Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Diogo HF

Vida útil placa de vídeo em games

Recommended Posts

Meus caros, tenho uma GTX 1050 TI e um processador I5 7400.

 

Estava rodando sempre no Ultra os jogos. O desempenho está muito bom para meu grau de exigência. O mínimo que peguei em jogos bem pesados foi 40 fps. Mas normalmente nos jogos garante 60 fps. Full HD. Não importo de jogar abaixo de 60 fps, por isso insisto no Ultra sempre. 

 

A temperatura tem variado de 60 a 75 graus da placa de vídeo. Nunca acima de 75. Mas tem ficado direto em 74 graus durante os jogos. 

 

Gostaria de saber como funciona esse lance de vida útil de componentes. Eu pretendo trocar de placa daqui a dois anos, fazer um upgrade. Mas se eu quisesse que essa placa tivesse vida útil longa, o que teria que cuidar?

 

1) Qual a temperatura ideal da GPU e CPU pensando em termos de durabilidade?

 

2) Quanto pode durar uma placa de vídeo sem estragar ela? Vamos supor que eu quisesse ficar 5 anos pelo menos com a mesma placa de vídeo, rodando os jogos, mesmo que sem a alta qualidade do início, isso seria possível tendo quais cuidados? Qual a dica para aumentar a vida útil desses componentes? 

 

3) Jogar no Ultra todos os jogos que o cara pode não força a placa? Não diminui a sua vida útil? Ou é mito? 

 

Obrigado. 

Editado por Diogo HF

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Diogo HF Basta manter a temperatura aceitável (a da sua placa está bacana), usar fonte de alimentação de qualidade (qual é a do seu computador?) e não usar estabilizador ou shortbreak (nobreak vagabundo). Não tem tempo de durabilidade certo. Tenho uma placa com mais de 10 anos de idade, que foi intensamente usada em jogos, funcionando perfeitamente até hoje.

 

Essas placas foram feitas para trabalhar em sua capacidade máxima. Considerando os cuidados básicos acima, coloque na melhor qualidade que a placa aguentar, divirta-se e esqueça isso. ;)

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, Diogo HF disse:

1) Qual a temperatura ideal da GPU e CPU pensando em termos de durabilidade?

 

 

Um máximo de 70 graus. Ideal é ficar na casa dos 30 a 60. Quanto menor, melhor.  Acima dos 70 graus você pode começar a ter redução de performasse porém acredito que só acima dos 95 graus você pode ter algum problema serio. 

 

Esses componentes são feitos para resistir a temperaturas elevadas, então mantendo a temperatura em um estado aceitável você dificilmente irá ter problemas. 

 

 

Citação

2) Quanto pode durar uma placa de vídeo sem estragar ela? Vamos supor que eu quisesse ficar 5 anos pelo menos com a mesma placa de vídeo, rodando os jogos, mesmo que sem a alta qualidade do início, isso seria possível tendo quais cuidados? Qual a dica para aumentar a vida útil desses componentes? 

 

 

Pode durar uma vida, qualquer produto eletrônico se feito com componentes de qualidade pode durar bastante tempo, tenho placas AGP dos anos 90 que ainda funcionam, porém minha GTX 650 me deu um certo trabalho com alguns problemas de artefatos, temperatura e cooler (devido a N fatores e o uso excessivo não foi um deles...) é meio que um misto de sorte, cuidados e qualidade final do produto. 

 

É mais fácil sua placa de vídeo ficar obsoleta perante os jogos atuais do que ela estragar por uso.

 

Mantenha a manutenção em dia, mantenha a temperatura dentro do padrão e você não terá problemas. 

 

Citação

3) Jogar no Ultra todos os jogos que o cara pode não força a placa? Não diminui a sua vida útil? Ou é mito? 

 

Mito

Editado por Fn1X
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
agora, Fn1X disse:

Um máximo de 70 graus. Ideal é ficar na casa dos 30 a 60. Quanto menor, melhor.  Acima dos 70 graus você pode começar a ter redução de performasse porém acredito que só acima dos 95 graus você pode ter algum problema serio.

Temperatura de 70ºC é baixa para placas de vídeo no geral e não há qualquer redução de performance. A minha trabalha na faixa dos 80ºC, o que é perfeitamente normal - é a temperatura de projeto - e não oferece qualquer tipo de risco. Algumas placas como a R9 290X têm temperatura normal de trabalho perto de 85ºC.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A coisa mais importante para garantir uma longa vida útil de qualquer componente eletrônico, é a fonte de alimentação. Opte sempre por fontes com selo 80 plus genuíno (existem várias marcas com selo falso por ai) e de marcas e modelos conhecidos como Corsair e EVGA por exemplo. Agora vamos por partes:

 

17 minutos atrás, Diogo HF disse:

1) Qual a temperatura ideal da GPU e CPU pensando em termos de durabilidade?

