Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
L.A

Preciso Aprender Coulomb Para Saber Eletrônica?

Recommended Posts

eu vi em pesquisas online e videos no youtube que coulumb é algo ligado a eletrônica, mas eu também que apesar de ser conectado a eletrônica ela não é muito utilizada na pratica. então minha pergunta é, ´necessario eu saber para mexer com eletrônica?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Penso que é interessante saberes (ou nem) que a lei de ohm tem alguma conexão com a de coulumb (que nunca usei, nem lembro, to com preguiça de relembrar e tenho raiva de quem lembra porquê tem memória melhor que a minha!). . Já a dita de ohm V=R.I é imprescindível na teoria.  Na prática não deves desconsiderar o desdobramento dela P=V.I

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O negócio é que a ciência não é uma coisa prática para resolver todos os teus problemas do dia a dia, ela não é voltada para o resolver prática, mas essa como outras teorias ajudam a construir o alicerce da ciência e ter base para o desenvolvimento de outras coisas, por exemplo a unidade do si Coulomb que também é usada na termo dinâmica... se você for um técnico você não vai usar isso nem ferrando... se for do curso superior você use talvez em provas, tipo eletromag...

 

Se você quiser saber um parte onde isso é aplicado vai no https://scholar.google.com.br

e digita "Coulomb law" e você vai ver coisas bem diferentes.

 

Por outro lado existem fórmulas par calcular motores, transformadores  que são bem complexas e exigem matérias do nível superior e que mesmo sendo necessárias para o devido cálculo muita gente não usa, já que os motores já vem prontos, os transformadores e tudo quanto é produto eletrônico tem muita ciência que não se faz necessário o usuário final saber.

 

A faculdade UFs, por exemplo, não tem como objetivo principal forma trabalhadores ... ela quer formar pessoas que vão aumentar o conhecimento estudo e por ai vai. Sair com o canudo e ter um bom trabalho é consequência, apesar de que muitos cursos superiores são criados para tender a necessidade de mercado os cursos ainda assim são voltados para criar pesquisadores, propagadores do conhecimento.

 

Enfim ^^ não tem necessidade até você encontrar um problema que você necessite disso, e no mundo da prática raramente.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, L.A disse:

eu vi em pesquisas online e videos no youtube que coulumb é algo ligado a eletrônica, mas eu também que apesar de ser conectado a eletrônica ela não é muito utilizada na pratica. então minha pergunta é, ´necessario eu saber para mexer com eletrônica?

Não. Esta unidade não entra na eletrônica comum. 

Tem a ver com a quantidade de carga elétrica (eletrons) que passa por um fio em um determinado tempo e sobre eletricidade estática. 

O que vai usar mesmo é Lei de Ohm. E algumas outras dependendo do ramo que for tomar. 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Acho as Leis de Kirchhoff também importantes para o estudo da eletrônica:

 

 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Lembrei das brincadeiras do povo que diz que nunca precisou usara Bhaskara fora da faculdade/escola huahuahuuha

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@Bommu Perneta  

 

Sim, e eu também nunca precisei usar Matrizes, nem Integral, nem Diferencial, nem Pert, nem conceitos de eletromagnetismo, nem álgebra booleana.....

 

Na verdade, cerca de 80 a 90 % do que aprendí na Faculdade nunca precisei usar até hoje...... 

 

Se tivesse usado esse tempo todo inútil no estudo apenas de Eletrônica......

 

Paulo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@aphawk Eu ainda estou me decidindo o que quero me jogar no fim do curso, se eu completar... mas depois dos projetos que fiz eu senti muita necessidade de ajuda na parte de eletrônica e programação na faculdade. Só deram o basicão... e Engenharia da computação deveria ter mais disso... mas enfim...

 

Meus colegas pegam muita bolsa para parte de redes, cuidar de redes na faculdade... é "brochante"(broxante*), mas enfim... não se pode esperar muito no Br... mas isso é história para outra saga ^^

Editado por Bommu Perneta
  • Obrigado 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@L.A É importante você ter uma noção básica sim, saber o basico sobre atração e repulsão, quanto as formulas só ira utilizar para vestibulares de medicina ou militar...

