienware Light Gaming em 2018

 

De acordo com fontes da cadeia de abastecimento, a Dell pretende lançar em 2018 novos produtos da linha Light Gaming, da sua marca desenvolvida para jogos Alienware.

 

Conforme as fontes, a Dell já iniciou processo de solicitação de cotação (RFQ, em inglês) para os novos computadores, porém os fornecedores ainda estão sendo escolhidos, pois os preços e as especificações dos dispositivos são muito diferentes dos tradicionais.   

 

Entretanto, rumores apontam que os novos produtos da série Light Gaming custarão entre US$ 799 e US$ 899.

 

Atualmente, a Compal Electronics fornece cerca de 70% da demanda de notebooks da Dell, enquanto o restante fica a cargo da Pegatron Technology e da Wistron. Estimativas indicam que as três empresas já estão se preparando para os novos pedidos da Dell.

 

Lucro líquido da ZTE no primeiro semestre de 2017 atinge US$ 344 milhões

 

A companhia chinesa ZTE divulgou aumento de 30% no lucro líquido do primeiro semestre deste ano, atingindo US$ 344 milhões, consequência de investimentos das operadoras de telefonia em infraestrutura 4G e do crescimento das vendas de telefones celulares.

 

Além disso, a receita do setor de equipamentos de telecomunicações, responsável por 60% da receita geral, cresceu 13%, alcançando 32,4 bilhões de iuanes; a receita da divisão de bens de consumo subiu 24%, para 17,9 bilhões de iuanes. Já a receita referente aos serviços governamentais e empresariais diminuiu 18%, chegando a 3,8 bilhões de iuanes.

 

A ZTE informou que pretende investir em marketing internacional e nas tecnologias sem fio e 5G no segundo semestre de 2017.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×