Varia de GPU para GPU, uns recomendam não deixar passar de 75º, outros de 80º, e por ai vai. Eu recomendo você fazer uma analise de temperaturaXperformance, quando a temperatura subir e o FPS abaixar, você vai descobrir e temperatura onde a placa começa a "arregar".

 

22 minutos atrás, Diogo HF disse:

2) Quanto pode durar uma placa de vídeo sem estragar ela? Vamos supor que eu quisesse ficar 5 anos pelo menos com a mesma placa de vídeo, rodando os jogos, mesmo que sem a alta qualidade do início, isso seria possível tendo quais cuidados? Qual a dica para aumentar a vida útil desses componentes? 

Com manutenção frequente, cuidado, uma boa fonte, uma boa pasta térmica e sorte, durará anos.

 

24 minutos atrás, Diogo HF disse:

3) Jogar no Ultra todos os jogos que o cara pode não força a placa? Não diminui a sua vida útil? Ou é mito?

Mais um mito de hardware! As placas pensadas levando em considerando que estarão sempre funcionando em seu desempenho máximo normal (sem overclocks ou boosters).

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 1 hora atrás, Fn1X disse:

     

    Um máximo de 70 graus. Ideal é ficar na casa dos 30 a 60. Quanto menor, melhor.  Acima dos 70 graus você pode começar a ter redução de performasse porém acredito que só acima dos 95 graus você pode ter algum problema serio. 

     

    Esses componentes são feitos para resistir a temperaturas elevadas, então mantendo a temperatura em um estado aceitável você dificilmente irá ter problemas. 

     

     

     

    Pode durar uma vida, qualquer produto eletrônico se feito com componentes de qualidade pode durar bastante tempo, tenho placas AGP dos anos 90 que ainda funcionam, porém minha GTX 650 me deu um certo trabalho com alguns problemas de artefatos, temperatura e cooler (devido a N fatores e o uso excessivo não foi um deles...) é meio que um misto de sorte, cuidados e qualidade final do produto. 

     

    É mais fácil sua placa de vídeo ficar obsoleta perante os jogos atuais do que ela estragar por uso.

     

    Mantenha a manutenção em dia, mantenha a temperatura dentro do padrão e você não terá problemas. 

     

     

    Mito

     

    O que seria "manter a manutenção em dia", além da questão da temperatura?

     

    Pergunta que estendo a outros amigos do grupo, quem souber responder.

     

    Seria abrir o gabinete e limpar por dentro? De quanto em quanto tempo seria o ideal/necessário abrir o gabinete e fazer esse tipo de limpeza?

    Editado por Diogo HF

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    1 hora atrás, Diogo HF disse:

    Gostaria de saber como funciona esse lance de vida útil de componentes. Eu pretendo trocar de placa daqui a dois anos, fazer um upgrade. Mas se eu quisesse que essa placa tivesse vida útil longa, o que teria que cuidar?

    "Vida útil" é um termo meio ambíguo... em termos de "quanto tempo ela liga", vai dar na casa de décadas, se for bem cuidada. Agora, em termos de "é relevante", aí depende do seu nível de exigência.

     

    No geral, não se importe com isso. Apenas vá usando, e quando quiser dar um up, dê.

     

    1 hora atrás, Diogo HF disse:

    1) Qual a temperatura ideal da GPU e CPU pensando em termos de durabilidade?

    Mantenha abaixo dos 83C (e se possível, abaixo de 80) e vai ficar tudo bem.

     

    1 hora atrás, Diogo HF disse:

    2) Quanto pode durar uma placa de vídeo sem estragar ela? Vamos supor que eu quisesse ficar 5 anos pelo menos com a mesma placa de vídeo, rodando os jogos, mesmo que sem a alta qualidade do início, isso seria possível tendo quais cuidados?

    Vide primeiro comentário.

     

    1 hora atrás, Diogo HF disse:

    Qual a dica para aumentar a vida útil desses componentes? 

    Use uma fonte de qualidade, mantenha as temperaturas em um bom nível e faça limpezas regulares.

     

    1 hora atrás, Diogo HF disse:

    3) Jogar no Ultra todos os jogos que o cara pode não força a placa? Não diminui a sua vida útil? Ou é mito? 

    A placa foi feita para ser usada, não para ficar ociosa. Pode usar, não precisa se estressar com isso.

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 59 minutos atrás, Foxwalt disse:

    Temperatura de 70ºC é baixa para placas de vídeo no geral e não há qualquer redução de performance. A minha trabalha na faixa dos 80ºC, o que é perfeitamente normal - é a temperatura de projeto - e não oferece qualquer tipo de risco. Algumas placas como a R9 290X têm temperatura normal de trabalho perto de 85ºC.