 

@Bommu Perneta fiz segurança da informação mas toda grade de programação foi junto com o pessoal de engenharia e ciência da computação, decepção total, aprender c/c++ vb.net java e assembly bem basico mesmo, fazer led piscar em microcontroladores... porém andei olhando a grade de eletronica das etecs e fatecs, o conteudo de c/c++ assembly e microcontroladores pareceu excelentes!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/10/2017 às 23:06, Bommu Perneta disse:

@aphawk Eu ainda estou me decidindo o que quero me jogar no fim do curso, se eu completar... mas depois dos projetos que fiz eu senti muita necessidade de ajuda na parte de eletrônica e programação na faculdade. Só deram o basicão... e Engenharia da computação deveria ter mais disso... mas enfim...

 

Meus colegas pegam muita bolsa para parte de redes, cuidar de redes na faculdade... é "brochante"(broxante*), mas enfim... não se pode esperar muito no Br... mas isso é história para outra saga ^^

 

Ainda existe um grande mercado para pequenos provedores de internet, e quase sempre quem faz isso não entende nada , e acaba contratando profissionais para a montagem das redes. 

 

Como você mesmo já percebeu, hoje um Engenheiro Eletrônico tem de saber bastante sobre programação, e claro, sobre Eletrônica também !

 

São poucos os produtos que não envolvem Programação !  Olhe à sua volta, radios, televisão, Internet, redes WIFI, celulares, tudo depende de programação !  Até mesmo produtos que em primeira vista parecem que não tem nenhum programa envolvido, como uma simples lâmpada fluorescente moderna, pode empregar um componente que utiliza um micro-código gravado no seu hardware, que nada mais é que .... um programa !

Programar é algo inerente a um Engenheiro Eletrônico. Quase sempre quem gosta de Eletrônica também se interessa por programação !  Mas nem sempre quem faz Engenharia de Computação acaba gostando de programar ..... e acaba desistindo durante o curso.

 

Tá certo que hoje em dia a coisa tá complicada para qualquer formando, mas tenho certeza que é muito mais fácil achar colocação no mercado como Engenheiro Eletrônico do que como Engenheiro de Computação ( mesmo que seja trabalho em outras áreas )  !

 

Paulo

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo, sendo bem sincero. Para o básico, o "be-a-ba" da eletronica, não é fundamental.

 

Mas caso você queira um diferencial, Coloumb é medida de carga elétrica de uma determinada corrente por um determinado tempo. Isso tem muito a ver com a eletrônica. Vejo muitos desprezando a física por detrás da elétrica, é o que vai fazer você entender o funcionamento de um capacitor, por exemplo, na sua função básica.

 

Conhecimento nunca é demais! Um forte abraço.

  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O amigo @diegosoares90 pode ter razão. Veja aqui ...

...mais uma tradicional coincidência cronológica que me assombram constantemente neste forum. Um prato cheio pr´algum incauto navegante adepto das teorias "praticar" e queimar algumas gordurinhas do cérebro

 

aff só eu percebo estas conexões ndv kk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 17/10/2017 às 07:24, L.A disse:

eu vi em pesquisas online e videos no youtube que coulumb é algo ligado a eletrônica, mas eu também que apesar de ser conectado a eletrônica ela não é muito utilizada na pratica. então minha pergunta é, ´necessario eu saber para mexer com eletrônica?

Não somente Coulomb, Kirchhoff, Ohm, Faraday e por aí vai...

Os fundamentos da Eletrônica são Matemática, Física e Química e quem sabe com as redes neurais sintéticas, até Biologia num futuro não tão distante. Eletrônica é exatas e tudo a que se refere em conhecimento de Exatas é fundamental.

adicionado 9 minutos depois

Esta é a diferença dos Brasileiros para outros povos.

Aqui no Brasil o estudante diz: Para que eu preciso aprender ISTO sendo que eu NUNCA vou usar na MINHA vida?

Ao passo que os outros povos vêem e aprendem TUDO como um TODO! E nessa, se destacam por sua aparente capacidade superior. Mas na verdade somos todos iguais com as mesmas capacidades. Tudo dependerá do empenho de cada um, independente de onde nascem, crescem e se desenvolvem.

E assim os brasileiros IMPORTAM tecnologia e não as CRIA.

Editado por Wagner Ruaro
corretor errado
  • Curtir 2

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×