Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Pincipi

Revisão aos 25 anos de uso multimetro Fuke DT-830B

Recommended Posts

Resgatando o assunto do antigo tópico:

Tenho um velho multímetro o qual comprei em 1992, levou algum tempo para descobrir que não existe Fuke e o certo seria a marca Fluke:

fuke.jpg.6c66e190451ebb3118b42371a52ed3c6.jpg

Nestes anos todos de uso eu tive diversos problemas, o primeiro é que o cabo vermelho rompeu e depois de desmontar e soldar deu tudo certo e voltou a funcionar:

ponta.thumb.jpg.2ba2bfa727e112b3229dd965ce863248.jpg

Para desencaixar a ponta basta ir forçando aos poucos que ela sai.

O segundo problema foi quando a bateria acabou e fui trocar, neste momento eu rompi o engate da bateria de 9V, sorte que achei um brinquedo velho e aproveitei o engate dele, foi só soldar o engate bom e voltou a funcionar normalmente.

Depois de uns dez anos de uso o display começou a dar problema as vezes não aparecia o número completo, só apareciam partes deles e conforme apertava o display, os números apareciam por completo, na época fiz uma gambiarra com espuma dentro da carcaça:

espuma.thumb.jpg.6125290dffdf5fd66120718974560cc3.jpg

Funcionou por muito tempo, ocorre que agora o mesmo problema voltou:

defeito.jpg.3e800e8fee2cf00945b8a61f0da9cc2b.jpg

Aqui deveriam aparecer três zeros mas, quando aperto com a mão aparece uma parte:

defeito2.thumb.jpg.c061bf90246c9e19332a80a9371af9f1.jpg

Então vamos lá, mãos a obra, vamos abrir ele e fazer a revisão dos 25 anos de uso, comece retirando os dois parafusos da parte de trás, ou de baixo:

traseira.thumb.jpg.ec42961c722b5df794a3d38bcfd670eb.jpg

Então terá acesso ao interior:

interna.thumb.jpg.27fc4908d3233e505d6895706fa59358.jpg

Recomendo cuidado ao remover o conector da bateria, as vezes a bateria vaza e fica enferrujado e gruda tudo, se não retirar com jeito estraga, para acessar a área do display tem que soltar os três parafusos marcados com a bolinha vermelha, inclusive um deles fica em baixo do fuzivel. Tenha em mente que ao soltar os parafusos, vai liberar a placa da tampa superior e provavelmente o seletor vai se desencaixar e duas bolinhas de metal e um par de molas vão se soltar:

esferas.jpg.cf90a7767b8a58d85e94f1ad33dc9160.jpg

No meu caso a mola do lado esquerdo enferrujou e virou pó, depois vou arrumar outra mola ou fazer alguma gambiarra com espuma ou borracha macia.

A lubrificação original era de uma pasta branca que estava ressecada e usei graxa comum para repor, se bem que acredito que deve ser recomendado outro tipo de graxa.

Finalmente, no display:

display.jpg.3ec183a743ba99bc9caec2eb549b8f35.jpg

Já deu para notar que quebrou um dos suportes de plástico que prendem o display na placa.

display2.thumb.jpg.360eb59e06f84e278d3d14b65a994fa1.jpg

O problema está na borracha entre o display e a placa.

display3.jpg.3a3227380e58df3ae71c0db3b489b0e1.jpg

Veja o detalhe marcado em vermelho, é bem ai que ocorre o mal contato.

display4.jpg.8e613b372c49c61d5a7438c5362909af.jpg

O display está só encaixado, a espuma rosa está colada apenas no vidro.

Analisando o problema, uma solução seria dar um jeito de deixar pressionado o local para que não ocorra mais o mal contato.

Detalheencaixe.thumb.jpg.757bf57dad0189c7149ff60217e0ac4d.jpg

Visto de lado fica assim, a placa até fica torta.

Optei por fazer dois furos no suporte:

display5.thumb.jpg.c8271160f90e253e6201289ef517e63e.jpg

Aproveitei para dar uma limpada no zinabre dos contatos passando bem de leve um lápis borracha:

display6.jpg.a56238753fce0dff40b307113c56450a.jpg

Depois peguei uma fita dental, aquele fio que se usa para limpar os dentes, eu sei que ele é bem forte para este propósito:

display7.jpg.9c889e89ffffc989a5d91b3a1f08a565.jpg

Fechei o nó e fiz um ajuste fino, colocando pedaços de palitos de dente até chegar ao ponto exato de não ter mais mal contato:

display8.jpg.c47e3c9c94ffc92caa000891e6448116.jpg

Então, remontei tudo e sucesso:

fim.thumb.jpg.dbdf8c5ccb0dc06709e6eccc2ae72534.jpg

O display voltou a funcionar.

A capa cobriu a fita dental, nem parece que foi consertado de um modo nada profissional.

Mais tarde pretendo fazer uma boa limpeza, só não sei ainda qual a lubrificação que vai nos contatos móveis do seletor.

Espero que entenda que de fato um multímetro deste pode ser comprado a partir de dez reais e que por certo o destino dele era o lixo, já que é mais barato comprar outro do que perder tempo com seu reparo mas, acontece que viciei em consertar tranqueiras e não sossego enquanto não ver funcionando direitinho.