     

    Essa temperatura de 75 graus que chega na minha placa é apenas durante os jogos, friso. Depois fica bem abaixo disso.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    1 minuto atrás, Diogo HF disse:

    Essa temperatura de 75 graus que chega na minha placa é apenas durante os jogos, friso. Depois fica bem abaixo disso.

    O limite térmico dessas placas é na casa dos 100ºC.. Esses 75ºC é uma temperatura normal de operação..

     

    Sobre a "vida útil", depende do ponto de vista.. Ela deve funcionar normalmente, por muito tempo, desde que seja mantida em boas condições, ou seja, refrigerada, limpa, com fonte boa, etc.. Esse é um ponto..

     

    O outro ponto é: cedo ou tarde, o "Ultra" tem de ser abandonado, pra favorecer um FPS melhor.. Até já seria o caso, hoje, dependendo do jogo..

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 15 minutos atrás, Imakuni disse:

    "Vida útil" é um termo meio ambíguo... em termos de "quanto tempo ela liga", vai dar na casa de décadas, se for bem cuidada. Agora, em termos de "é relevante", aí depende do seu nível de exigência.

     

    No geral, não se importe com isso. Apenas vá usando, e quando quiser dar um up, dê.

     

    Mantenha abaixo dos 83C (e se possível, abaixo de 80) e vai ficar tudo bem.

     

    Vide primeiro comentário.

     

    Use uma fonte de qualidade, mantenha as temperaturas em um bom nível e faça limpezas regulares.

     

    A placa foi feita para ser usada, não para ficar ociosa. Pode usar, não precisa se estressar com isso.

     

    Limpeza regular você dizer abrir o gabinete. De quanto em quanto tempo seria o ideal fazer isso? Duas vezes ao ano está bem?

    adicionado 4 minutos depois
    8 minutos atrás, RS Faria disse:

    O limite térmico dessas placas é na casa dos 100ºC.. Esses 75ºC é uma temperatura normal de operação..

     

    Sobre a "vida útil", depende do ponto de vista.. Ela deve funcionar normalmente, por muito tempo, desde que seja mantida em boas condições, ou seja, refrigerada, limpa, com fonte boa, etc.. Esse é um ponto..

     

    O outro ponto é: cedo ou tarde, o "Ultra" tem de ser abandonado, pra favorecer um FPS melhor.. Até já seria o caso, hoje, dependendo do jogo..

     

    "O outro ponto é: cedo ou tarde, o "Ultra" tem de ser abandonado, pra favorecer um FPS melhor.. Até já seria o caso, hoje, dependendo do jogo.."

     

    É que meu parâmetro é o console, então eu jogava a 30 fps. Para mim qualquer valor acima de 30 fps é lucro. Acho fluído.

     

    O padrão tem sido Ultra full HD 60 fps, mas alguns jogos fica 40, 50 fps. Eu particularmente só estou tirando o Ultra em jogos online porque muito detalhe gráfico eu acho que atrapalha na visualização dos "inimigos".

     

    Agora offline eu meto no Ultra, mesmo que fique oscilando abaixo de 60 fps. Mesmo que fique a 40 fps. Mas isso é subjetivo. Eu não troco Ultra por alguns frames a mais, se o jogo está fluindo bem está ok para meu gosto :) Adiante se precisar tirar o Ultra porque não está garantindo 40 fps, aí sim.

     

    Dicas muito boas aqui, valeu mesmo. Só fico no aguardo sobre a questão da limpeza, seria de quanto em quanto tempo o ideal para abrir o gabinete e fazer isso?

     

     

     

    Editado por Diogo HF

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    1 minuto atrás, Diogo HF disse:

    Limpeza regular você dizer abrir o gabinete. De quanto em quanto tempo seria o ideal fazer isso? Duas vezes ao ano está bem?

    Abrir e tirar a poeira dos componentes.

     

    Quanto à regularidade, depende um pouco do seu ambiente, quanto você usa o PC, do gabinete... não tem um número certo. Por exemplo, se você tem um gabinete com filtro de poeira, pode se dar ao luxo de limpar menos vezes (limpando só o filtro). Se você vive em uma cidade grande que nem São Paulo, do lado de uma avenida muito movimentada, tem que limpar mais. Se você usa muito o PC, o acúmulo é maior...

     

    Eu diria para começar dando uma limpa uma vez por mês. Se você notar que quase não sai nada, aumente esse tempo. Você vai ter que ver o que funciona melhor para você.

    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 41 minutos atrás, Imakuni disse:

    Abrir e tirar a poeira dos componentes.

