Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
tec.Paulo

Bobina de tesla com flyback

Recommended Posts

Eu fiz uma bobina de tesla com flyback.  o fio mais grosso eu liguei num lado da centelha ai eu queria saber qual pino do flyback vai no outro lado do centelhador?e o que deu o arco ou outro?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
5 horas atrás, tec.Paulo disse:

Eu fiz uma bobina de tesla com flyback.  o fio mais grosso eu liguei num lado da centelha ai eu queria saber qual pino do flyback vai no outro lado do centelhador?e o que deu o arco ou outro?

Depende do flyback, eles não seguem um padrão. 

Diga o modelo da tv que tirou ele, e então podemos encontrar qual pino é. 

Se não tiver a TV da pra descobrir usando um multímetro, o pino terra da alta tensão não tem contato com os outros. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bobina de tesla com flayback de TV ficam melhores com flayback tipo AC que eram usadas em TV preto e branco antigas. 

As de TVs mais novas são DC, possuem um diodo dentro. Mas também funciona legal. Só que o efeito fica melhor com os flayback AC.

 

Você pode organizar ser projeto: 

Comece pesquisando de onde saiu o flayback.

Depois baixe o esquema da TV.

Faça toda a etapa de potência igual a da TV, pois geralmente a TV usa circuitos bem otimizados e funciona com bastante eficiência. 

 

A TV usa um sinal do processador para chavear a etapa de potência.

Substitua o sinal do processador por um oscilador com LM555.

 

Isso tudo demanda tempo e estudos. 

Pode até já usar as peças da TV. Só tem que montar tudo certinho conforme o esquema da TV.

 

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

image.thumb.png.ac9dc9e914af6d42feff5bff3aa4c48e.pngEste esquema que eu descrevi você pode baixar em:

https://www.electronica-pt.com/esquema/tv/cce-esquemas-tv/cce-2118usp-av-26354/

 

Mas é melhor baixar o esquema específico do seu Flyback. 

adicionado 1 minuto depois

Se fizer toda a etapa de potência original como está no esquema da TV e alimentar com a tensão indicada no esquema, você terá um sucesso muito grande. 

 

 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O saco é que o yoke faz parte da salada. Sem ele o sucesso pode não ser totalmente muito grande. Além da alta tensão de entrada não ser totalmente fácil de se produzir. E claro, sistema perigosíssimo. Dica: muitas dezenas de resistores de 1M em série com a at podem reduzir a insegurança

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×