É isso, espero ter ajudado em alguma coisa.

 

display5.jpg

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

:rezando::rezando::rezando::rezando::rezando::rezando::rezando::rezando::rezando::rezando::rezando::rezando::rezando::rezando::rezando:

 

 

:exorcize:

 

"Fuke" you! Excelente nome Chinês huauhauhauhahuauha X) legal o nome!

 

Compre um Fluke ^^

  • Haha 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O tempo passa e o multímetro é a mesma coisa.. Em também tenho um com esse mesmo modelo DT830B, mas nem marca tem, comprei faz uns 2 anos, a placa é identica, só muda que os resistores do meu são SMD. 

Enfim, mesmo tendo que fazer alguns remendos seu aparelho ainda está conservado, afinal tem 25 anos. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Continuando, resolvi que iria retirar a bateria recarregável de 9V para usar no multímetro novo e fazer a gambiarra no multímetro velho, utilizando células de bateria de notebook, existem muitos vídeos na internet mostrando isso.

    No meu caso ficou assim:

    1.thumb.jpg.baae0b41a899512895e9e9e2a71e4a33.jpg

    Aproveitei parte carcaça da bateria e de propósito coloquei dois parafusos emendados ao fio com as pontas do lado de fora, a finalidade para isso foram várias:

    1- Ter um terminal pronto para uma eventual recarga, sem a necessidade de desmontar ou o pac de baterias ou o multímetro, se bem que uma bateria destas pode durar uma vida inteira.

    2- Ter a possibilidade de eventualmente aproveitar a fonte de energia para algum outro propósito, como por exemplo um led para iluminar o próprio multímetro ou o que está sendo medido.

    3- Ter a possibilidade de testar a bateria sem desmontar, apenas para saber quanto ainda resta de carga, sem levar em consideração que este modelo avisa na tela com um desenho de bateria que está na hora de trocar.

    Uma interessante observação é que fiquei tentado a realizar um auto teste, usando o próprio multímetro para medir a própria bateria em uso, eu sei que isso é uma santa ingenuidade, pois se fosse possível, ele viria com um botão para mostrar a carga, o resultado é este, em DCV 20 selecionado:

    Ao colocar apenas a ponta preta no negativo aparece "-1 .", e ao colocar apenas a ponta vermelha no positivo aparece "2.98".

    Invertendo, colocando apenas a ponta vermelha no negativo aparece "-4.66" e colocando apenas a ponta preta no positivo aparece "1 ."

    Colocando as duas pontas ao mesmo tempo dá "-1 ."

    Medindo em outro multímetro que tenho, um analógico, na escala DCV 50 marca entre 8 e 9. Na escala DCV 10 ultrapassa o fim da escala.

    No final do trabalho ficou assim:

    2.thumb.jpg.2a5448db301f8f80168956d5d31c3862.jpg

    Com opção de ficar inclinado, muito bom, tem melhor visibilidade do que ficar deitado.

    4.jpg.4aa65579f8b989d8ae751833d3e37a3a.jpg

    Que era a única posição que podia ser usado antes, já que em pé ele caia.

    3.jpg.90106a6e32cc9d18311f33b2e81506dc.jpg

    problema esolvido agora que com o peso das baterias passou a ficar em pé equilibrado sem cair.

    A diferença em relação aos outros projetos na internet está na dobradiça que permite a mudança de posições.

    Por outro lado ele ficou bem mais pesado e sua aparência não é muito boa, fica com cara de gambiarra.

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    12 minutos atrás, Pincipi disse:

    Ao colocar apenas a ponta preta no negativo aparece "-1 .", e ao colocar apenas a ponta vermelha no positivo aparece "2.98".

    Invertendo, colocando apenas a ponta vermelha no negativo aparece "-4.66" e colocando apenas a ponta preta no positivo aparece "1 ."

    Colocando as duas pontas ao mesmo tempo dá "-1 ."

    Isso acontece porque esses multímetros usam um divisor de tensão. Pode ver que a soma dos dois valores que encontrou resultam em 7,64V. Pois no caso as duas baterias que está usando são de aproximadamente 3,7V.

    No mais achei a gambiarra da dobradiça interessante, penso até em fazer no meu velho ICEL IK-1250 que também não tem apoio.

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Em 13/10/2017 às 18:42, Mestre88 disse:

    No mais achei a gambiarra da dobradiça interessante, penso até em fazer no meu velho ICEL IK-1250 que também não tem apoio.

    Neste ponto eu tenho algumas ideias para ter um apoio sem as dobradiças:

    Fazer com um arame, um suporte no mesmo estilo aos que são utilizados em notebooks, porta bíblias ou porta retratos, não tira a originalidade do aparelho e resolve.

    Outra ideia é fixar o apoio no aparelho por meio de "enforca gato" ou até mesmo amarrar com algo, através de furos na parte de baixo e no apoio.

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    1 hora atrás, Pincipi disse:

    Fazer com um arame, um suporte no mesmo estilo aos que são utilizados em notebooks, porta bíblias ou porta retratos, não tira a originalidade do aparelho e resolve.

    Pode ser, eu nunca tinha pensado nisso.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×