     

    Quanto à regularidade, depende um pouco do seu ambiente, quanto você usa o PC, do gabinete... não tem um número certo. Por exemplo, se você tem um gabinete com filtro de poeira, pode se dar ao luxo de limpar menos vezes (limpando só o filtro). Se você vive em uma cidade grande que nem São Paulo, do lado de uma avenida muito movimentada, tem que limpar mais. Se você usa muito o PC, o acúmulo é maior...

     

    Eu diria para começar dando uma limpa uma vez por mês. Se você notar que quase não sai nada, aumente esse tempo. Você vai ter que ver o que funciona melhor para você.

     

    Valeu. Vou fazer este final de semana então. vocês indicam algum tutorial no Youtube para fazer isso de forma segura?

     

     

    Olhei este artigo aqui, o que vocês me dizem?

     

    https://canaltech.com.br/hardware/manutencao-limpando-o-computador-por-dentro-para-iniciantes/

     

    Tenho um parente que entende de manutenção de PC. Fez um curso sobre isso. Mas sei lá, fico com essa dúvida de deixar ele fazer, ou eu mesmo. Pois vai que dá alguma coisa de errado com essa pessoa fazendo....

     

    Editado por Diogo HF

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    Em 21/09/2017 às 11:31, Diogo HF disse:

    Essa temperatura de 75 graus que chega na minha placa é apenas durante os jogos, friso. Depois fica bem abaixo disso.

    E está bem normal. É assim mesmo, não se preocupe. :thumbsup:

     

    Como já dito, você vai trocar a placa... Mas provavelmente por estar insatisfeito com a performance daqui a algum tempo. Se usar fonte decente, não usar estabilizador e shortbreak e verificar a temperatura de vez em quando... Fique tranquilo.

     

    O parâmetro para troca é insatisfação mesmo. E isso você que decide. Meu critério, por exemplo, é trocar quando pegar algum jogo que minha placa (GTX 760) não consiga rodar em Full HD a 60 FPS com vsync cravado, nem que seja no mínimo. Isso ainda não ocorreu, incrivelmente.

     

    Em 21/09/2017 às 11:56, Diogo HF disse:

    Tenho um parente que entende de manutenção de PC. Fez um curso sobre isso. Mas sei lá, fico com essa dúvida de deixar ele fazer, ou eu mesmo. Pois vai que dá alguma coisa de errado com essa pessoa fazendo....

    É bem tranquilo de fazer... E definitivamente é melhor fazer você mesmo. Ninguém vai ter o mesmo cuidado com esse tipo de serviço quanto você.

     

    Meu gabinete aqui tem filtros de poeira de fábrica, em todas as aberturas de fans. Deixei mais de 2 anos sem realmente abrir para limpar. Quando fui limpar, quase não tinha poeira. Procure um gabinete com filtros removíveis ou compre os filtros e instale no seu... E nem precisa ficar preocupando assim. É uma beleza. Aqui agora eu limpo uma vez por ano, e olhe lá.

    adicionado 1 minuto depois

    E detalhe: meu gabinete tem janela lateral. Não aparece poeira quase nenhuma lá dentro nesse tempo.

    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Em 23/09/2017 às 18:19, Foxwalt disse:

    E está bem normal. É assim mesmo, não se preocupe. :thumbsup:

     

    Como já dito, você vai trocar a placa... Mas provavelmente por estar insatisfeito com a performance daqui a algum tempo. Se usar fonte decente, não usar estabilizador e shortbreak e verificar a temperatura de vez em quando... Fique tranquilo.

     

    O parâmetro para troca é insatisfação mesmo. E isso você que decide. Meu critério, por exemplo, é trocar quando pegar algum jogo que minha placa (GTX 760) não consiga rodar em Full HD a 60 FPS com vsync cravado, nem que seja no mínimo. Isso ainda não ocorreu, incrivelmente.

     

    É bem tranquilo de fazer... E definitivamente é melhor fazer você mesmo. Ninguém vai ter o mesmo cuidado com esse tipo de serviço quanto você.

     

    Meu gabinete aqui tem filtros de poeira de fábrica, em todas as aberturas de fans. Deixei mais de 2 anos sem realmente abrir para limpar. Quando fui limpar, quase não tinha poeira. Procure um gabinete com filtros removíveis ou compre os filtros e instale no seu... E nem precisa ficar preocupando assim. É uma beleza. Aqui agora eu limpo uma vez por ano, e olhe lá.

    adicionado 1 minuto depois

    E detalhe: meu gabinete tem janela lateral. Não aparece poeira quase nenhuma lá dentro nesse tempo.

     

    Sim, eu abri este final de semana, tomei coragem. Vi uns vídeos, estava seguro. Fiz a limpeza interna, muito fácil. Vi também que eu mesmo vou poder colocar mais 8GB de memória RAM final do ano, é bem tranquilo e seguro fazer esse tipo de procedimento.

     

    Meu PC estava bem limpo, mas foi bom para ver como funciona por dentro, nunca tinha feito :)

     

    Mas eu não desmontei nada, tipo a placa de vídeo, fonte etc. Essa limpeza mais detalhada eu farei final do ano com um amigo que entende.... eu vou fazer, mas sob supervisão dele, pois aí será o caso de desplugar componentes etc.

     

    Obrigado, meu caro.

     

    E seu grau de exigência é grande. Eu não exijo 60 fps cravados não. Não no Ultra, ao menos.

     

    E para modo online eu nem gosto de jogar no Ultra, fica muito detalhe gráfico. High está ótimo. Ultra estou usando apenas para offline.

     

     

    Obrigado pelas dicas e tranquilizar sobre a temperatura da minha GPU! Eu uso sempre o AfterBurner durante os jogos para monitorar. Valeuuuu

     

     

     

    Editado por Diogo HF
    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    15 horas atrás, Diogo HF disse:

    Mas eu não desmontei nada, tipo a placa de vídeo, fonte etc. Essa limpeza mais detalhada eu farei final do ano com um amigo que entende.... eu vou fazer, mas sob supervisão dele, pois aí será o caso de desplugar componentes etc.

    Você diz tirar os componentes da máquina para limpar ou literalmente desmontá-los?

     

    15 horas atrás, Diogo HF disse:

    Obrigado, meu caro.

    Fico contente em ajudar. :thumbsup:

     

    15 horas atrás, Diogo HF disse:

    E seu grau de exigência é grande. Eu não exijo 60 fps cravados não. Não no Ultra, ao menos.

    15 horas atrás, Diogo HF disse:

    E para modo online eu nem gosto de jogar no Ultra, fica muito detalhe gráfico. High está ótimo. Ultra estou usando apenas para offline.

    Mas em... Você também é muito exigente, mas de outra forma. Pelo que vi, você parece querer manter a qualidade elevada, enquanto eu sacrifico a qualidade (até porque muitas vezes nem faz grande diferença, o que importa mesmo é a resolução) para manter 60 FPS cravados no vsync. É justamente por ter saído há algum tempo dos consoles que não aceito jogar sem vsync cravado nos 60 FPS sem quedas, faz uma enorme diferença. Não quero nada acima disso, mas não quero ficar abaixo. :P

     

    O Doom por exemplo eu coloquei no mínimo em Full HD para ter 60 FPS cravados. Faz muita diferença na jogabilidade. E aumentar a qualidade gráfica nem muda muita coisa relevante na qualidade de imagem. Claro que aí é opinião pessoal.

     

    15 horas atrás, Diogo HF disse:

    Obrigado pelas dicas e tranquilizar sobre a temperatura da minha GPU! Eu uso sempre o AfterBurner durante os jogos para monitorar. Valeuuuu

    Tenho um tutorial sobre ele. Se lhe interessar: http://www.clubedohardware.com.br/forums/topic/1192565-tutorial-como-coletar-informações-sobre-seu-computador/

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 6 horas atrás, Foxwalt disse:

    Você diz tirar os componentes da máquina para limpar ou literalmente desmontá-los?

     

    Fico contente em ajudar. :thumbsup:

     

    Mas em... Você também é muito exigente, mas de outra forma. Pelo que vi, você parece querer manter a qualidade elevada, enquanto eu sacrifico a qualidade (até porque muitas vezes nem faz grande diferença, o que importa mesmo é a resolução) para manter 60 FPS cravados no vsync. É justamente por ter saído há algum tempo dos consoles que não aceito jogar sem vsync cravado nos 60 FPS sem quedas, faz uma enorme diferença. Não quero nada acima disso, mas não quero ficar abaixo. :P

     

    O Doom por exemplo eu coloquei no mínimo em Full HD para ter 60 FPS cravados. Faz muita diferença na jogabilidade. E aumentar a qualidade gráfica nem muda muita coisa relevante na qualidade de imagem. Claro que aí é opinião pessoal.

     

    Tenho um tutorial sobre ele. Se lhe interessar: http://www.clubedohardware.com.br/forums/topic/1192565-tutorial-como-coletar-informações-sobre-seu-computador/

     

    Entendi. Está certo.

     

    Eu também não vejo diferença grande entre Ultra e high. Estou repensando isso. Online eu nunca jogo no Ultra mais, acho que não compensa.

     

    Você saberia dizer qual é a qualidade gráfica no Ps4/One, exatamente? Eu tenho a impressão que o padrão seria o médio do PC. Ao menos jogando algumas vezes no Ps4 eu noto isso.

     

    Sobre a limpeza, a que eu fiz sozinho foi simples, sem tirar componente algum. Mas final do ano penso em tirar a fonte e placa de vídeo para limpar ela em separado. Mas aí vou fazer com supervisão de um amigo.

    Editado por Diogo HF

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    Em 26/09/2017 às 13:00, Diogo HF disse:

    Eu também não vejo diferença grande entre Ultra e high. Estou repensando isso. Online eu nunca jogo no Ultra mais, acho que não compensa.

    Em jogos como Battlefield 4, por exemplo, é difícil ver diferença mesmo do medium para high ou ultra (este último, por exemplo, pesa muito na placa de vídeo só para mudar um pouco as partículas e a poeira voando...). Do low para o medium você vê diferença, mas nada gritante.

     

    Em jogos como o Doom, que tenho que jogar no low para cravar 60 FPS, a qualidade gráfica ainda continua sensacional. Não me sinto tendo experiência inferior quando comparado a quem joga no máximo.

     

    A única coisa que me incomoda mesmo é não cravar 60 FPS em 1080p. Abaixo perde fluidez, acima fica com tearing e é inútil por passar da taxa de atualização da TV (sim, eu uso uma TV 40'' no lugar do monitor). Nada mais, nada menos. Tirando isso, a qualidade muda pouca coisa ao meu ver.

     

    Em 26/09/2017 às 13:00, Diogo HF disse:

    Você saberia dizer qual é a qualidade gráfica no Ps4/One, exatamente? Eu tenho a impressão que o padrão seria o médio do PC. Ao menos jogando algumas vezes no Ps4 eu noto isso.

    Acho que por aí mesmo... Mas não dá para comparar diretamente assim porque no console eles regulam uma combinação das diversas características gráficas para proporcionar a melhor experiência dentro do limite do hardware. Portanto, há uma combinação de qualidades entre os itens.

     

    Sinceramente? Não acho que minha "simples" GTX 760 esteja abaixo deles...

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    22 minutos atrás, Foxwalt disse:

    Sinceramente? Não acho que minha "simples" GTX 760 esteja abaixo deles...

    Tenho uma igual, Windforce 3x 2gb. Rodo tudo que quero nela. Roda direto em 99% acima dos 76º, isto porque troquei a pasta que já estava meio enrijecida pela Implastec branca (sempre usei ela). Estava chegando a 82º com a pasta original.

    Só peguei uma GTX970 pois estava uma pechincha. 

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Eu não sinto diferença alguma em pequenas variações de frames. Tipo 40-60 fps. 70-100 fps. Fica fluido igual. 

     

    Eu nunca deixo habilitado a opção de travar em 60 fps, para ficar igual ao monitor de 60 hz. 

     

    Isso porque uma vez fiz isso com Titanfall 2 e deu umas travadas, horrível. Aí eu jogo sem esse lance habilitado e fica variando entre 60-90 fps o jogo, fica fluido, não trava nada fica show. 

     

    Acho bem subjetivo tudo isso. Cada um deve ter o seu parâmetro. Para mim  40 fps da para jogar muito bem. Mesmo sem ser o ideal, eu não sinto essa diferença para 60 fps como dizem. O único que pode estabelecer parâmetro de qualidade em jogos é você mesmo, pois é subjetivo isso tudo. 

     

    Tem gente que acha ruim jogar a 60 fps, por exemplo. Se não estiver a 120 fps nem liga o PC hehe 

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    18 horas atrás, Wagner Ruaro disse:

    Tenho uma igual, Windforce 3x 2gb. Rodo tudo que quero nela. Roda direto em 99% acima dos 76º, isto porque troquei a pasta que já estava meio enrijecida pela Implastec branca (sempre usei ela). Estava chegando a 82º com a pasta original.

    A minha aqui fica nos 82ºC constantes, e isso com a pasta térmica Master Gel Maker Nano, da Cooler Master. O sistema de refrigeração da placa é muito bom, porque consegue manter essa temperatura de forma silenciosa com um clock de insanos 1.267 MHz de fábrica (quase 30% acima do padrão de 980 MHz)!

     

    Com a pasta original ficava a mesma temperatura, mas os fans trabalhavam mais, fazendo mais barulho, e o clock não ficava tão estável.

     

    E eu não te recomendaria usar essa Implastec. Ela resseca bem mais rápido e a performance fica claramente abaixo das pastas melhores.

     

    4 horas atrás, Diogo HF disse:

    Eu não sinto diferença alguma em pequenas variações de frames. Tipo 40-60 fps. 70-100 fps. Fica fluido igual.

     

    Acho bem subjetivo tudo isso. Cada um deve ter o seu parâmetro. Para mim  40 fps da para jogar muito bem. Mesmo sem ser o ideal, eu não sinto essa diferença para 60 fps como dizem. O único que pode estabelecer parâmetro de qualidade em jogos é você mesmo, pois é subjetivo isso tudo.

     

    Tem gente que acha ruim jogar a 60 fps, por exemplo. Se não estiver a 120 fps nem liga o PC hehe 

    Além de depender de pessoa para pessoa, depende do seu monitor/TV. Minha televisão não tem resposta rápida como um monitor e a diferença fica mais perceptível por causa disso. Eu considero a experiência péssima abaixo dos 60 FPS cravados.

     

    Já sobre jogar a 120 FPS, deve-se ter monitor para isso (com taxa de atualização de 120 Hz ou superior) para poder realmente "enxergar" os quadros. A diferença, nesse caso, também é subjetiva e varia de pessoa para pessoa, mas é bem menos perceptível do que a diferença entre 30 FPS e 60 FPS (que eu considero brutal). Há também casos especiais como o CS:GO em que, mesmo não tendo monitor com taxa de atualização para suportar todos os quadros, jogar com taxas mais altas faz diferença porque a engine bugada do jogo é afetada por isso.

     

    Enfim, não tem como generalizar.

     

    5 horas atrás, Diogo HF disse:

    Eu nunca deixo habilitado a opção de travar em 60 fps, para ficar igual ao monitor de 60 hz.

    Eu não jogo sem habilitar o vsync. Se a taxa vai acima, fico com um tearing terrível. Se vai abaixo, fico com um lag terrível. Talvez minha televisão influencie nisso.

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Em 30/09/2017 às 17:45, Foxwalt disse:

    A minha aqui fica nos 82ºC constantes, e isso com a pasta térmica Master Gel Maker Nano, da Cooler Master. O sistema de refrigeração da placa é muito bom, porque consegue manter essa temperatura de forma silenciosa com um clock de insanos 1.267 MHz de fábrica (quase 30% acima do padrão de 980 MHz)!

     

    Com a pasta original ficava a mesma temperatura, mas os fans trabalhavam mais, fazendo mais barulho, e o clock não ficava tão estável.

     

    E eu não te recomendaria usar essa Implastec. Ela resseca bem mais rápido e a performance fica claramente abaixo das pastas melhores.

     

    Além de depender de pessoa para pessoa, depende do seu monitor/TV. Minha televisão não tem resposta rápida como um monitor e a diferença fica mais perceptível por causa disso. Eu considero a experiência péssima abaixo dos 60 FPS cravados.

     

    Já sobre jogar a 120 FPS, deve-se ter monitor para isso (com taxa de atualização de 120 Hz ou superior) para poder realmente "enxergar" os quadros. A diferença, nesse caso, também é subjetiva e varia de pessoa para pessoa, mas é bem menos perceptível do que a diferença entre 30 FPS e 60 FPS (que eu considero brutal). Há também casos especiais como o CS:GO em que, mesmo não tendo monitor com taxa de atualização para suportar todos os quadros, jogar com taxas mais altas faz diferença porque a engine bugada do jogo é afetada por isso.

     

    Enfim, não tem como generalizar.

     

    Eu não jogo sem habilitar o vsync. Se a taxa vai acima, fico com um tearing terrível. Se vai abaixo, fico com um lag terrível. Talvez minha televisão influencie nisso.

     

     

    Conclusão: tudo isso é subjetivo.

     

    Meu olho não nota diferença alguma entre 40 e 60 fps. Eu deixo sempre uma margem de segurança acima de 30 fps nos jogos. Fica excelente, muito fluído. Embora, atualmente, jogo a 60 fps como padrão. Até acima de 60 fps em alguns jogos, mas porque minha placa é ainda forte para esses jogos que tenho.

     

    Mas quando jogo a 40 fps acho normal, fluído igual a 60.

     

    Tem gente que não joga se não for a 120 fps.... acha 60 fps ruim.

     

    O gráfico no "médio" de um PC é o gráfico do Ps4 e XBOX. Logo, já é um gráfico muito show.

     

    Quem deve decidir isso é cada um. E não o site do Adrenaline e cia ltda. Eles são úteis para mim apenas para mostrar os reviews dos jogos. Opinião deles eu nunca levo em conta. Pessoal quer vender placa de vídeo e processador novos.

     

    Mesma coisa os "requisitos recomendados" dos jogos, sempre totalmente exagerados.

    Editado por Diogo HF

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    2 horas atrás, Diogo HF disse:

    Meu olho não nota diferença alguma entre 40 e 60 fps.

    Eu diria que sempre notei... E minha televisão aqui deve agravar a diferença por ter tempo de resposta lento.

     

    Mas isso é subjetivo mesmo.

     

    2 horas atrás, Diogo HF disse:

    Tem gente que não joga se não for a 120 fps.... acha 60 fps ruim.

    Eu já joguei em monitor 144 Hz e dá para notar diferença, mas bem longe de ser como eu noto entre 30 FPS e 60 FPS. Eu fico satisfeito com meus 60 FPS cravados. ;)

     

    2 horas atrás, Diogo HF disse:

    O gráfico no "médio" de um PC é o gráfico do Ps4 e XBOX. Logo, já é um gráfico muito show.

    Sim. Mesmo meu Nintendo Wii U já tem a qualidade gráfica bem bacana.

     

    2 horas atrás, Diogo HF disse:

    Mesma coisa os "requisitos recomendados" dos jogos, sempre totalmente exagerados.

    Esses requisitos recomendados pelas desenvolvedoras são tão inúteis quanto a informação de fonte recomendada fornecida por fabricantes de placas de vídeo. É informação para descartar de cara mesmo.

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 19 horas atrás, Foxwalt disse:

    Eu diria que sempre notei... E minha televisão aqui deve agravar a diferença por ter tempo de resposta lento.

     

    Mas isso é subjetivo mesmo.

     

    Eu já joguei em monitor 144 Hz e dá para notar diferença, mas bem longe de ser como eu noto entre 30 FPS e 60 FPS. Eu fico satisfeito com meus 60 FPS cravados. ;)

     

    Sim. Mesmo meu Nintendo Wii U já tem a qualidade gráfica bem bacana.

     

    Esses requisitos recomendados pelas desenvolvedoras são tão inúteis quanto a informação de fonte recomendada fornecida por fabricantes de placas de vídeo. É informação para descartar de cara mesmo.

     

     

    Concordo com tudo o que você falou. Por isso quando leio "GTX 1070 não serve para 4K", para mim soa muito estranho. Tem gente que acha que a GTX 1080 não dá conta de 4K. Parâmetros muito exigentes, acho bem FORA DA REALIDADE BRASILEIRA, inclusive.

     

    Se um One X é o "console do momento", acho que ele pode servir de parâmetro. Um PC com uma GTX 1070 está muito bom em 4K, se ele for um parâmetro de "qualidade em jogos". 

     

    Eu também acho que os jogos não são otimizados para um poder muito grande de hardware.... logo, turbinar muito um PC até que ponto isso compensa? Eu não vejo como. Será desperdiçar hardware para ter pouco ganho.....

     

     

    Se fizessem jogos pensando na GTX 1080 imagina os games que não teríamos?.... nem falo em pixels, gráfico, falo NO GERAL MESMO. Jogos com conteúdo excepcional, muita variedade etc. Não existe isso. Um desenvolvedor não vai fazer um game para um nicho pequeno de pessoas.

     

    Então eu penso num PC sempre olhando para um console e fazendo um hardware um pouco melhor. Para ganhar na força bruta e, no final, dar um resultado melhor. Não precisa ser muita diferença. Pois o maior atrativo do PC ao meu ver é o PREÇO DOS JOGOS. A retrocompatibilidade. O mouse e teclado em jogos, a liberdade de upgrade etc.

     

    Não sou fissurado em pixels e muito menos em 60 fps. Embora eu dê mais valor a pixels e gráfico no Ultra que 60 fps.

     

    A qualidade é cada um que deve saber a sua. Para mim, um game com boa margem de segurança com relação a 30 fps está fluído. Ameaçando 30 fps, para evitar uma queda abaixo disso num dado momento, aí eu tiraria o Ultra ou mesmo o HIgh.

     

     

     

     

    adicionado 12 minutos depois
    19 horas atrás, Foxwalt disse:

    Esses requisitos recomendados pelas desenvolvedoras são tão inúteis quanto a informação de fonte recomendada fornecida por fabricantes de placas de vídeo. É informação para descartar de cara mesmo.

     

    Isso que estamos falando aqui é muito importante. Já conversei com várias pessoas e elas me dizem "eu não vou montar um PC para jogos, olha os requisitos recomendados, prefiro o console".

     

    Tipo na cabeça das pessoas, "requisitos recomendados" e "alta qualidade" é igual a rodar como um console Ps4 e XBOX. Aí o cara conclui "não quero fazer upgrade a cada dois anos, não vale a pena um PC". Claro, o parâmetro de julgamento está errado.

     

    Realmente, se fosse isso, eu não montaria um PC para jogos.

     

    A realidade é que "requisitos mínimos" é para rodar igual/semelhante a um console. Embora eu já vi review da GTX 660, uma placa de 2012, rodando já MELHOR que o Ps4 vários jogos. Um PC de 2012.

     

    Requisitos recomendados é outro patamar. É para um segmento mais entusiasta mesmo. Logo, opção e não necessidade como muitos pensam por aí. Digo o pessoal que joga apenas em console. Muitos dizem que é NECESSÁRIO fazer upgrade seguidamente para "rodar os jogos", tipo senão o jogo nem liga. Ou fica todo bugado, travado etc. Como há MITOS no PC.

     

     

     

     

    Editado por Diogo HF

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×